Prome Aqui!

Compartilhe
avatar
im_awesome

Mensagens : 15
Pontos : 17
Reputação : 10
Data de inscrição : 18/05/2015

Re: Prome Aqui!

Mensagem por im_awesome em 05.07.17 3:53

*Após chegar em Milão para o próximo show, Eric é parado por Johnny Waterfall(sim, ele mesmo, a lenda) para óbviamente uma entrevista(porque é isso que ele faz né, entrevista as pessoas, pra isso que ele foi contratado e é por isso que ele é pago.).

Johnny: Eric, poderia falar conosco rapidamente?

Eric: Posso sim, diga lá o que quer.

Johnny: Bom, primeiro eu quero saber, como você está agora que voltou para a NWR?

Eric: Meio cansado, tinha esquecido como era essa vida de tour e tinha esquecido como era cansativo essa coisa de ficar pegando aviões, se hospedando em hotéis diferentes cada dia haha, mas estamos aí né.

Johnny: então voltou mesmo?

Eric: Obviamente, por que acha que eu estaria aqui se não fosse o show?

Johnny: Sinceramente não sei.

Eric: Exatamente, não tem outra razão.

Eric: Você tem umas perguntas bem idiotas às vezes.

Johnny: Peço desculpas por isso.

Eric: Devia mesmo, não quer que mande pro hospital igual aquela vez né?

Johnny: OH DEUS! NÃO! MIL VEZES NÃO!

Eric: Então faça seu trabalho direito.

Johnny: Ok. E de novo, desculpa.

Eric: Ok, anda logo com isso que tenho outros compromissos.

Johnny: A outra coisa que queria te perguntar era sobre seu combate, como você acha que se saiu? Gostou do resultado?

Eric: Ganhar é sempre bom e nesse caso você obviamente pensaria que eu teria gostado do resultado mas não, eu não gostei.

Johnny: Mas por que?

Eric: EU TINHA O COMBATE DOMINADO! Sim, naquela hora ele tava levando a melhor mas eu ia ganhar de qualquer jeito. MAS DO NADA COMEÇOU A TOCAR A MÚSICA DA ASHLEY, QUE EU NEM CONHEÇO. EU NÃO PEDI PRA TOCAR NADA.

Johnny: Acha que ela quis te prejudicar de alguma forma?

Eric: Olha, eu não tenho a mínima ideia do que aconteceu. Se isso foi ideia do cara que cuida do som, se foi ideia dela, não quero saber. Só quero que saibam de uma coisa. Se acontecer a mesma coisa no meu combate hoje, vão ter mais gente além do Terry a apanhar hoje. Seja o cara do som, a Ashley, quem quer que seja.

Johnny: Por falar no Terry, você vai lutar contra ele novamente hoje. Preparou algo diferente pra hoje?

Eric: A única coisa que eu tenho preparada pra hoje é a surra que ele vai levar.

Johnny: Aparentemente foi ele que pediu essa revanche. O que acha sobre isso?

Eric: Ué, quer que eu diga o que? Cada maluco com seu fetiche esquisito. Se o dele é apanhar pra mim então que seja.

Johnny: O qu...

*Antes que pudesse completar, Eric o interrompe.*

Eric: Na verdade Johnny, eu tenho uma coisa pra dizer e isso não precisa de perguntas.

Johnny: Ok, fique a vontade.

Eric: Desde de que eu voltei, eu tenho notado que vocês da NWR, principalmente os competidores, andam me ignorando, como se eu não fosse uma ameaça. Então, deixe-me dizer que eu encaro qualquer um nesse federação. QUALQUER UM! Desde o mais fraco até o mais forte. Do mais burro até o mais inteligente, do mais feio até o mais bonito.

Eric: A questão é, não me tratem como se eu não fosse uma ameaça porque eu sou e vocês veram logo em breve a razão de eu ser uma ameaça.

*Eric bate com o microfone no peito do Johnny e vai embora.*

Johnny: Ai, doeu.

Johnny: Bom, enfim, é isso pessoal. Até a próxima.

*A câmera faz fade-out.*
avatar
♣ Kaoryy ♠

Mensagens : 102
Pontos : 102
Reputação : 2
Data de inscrição : 02/01/2017
Idade : 26
Localização : Berlim

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♣ Kaoryy ♠ em 05.07.17 15:31

– Horas após o For Victory (Promo Off)–

Cheguei ao hotel completamente cabisbaixo como se tivesse falhado em algo, era um sentimento que eu não sei como descrever, tudo que eu fiz para manter o titulo em minhas mãos se foi em um piscar de olhos, fiquei parada na porta após fechá-la olhando tudo em volta largo minha bolsa no chão  e caminho diretamente para a cama me jogando nela de barriga para cima olhando para o teto.

– Eu falhei! –

Sussurrava enquanto olhava para o teto, essa sensação de ter falhado estava me fazendo perguntas aleatórias sobre a minha decisão de estar aqui. De certa forma palavras duras de Violetty e Narkissa em seus últimos vídeos me deixaram completamente confusa, a forma como ela tem a convicção de que é as melhores, que este caminho que elas perseguem é o melhor. Um caminho fácil um caminho da destruição! A consciência de que vai para o inferno isso são extremamente aterrorizante, elas não temem o pior quanto a mim? Eu tenho um medo e deixei este medo me tomar conta por alguns segundos até recuperar a confiança naquele momento do ataque!

Ana – Marjorie? –

Escuto Ana me chamar então eu decido me sentar para encará-la seu olhar preocupante me fez sorrir era bom ter uma amiga por perto, para dividir meus pensamentos e tudo mais! Uma amiga antiga que sempre me apoiou e depois da minha decisão não deu as costas para mim!

Jojo – Ana eu achei que tivesse ido embora! –

Ana estava aqui deste que eu cheguei estava cobrindo um evento e decidiu ficara para me acompanhar no meu combate. Ela estava com aquele olhar novamente um olhar preocupante ela era assim.

Ana – Você está melhor? Parece abalada! –

Abaixei minha cabeça fechando meus olhos por alguns minutos antes de responder eu não sei dizer se estou abalada ou se estou apenas engolindo seca a perda de meu titulo! Só estava pensativa de como tudo aquilo aconteceu, aquele ataque aquilo tudo. Aquela convicção! Aquelas palavras...

Ana – Seja lá o que aquelas Bruxas falaram isso não pode te afetar! É só um cinturão lembra? –

Ana está certa eu não posso duvidar de meu Deus, e muito menos do meu propósito... Eu venci aquele cinturão de forma limpa sem precisar atacar ninguém pelas costas ou pela regra do titulo! De qualquer forma elas conseguiram plantar uma duvida, olhei para Ana e dei outro sorriso.

Jojo – Você viu os vídeos das duas? Aquelas convicções? –

Ana deu um sorriso tímido e sentou-se ao meu lado.

Ana – Eu vi, já encontramos gente assim! Mas de certa forma não com aquelas convicções... E o ataque que você anda sofrendo por elas só mostra o quão boa você é! –

Ana estava certa em muitas coisas, só que elas eram diferentes elas querem estar onde estão às pessoas que encontramos não queriam estar onde estavam talvez esta seja a diferença! Preciso mudar algumas coisas a respeito delas, principalmente de Violetty! Mas isso não explica o tal ataque.

Ana – Sabe Jojo, elas falaram que odeia a sua luz! Isso quer dizer que elas reconhecem o seu talento! E que você é um perigo estabelecido na NWR para elas. Esta pode ser a razão pela qual você tenha sido atacada hoje! –

Ana era boa em levantar astral embora eu estivesse com a minha alta estima boa! Apenas precisava aceitar ter perdido o titulo de forma tão destrutiva, aquela sede de destruição de Violetty precisava ser parada e isso não ia parar por ali!

Jojo – Sabe Ana, eu estou levando a culpa por algo que eu não fiz. As coisas na NWR mudaram muito deste que eu cheguei as Gardeas estão fora de controle. E eu me pergunto se estou disposta a lutar contra elas. Às vezes o meu Deus fica em silencio e eu não encontro nenhuma resposta. –

Ana deu risada me fazendo perguntar varias vezes o porquê disso!

Ana – Você já provou que é bom o suficiente para deter elas você não vê o que fez hoje? Você não se deu por vencida contra Violetty até o fim. Por mais que ela tenha vencido a luta, isso foi uma resposta... Nosso Deus nos dá a resposta em nossos corações sempre quando precisamos... E na Bíblia, mas ele nunca nos abandona. –

Ana estava certa eu encarei Violetty mesmo ela me atacando por de trás, dei um sorriso e me pus a levantar! Peguei a câmera e fui arrumá-la no tripé.

Ana – O que vai fazer? –

Jojo – Ana, você esta certa! Nosso Deus sempre nos deu a resposta que precisamos no momento certo! Por tanto que lute, eu não deveria ficar traumatizada ou incomodada pela forma que perdi o meu titulo, certamente ele tem planos melhores e eu já deveria saber que mais cedo ou mais tarde uma das bruxas viria atrás de mim a fim de me derrotar! Elas precisam de uma resposta e vão ter esta resposta. Ao contrário dos “Deuses” delas o meu não pede sacrifícios... Apenas lealdade e converter mais pessoas ao seu reino. –

Eu liguei a câmera e mesmo dolorida e com alguns machucados no rosto eu iria me pronunciar, não estava com sono apenas estava cansada.

Jojo – Ana me faz um favor? Ligue para Dani e para Lady diga que sexta feira as 15 horas da tarde espero elas em minha casa para a tal reunião! –

Ela afirma positivamente com a cabeça e se me deixa a sós para que eu pudesse pensar no que falar antes de colocar a câmera para gravar!



Os dias vão passando devagar e as coisas encontrando seu lugar tudo muda, menos o que eu sinto por você

avatar
★ Bé ★

Mensagens : 339
Pontos : 916
Reputação : 520
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 22
Localização : Portugal

12

Mensagem por ★ Bé ★ em 06.07.17 1:52










 

 


Está um dia lindo, o local é um Jardim bem vivo. Estava tudo bem arranjadinho e com muitas flores. Na relva está Marianne. Ela não parecia muito animada, ela ficava sentada lá na relva, enquanto ficava limpando seus óculos com a camisa. Nota-se uma marca de pisado no seu olho esquerdo, provavelmente do golpe que lhe foi acertado de ontem.


Ela ficava bem quieta, foi quando chegou no local também Daniela. As câmaras se focam de Dani a se sentar perto dela, que não parece dar muita atenção nem para Dani nem para a câmara. Daniela começa a falar em direção para a câmara.


          


Daniela: Olá Nwr universe. Pois é... Hoje estou bem menos animada do que o custume... Mas realmente é caso para isso. Espero que gostem deste cénario... Não quis ir no estudio. Este pelo menos tem borboletas verdadeiras hein?


Ela ficava cutucando a manager com o dedo. Marianne para um pouco e volta a colocar seus óculos e fica olhando para a câmara também.


Marianne: Sim, eu gosto mais deste local.


Daniela: E bem, devemos falar com o nosso publico sobre os acontecimentos do ultimo show...


Marianne suspira, parecia realmente não querer falar muito sobre nada. Porem ela acena que "sim" com a cabeça.


Daniela: Bem... E eu realmente consegui levar luta ao Bé. E eu falhei em derrotar o campeão... E a nossa arma secreta não foi o suficiente para o conseguir...


Marianne: Pois é... Infelizmente não foi.


Daniela: Talvez eu consegui-se encaixar o movimento de novo... Se o ego de Devon não tive-se falado tão alto. Afinal só por causa do seu problema pessoal, me custou algo grande. Meio exagerado esse ataque.


Marianne: Não foi exagerado, eles vêm se atacando um ao outro todo o tempo, normal se tiverem perto um do outro algumas faíscas surgem.


Dani ficava um pouco quieta enquanto olhava para Marianne.


Daniela: No entando quando ele começou a brigar com o Bé... Tu interferiste. O que tinhas na cabeça naquela altura? Estavas a pensar o que quando agiste daquela maneira?


Marianne: Eu? Claramente não pensei quando agi daquela maneira.


Daniela passava com os dedos pela marca no rosto de Marianne, se mostrando um pouco preocupada.


Daniela: Não podes ficar entrando em briguinhas pessoais como aquela, és apenas uma manager.


Marianne: Eu sei... Só... Ver ele agredindo o Bé me afectou a esse ponto.


Daniela: Claro que afectou. Afinal, vocês são amigos.


Marianne: Ou eramos...


Marianne levanta os joelhos, e se abraça as suas proprias pernas mostrando um ar meio deprimido.


Daniela: Ahh, não fiques assim. Tenho a certeza que ele não te odeia depois de tu ter saido da fed. Afinal, ele se mostrou indiferente quanto a ti.


Marianne: Sim... Se mostrou.


Daniela: Porque estar desse jeito então? Fala alguma coisa para ele. Tenho a certeza que ele vai ver esse video.


Marianne: Eu... Não tenho nada para falar.


Daniela: Ahh, deixa de ser chata e orgulhosa, tu errou pede desculpas para ele e deu. Não precisa ficar triste por isso.


Daniela ficava puxando um pouco os cabelos da manager que ficava quieta. Daniela parecia incentivar ela a falar e ficava a incomodando.


Marianne: Desculpa ter te abandonado Bé... Tive saudades.


Daniela largava ela e colocava as mãos na cara.


Daniela: Owwnn...


Marianne: Para.


Daniela: Ok...


Marianne: Não tens mais nada para falar não? As tuas amiguinhas? As bruxas estranhas? Teu primo Pokemon?


Daniela: Sim... Claro. Bem.


Daniela passa com a mão pelo rosto e mostrava um ar meio pensativo.


Daniela: As minhas amigas, elas ficaram do meu lado quando enfrentei o meu tio... E eu agradeço muito o apoio e as palavras das duas. E sim, mal posso esperar para que estejamos todas reunidas finalmente.


Marianne: Lady e Jojo?


Daniela: Sim. Eu vi o desafio do Jiggly, ele sempre é meio bobo, mas me parece que ele no fundo só realmente queria competir com Lady, não mal tratar ela... Ele só tem um modo meio doido de fazer as coisas.


Marianne: Esperemos que dessa vez ele lute para vencer.


Daniela: Claro que sim. Tenho a certeza que ele irá dar o seu melhor, e mesmo ele sendo minha familia, vou estar torcendo também para a Lady.


Marianne: Também?


Daniela: Para que façam um otimo combate e independentemente do resultado, que termine tudo bem... Com ele nunca se sabe. Só fica bem atenta nesse maldito ai. Um combate onde não tem Dq contra ele sempre pode ser tenso.


Marianne: Especialidade dele não é?


Daniela: Parece que sim. Mas vamos ver no que dá. Minha outra amiga, Jojo.


Daniela sorria para a câmara enquanto se preparava para falar do proximo topico.


Marianne: Bem essa eu não conheço muito bem.


Daniela: Ela é bem nova por cá, mas isso não significa nada. Afinal ela venceu o titulo em sua debut.


Marianne: No entando, o perdeu direto para Violetty.


Daniela: Pois é. Afinal, não deveria culpar muito a Vio por isso, afinal ela foi mandada para essa divisão, e não creio que essa não faça muito o seu estilo entende Jojo? Claro que Vio teve que atacar, infelizmente é assim que funciona, mesmo se fosse eu querendo o titulo ia ser a mesma situação.


Marianne: E porque nunca o quises-te?


Daniela: Pelo unico motivo, de esse tipo de lutas não fazer o meu estilo, tal como eu acho que não faz o estilo da Jojo.


Marianne: Boatos dizem que vão estar ambas competindo pelo Elite no proximo evento.


Daniela: Assim eu espero, irei dar o meu melhor nisso.


Marianne: Mas me explica... Porque a Vio é a tua "mãe?"


Marianne fazia a pergunta de um modo sério, porem Daniela ficava sorrindo.


Daniela: Ahh... Eu... Eu nunca tive uma mãe. Eu iria adorar ser a filhinha da Vio. Mesmo que seja só uma bobagem sem sentido.


Daniela coloca as mãos na cara e fica apertando.


Marianne: Não chegas-te a conhecer a tua mãe?


Daniela: Não é algo que eu goste de falar sobre... Debbie e Moisés ficaram tomando conta de mim desde pequena.


Marianne: Entendo... Mas a tua... Tia? Falou sobre ti em um de seus ultimos videos.


Daniela: Narkissa? Sim, claro que falou. É natural, eu mencionei ela. E ela se defendeu.


Marianne: Queres falar algo sobre?


Daniela: Sim, eu acho que ela se calhar não entendeu onde eu quis chegar. Eu não te quis incomoda Nakinha, eu só falei que não tenho medo de te desafiar um dia. Não lance ameaças, que não consegue cumprir. Não estou a dizer que sou melhor, porque eu sei que não sou. Só não me subestime.


Marianne: Não te subestimar? Não creio que ela tenha tentando fazer isso.


Daniela: Praticamente o fez. Não fale sobre isso de entrar no seu caminho de uma de vocês, porque não tem sentido. Se tu é a campeã, não tem mais caminho para percorrer na carreira. É o caminho de alguém, entende?


Marianne: Estás incomodada sobre algo que ela falou? Sabes que ela vai puder levar isto a mal?


Daniela: Não significa que por ser pequena que me vá acovardar como mais de metade do roster o faz. Só poupe o seu tempo Naki. Será que eu preciso que minha "mãe" me salve de ti? Quer entregar o meu corpo para ela? Não caia no mesmo tipo de arrogância que o seu rival fez. Vai que o unico corpo entregue a Violetty é o seu?


Marianne: Uhm... Bem, irrelevante ficares respondendo assim ela. Afinal... Ela perdeu o cinto.


Daniela: Pois é... Eu achei muito estranho isso que aconteceu. Havoc do nada abandonou a nossa divisão para ir lá bater na Naki... Bem, talvez ele futuramente se explique.


Marianne: Ele não queria ter ganho o cinto intercontinental?


Daniela passa com as mãos pelos cabelos enquanto fica pensando.


Daniela: Ele parecia bem divertido aqui reinando na sua Jobberdivission. Não vejo sentido ele ter subido de divisão intencionalmente. Creio que só quis um pouco de atenção da Naki... Afinal ele parece gostar dela.


Marianne: Achas?


Daniela: Ih eu sei lá.


Marianne: Se gosta-se dela não lhe iria querer bater?


Daniela: Havoc é uma pessoa complexa. E eu agradeço todas as palavras que têm dirigido a mim. Ele sempre me apoiou imenso em tudo e continua a o fazer. É um amigo muito importante para mim. E se ficarmos em divisões diferentes vou sentir alguma falta do humor dele.


Marianne: Pois... Eu sei o que isso é. Enfim. O que se segue para a grande pequena Dani?


Dani parece pensar em algo e olha um pouco para Marianne.


Daniela: Falas-te no Elite não é mesmo? Quem sabe então eu não vá buscar e fique tomando conta do meu irmãozinho?


Marianne: Estás a falar do titulo?


Daniela: Eu preciso de tomar uma rota um dia. E o titulo de Elite é algo corrente, foi por isso que foi estrito. A Gm disse que Violetty não podia ganhar ele, mas não falou nada sobre a filhinha adoptiva hein?


Daniela piscava o olho para a câmara.


Marianne: Será que tudo o que se aproxima delas fica assim louco?...


Daniela: Enfim. Eu vou aguardar ser tudo confirmado. E vamos ver no que dá. Mas seja o que for o que tiverem programado para mim. Eu vou me focar e muito em vencer. E vou lutar mais forte e melhor que nunca. E melhorar ainda mais.


Marianne: Sim. É desse tipo de palavras que o pessoal gosta. Eu acho...


Daniela: Não importa muito se gostem ou não. Eu estou realmente melhorando, e agora eu não vou parar nem abrandar. Vou com a força toda até ao fim. E essa "derrota" para o Bé, foi apenas um começo. Não fico abalada com pouca coisa.


Marianne: Ok, tudo bem. Nós gostamos da tua determinação.


Daniela: Isso. Determinação e coragem. Se preparem. Porque a era brilhante está prestes a começar. Fiquem bem, e eu voltarei em breve com mais noticias.


Daniela fica acenando para a câmara enquanto Marianne ainda ficava apoiada em seus joelhos.


Ligação se encerra.

 


 



★ Have faith in yourself. ★
avatar
✡ MadameZombie ✡
Admin
Admin

Mensagens : 180
Pontos : 524
Reputação : 324
Data de inscrição : 31/12/2016
Idade : 21
Localização : Salém

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ✡ MadameZombie ✡ em 06.07.17 10:07

Após o For Victory

O bruxa havia fugido dos médicos ela caminhava pelos corredores olhando o título dela parecia um pouco chocada que tinha conseguido a bruxa estava feliz ela sorria passando a mão pelo título ela sempre ficava feliz por si mesma quando conseguia algo que queria era como provas ela estava provando a si mesma que podia fazer qualquer coisa foi quando ela olhou pra cima ao ouvir uma voz conhecida a bruxa arregalou os olhos e abriu um largo sorriso ela prendia o título na calça e saia correndo as pessoas saiam do caminho dela até a mulher pular em cima do homem o agarrando pelas costas

Violetty: - Eu não acredito eu consegui te achar estou tão feliz estava morrendo de saudades parabéns pelo combate

Ela ia apertando ele como se fosse uma um ursinho de pelúcia enfiando o rosto nos cabelos dele

Bé: - Você sabe que eu também estava morrendo de saudades de você mas agora que peguei o título e ainda tendo que me livrar do Devon fica complicado

Violetty: - Você vai matar ele então não se preocupe com isso...apenas continue falando comigo quero ouvir sua voz

Ela podia ouvir ele rir baixo a bruxa soltava ele saindo das costas do homem então ela o abraçou com força enfiando o rosto no peito dele ela fechava os olhos apenas aproveitando que agora estava ali com ele

Bé: - E eu senti falta desses abraços para renovar minhas energias ultimamente eles andam falando demais e parece que o Maverick não vai desistir então precisava um pouco de você para me focar em outra coisa mesmo que por uns instantes

Ele apertava o abraço e a bruxa sorria estava querendo tanto esse momento ela olhava para ele e fazia um carinho no rosto do campeão com o polegar

Violetty: - Foda-se todos você é o melhor eu sei disso eles querem algo de você algo que você pode fazer eu sei que pode...então esqueça isso vamos apenas ficar abraçados não ligue para o que dizem de você meu bode pra mim você ainda é aquele homem forte o homem que sempre lutou pelo o que queria o homem pelo qual eu me apaixonei e nada vai mudar isso nada pode mudar quem você é meu bode

Ela sorria era como se ele fosse a calmaria que ela precisava já que nos últimos dias haviam andado bem agitada ele ficava pardo olhando pra ela parecia que nem ele esperava por aquilo

Bé: - Eu nem sei o que falar minha bruxinha você e a Nakinha sempre acreditaram em mim e eu não vou decepcionar nem a vocês nem os nossos deuses eu vou acabar com a vida do Maverick vou fazer ele sair correndo daqui e se jogar na frente de um carro

Violetty: - Eu sei que vai ele não merece sua atenção ele não merece nada vindo de você meu bodinho você está fazendo um favor a ele dando atenção porque um homem como você pode fazer qualquer coisa eu sempre vou estar do seu lado e não importa o tempo afastados não tinha um dia sequer que eu não pensava em você

Ela dizia fazendo um bico triste o homem colocava ambas as mãos no rosto da bruxa e dava um selinho nela que fazia a bruxa sorrir toda bobinha ela ficava muito diferente perto dele ela ia fazendo um carinho no cabelo dele e o olhava com ternura

Bé: - Eu pensei em você o tempo todo também ainda mais quando aquelas coisas aconteceram eu não vou me perdoar por não estar ao seu lado mas sei que é forte e soube lidar com a situação sempre mostrando a nossa força você e a Nakinha sempre estão na minha cabeça não importa o que aconteça vocês são importantes pra mim

A bruxa encostava a testa na dele ela estava olhando pra ele querendo ficar com aquele momento na cabeça não sabia quando ia o ver de novo e sabia que ele estava fazendo o mesmo querendo ficar ali com ela mesmo com todos olhando

Violetty: - Eles agem da forma que preferem eu apenas acato sabe como funciona...mas esqueça isso vamos se focar no agora  perder meu filho foi difícil mas consegui outro que é bem bonito também

Ela mostrava o cursed para ele os dois começavam a caminhar pelo backstage o bode segurava o título e sorria depois entregando para a bruxa que prendia ele na calça novamente

Bé: - Eu fiquei bem irritado por perder seu Elite daquele jeito tão idiota você é a melhor qualquer babaca vê isso para irem lá e tirarem seu título sem mais nem menos mas vi que você massacrou a anja e pegou o titulo que devia estar com você desde o começo

Ele falava e encolhia os ombros a bruxa concordava com a cabeça sabia que ele estava certo mas ela fazia uma expressão triste que logo foi “socorrida” pelo bode que a abraçou enquanto eles andavam

Violetty: - Eu sempre gostei da cursed os combates sangrentos meu novo filho foi criado para o caos e agora ele está em minhas mãos isso é tão surreal eu não sei como devo lidar com isso estou feliz por enfim poder ser eu mesma

Bé: - Seu talento é mais brutal admito que esse titulo fica melhor em você minha bruxinha e não se preocupe com o que falam as pessoas são um nojo descobri isso da pior forma quando viraram as costas pra mim apenas porque comecei a ver as coisas de outro jeito

Ele mostrava frustração ao falar ela até podia tentar entender mas era complicado afinal ela não achava que tivesse fãs para se decepcionar dessa forma

Violetty: - Nunca dependa de ninguém e esses caras não valem de nada não perca seu tempo com eles são pessoas e todas são fúteis e apenas prestam para um bom ritual fora isso todos descartáveis e mesmo que falem que você mudou e mais um monte de merda você é o melhor nunca pense o contrário eles querem que pense eles querem que você caia mas não vai não pode...você vai vencer e vai mostrar na cara de todos o porque de ser o campeão...vamos enfrentamos as sombras e o caos lado a lado

Ele sorriu com maldade para a bruxa eles estavam na porta de saída e o homem mexia no celular rapidamente ele mandou uma mensagem para Narkissa

Bé: - Nós somos o limite de cada um eu sei disso querida vamos acabar com ele nada vai me impedir de o fazer chorar dentro daquele ringue lutamos lado a lado mesmo separados eu sinto sua presença e você a minha porque sempre vou estar com você e não se importe com nada além de ser você deixa que falem você é minha bruxinha e vai ser para o resto da minha vida

Ele sorria fazendo um carinho na bruxa que inclinava o rosto o rosto na mão dele para o homem poder curtir mais aquele momento deles ele acabava puxando ela e agarrava a bruxa com força

Bé: - Você não vai fugir de mim hoje vamos ficar juntos e matar o tempo perdido depois de seu combate e do meu precisamos de mais um pouco de descanso e nada melhor para relaxar que a presença da minha bruxinha

A bruxa enchia o rosto dele de beijos enquanto enrolava os fios do cabelo dele nos dedos beijando ele por todo o rosto eles ficavam assim um tempo apenas abraçados

Violetty: - Vou pro seu hotel quero ficar com você

Bé: - Por mim tudo bem eu quero companhia hoje apenas ficar abraçado em você e depois a gente vai curtir bastante apenas deixe essas coisas se acalmarem que o tempo vai ser só nosso minha bruxinha linda

Ele dava um beijo de esquimó na bruxa passando o nariz no dela que a fazia sorrir feito uma criança os dois saíram abraçados da arena ela não queria soltar ele por nada naquele momento e a cada minuto a mulher falava que estava com saudades e voltava a mimar ele com beijos e carinho a mulher queria ficar com ele a noite toda para matar a saudade ela tirou muitas fotos e não voltava para o hotel assim como havia prometido iria passar a noite com ele curtindo o máximo possível dessa sorte que ela teve de o ver



♦️ You're lookin' crazy and you're lookin' wrong
We look like we belong ♦️

avatar
♣ Kaoryy ♠

Mensagens : 102
Pontos : 102
Reputação : 2
Data de inscrição : 02/01/2017
Idade : 26
Localização : Berlim

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♣ Kaoryy ♠ em 06.07.17 15:41

– Horas após o For Victory –

O vídeo se inicia com varias estrelas aparecendo e algumas letras aparecendo formando a palavra Sweet Moment’s ao som de Sugar Rush mostrando algumas fotos de Marjorie no auge de sua carreira como modelo e atriz! Logo a imagem é cortada partindo para o quarto de hotel onde é encontrada a modelo sentada na cama com as pernas cruzadas cessando a música, a modelo estava em frente à câmera atrás da modelo havia uma janela que estava aberta naquele momento mostrando a paisagem.  A mulher estava com cabelos soltos e uma maquiagem super leve quase não dava para notar muito. Havia também um copo com água em cima da mesa que estava do lado da cama.

– Olá Anjinhos, como vocês estão?

A mulher dava um sorriso tímido e aparentava alguns machucados em seu rosto devido ao combate contra Violetty.

– Eu estou bem, mesmo tendo perdido o titulo! Mas enfim essas coisas acontecem não é mesmo? Uma hora você é campeã outra hora você não é mais! Os males que vem para o bem... –

A mulher não se mostrava irritada e muito menos triste ela parecia estar tranqüila quanto a isso.

– Por favor, anjinhos não fiquem bravos com o que aconteceu no combate, eu sei que tem uma razão maior para isso! E planos mudam Violetty precisava daquele titulo mais do que eu! –

A mulher pegava o copo d’água e tomava um gole permanecendo com o copo em sua mão repousando os braços em suas pernas.

– Não estou dizendo que eu fraquejei, muito pelo contrario eu dei tudo de mim, mesmo estando cansada e estando em desvantagem por conta do cansaço eu não deixei ela ter uma vitória fácil! –

A mulher da um grande suspiro e olha para o teto por alguns minutos.

– Isso pode ser uma desculpa esfarrapada, mas não é! Violetty foi inteligente em me atacar logo depois que eu havia ganhado a minha luta. Utilizando o meu cansaço ao favor dela isso foi uma tacada de mestre. –

Ela sorria enquanto falava e tomava mais um gole de água desta vez repousando o copo na mesa, ouvisse barulho de celular vibrando, porém a modelo não pegava o objeto e deixava-o vibrar.

– Parabéns Violetty pelo feito, só que eu ainda estou inteira! Ainda estou aqui, com as minhas asas. Ainda sendo um “rostinho” bonito! –

Ela fazia aspas com as mãos quando falava Rostinho.

– Realmente Violetty teve uma inundação! Mas você se perguntou o porquê teve esta inundação onde somente Noé e sua família, mais os animeis se salvaram? Simples eu te dou a resposta... O homem queria desafiar o poder de Deus! Ser maior que ele plantando mentiras, calunias, plantando maldades e tudo que você pode imaginar de ruim. Está foi à punição que Deus deu para aqueles homens que o desafiou! Mas não estamos aqui para falar de nossas religiões não é verdade Violetty? –

A loira demonstrava tranqüilidade, confiança e segurança ela não tinha medo de falar o que pensava estava sendo direta e reta.

– Eu ainda estou aqui! Inteira e o meu Deus estão em todos os lugares, está ao meu lado ouvindo as minhas orações, ele age no tempo certo! Eu não faço parte do seu sacrifício eu não sou uma presa fácil. Eu faço parte de um exercito poderoso que vai mostrando a sua força aos poucos. Eu sou a modelo que chegou aqui para mostrar que sou mais que um simples rostinho bonito. –

A mulher pegava novamente o copo e tomava mais um gole o repousando na mesa novamente, e sua voz era serena era tranqüila não dava para notar nenhum tipo de mudança...

– Eu não sou sacrifico ninguém, eu dou um castigo eu dou uma lição! Ao contrario dos seus Deuses que pedem sacrifício o meu Deus deu o seu filho primogênito para morrer por nós... Para nos salvar e nos garantir a vida eterna num futuro próximo. Acabando com os sacrifícios dos cordeiros. E se eu perdi o Cursed para você não foi para me punir e sim dar algo melhor para mim. –

– Agora Narkissa... Você pode ignorar a presença de meu Deus, mas isso é inevitável, pois ele esta em toda parte... Eu ainda estou de pé ainda estou aqui! E se você acha que vou perder a minha essência está completamente errada. –

A loira cruzava os braços enquanto continuava a encarar a câmera.

– Podem tentar quantas vezes vocês quiserem... Vocês não vão me corromper isso não vai acontecer! Eu já falei não sou o sacrifício de vocês! –

A mulher arrumava seus cabelos enquanto ficava em silencio e pensava no que iria falar.

– Dani querida! Eu entendo e acredito que algo melhor está por vir. Não se preocupe quanto a isso, como disse antes Violetty precisava deste titulo mais do que eu, eu pretendia ficar com ele por mais algum tempo, mas parece que os planos mudaram! –

– De qualquer forma ele não é bem um estilo que agradaria a nós não é mesmo? –

A mulher falava com uma animação imensa da qual era notável além da sua confiança e segurança que a mesma passava para os outros.

– Estão dizendo que iremos nos enfrentar pela Elite Championship. Se isso for verdade Dani eu quero que você dê o seu melhor, assim como eu darei o melhor de mim por mais que sejamos amigas, talvez iremos nos enfrentar então que seja pra valer, que seja nobre e honrado! Quero dar o meu melhor ouviu? –

A mulher dava um sorriso bem animado e era visto a animação da modelo.

– Bom anjinhos não se preocupem quanto ao titulo que perdi, eu não vou reclamar acredito que coisa melhor virá! Prontos para uma era angelical? Acredito que sim! –

A mulher fazia um coração novamente com as mãos e mandava alguns beijos seguidos de um tchau com a mão direita.

– Fiquem com Deus, um grande beijo nos corações de vocês e tchau! –

O vídeo se encerrava aos poucos mostrando à loira mexendo no celular enquanto a tela ficava toda preta dando o fim da gravação!
[/color]



Os dias vão passando devagar e as coisas encontrando seu lugar tudo muda, menos o que eu sinto por você

avatar
valugi

Mensagens : 84
Pontos : 156
Reputação : 78
Data de inscrição : 19/01/2017
Idade : 27

Re: Prome Aqui!

Mensagem por valugi em 06.07.17 16:38

Robert estava no hospital após o ataque que sofreu no For Victory, ele estava amarrado estilo no filme Hannibal, porque em uma das tentativas de fuga dele, tinha machucado uma enfermeira, quase a matando somente com os dentes, ele estava inquieto, e não parava de se mexer, quando viu Melissa entrando no quarto, ela estava com uma pequena câmera, ela se aproximava de Robert receosa, mas sua curiosidade como jornalista era maior e ela tirou a mascara que impedia ele de falar, mas para surpresa de Melissa ele não fez nenhum movimento brusco, só mexeu a cabeça de um lado para o outro, como se tivesse cansado.

- Obrigado Melissa, por seu ato, pode fazer qualquer pergunta, estou pronto para responder.

Mel - Robert você foi atacado fortemente por 2 mascarados o que você tem a dizer?

- Separe 2 covas para esses covardes, que é onde eles vão parar quando eu colocar as minha mãos, além de covardes por atacarem sem chance de me defender, ainda utilizaram máscara para esconder sua identidade, mas não se preocupe, descobrirei quem eles são, e vou acabar com eles, eles conhecerão o verdadeiro significado da palavra pesadelo.

Mel - Outra questão que chamou a atenção é você está fora do card do PPV?

- Eu não estou, é por culpa daquele doutor maldito e aquela 2 putas que estão cuidando do show, o tal do doutor disse que não tinha condições de lutar, que se lutasse poderia prejudicar toda a minha carreira, sinceramente Melissa, tu acha que me preocupo com isso? Quantos lutadores da NWR, não lutaram um pouco machucados, devido a outras batalhas que tiveram não é? Se esse doutor e algumas dessa mulheres que se acham no poder foram espertas, me soltem, que verão o real pesadelo atingindo que está atrapalhando os shows, iria fazer pelo bem da NWR e pelo o meu próprio bem também, eles não merecem mais respirar o mesmo ar do que nós, as tumbas estão feitas, e esses mascarados pagarão.

Mel - Mas talvez para evitar confusão e que elas lhe deixarão aqui?

Melissa, eu sei que não sou um cara comportado, mas veja o tanto de espetaculo que trouxe em minhas luta, seja com Violetty ou com o Pokemon, eu levo as pessoas ao limite, e o público gosta disso, agora contra esses mascarados eu passarei desse limite, você sabe que quando quero, eu posso fazer algo bastante ruim não é?

Robert abriria um sorriso característico, que inclusive assustou um pouco Melissa, que continuou a filmar o que ele falava.

Mel - Mas o que você pretende fazer?

- Primeiro sair daqui e depois fazer cada um pagar pelo que fizeram comigo, e ouça todos que estão o verdadeiro pesadelo está a caminho.



avatar
King

Mensagens : 86
Pontos : 94
Reputação : 12
Data de inscrição : 12/01/2017

PROMO # 63 - RUMO A ELITE DIVISION

Mensagem por King em 06.07.17 17:55

VIDEO POSTADO EM NWR.COM/KING

King está vestindo uma camisa regata preta, bastante suado e ofegante, sentado em uma mesa de madeira toda riscada, com uma garrafa de água mineral de 300 ml e demonstra alegria em seu rosto. O irlandês termina sua água e coloca a garrafa em seu lado esquerdo. Ele esfrega suas mãos, encara bem a lente da câmera e diz mansamente:

- Meus súditos, a casa da boneca russa foi demolida por alguém que ela não esperava, nem precisei sujar minhas mãos com aquela imundice, que o Havoc consiga valorizar aquela que foi uma divisão respeitada sobre os meus domínios. Me perdoem o ar ofegante, mas depois de ontem, estou me preparando para o PPV.

O irlandês sorri e fica em silencio por alguns instantes é nítido, que ele não consiga segurar a alegria por suas palavras iniciais. Ele passa a mão direita em sua cabeça, se recompõe e fala:

- Peço desculpas aos fãs italianos que esperaram por minha luta contra Robert, parece que meu adversário tem inimigos bem sorrateiros e não teve a chance de pisar no ringue, em razão de um ataque covarde contra ele, desejo uma boa recuperação ao Robert e que no futuro possamos nos enfrentar para deleite dos fãs.

- Infelizmente não lutarei pelo Intercontinental Championship, algo que me atraia totalmente no PPV, mas terei a oportunidade de conseguir um novo cinturão e isso me motiva. Elite Championship, um recomeço para mim na NWR, enquanto vejo a poeira abaixar na Intercontinental e na Heavyweight Division. Sei que nas últimas semanas estive fora de forma, desmotivado e apático, porém, dou passos para trás e pretendo com esta vitória no PPV, valorizar esta divisão da NWR.

- Serão quatro ex Cursed Champions, uma Jobber e uma novata. Bruno Jackson tem um bom caráter, motivação e força de vontade. Marjorie é bela, inteligente e pode ser uma pedra no meu sapato, mas lutarei para isso não acontecer. Erick Morgan, seja bem-vindo. Duelamos pela Cursed Division e vejo que está empolgado em conquistar este cinturão, em seu retorno a NWR, saiba que não permitirei isso de forma fácil. Ashley é promissora, porém, foi jogada na jaula dos leões e apesar do seu charme, não irá suportar a pressão, mas a presa mais fácil neste combate será Daniela Ribeiro.

- Será no Reino Unido, o local escolhido para minha redenção na NWR. Próximo da Irlanda, minha terra mãe, construirei na Elite Division um reino intransponível, indestrutível e imbatível! Mesmo respeitando meus adversários, não vou parar até conseguir o que anseio e neste momento: quero ser o Elite Champion que a NWR precisa! Valugi Barros, será um prazer receber de ti este cinturão, que eu seja o vitorioso no Clash of Evolution!


King se levanta da cadeira, encara a câmera, sorri e o vídeo termina.
avatar
♛ GiihHime ♛
Admin
Admin

Mensagens : 136
Pontos : 384
Reputação : 252
Data de inscrição : 13/02/2017
Idade : 22
Localização : Sodoma/Gomorra

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♛ GiihHime ♛ em 07.07.17 0:12

Vídeo postado no site Oficial da NWR


A gravação começa mostrando uma piscina grande, estilo piscinas olímpicas, mas estava velha com rachaduras, o lugar em volta da piscina estava destruído, cheio de entulho nos cantos, e mato crescendo em volta, paredes com pichações e desenhos estranhos, janelas amareladas e quebradas, ali era um lugar aonde as pessoas faziam natação, mas agora estava abandonado a um tempo pelo estado no lugar, o teto tinha buracos pois parte dela estava caindo, e ali dentro da piscina vazia estava a Russa sentada com as pernas esticadas e uma cara nada feliz, mas quando a câmera se aproximou um sorriso macabro se abriu nos lábios da mulher.

- Anjos! Anjos! Anjos! HAHAHAHAHAHAHAHA! Quando você vai entender que seus anjos inúteis não podem me parar? Ou melhor....Nos parar, então só pare de mandar pessoas fracas para gente!

Ela diz olhando para cima, por um dos buracos do teto, estava falando com Deus sobre os anjinhos que ele estava mandando para as enfrentar.

- Daniela! Daniela! Daniela! Eu não lembro de ter te dado liberdade para me chamar de "Nakinha" ou "Naki", então de falar como se tivesse alguma intimidade comigo pois não tem nenhuma.

Ela falou com seriedade e raiva em sua voz.

- E você pare de roubar as frases da sua amiguinha mascarada, pois eu provei que minhas ameaças são promessas, eu provei que posso falar porque EU CUMPRO o que digo. Então se chama isso de arrogância, então eu sou arrogante mesmo. Se não tem medo venha me enfrentar formiguinha dos Bés, te subestimar? Não, eu apenas sei quando posso enfrentar alguém ou não, e se você quer uma briga eu te darei uma COM OU SEM O TITULO!

Ela levou as mãos a cabeça, Ela estava falando e tentando pegar o controle, a loira parecia lutar contra si mesma naquele momento, contra seus pensamentos.

- Você errou.....Não é porque sou ou era a campeã que meu caminho chegou ao fim, ele só estava começando pois quando se tem um titulo o caminho só fica mais longo e mais divertido, pois pequenas formigas entram nele para tirar aquilo que é seu, e se você pensa que só porque conseguiu o titulo seu caminho acabou, então não merece ter um. Simples assim.

A loira se levantou devagar, ela estava andando meia torta sua maquiagem estava meio borrada, mas assim ela mantinha o sorriso no rosto, a mulher jogou o cabelo para trás e tentou se recompor.

- Eu não quero que se acovarde querida, só que veja a diferença de nível em que estamos, você não poderia me vencer, pois eu gosto de fazer meus adversários sofrerem, eu gosto da dor, do sangue, e você não passa de uma mulherzinha que na primeira hold que eu der daria tap out com medo de eu quebrar seu braço, pois eu o quebraria apenas te fazer sofrer, e mesmo se você vencesse eu ainda te machucaria de uma forma tão profunda que você nunca mais iria querer me enfrentar novamente.

Podia-se notar na voz da loira certa mudança vocal, as vezes mais grave outras mais suaves, mas todas com raiva e desgosto em seu tom.

- HAHAHAHAHAHAHAAHAHAHA Entregar meu corpo para minha doce....Bruxa....Irmãzinha?!

Ao falar "bruxa" a loira se deu um tapa na cabeça, queria que Ela saísse de sua cabeça. Ela gargalhou em seguida e depois passou a língua sobre os lábios.

- Você nunca teria essa capacidade, e sabe porque?

Ela falou com certo ar de duvida e olhou para a câmera

- Porque enquanto eu estava em uma Hell in a Cell, torturando sua amiguinha, e espalhando o sangue nojento dela na lona, o que você fez mesmo? Ahhh é, luta de camisola na open Match junto da outra fracassada da Carrie, enquanto eu faço meus oponentes sangrarem você joga purpurina neles, enquanto eu faço combates brutais você faz combates de travesseiros, pois é para isso que mulheres como você e a Marjorie servem, para serem bonitas e SÓ ISSO! Então não venha me dizer que eu vai entregar meu corpo a minha irmãzinha.

Ela tombou a cabeça para o lado e seu sorriso sumiu enquanto a loira olhava fixamente para a lente da câmera que começou a chiar, a loira caiu de joelhos no chão e arranhou o ladrilho da piscina com as unhas.

- E mais uma coisa.....Eu sei falar por mim mesma, eu não precisei ir atrás do bichinho de estimação do Bé para ter alguma relevância ou para eu ter alguém para ficar falando e me perguntando coisas para ter assunto, eu tenho voz própria e sei que não preciso de ninguém para ficar falando coisas no meu ouvido......Mais uma coisa.....

Ela sussurrou como se fosse um segredo e se aproximou da câmera.

- Se você continuar a falar desse jeito comigo....Eu irei arrancar sua língua a darei pra sua manager comer! Afinal ela que fala por você mesmo, não me provoque Daniela, eu não tenho medo dos Bés  e muito menos da Violetty, pois tenho a certeza que ela vai adorar se eu entregar seu corpo morto pros Deuses devorarem! Então seja boazinha e volte para o Paraíso que é seu lugar e deixe as lutas para as guerreiras de verdade.

Ela se afastou da câmera e foi andando para trás até bater as costas nos ladrilhos no canto da piscina rindo. Ela foi escorregando até o chão novamente, a loira foi engatinhando até uma parte da piscina onde tinha um pouco de água, ela estava suja com musgos por toda a parte a loira mergulhou a mão ali e depois passou nos ladrilhos os sujando.

- Marjorie....Outra anjinha.....Eu não ignoro seu Deus, muito pelo contrário foi graças a ele que meus Deuses existem, e é por causa dele que meus Deuses se alimentam da vida das pessoas, para um dia ter sua vingança. Perder a essência não, mas deixa-la ali para cada vez que a gente de derrubar você se levantar e ver que está acreditando no Deus errado, e que ele não dá a minima para você, e que assim como qualquer um outro você foi um cordeiro entregue a sacrifício.

Narkissa fechou a mão em um punho e se virou para a câmera, passando a mão suja com a terra em seu pescoço e nos braços, as mudanças de personalidade da loira ficavam mais evidentes conforme o tempo passava.

- Você é sim, mas ainda não viu isso. O cordeiro foi oferecido para ser sacrificado para conter o desejo sombrio do príncipe caído, que o ritual seja doloroso e bem lento pelas mãos da Bruxa.

Ela tinha um sorriso calmo em seus lábios, foi quando um barulho é ouvido, parece que tinha alguma coisa dentro de um cano, e foi quando dos buracos que tinham na piscina saiu uma água lamacenta enchendo aos poucos a piscina, escorrendo pelos cantos da mesma.

- Parece que o Rei ainda quer brincar comigo.....Entenda seu monte de lixo, a casa de bonecas continua de pé, e sabe porque? Porque a Barbie Macabra trouxe seu Ken Infernal para a brincadeira, ele vai continuar a destruir seu reino inútil e patético, e quem sabe ele seja um campeão Inter melhor que você, igual ele superou seu reinado fracassado na Cursed, então volte para a floresta seu fracasso ambulante e deixe eu brincar em paz.

Ela falou sorrindo sendo bem cínica.

- Eu trouxe meu amado Hades para o Reino Imortal! E junto dele vamos destruir TUDO o que lembra aquele Reizinho de merda. Vamos transformar o reino dele no Submundo aonde o meu real Rei reina soberano, um lugar tão obscuro que ninguém vai conseguir recuperar. Acha mesmo King que ele com o cinto vai dar gloria a seu reino? Não, ele vai fazer bem pior que eu, e quando você fazer o que ultimamente parece saber bem: Perder, o Elite, e ter que voltar para a Inter vai encontrar algo bem pior do que deixou quando saiu.

Narkissa falava com sarcasmo, tinha gostado do comentário do Rei sobre Havoc dar algum prestigio para a Divisão, afinal ele era o "Rei babaca" por um motivo, ele transformou a cursed na jobber division, o que esperar dele?

- Falando no Babaca.....Você disse que queria minha atenção, e aqui está ela Havoc!

A loira abriu os braços olhando para a câmera sorrindo como uma psicopata.

- Na verdade.....Não foi bem a minha atenção que você chamou......HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAH HAVOC!

Enquanto estava falando ela colocou as mãos na cabeça e apertou seus cabelos, depois passou as mãos no rosto o arranhando com força deixando as marcas das unhas, ela se encostou no canto da piscina deixando a água suja escorrer pelo seus braços enquanto ria de forma descontrolada.

- Havoc.....QUERO MEU TITULO DE VOLTA! Aquela idiota ficou brincando com você e levou um chute na cara! E você pegou o que é MEU e eu quero de volta!

A loira parecia bem descontrolada, a câmera chiava e a imagem tremia, uma hora mostrando a piscina cheia mas com sangue e com restos de pessoas dentro da água, uma coisa bem nojenta a loira se banhava naquele sangue.

- Você queria atenção aqui está ela! Vamos ficar chocados juntos, em um combate dentro da gaiola elétrica, você viu o que aconteceu quando eu fiquei trancada em uma cela com uma pessoa? E eu achando que você não era tolo o bastante para apostar a vida você vem e bate nessa idiota aqui e leva o titulo.

A piscina estava começando a encher com aquela água marrom escura e lamacenta, a mulher apenas olhava enquanto a água começava a tocar em seus pés a fazendo rir.

- Você vai me mostrar seu demônio interior? Ou vai continuar fingindo ser bonzinho? Será que vou ter que te bater de verdade para fazer isso? Ou vai se acovardar? Você sabe que eu gosto quando dói! Pare de gracinhas e mostre logo para todos aqueles que gostam de você o real monstro que você é!

A água estava subindo cada vez mais rápido, chegando na panturrilha da loira que dava uns passos para trás olhando para a água que começou a borbulhar, a imagem duplicava e picotava com bastante frequência, dando a impressão que haviam mãos tentando sair da água para respirar, mas quando a imagem volta ao normal não tem nada ali só água.

- Ou eu vou te forçar a mostrar.....Igual da última vez. Ou você já caiu nas garras dessa Vadia estupida para não querer a machucar? Vai ter medo de a perder e cair em desgraça como aquele Rei retardado? Você pode mais que isso. Então saia e me mostre como é sentir dor de verdade ou juro que vou te fazer sentir tanta dor, mas tanta que você vai pedir misericórdia pra mim! Eu não quero brincar, eu quero lutar.

Ela falava com raiva em sua voz. A água estava subindo e alcançando a loira, ela não tinha como sair dali pois não havia escada para subir, e ela não era alto o bastante para poder subir, na água que já estava na metade a loira apontou para frente e quando a câmera se virou para filmar  tinham vários corpos em decomposição na água, a imagem tremeu deixando quase nada visível mas podiam ver os corpos se mexendo e saindo de seus caixões para dentro da água enquanto a mulher ficava imóvel vendo a água subir e subir. Narkissa acabou submersa, a imagem sofreu um corte e quando retornou ela estava sentada de costas para a piscina, a mesma estava cheia mas com a água limpa.

- Ninguém pode derrubar as Bruxas, vocês podem tentar mas ao final todos vão cair como peças em um xadrez, seja os anjos de Deus, seja imortal, seja doutores psicopatas, seja qualquer um! Eu e minha irmã chegamos para ficar e não há ninguém nessa federação capaz de derrubar-nos, não é arrogância é um fato. Os Deuses nos dão forças para massacrar aqueles que nos enfrentam, e como recompensa nos os damos os corpos derrotados de vocês....

Ela falava com certa calma na voz, um semblante triste em seu rosto podia ser notado mesmo com ele abaixado encarando o chão fixamente, ela tirava umas gramas do chão.

- Se acostumem com o caos pois ele apenas está começando....

Ela abriu os braços e quando fez isso de repente seres cadavéricos saíram da água e agarraram a loira a puxando para trás, em um segundo o ambiente que estava tudo claro e bonito, se transformou em um lugar escuro e sujo, a noite já havia caído a muito tempo então aquele lugar estava um pouco assustador, a água de limpa e clara voltou a ficar suja mas agora não era marrom e sim vermelha e viscosa, a loira foi arrastada para dentro daquela piscina a imagem estava chiando e tremendo a "água" se mexia de forma violenta caindo para fora da piscina até a se acalmar por completo, e apenas barulho dos grilhos serem ouvidos.


Vídeo encerrado.


Última edição por ♛ GiihHime ♛ em 07.07.17 0:30, editado 1 vez(es)



♰ Oh poor boy, did you really think i loved you? You're just a stupid man, you're just....Sacrifice. ♰
avatar
✡ MadameZombie ✡
Admin
Admin

Mensagens : 180
Pontos : 524
Reputação : 324
Data de inscrição : 31/12/2016
Idade : 21
Localização : Salém

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ✡ MadameZombie ✡ em 07.07.17 0:13

Vídeo postado no site oficial da NWR

A mulher estava sentada de pernas cruzadas e cabeça baixa apenas ela podia ser vista o restante era apenas escuridão a sala parecia grande a bruxa levantava a mão e estralava o dedo fazendo o título cair ele estava pendurado por uma corrente ele ficava balançando de um lado para o outro foi quando a morena o segurou alisando ela não saia da posição ela levantou a outra mão e estrelou o dedo de novo e caiu uma boneca de porcelana enforcada a boneca parecia Marjorie a bruxa se levantava mantendo os cabelos negros no rosto e cabeça baixa ela apontou para a câmera

– Shhhhhh....

Ela levou o dedo até a boca e sorriu pedindo silêncio

– Assim como o primogênito de seu Deus você foi o sacrifício que ele mandou para tentar saciar minha fome...é assim que ele faz para tentar resolver os problemas ou ele afoga queima ou dá alguém dê sacrifício em busca da paz nessa caso..você

Ela apontava para a boneca enforcada a bruxa ficava embaixo daquilo segurando nos pés da boneca ela se balançava para frente e para trás rindo como uma criança feliz a boneca tinha uma asa arrancada e outra queimada mostrava sinais de tortura

– Tem uma grande diferença entre precisar e querer quem precisa de algo para tentar ter relevância aqui dentro e mostrar que vai além de um rosto bonito é você eu apenas quero esse título...não tem mistério você precisa de um e eu quero um não tenho que provar mais nada a ninguém aqui já você tem anjinha

A mulher puxava com força e arrancava uma das pernas da boneca e jogava no chão parecia que a boneca estava chorando dava a entender a agonia que ela sentia a bruxa batia os dedos na cabeça dando risada

– Religião não importa meus deuses estavam lá eles sabem o que aconteceu seus anjos caíram na corrupção contemplaram o corpo das mulheres Ele estava lá e seu Deus não aceita muito bem desobediência ele é uma criança e nós somos a fazendo de formigas dele quando as operarias não segurem o curso que ele quer...ele aponta a lupa flamejante em nós todos..ele deu o livre-arbítrio contando que siga as regras dele se não...todos nós torramos afinal a maçã podre é bem tentadora

Ela gargalhou e caiu de joelhos no chão depois jogando o corpo a bruxa ficava olhando para o título acima dela e esticava a mão tocando nele com as pontas dos dedos

– Exército tão poderoso que 200 deles caíram em menos de um dia apenas com a beleza de mulheres...anjos são facilmente corrompidos pela luxuria e pelos prazeres da vida agora meus Deuses não precisam disso eles vem disso os grandes mestres arquitetos do caos moradores das profundezas dessa terra tão imunda eu estou afogada na escuridão morrendo cada dia sacrificando o sangue vivendo como eu quero viver na doutrina da morte

Ela rolou pelo chão e levantava engatinhando ela começou a socar o chão a cada soco que dava uma boneca caia enforcada todas as pessoas que ela já lutou e ganhou estavam ali cada lutador parecia um ritual

– Você é a cordeirinha perdida no deserto ele te mandou para cair do penhasco e saciar minha fome entendeu? Os sacrifícios existem sempre vão existir você perdeu seu título pra mim em busca de uma promessa de um futuro melhor ou algo maior perdeu o garantido por uma promessa...seu Deus não pode te ajudar porque não os dois? Não é digna de merecer dois títulos? Não tem força? Não é fiel o bastante?..meus deuses reconhecem a minha força a min há capacidade estão sempre comigo me fazendo...A MAIOR DE TODAS AS MULHERES QUE JÁ PISARAM AQUI!

Quando ela gritou um último corpo caia na frente da bruxa era o da GM Katrina essa estava cheio de sangue sem uma parte do cabelo sem um olho os dedos arrancados a língua estava presa na testa a boneca era horrível além de toda rachada a bruxa abraçava o corpo

– Falando em grande mulher...parece que a puta ruiva quer brincar de casinha comigo essa mulher vai morrer pelas mãos da bruxa ela se amarrou na destino cruel dela no Clash vou fazer uma grande mulher se tornar...pó

Ela puxava a boneca com violência e jogava no chão a quebrando a bruxa pisava no que havia restado pegando a poeira da boneca e assoprando na câmera

– Katrina eu me cansei de você eu vou a destruir por completo deixar minha marca em você sua vagabunda desgraçada a bruxa quer a sua alma e ela vai ter meus deuses vão a sacrificar quando eu terminar e levantar aquele título tudo vai ser respondido eu sou a força maior eu sou a dominância a melhor em ser a pior pode tirar meu filho de mim que eu recupero detono qualquer um que por no meu caminho e você sabe disso então veio querer fazer o trabalho sujo uma pena que seu fim vai ser doloroso

Ela levantava a cabeça passava ambas as mãos batendo com a mão na cabeça com força ela bagunçava os cabelos e os levava a boca mordendo os fios negros enquanto ela ria

– Correntes não me param você vai estar presa a mim tenho que admitir sua coragem mais bolas que todos os homens daqui juntos eu precisava disso eu quero isso destruição e dor é isso que importa pra mim em toda sua carreira nunca enfrentou uma mulher como eu o extremo me atrai a dor é a tentação da carne se prepare para tingir o ringue de vermelho é apenas isso que eu quero massacre o final não importa contanto que no final a dor seja a melhor lembrança que eu tenha

Ela abraçou o próprio corpo e arranhou sorrindo de lado foi quando ela olhou para o lado como se ouvisse alguém depois ela olhou para o outro lado pareciam uma discussão ela ficava olhando para os lados

– SILÊNCIO!...vocês não vão deixar que eles me escutem se ficarem brigando dessa forma eu tenho que falar com essa puta nojenta e quando eu ganhar em cima dela vou jogar meu nome para o mais alto nível eu não preciso de um titulo para me lembrar que eu sou a Elite eu sou a melhor de todos ninguém é capaz contra mim vou seguir pelo caminho de sangue e ossos até chegar no final da guerra a última em pé ao lado da rainha...a mãe das bruxas só obedece a uma rainha e ambas são a força dominante desse lugar gostem ou não existimos e não podem nós parar

O símbolo de Narkissa ficava piscando na câmera como se fosse uma interferência fazendo a bruxa sorrir ela passou o dedo na câmera e mandava um beijo lambendo a lente da câmera

– Deuses meus amados temos mais uma alma para destruir a puta ousa blasfemar contra nossa força vamos a enviar direto para Salém aonde minha casa está vamos a torturar e a emoldurar como um lindo quadro a recordação dessa luta meus deuses vão ganhar eu farei isso por eles e não a nada nem ninguém que vai te ajudar Katrina esse combate só vai provar que eu não estou caída não sou rebaixada podem me jogar em qualquer lugar ou luta eu sempre lidero eu sempre pego as crianças desprotegidas e mostro o caminho para a casa de doces

Ela estava se referindo aos títulos o dela ficava balançando como se alguém estivesse mexendo nele a bruxa virou uma parte do corpo para trás se entortando toda ela olhava para o título

– Eles gostaram....o filho do caos feito para a destruição de muitos os reinos caem mas as florestas duram para sempre até mesmo após o fogo as árvores renascem então meu lindo filho venha renascer com a bruxa se erga e esteja pronto para causar dor fomos feitos para ficarmos juntos você o prêmio e eu sou a guardiã..traga eles pra mim...os faça cair na tentação traga todos eles para a minha armadilha eu preciso das almas e você da atenção

Ela estava falando com o título parecia querer convencer ele a ficar com ela a bruxa ia se aproximando lentamente dele e andava na volta no título sem tirar os olhos dele após alguns segundos ela deu um pulo animada e agarrou o cursed com força

– Bem vindo a floresta macabra vamos fazer um bom trabalho juntos tenho certeza esteja junto para ser banhado pelo sangue daqueles que ousarem te desejar

Ela o tirava da corrente e ficava com ele como se fosse uma criança sorria para ele em seus braços a bruxa o levantava e passava a língua por ele e depois ria

– Contemplem a bruxa segurando o título amaldiçoado mais forte do que nunca apenas venham e eu os sacrificarei com prazer a anja saiu voando para longe abandonou seu filho e eu quero saber quem vai ser o próximo a cair buscando quebrar a maldição da bruxa

A imagem tremeu um pouco a parecia uma floresta negra com as árvores mortas a grama era escura e as plantas estavam murchas e tinha uma casa velha e toda quebrada atrás da bruxa a lua era linda e grande o brilho batia no cursed refletindo a lua até a imagem voltar ao normal e a bruxa estar naquela sala escura

– Ohhh...quase esqueço

Ela soltava o título no chão e abria um sorriso infantil se sentado no chão e inclinado a cabeça para o lado esquerdo

– Val...estava com saudades do único homem que presta nesse lugar além do Robert que me fez sentir vontade de o matar e ambos sabemos como isso é bom...não esperava o ver novamente e isso me anima sabe que eu te amo tanto que quero o machucar não é?

Ela falava mostrando que estava inquieta e bastante feliz mesmo demonstrando de uma forma estranha

– Eu vou surrar uma piranha e arranquei as asas de uma anjinha desde que ganhei no nosso combate posso dizer que venho colocando esses vermes no devido lugar deles abaixo de mim a grande bruxa está querendo o ver e os deuses sorriem ao ver o homem que me fez gritar em dor e agonia..aainn lembranças

Ela levava as mãos até o rosto e mexia para os lados a cabeça com um grande sorriso estampado nos lábios a luz começou a ficar fraca e a bruxa parava de se mexer começando a gargalhar de forma cruel ela havia mudado totalmente do nada

– Deviam aprender um pouco com ele em como se satisfaz uma mulher

Ela falava com nojo na voz enquanto se levantava ela ia andando para trás arrastando o título e jogava o corpo na cadeira colocando o cinturão nas pernas pós ambas as mãos em cima e ficou parada a câmera se aproximou da mulher que novamente abaixou a cabeça voltando a posição que havia começado o vídeo

– Escutem o trovão sintam a escuridão crescendo a bruxa ainda não acabou tem muito mais caos para vir a maldição que joguei em todos segurem a respiração calmem seus corações inquietos fechem os olhos e rezem a era das trevas não tem fim e essa batalha não pretendo perder

Ela ia alisando o título calmamente parecia que passava a mão em seda de tanto delicadeza que os dedos passavam

– Se escodam a bruxa não dorme e não vai sossegar até massacrar o último de vocês brutalidade vai definir essa nova era na cursed quem estiver no meu caminho vai sofrer eu vejo o medo eu sinto que não me querem aqui e em lugar nenhum...não podem comigo então corram o mais rápido que puder....

Ela estava falando baixo vendo o próprio reflexo no título

– 3....

Ela passava a língua nos lábios e depois os mordia

– 2....

A bruxa arranhava o título estava ficando irritada e inquieta

– 1....

Ela parou de falar começou rindo baixo e depois aumentando o volume da voz

– AQUI VOU EU!

Ela levantava rapidamente de uma forma súbita e avançava para cima da câmera que caia no chão cortando a transmissão mostrando a tela todo chuviscada e rachada assim terminava o vídeo da bruxa


Video encerrado




♦️ You're lookin' crazy and you're lookin' wrong
We look like we belong ♦️

avatar
Lady of wrestling

Mensagens : 71
Pontos : 80
Reputação : 11
Data de inscrição : 19/02/2017

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Lady of wrestling em 07.07.17 4:11

Lady estava para gravar o seu programa , o cenário já estava pronto e ela começou

- Olá a todos os fãs da NWR, tivemos um show bastante agitado, com várias novidades, até porque foi o último show antes do PPV, e estavamos com vários combates em aberto e vários futuros a se definir.

A luchadora sorriu e continuou a falar

- Primeiro vou comentar sobre a minha luta, eu e Devon estávamos fazendo uma boa luta, como era esperado, até Bé aparecer e estragar tudo novamente, campeão covarde como sempre atrapalhou o combate atacando o Devon e depois fugiu, o problema e que a segunda vez que eu também estou envolvido na luta em que Bé estraga tudo, isso sinceramente enche o saco, mas sinceramente no Clash só vai ser vocês dois e sinceramente acho que você vai ser superado por Devon que demorou muito para chegar nesse momento, mas por toda a sua carreira merece chegar no topo.

Ela olhou para o lado e já estava a foto de divulgação do PPV com ela e o Jiggly em Last Man/Woman Standing Match

- Muita gente me chamou de louca por escolher uma estipulação hardcore, contra um lutador especializado nisso, mas é também uma questão de honra Jigglypuffy vive falando ser o rei do hardcore, eu quero provar que em uma luta com estipulação favorável a ele, eu posso vence-lo, assim como ele quer acabar com minha honra, eu também o faço vencendo em seu campo de batalha, então não só sou eu que tem algo em jogo, mas você também, então ao fim da noite um de nos terá a honra derrubada, será eu ou você? Pode ter certeza que darei tudo de mim nessa luta, assim como fiz em minha luta contra Narkissa, perdi por detalhes, e dessa vez não deixarei isso se repetir.

A imagem mudou para Sweet Heroine Club com as 3 na foto

- Enquanto a Dani e Jojo, não tiveram dos melhores shows, na verdade também não tive, não foi um dos melhores shows para a gente, mas tenho que destacar alguns pontos primeiro avisei que Jojo poderia fazer lutas hardcore e mostrou isso no show, e mesmo machucada deixou marca no seu rosto não foi Violetty ou estou enganado? Até achava que Jojo merecia outra chance pelo título dela, mas como dizem a fila anda e no final ela não saiu mal no show, mas antes vou comentar sobre Dani, que luta você fez minha garota, você está mostrando a todas a sua evolução, a grande lutadora que você é, mostrou para o Bé que não é uma simples sobrinha, mas sim uma lutadora honrada que mostrou que pode enfrentar qualquer um de frente, e minha duas melhores amigas estarão em uma luta valendo o Elite Championship, agora fica impossível torcer para uma das duas, espero que uma delas vença, elas sentem que esse cinturão representa mais o estilo dela, espero que sim e que no final uma das duas levante e ele continuemos nossa amizade, que vai acima de uma cinturão não é Meninas?

Aparece uma foto das duas dando um ok

- Ainda sobre essa luta parece que King, ainda não aprendeu a lição quando me subestimou, e agora está subestimando Dani, Armstrong novamente vai cometer o mesmo erro? Cuidado que você pode ser surpreendido de novo e por essa mulher, que nesse show lutou de igual para igual com o principal campeão da NWR, então só um aviso Dani pode lhe surpreender, assim como eu fiz.

Aparece a imagem de Narkissa

- Sabe Narkissa eu realmente fiquei impressionado pelo modo como você perdeu o seu título, cada a Narkissa que me enfrentou de frente e aguentou golpes bem maus fortes do que aquele e perde o título, você facilitou porque era seu ex-namorado é? Não sabia que tinha essa fraqueza, espero realmente que tenha sido um lapso, já que não é isso que espero da minha principal rival dentro da NWR, ou você quis um palco especial para tentar acabar de vez com Havoc, seria bem típico de uma succubus não é?

A luchadora começou a andar e apareceu a foto de Valugi

- Olha quem iremos reencontrar no PPV, o meu amigo e conselheiro Valugi Barros, será embaixador do PPV, será muito bom ver meu amigo Inglês, quem sabe ele também não me der mais algum conselho antes da luta contra Jigglypuff, mas sinceramente fico feliz em ver ele, o Valugi parece agradar a todos, até a Bruxa fica feliz em saber que ele estará por lá, mas enfim o Mr.Smart vai ser um grande embaixador do PPV, nada melhor do que isso não é? Será que teremos mais alguma surpresa, fiquem atento domingo no Clash of Revolution, um dos maiores PPVs da história da NWR.

O programa era finalizado com sua vinheta tradicional e o logo do PPV
avatar
☠ BlackSpider ☠
Admin
Admin

Mensagens : 45
Pontos : 142
Reputação : 97
Data de inscrição : 02/04/2017
Idade : 21
Localização : Ilha da Polly

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ☠ BlackSpider ☠ em 07.07.17 9:17

Vídeo postado no site oficial da NWR

O vídeo começava com o título ele estava em cima de uma mesa a parede atrás do título estava pichada com alguns palavrões e o nome de Havoc em todos os lugares logo a câmera se mexe para frente o lutador aparecia ele caminhava de um lado para o outro com as mãos na cintura ele passou a mão pelo rosto e respirou fundo o homem juntava as mãos e olhava para a câmera

– Alguém pode me explicar.. O QUE CARALHOS ACONTECEU!?

Ele gritava irritado e apontava para o título bagunçava os cabelos andando estava muito bravo

– Isso aqui não era para estar comigo ele tem um poder de relevância que eu não quero o ordem no mundo da NWR foi quebrada é jobber competindo pelo Elite é jobber ganhando Intercontinental é deuses descendo para o lixão...que porra é essa? Ok ok seguinte eu tenho a explicação para esses fenômenos sobrenaturais e ele está no meu combate com o Puff-Puff e o Charizard

Ele parecia querer manter a calma mesmo sendo claro que ele não queria ser campeão isso não estava nos planos dele

– Enquanto a gente lutava combate normal um bando de bostas brigando pra quem fedia mais ai acontece o inesperado...O RETORNO DO JUALIXO!...isso é óbvio a maior merda de todos a que entupia a privada da Jobbervision conseguiu sair então deram descarga em nós e eu fui parar no Rio Inter enquanto o restante foi para o Esgoto da Elite

Ele falava como se aquilo fosse fazer sentido o homem encostava na mesa e olhava para o título ele balançava a cabeça negativamente

– Culpem o Jualixo por terem um campeão Inter jobber o cara toma suplemento e arranca o cabelo e já pensa que é o Dr.Evil o único Doutor nessa merda de lugar é o Robert que aliás levou um pau e tá fora do PPV...hahahahahahha bem feito cara se fodeu

Ele começava a rir apontando para a câmera enquanto batia palmas

– Apanhou para as tartarugas ninjas como se sente com isso? Eu espero que muito mal porque eu to feliz demais que você ficou fora igual uma mocinha lesionada hahahahah quebrou a unha no ataque brother?

Ele levava a mão na barriga para tentar parar de rir ao menos algo para alegrar ele naquele lugar o homem sentava na mesa ele parecia numa espécie de garagem

– Deixando nossa médica de lado e focando no Jubosta...o cara achou mesmo que ia chegar e bater no rei dos babacas? Você perdeu cabelo e levou o cérebro junto saca só você pode até ser o criador do nome jobber mas eu sou o pior deles então pra me derrubar vai ter que perder muitos combates..não que isso seja difícil pra você a culpa é toda sua dessa desequilíbrio na federação apenas volte para a privada entupa ela de novo e fica por lá segurando todos nós

Ele cruzou os braços e voltava a encarar o titulo ele parecia muito incomodado não queria falar sobre isso mas sabia que tinha que o fazer

– Fazendo essa pequena menção dos motivos que levaram a desordem eu não esqueci de quem falou de mim...mal ganhei essa merda e todos já falam de mim que tal lembrarem que sou um bosta e me deixarem quieto? Porra sou só um bosta que tem um treco brilhante podem voltar as suas vidas chatas de deuses e semideuses esqueçam a pobre alma do tártaro que está aqui

Ele fazia um positivo mas voltava a encarar o titulo ele cutucava com o dedo e ficava olhando aquilo

– Vocês sabiam que existe rematch aqui? Coisa fresca do caralho esse título é para viadinhos eu não quero pessoas incompetentes carregam esse titulo gente cheia de mimimi e frescura de lutar eu quero meu cursed que agora está nas mãos de uma doente...como eu posso ter um título que pedem contender? Que tem rematch? Isso é ridículo enquanto eu segurar esse treco as regras vão mudar por aqui afinal um rei nunca perde a majestade e um Rei Babaca leva a jobberdiviosn para onde ele vai então seus bostinhas criados no leite com pera o Rio Inter acabou de ser infectado com o maior lixo depois do Juan que pisou nessa federação...King...eu vou cuidar muito bem dessa divisão já que a Kissa quis brincar de vivo e morto...infelizmente ela escolheu morta na hora errada

Ele suspirou pesadamente mas estava rindo até que estava se divertindo vendo como as pessoas ficaram por ele ter ganhado

– Parece que foi um choque eu sei eu sou tão jobber que surpreende vocês quando eu ganho normal acontece...mas deixando isso de lado quero falar da garota Doritos..LADY! vendo seu vídeo eu pensei

Ele levava a mão até o queixo e fazia uma falsa expressão pensativa como se representasse o momento que ele pensou

– Que um chute apenas um chute meu é melhor que todo o seu moveset minha perna faz todo o seu talento parabéns já pode descer do lugar de onde você nunca deveria ter saído porque o “ex namorado” apagou sua rival que detonou você então pensando o estrago que posso fazer em você deve ser devastador...então não fode

Ele falava sorrindo até chegar na parte final onde mudou a expressão para algo sério e bravo  ele balançava a perna e batia os dedos na mesa depois voltava a encarar as lentas da câmera

– Se te incomoda Doritos é só vim eu defendo essa merda e essa mesma perna que foi o sonífero da sua rival vai ser o seu fim definitivo não é porque ganhou do King que pode sair por ai agindo como a Rainha do baile de máscaras..tu subiu numa escada nada mais nada menos todos os meus combates são feitos para machucar e até mesmo matar a única pessoa que te deu relevância onde você tomou carona...eu tirei o título não importa como eu estava no ringue lutando com ela não subindo numa escada..Adios

Ele fazia um movimento de “Tchau” com a mão e depois voltava a respirar fundo ele estava querendo manter a calma mesmo sendo claro que calmo era a última coisa que ele estava

– Kissa....ME DESCULPA MULHER mas sabe como eu sou exagerado né? Lembra do nosso primeiro encontro onde te empurrei na frente de um carro para te salvar? Então foi quase a mesma coisa

Ele sorria tentando parecer normal mas não queria ter chutado a cara da loira daquela forma a expressão dele mudou ele cerrava os olhos encarando as lentes

– Saca sá o Hyde eu não achei que ela fosse morrer e na verdade eu estava esperando você aparecer para brincarmos e nunca NUNCA subestime minha burrice porque fazer isso seria uma burrice maior ainda e cá entre nós você não quer ser considerada mais burra que eu...tentei argumentar com o Bruno quer mesmo ser mais burra que eu? Pense nisso

Ele bateu o dedo na cabeça como se fosse algo para a loira pensar melhor

– Pelo visto teremos um combate eletrizante e sim eu sei o que aconteceu mas eu nunca me canso de fazer merda é tipo um dom meu sacas? Eu preciso fazer merda eu preciso mostrar ao mundo que sou um bosta e qual a melhor forma? Arrancar o título da crush e ainda por cima chutando a boca dela

Ele batia com a mão na testa várias vezes enquanto se xingava baixo

– Eu não sei do que você está falando sua cópia de exorcista

Ele forçava um sorriso e falava apenas mexendo os lábios mostrando o incomodo que ela estava causando a ele

– Eu não queria mesmo a machucar lide com isso e volte a ser oculta...não fica me provocando você quer lutar? A gente vai lutar eu vou pegar sua cara e esfregar naquela cela até arrancar sua pele sua vadia eu vou terminar fazendo galinha frita no Clash

Ele parava de falar e respirava fundo contando até 10 o homem passava a mão na testa e pegava o título apertava ele um pouco e balançava a cabeça

– Eu não pedi para ganhar isso eu tava quieto no tártaro mas parece que não sou o melhor em flertes e agora estou nessa situação e parem de me dar parabéns nas redes sociais caralho parabéns porque? É meu aniversário? Eu sou do tártaro isso é uma lástima a jobberdiviosn acaba de virar um Rio tem uma psicopata querendo meu couro tá tudo uma merda para me darem parabéns seus jobbers

Ele brigava com os fãs havia ganhado tantas coisas quando ganhou estava ficando louco com os parabéns dos fãs e alguns presentes que ele nem sabia onde por

– Dani...ainda bem alguém que entende eu estava apenas de boa fazendo meu trabalho de jobber ela fez uma open challange e eu aceitei qualquer jobber de respeito faz isso mas saiu do controle quando ela quis fazer cosplay de pedra...que bosta...bem parabéns por ter jobbado e apanhado para dois relevantes numa noite só bem um relevante e o outro que busca desesperadamente por relevância..Cabelos na boa fica no tártaro é mais divertido eu mal peguei essa merda e já tive que ir ver as regras quem quer um titulo com regras? Isso é um lixo

Ele voltava a se exaltar o cinegrafista falava com ele e o homem mostrava o dedo do meio ficando assim por uns segundos

– Eu ganhei e agora vou ser eletrocutado na boa não estou vantagem nenhuma nisso aqui  tudo mundo se mata para subir a montanha fazem maior drama e aqui é igual lá no tártaro só que bem mais chato...Dani e Jojo no combate pelo elite espero que jobbem

Ele sorria como se isso fosse bom algum tipo de elogio ou “boa sorte” do jeito dele

– Jojo ninguém aqui te culpa lutar com pessoas com relevância faz isso mesmo a gente perde está fazendo seu trabalho..eu falhei sou um fracassado o que no fundo é bom minha situação é complexa eu falhei mas ganhei..eu ganhei falhando entendem? Tá tudo uma porra e quando eu acho que não pode piorar tem um Jualixo na minha divisão...Charizard eu escolho você para detonar com essa baleia branca acabe com ele..faça por mim cara faço pelos jobbers porque eu falhei..ganhei?...sei lá foda-se

Ele dizia em tom choroso e saia da mesa pegando o título ele não acreditava ainda que era o campeão Intercontinental isso nem parecia real era algo estranho demais além do apoio que recebeu dos fãs isso tudo era novidade

– Bem mais tarde eu volto fiquem com essa merda eu quero que todos vão se ferrar e sejam jobbers de suas próprias histórias falhem em ganhar não sejam como eu que falhei em falhar...merda

Ele saia da frente da câmera reclamando e xingando e assim o vídeo se encerra


Vídeo encerrado



Look, an idiot.
avatar
★ Bé ★

Mensagens : 339
Pontos : 916
Reputação : 520
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 22
Localização : Portugal

16

Mensagem por ★ Bé ★ em 08.07.17 0:20









 

 


Nwr/Jiggy.com


Um video se inicia, ao que parece ser um lugar abandonado. As paredes estavam bem destroçadas, o lugar parecia um caos sempre com tudo desarrumado e destruido, parecia ser os bastidores de uma outra federação. Pelo local se via alguns cartazes e papeis voando.


Em frente está Jigglypuff ele estava sem camisa, voltado de costas. Nota-se as cicatrizes vistosas nelas Jiggly com a mão direita passava com a mão pelo cénario em frente dele. Ele tinha algo que não era muito visivel, na esquerda.





Jigglypuff: Vejo muitas pessoas falando sobre isso... Usando esta palavra em princípios tão... Insignificantes. Mas será que realmente sabem o significado dela?


Jigglypuff: Não, não sabem. Você nunca enfrentou um verdadeiro rei Insano. Lutou contra um simples homem gordo, sem cérebro ou inteligência em um combate para ver quem sobe em uma escada primeiro. Você não sabe o que é lutar contra alguém como eu. Em um PPV como esse. Em um tipo de combate como o que escolheu...


Ele ficava passa com a mão pelo cénario de um modo repetitivo, até que o começa a arranhar com as próprias unhas.


Jigglypuff: Acredito que já tenha passado por combates parecidos aos meus. Afinal a nossa Succubinha te levou ao extremo naquela noite não foi? Mas sabe o que faltou? A vitoria, esse pequeno detalhe. Titulos ou vitorias não significam muito... Até ao ponto que o fazem significar.


Jigglypuff: Tu fez isso significar e errou... Mas pode fazer o proximo evento valer a pena. Eu também fui campeão sabe? Fui campeão em portugal. Onde eu comecei minha carreira, onde eu aprendi a combater. Onde eu me tornei especialista neste tipo de coisas. Eu fui campeão na Insanidade. E mantive assim até fim...


Ele parava de falar momentaneamente e ficava quieto.


Jigglypuff: É... Ela fechou. E foi me retirado tanto o cinto quanto a carreira... Foi quando pisei na Nwr. Fui campeão mundial aqui mesmo. Na nossa Nwr. Mas... Não era a mesma coisa.


Jigglypuff: Nwr é chata. E os homens nela, tendo algumas excepções. São uma merda. Ficam chorando, ficam mudando a sua propria essencia, quem eles mesmos são. Ficam saindo por causa de derrotas... Eles são... Fracos.


Jigglypuff: Se os homens são fracos porque não chamar a atenção de uma senhora?


Ele ficava mantendo um ar focado, ele parecia em boa forma, parece que é algo do género de um fio ou uma corda que ele tinha na outra mão. Ele se encostava na parede no cénario arranhado, ele ficava olhando para a câmara.


Jigglypuff: Afinal nem todos... Tem um que me raptou. Me machucou. Me fez sangrar. E me derrotou. Robert Druitt. Você tem o meu respeito. Porem me combateu em o primeiro dia de luta meu em 2 anos, estava destreinado e despreparado ainda espero uma rematch futuramente. E lhe desejo sorte contra esses mascarados. Mas me diz Lady...


Jigglypuff: O que lhe leva a pensar que me pode propor uma diversão ao ponto da que Robert me propos? O que lhe leva a pensar, que pode alcançar o nível dele nessa mesma modalidade?


Jigglypuff: Last One Standing, seria o termo correcto aqui na Nwr. E me explica onde tinha a cabeça quando me desafiou em um tipo de combate que nunca me vai vencer pelo modo natural?


Ele mostrava um ar em duvida meio "what". Ele acenava com a mão com a cabeça para os lados enquanto sorria um pouco.


Jigglypuff: Deverias saber, que nunca me irás conseguir manter no chão durante 10 segundos inteirinhos. Pode me deitar a baixo. Mas eu sempre vou levantar por mais. A escolha desse combate foi tão non-sense, quanto o king escolher te enfrentar em um Ladder.


Jigglypuff: Isso me deixa feliz sabe? Vou puder combater sem ter que me preocupar com aqueles pins chatos, não que eu não te gostaria de ver agarrar minhas pernas... Mas isso não seria algo que deve-se falar a uma senhora...


Jigglypuff: O que eu quero dizer, é que tudo o que fez não foi escolher me vencer na minha especialidade. Tudo o que fez foi me ilimitar no combate.


Jigglypuff: E no proximo evento... Coisas vão ficar brutais demais para uma senhorita como tu. E eu vou elevar o meu lema de Hardcore e um ponto bem... INSANO.


Ele mostra o que tinha em suas mãos. Eram fios de arrame farpado, porem aqueles eram dos finos e não pareciam tão perigosos quanto os do ringue, ele ficava esticando enquanto olhava para eles.


Jigglypuff: Onde acham que deveria colocar esses? Em um taco? Colar numa cadeira? Em uma mesa? Ô já sei, deveria o usar como uma soqueira?


Jigglypuff: Bem, acho que por devolta do pescoço dela seria algo bem criativo? Ou perigoso. Poderia te amarar com isso e seria livre para fazer te machucar depois? Ou talvez te aperte com ele pela própria boca?


Ele aproximava da cara e colocava o arrame farpado pela boca, de um modo bem lento, e aperta para trás, porem não estando em posição para se cortar muito. Ele levanta uma sobrancelha e fica olhando para cima como se estive-se a imaginar algo. Ele tira os fios da boca mostrando poquinho sangue nos lábios.


Jigglypuff: Não deveria me cortar desse jeito. Tenho certeza que fãs iram reclamar que estou plagiando as Gardeas não? Mas a verdade... É que dor e terror nos fazem sentir bem. Nos fazem sentir vivos. Foi por isso que me popós um combate como esse...


Jigglypuff: Queres te sentir viva? Não se preocupe, eu te farei sentir viva. E no final te farei sentir morta também. Afinal, vou ter uma senhora ah minha disposição agora? Que intressante né? Mas é, agora não tem volta a dar. Mas não importa, dor é temporária. Honra não.


Jigglypuff: Me mostras sua mascara? Eu não quero tua mascara, é tão inutil quanto... Sei lá, minha camisa?


Enquanto ele lambia um pouco os seus próprios lábios. Ele tenta apontar para a camisa, mas até esquece que nem a estava a usar.


Jigglypuff: Não é a tua mascara que importa, é o rosto, é a pessoa honrada que se esconde atrás dela.


Jigglypuff: Acreditarias se eu te fala-se que isto tudo é pura curiosidade misturada com zoeira?


Jigglypuff: Será que realmente é apenas... Sei lá? Que é só feia e isso é mais um motivo para usar mascara? Familia de Luchadores hein? Devem ser de pouco sucesso porque nunca ouvi falar em nenhum. Ou também é segredos?


Ele fazia perguntas meio retóricas, enquanto ficava brincando com o arame.


Jigglypuff: Eu já lutei contra luchadores antes... Sempre ficam se movimentando de um lado para o outro com um estilo beeem.... Bem inrritante sabe? Fica dificil pisar em ti. Mas não é impossível.


Jigglypuff: Estou lúcido que não será fácil. Mas o fácil não é divertido. Tive uma vitoria em cima do Bruno que foi tão irrelevante quanto minha derrota contra Robeer. Eu não quero oponentes pequenos. Eu quero oponentes grandes e que valam a pena.


Jigglypuff: Vale a pena lutar contra tua honra senhora. E valerá ainda mais a pena derrotar ela e te fazer tirar a mascara na minha presença, vai que realmente é atraente? Vou exigir um beijinho também, essas apostas ainda tão valendo né?


Ele ficava rindo enquanto segurava no arame com a mão esquerda, e com a direita mostrava o rosto para a câmara batendo com o dedo na bochecha, mostrando um ar pouco sério.


Jigglypuff: Rei Hardcore? Gostei do nome. Mas creio que temos por ai outros que gostarão mais dele. Talvez bruxinha preferida dos Bés, Violetty? Talvez o Havoc goste de ser chamado assim mesmo estando perdido em outra divisão? Provavelmente King também gosta de ser chamado assim.


Jigglypuff: Eu não estou aqui para reinar. Eu não estou aqui para desprezar ninguém. Eu não estou aqui para mostrar que quero ser o centro de tudo, eu sei que o mundo não gira a minha volta...


Jigglypuff: Eu estou aqui para me divertir, para passar uns bons tempos, naquela que parece que é a minha casa. Sim. Na casa que tu pisas faz tempo... Na casa que EU ajudei a construir.


Ele deixava o arame cair no chão, e ficava apontando com o indicativo para o si mesmo enquanto dizia "eu".


Jigglypuff: Não vou dizer que este é um combate que não vai vencer. Porque eu não prevejo o futuro, e eu não faço ideia que porra vai acontecer. Mas tu não me conheces Lady. Talvez julgues que sim. Mas eu sei que não.


Jigglypuff: Eu honro minha familia com sangue e suor, não com bugigangas.


Jigglypuff: Eu não precisava de vencer. Até tu aceitar me mostrar a mascara, e até tu escolher essa estipulação. Agora eu definitivamente te irei quebrar.


Ele fazia sinal de "partir" com os punhos proximos e rodando eles para fora.


Jigglypuff: Não vai enfrentar um pokemon qualquer. Vai enfrentar um lutador Old School, um lutador de 2º geração. Eu sou melhor do que aquilo que todos vocês imaginam. Está me no sangue. Eu não sou apenas mais um Bé. Eu sou o Bé. Eu sou o Bé Junior.


Jigglypuff: Eu sou Hardcore.


Jigglypuff: E eu estou somente recomeçando.


Ligação se encerra.




 


 



★ Have faith in yourself. ★
avatar
Lady of wrestling

Mensagens : 71
Pontos : 80
Reputação : 11
Data de inscrição : 19/02/2017

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Lady of wrestling em 08.07.17 5:31

Lady tinha sido convidado pela NWR para comentar sobre o Card do PPV, ela estava em um estúdio da empresa, pronta para falar

- Olá a todos que acompanham a NWR, aqui quem está falando é a Lady, La heroina da empresa, hoje fui convocada pela empresa para comentar sobre o card do show.

Ela apontava com o dedo no telão apareceu a imagem da Luta dela contra Jigglypuff, todos no estúdio ficaram confuso já que aquela não é a primeira luta do PPV

- Me desculpe diretor, mas tomei liberdade de começar pela minha luta, muitas pessoas querem ouvir algumas respostas sobre o que ele falou, por sinal palavras interessantes, primeiro respondendo se sou burra, talvez um pouco Jigglypuff, provavelmente Valugi quando me ver vai brigar comigo por ter escolhido essa estipulação, mas sabe quero atingir meu limite, quero novos desafios, eu propus aquela luta com Narkissa, uma Hell in Cell, e sim fui levada e levei a minha rival succubus ao limite, sim não quero relaxar, quem mais poderia me levar ao limite do que um especialista em lutas hardcore, em uma luta onde a pessoa tem que ficar 10 segundo nos chão, se estou me propondo a isso Jiggly e porque quero um novo desafio, quero sim que seja maior até de que minha luta com Narkissa, não gosto de ficar parado no mesmo canto, mesmo sem valer cinturão, vamos fazer história, até porque nossas honras estão em jogo, algo talvez mais importante do que um cinturão

A luchadora falava seria, com uma expressão, que mostrava que aquilo era exatamente o que ela queria.

- A luta com King era diferente, tinha uma escada e um cinturão em jogo e creio que aquela derrota dela, o fez andar vários passos para trás, dessa vez entrarei nesse jogo, mostrarei que também posso ser muito mais que uma simples luchadora, e normal que você não conheça a mascara que eu levo em honra aos meus pais de criação, no México eles lutavam para entreter pequenas plateias em cidades carentes, mas para mim isso é a honra que carrego, você parece não se importar muito, parece está mais interessado em ver meu rosto

Lady sensualizava um pouco, enquanto brincava com a máscara

- Será que sou feia ou bonita Jiggly? Eis o mistério que você quer saber, mas isso não acontecerá porque vou fazer você ficar deitado por 10 segundos no chão, mostrarei que posso ganhar em seu terreno, mas já falei de mais de nossa luta, fui convidado para comentar o card, vamos para primeira luta da noite.

Aparece a imagem da Open Match: Hardcore - Christer Brezinski Vs Juan Pedro

- O retorno de Juan Pedro, ele ficou maior e mais gordo não, sempre falam que quando um atleta para de praticar ele ganha algum peso e isso aconteceu com Juan, prometa que não aconteça comigo, e ele enfrentará o novato Christer Brezinski, e acho que pelo que vi desse novo lutador ele tem total condições de vencer Juan.

Quando ela acaba de falar, aparece a imagem da disputa do Elite Championship: Championship Scramble - Bruno Jackson Vs Marjorie Beliviery Vs Eric Morgan Vs Ashley Thompson vs King Armstrong Vs Daniela Ribeiro

- Um monte de gente disputando o Elite, em uma estipulação, que pode ajudar qualquer um dentro da luta, porque são 20 minutos para alguém ser pinado e manter esse pin, minha torcida está para Jojo e Daniela, acredito que uma das duas saiam vencedoras desse combate, mostrando a Girl Power dentro da NWR, as mulheres dominando o pedaço.

A terceira imagem aparece Cursed Championship: Dog Collar - Violetty Gardea Vs Katrina Voigh

- Claramente a favorita é Violetty, que é uma maquina de luta, tenho que admitir o que essa bruxa faz é de impressionar, mesmo não gostando das atitudes, como lutadora sempre a admirei, a adversária já foi lutadora, e com certeza vem com todo o gás para essa luta, mas mesmo que der algum trabalho, acredito que a Bruxa prevalecerá, será que finalmente ela achou sua divisão, ela pode ser chamada de Rainha do Hardcore, então o Cursed lhe serve muito bem.

Aparece a imagem do Co-Main Event Intercontinental Championship: Electrified Cage - Narkissa Gardea Vs Havoc Michaels

- Primeiro tenho que dizer a Havoc, que continuo achando a vitória dele como um golpe de sorte, e acredito que Narkissa recupera o cinturão no PPV, o próprio Havoc não sabe o que fazer com o cinturão e vem inventando desculpa loucas para justificar o que aconteceu no último show, então acredito que minha rival, a succubus vença e recupera o Intercontinental Championship.

Por último e não menos importante o Main Event Nwr World Championship: "I Quit" - Filipe Bé Vs Devon Maverick

- Sabe essa vai ser uma grande luta, dois lutadores resilientes, que não desistem com facilidade, Bé já atrapalhou 2 vezes em lutas que estou envolvido, e Devon atrapalhou Dani também em sua luta, enfim espero que essa rivalidade termine de uma vez e Devon levante o título de principal campeão, por toda a carreira dele, ele merece essa vitória, ainda mais em um evento como esse.

A imagem volta para Lady que está sorrindo

- Espero que tenham gostado de minha analise até o próximo vídeo, me siga nas redes sociais.

O programa termina com a música do PPV

avatar
valugi

Mensagens : 84
Pontos : 156
Reputação : 78
Data de inscrição : 19/01/2017
Idade : 27

Re: Prome Aqui!

Mensagem por valugi em 08.07.17 15:57

Robert andava com um pouco de dificuldade, devido ao ataque dos mascarados, mas dessa vez aparecia em quarto totalmente escuro, onde só dava para ver os vultos dele e logo após a vinheta Welcome to My Nightmare, quando aparece ele segura uma máscara parecida com as que os mascarados usavam e de repente ela virou pó

- Esses mascarados não sabe com quem se meteram, vocês vão virar pó assim como essa máscara, estarei no camarote, esperando vocês aparecerem para dar um fim com tudo isso, ai vocês conhecerão o verdadeiro significado da palavra pesadelo, estarei esperando vocês agirem, que serão recebidos por minha querida pinça

Ele passava a pinça pelo corpo, mostrando que podia ser uma ameaça

- Por sinal Valugi estará nesse show, a última vez que eu vi ele, ele estava deitado no chão (Risos), sabe meu colega Inglês poderíamos conversar mais sobre uma loirinha que você matou, ela parecia ser uma mulher tão doce e meiga e realmente te amava, como se sente acabando com seu próprio amor e ainda sair como inocente, inclusive sendo embaixador da NWR, você estão empregando um assassino para essa função, essas novas Gms fazem uma merda atrás da outra.
Robert andava de um lado para o outro pensando em algo

- Sabe recebi elogios do pokemon e da Bruxa, o Jigglypuff quer lutar de novo comigo, sempre estou a disposição, meu colega, e sim temos que ter estipulação hardcore, será uma luta onde sangue prevalecerá, e a Bruxa, disse que tem vontade de me matar, vindo dela sei que isso é um elogio e tanto não é, quem sabe não voltamos a nos enfrentar, esse seu título combina comigo perfeitamente não acha?

Ele aparecia fazendo seu sorriso característico e se despedia, entrando a vinheta Welcome to Nightmare

avatar
Lady of wrestling

Mensagens : 71
Pontos : 80
Reputação : 11
Data de inscrição : 19/02/2017

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Lady of wrestling em 08.07.17 17:48

Lady, Jo jo e Daniela estavam treinando juntas em uma academia, Marianna também as ajudava aconselhando elas, as três trocavam golpes, cada um com suas características, em cada momento elas paravam para aconselhar uma a outra, Marianna atenta ao treinamento ver uma mão em seu ombro, quando olha percebe que é Valugi

- Há quanto tempo Marianna

Marianna abraçou Valugi

- Como estão as coisas Valugi?

- Tranquilo, trabalhando nessas 3 joias do wrestling

Mariana sorriu e falou

- Para mim uma delas já e realidade

Apontando para lady que nesse momento tinha derrubado Marianna e Jo jo com um duplo clothesline pulando das cordas e pousando

- Ela é ainda é jovem, mas concordo que tem potencial para ser uma campeã mundial.

- Você viu a luta dela com Narkissa

- Sim

- Aquilo não responde sua pergunta?

- Mas no fim ela perdeu, sim foi por pouco, mas perdeu.

Enquanto os dois conversavam Lady percebeu que Valugi estava lá e chamou a meninas para apresentar ele

- Há quanto tempo Valugi

- Oi Lady como estão as coisas?

- Muito bem, quero lhe apresentar minha duas amigas, Jo jo e Daniela

- Sim, eu conheço as duas, vem mostrando grande evolução dentro da NWR

As duas ficaram envergonhadas com o elogio do lutador Inglês, enquanto Mariana sorria, Daniele meio perdida perguntou

- Mas quem é você mesmo?

Mariana deu um tapa na cabeça dela, enquanto as outros riram

- Ele é simplesmente um dos maiores nomes do wrestling Inglês, ele competiu com seu tio pelo título, e após perder se aposentou

- Sim agora me lembro de você na luta, infelizmente não deu para vencer não é, desculpe Valugi por ter esquecido

- Sem problemas

Lady toda empolgada perguntava

- E ai não vai ter conselho para a gente?

- Sim, porque não Dani e Jo jo, vocês estão em uma luta que não é das mais justas, são 20 minutos para quem alguém consiga o pin e quem sabe se consiga mantê-lo, e importante vocês trabalharem em equipe para que uma das duas conquiste esse título, já que entre os adversários mais perigosos temos King Mortal Armstrong, que para derrubar ele vocês precisarão desse trabalho de equipe, ele é muito forte, a Lady sentiu isso quando enfrentou ele pelo título Intercontinental.

A luchadora fazia um afirmativo com a cabeça concordando com o que Valugi falava

- E quanto a mim?

- Bem depois da besteira que você fez escolhendo essa estipulação contra um lutador especialista em lutas Hardcore

Todas sorriem enquanto a Lady faz uma cara feia

- Estou brincando minha querida Luchadora mascarada, sei que você gosta de novos desafios, meu conselho é você vai ter que ser hardcore para derrotar ele, utilize equipamentos e táticas inesperadas para fazer Jigglypuff ficar 10 segundos no chão, só assim você conseguira vencer, e claro continue usando sua agilidade, ele pode ganhar em potencia dos golpes, mas você vai ganhar no número de golpes.

- Obrigado Valugi, sempre gostei dos seus conselhos e senti sua falta

A luchadora abraçou o lutador Inglês que retribuiu

- Eu também senti minha amiga, mas sou uma pessoa de palavra, mas não se preocupe, caso você vença irei comemorar com você, e fico feliz que você finalmente arranjou amigas aqui dentro, ser heroína solitária não combina com você

As 3 se juntaram Lady no meio, Dani do lado esquerdo e Jojo no lado direito

- Nos somos a Sweet Heroine Club!!!

As 3 falavam gritando e depois rindo, mas sim elas eram verdadeiras amigas e que estariam juntas nesse momento, enquanto Valugi batia palma

- Espero que vocês continuem unidas e boa sorte no PPV.

O ex-lutador Inglês se despediu de todas elas, Lady ganhava um adicional de confiança, ficava feliz que valugi tenha conversado com ela e esperava atuar muito bem no PPV.
avatar
OrionStar

Mensagens : 61
Pontos : 77
Reputação : 6
Data de inscrição : 04/11/2015
Idade : 18
Localização : Paulínia, SP

Re: Prome Aqui!

Mensagem por OrionStar em 08.07.17 21:30

Farewell

Aeroporto di Milano-Malpensa, 21:00

Eu e Zoey estávamos nos dirigindo na sala de embarque. Iríamos seguir destinos diferentes desta vez. Ela iria voltar para os Estados Unidos e eu voaria para a Inglaterra, para a semana mais importante da minha vida. Se não fosse por ela, talvez eu não estaria aqui para contar essa história para vocês. Passamos um bom tempo junto nesse tempo desde que eu voltei para os Estados Unidos há dois meses. Foi ela responsável por me ajudar (e por continuar me ajudando) nesse momento que está tão delicado na minha vida. Ela iria seguir sua carreira de psicóloga. Talvez seja por isso que ela me ajudou de forma tão intensa a recuperar meu psicológico, porém tenho um leve ressentimento de que maus pensamentos voltem a pairar minha cabeça. Até porque, a noite mais importante de minha carreira e vida se aproxima. Andando pelo setor de embarque estava eu com meu casaco azul, camisa e calças preta e tênis cinza. Zoey estava toda agasalhada, fazia um frio de matar em Milão. Carregando uma de suas duas malas e duas minhas nós chegavamos ao sala de espera e ficamos aguardando. Conversamos um pouco:

- Você sabe o quão importante foi esse tempo pra mim?

- Eu devo imaginar. - Respondeu.

- Está sendo um dos mais tensos momentos da minha vida. Ainda mais quando estamos chegando para uma luta decisiva.

- Deixe um pouco disso Devon! - Disse.

- Mas por que?

- Não vejo nada de tenso em você. Esse mês inteiro você foi muito bem. Você está bem, está feliz. Não porque achar nada de tenso ou preocupante. Eu sei que essa é a SUA luta, mas você tem que se mostrar positivo, como eu sempre te disse.

Engoli as palavras que vieram e fiquei com cara de surpreso. Zoey continuou a argumentar, colocando-se a minha frente.

- E vou te dizer: Não importa o resultado da luta contra o Filipe, eu espero que você não se abata facilmente. Que siga a vida com um sorriso no rosto e fazendo o que goste. - Disse fazendo uma pausa para pensar e logo voltou a dizer. - Se não ganhar, acredite que o esporte não te merecia, pois eles sabiam que você era melhor e mais merecedor. Existiram grandes lutadores que por infortúnio nunca ergueram o título máximo. Mas se você ganhar, seu sonho estará concretizado.

Respirei fundo, olhei para cima, olhei para ela e disse:

- Eu... não tenho palavras. Sempre foi assim. Quando você entrava nesse lado mais psicológico, falava mais afundo, sempre me deixou assim. Eu só tenho a te agradecer por esse tempo.

Então eu abracei Zoey bem forte, contendo a emoção pois além das belas palavras era uma despedida. Nós sempre mantivemos nossa amizade sempre bem fortalecida em oportunidades que o tempo havia dado. Eis que para interromper o clima o auto-falante anuncia:

- VÔO 189 MILÃO-NOVA IÓRQUE PRONTO PARA SAIR. PASSAGEIROS, DIRIGAM-SE PARA SALA DE EMBARQUE.

- É, parece que é um adeus. - Eu disse.

- Nunca é adeus Devon, nunca foi. O tempo sempre nos dá chances para se reencontrar.

- Disso eu sei. Aliás, saiba você que se eu perder dia 14, acabou. Eu tô fora.

Zoey respira fundo e diz:

- Você tem certeza? Está certo disso?

- Sim, eu estou. É a hora do agora ou nunca.

- Espero pelo menos te ver feliz e, quem sabe, como NWR Champion.

Um último abraço antes da despedida. Entreguei sua mala e a deixei na sala de embarque enquanto aguardava meu vôo para a Inglaterra. Soube que Valugi estaria lá vendo o evento. Sempre imaginei um cenário onde eu chegaria no main event do principal show da empresa contra um grande amigo como Valugi, alguém que sempre respeitei desde o tempo de E-Fed. Voltei para a sala de espera, à toa. O auto-falante dizia:

- VÔO 277 MILÃO-MANCHESTER PRONTO PARA A SAÍDA. PASSAGEIROS, DIRIGAM-SE PARA A SALA DE EMBARQUE.

Era a hora de encarar a semana mais importante da minha carreira e da minha vida. Não seria o cenário que eu queria, em casa, Nova Orleãns, mas sim em Birmingham. Era vencer o título de uma vez por todas ou me aposentar com a decepção de uma vida inteira.




"Lembre-se de toda a tristeza e frustração e deixe-a ir."
avatar
✡ MadameZombie ✡
Admin
Admin

Mensagens : 180
Pontos : 524
Reputação : 324
Data de inscrição : 31/12/2016
Idade : 21
Localização : Salém

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ✡ MadameZombie ✡ em 09.07.17 7:57

====================== PROMO BRUNO =================




Vídeo postado no site oficial da NWR

A transmissão se  inicia mostrando um grande campo de futebol, está no início da manhã, o sol esquenta todo o campo. A câmera mostra apenas o campo, e o homem no centro, onde dá início a partida. O homem está trajando o uniforme do Real Madrid completo, com um óculos escuro, seu semblante está sereno, ele abre um sorriso, e estica seus braços para seus respectivos lados, em seguida diz:

- Olá NWR Universe, tudo bem com vocês.

O homem passa sua mão direita pelo cabelo, em seguida ele passa sua mão esquerda no queixo, enquanto sorri.

- Comigo está tudo bem, mas hoje não pretendo falar sobre mim, sim sobre o PPV! Bom, este card ficou bacana na minha opinião, com combates de tirar o fôlego. Começando sobre a Open Match. Uma Hardcore Match tendo um retorno aos ringues. Juan Pedro meu grande amigo versus Christer Brezinki um dos rivais atuais, óbvio que eu torcerei pelo Juan, mas creio que esse combate não tenha um favorito, pois Juan não luta faz tempo, e a estipulação exige muito do Wrestler, sendo assim é mais provável a vitória do Christer, entretanto ainda têm o recorde do Juan em PPV, então eu fico neutro.

O homem passa sua mão esquerda na barba enquanto pensa sobre o que irá falar a seguir.

- A segunda match é uma Last Man/Women Stating Match, bom essa estipulação é muito show em minha opinião, mas não tenho nada a ver com isso. Minha torcida irá para Lady, por ela ser uma luchadora honrada, justa, guerreira, é muito talentosa, mas acredito que Jigglypuff têm total condições de a supreender! Como ela mesma disse está estipulação o favorece então novamente teremos um combate sem favorito, mas prefiro a vitória da Heroína, Lady.

O homem abre um pequeno sorriso, em seguida ele começa a caminhar pelo local, com sua mão esquerda no queixo e a direita no bolso.

- A terceira é meu combate, bom uma Championship Scramble é uma estipulação desconhecida muito pouco utilizada, mas tentarei comentar algo sobre isso. King Armstrong será com quem eu mais irei me preocupar, porque ele é um lutador muito forte, esperto, além de ser talento, mas ultimamente ele vem cometendo o mesmo erro, este erro o custou o Intercontinental Championship! Subestimar seu adversário não é algo que se deve fazer meu caro, ainda mais como você vem fazendo, então te dou um conselho não subestima a Dani, eu já a encarei e a derrotei, mas posso te dizer que ela é muito talentosa! Isso eu posso te afirmar. Marjorie Beliveiry, bom está sim eu devo respeitar, fui a subestimar por ser uma modelo, e acabei perdendo o Cursed Championship! Então desta vez não cometerei o mesmo erro, irei a respeitar, mas infelizmente seremos rivais então esse respeito terá um limite, que será ultrapassado assim que estivermos frente a frente, naquele ringue! Ashley Thompson, bom sobre ela não tenho nada para falar, mas acredito que ela não será batida facilmente. Daniela Ribeiro você é muito talentosa, já a derrotei duas vezes enquanto você me derrotou uma, mas não é algo para se gabar, então apenas digo que não será fácil te vencer, porque além de ser talentosa, é esperta, astuta, entre outras coisas, então em nenhum momento devo te  subestimar. Por último Eric Morgan, bom eu já encarei ele uma vez e o venci, mas ele teve uma atitude covarde em seu retorno me atacando sem motivo algum, então o farei pagar por isso naquele ringue, o derrotarei de maneira justa, mostrando para ele que eu o derrroto pela frente enquanto ele me atacar por trás.

O homem está sério. Ele para de caminhar perto da marca do pênalti do lado direito, ele fica de costas para câmera.

- A quarta match é uma Dog Collars Match. A bruxa versus a mamba negra. Duas mulheres talentosas, mas creio que Violetty irá vencer e automaticamente irá reter o Cursed Championship! Porque Violetty é melhor pelo menos na minha opinião.

O homem se vira ficando de frente para câmera, em seguida ele mostra um ar pensativo. O homem está suando.

- A quinta match é uma Eletrific Cage Match. Narkissa Gardea versus Havoc Michaels. Este combate envolve duas pessoas muitas talentosas, ousadas, espertas, e que levam a sério a frase " fazer de tudo para vencer". Este combate será muito interessante que sangue irá jorrar no ringue, mas minha torcida vai para Narkissa Gardea, porque acredito que ela mereça mais este título.

O homem abre um sorriso sarcástico, em seguida ele tira o óculos e o joga para longe. O homem passa sua mão direita na sua testa tirando um pouco do seu suor.

- Por último o Main Event. Está feud está pegando fogo, tendo dois lutadores muitos talentosos, mas na minha opinião por tudo que ele fez na carreira Devon merece mais essa vitória.
O homem fica com cara de esperança, em seguida ele respira fundo e diz:

- Então é isso gente, espero que tenhamos um grande PPV e podem ter certeza eu darei meu máximo para sair do Clash Of Revolution como Elite Champion!

A imagem fica trêmula e escura, mas dá para ver o homem acenando para câmera com um enorme sorriso no rosto, durante alguns segundos até se escurecer por completo encerrando assim o vídeo.

Vídeo encerrado.




♦️ You're lookin' crazy and you're lookin' wrong
We look like we belong ♦️

avatar
♣ Kaoryy ♠

Mensagens : 102
Pontos : 102
Reputação : 2
Data de inscrição : 02/01/2017
Idade : 26
Localização : Berlim

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♣ Kaoryy ♠ em 09.07.17 18:12



– 1ª Reunião!  –

O vídeo se inicia mostrando Marjorie recebendo Lady e Daniela para um jantar, a modelo pede para as amigas sentarem no sofá enquanto o jantar não ficava pronto.

Lady – Achei que era para vir as 15 horas! –

A mascarada comentava enquanto sentava ao lado esquerdo do sofá!

Jojo – Sim era! Mas aconteceu um imprevisto ai tive que mudar os planos! –

A modelo sentava no meio enquanto pegava um copo de água e oferecia para as duas que negavam com a cabeça.

Dani – O que houve?  –

Perguntou a morena que sentava ao lado direito do sofá cruzando as pernas logo em seguida.

Jojo – Tive que dar uma entrevista falando da nova fase de minha vida! Como foi a minha primeira derrota! Essas coisas. –

Lady – Compreendo! Normal, afinal você mudou de carreira! É compreensivo que as pessoas queiram saber como se sente! –

Dani – Eu concordo! Você deu uma grande virada na sua vida, é querida por muitas pessoas! É normal eles quererem saber como você se sente!  -

Jojo – Sim eu sei disso! Mas é muita correria sabe? A expectativa é grande então desapontar os fãs é algo que não queremos! –

Logo os empregados avisam que o jantar já estava pronto e as três foram para mesa se servirem. A câmera focava no que as três estavam fazendo e conversando, sobre diversos assuntos e se divertiam muito, porém não era mostrada toda a conversa do jantar, então é cortado para o momento em que elas voltam para a sala com as taças de vinho nas mãos!

Lady – Obrigado meninas pelo apoio que tem me dado! Isto está sendo muito importante para mim! –

Jojo – Não precisa agradecer Lady! Saiba que terá sempre o meu apoio! –

Dani – Eu digo o mesmo, somos amigas e temos que apoiar uma à outra! É ruim estar sozinha sem apoio de ninguém! –

Lady – Obrigado mesmo meninas! Isto tem sido muito importante para mim! –

Jojo – Já que a idéia veio da Lady, poderia nos explicar o motivo de formamos este grupo? –

Lady – Acho importante unirmos forças! Somos amigas e temos que ser unidas!  –

Dani – Eu adorei a idéia! Isso pode vir a nos ajudar muito uma a outra! –

Jojo – Realmente são poucos Wrestler que mostram companheirismo um ao outro!  –

Lady – Exceto as Gardeas que por serem irmãs estão sempre unidas, uma apoiando a outra! E tem o apoio e companheirismo de Bé, até de Jigglypuff! Como nós temos a mesma visão devemos sempre esta do lado uma da outra!  –

Jojo – Isso inclui de repente enfrentar a elas também? –

A modelo perguntava enquanto permanecia de braços cruzados e pernas também cruzadas, o silencio tomou conta por alguns segundos até uma das três quebrar este silencio!

Dani – Provavelmente! –

Lady – Sim por que não? Acredito que somos capazes sim de vencê-las! –

Jojo – Lady, não acho que deveríamos enfrentá-las por agora! –

Lady – Por que não? –

Jojo – Eu tenho muito que crescer e no momento estou a disputar a Elite juntamente com a Dani! As Gardeas neste exato momento estão em um nível um pouco mais superior! –

Lady – Acha que isso é um problema? –

Dani – Elas sempre estão dispostas a arriscar tudo! –

Jojo – Não é exatamente isso! Quero dizer é isto também. Mas temos que pensar como verdadeiros campeões! Nossos inimigos estão mais forte que nós e para isso temos que nos fortalecer! Não acho propicio enfrentarmos uma delas agora ou as duas! –

Lady – Eu sei disso não é para agora! Eu sei dos planos de vocês e tudo mais!E sei que vocês querem se fortalecer! Porém as brigas das Gardeas junto com a Jojo são enormes! –

Dani – É pelo o que a Jojo representa! Acredito que seja por isso e elas se sentem ameaçadas! –

A modelo encosta suas costas nas costas do sofá enquanto bebia seu vinho!

Jojo – Elas não me acham boa o bastante! Pensam que sou somente um rostinho bonito! Elas enxergam luz em mim! E quer destruir isto plantando sombras me fazendo ser uma alma perdida! Eu não gosto muito de colocar a minha religião no meio disso tudo sempre irá se tornar uma guerra por conta disso! Nunca as critiquei por este motivo e agora estou me vendo desta maneira! Elas estão plantando uma guerra! Os primeiros passos para se chegar ao nível delas e ganhar a Elite! –

Lady – Sim elas estão vendo que estamos ganhando forças e isso as incomoda! –

Jojo – Por isso quis formar um grupo! Um grupo forte com o mesmo objetivo! –

Dani – Mostrar para todos que somos capazes de derrotar o mal, e que a esperança é a ultima que morre! –

Lady – Isso mesmo Dani! Quero mostrar para todos que podemos levar a vida de um modo justo! Heróis realmente existem para nos mostrar que não estamos sozinhos e vocês têm a mesma visão! –

Jojo – Amei a idéia anjinhas! –

As duas ficaram a se olhar estranhando um pouco!

Jojo – Eu costumo chamar meus amigos e fãs assim! –

Lady – Tudo bem! Que bom que amou a idéia, juntas temos mais chances... –

Dani – Eu também gostei muito!  A Jojo boa sorte no nosso combate! Para você também Lady! Irei torcer muito por você! –

Jojo – desejo-lhe a mesmo, Dani! Quero que dê tudo de si dentro daquele ringue! E Lady mostre do que é capaz contra Jigglypuff! –

Dani – Eu quero que você faça o mesmo Jojo! –

Lady – Obrigada meninas, boa sorte para as duas! Estarei torcendo por vocês ganharem o titulo! Podem deixar eu irei dar tudo de mim para vencê-lo! –

A três se levantam e vão em direção a porta a câmera vai seguindo as três enquanto elas se dependem, Marjorie fecha a porta de sua casa e assim o vídeo se encerra!



Os dias vão passando devagar e as coisas encontrando seu lugar tudo muda, menos o que eu sinto por você

avatar
✡ MadameZombie ✡
Admin
Admin

Mensagens : 180
Pontos : 524
Reputação : 324
Data de inscrição : 31/12/2016
Idade : 21
Localização : Salém

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ✡ MadameZombie ✡ em 09.07.17 20:43

Domingo a tarde

A bruxa estava saindo do quarto do hotel ela ia saltitando pelos corredores enquanto conversava sozinha ao menos parecia que era sozinha a mulher brigava e depois ria ela mandava mensagens para a irmã falando que estava com saudades entre outras coisas como declarações de amor ela parou quando ouviu uma voz conhecida a mulher voltava saltitando e via o Creepy Clown dela chutando e batendo na porta de um dos quartos a mulher se aproximava dele sorrindo enquanto ele falava vários palavrões batendo na porta

Violetty: - Portas são irritantes não gosto de falar com elas também...se quer uma dica fale com as paredes elas sabem muitos segredos

O homem olhava para o lado parecia surpreso em ver que a mulher estava ali ele dava um último chute na porta e bufava irritado

Stryker: - Antes fosse a boca irritante dessa porta meu problema...essa merda não abre eu to ficando puto pra caralho

Violetty: - Já pensou que talvez ela não seja uma mulher fácil? Tentou dar uma cantada nela?

Stryker: - Essa ai deve ser de família religiosa não abre de jeito nenhum...vadia

Ele xingava a porta enquanto a bruxa olhava para a chave ela inclinava o cabeça para o lado tentando ver de ponta cabeça ela virava o corpo todo

Violetty: - Ei Tyke acho que é o número errado

Stryker: - Não fode….

Violetty: - Fodo sim olha o número

Ela apontava com o dedo indicador o palhaço ao invés de levantar a placa com o número preso na chave ele virava a cabeça junto da bruxa para ver se conseguia enxergar o número

Stryker: - Ahhhh mas que merda

Os dois levantavam a cabeça o número estava ao contrário os dois ficavam encarando a porta

Violetty: - Ela está brava

Stryker: - Eu sei….também estaria se um filho da puta ficasse me chutando e fosse o número errado...mas em minha defesa senhora porta a culpa não foi minha

Violetty: - Senhora porta não liga não o Tyke fugiu da escola

A bruxa ia passando a mão na porta e falava aquilo segurando o riso estava zoando com o palhaço

Stryker: - Ah claro se eu fugi da escola você teve aulas de etiqueta com macacos

Ele apontava para ela e ria até a bruxa começar a rir e dar um leve tapa no ombro dele

Violetty: - OLHA AQUI!

A bruxa falava séria como se estivesse com muita raiva dele até mesmo assustou ele a reação da morena

Violetty: - Não tem macaco nenhum!...eram hienas

Ele empurrou a bruxa de leve brincando com ela a saiu andando rindo largava a mulher para trás e fingia não a ouvir

Stryker: - Como é bom andar totalmente SOZINHO no corredor sem ninguém para falar comigo sem bruxas sem nada apenas eu

Violetty: - Ei eiiiiii eu to aqui!!!

Ela ia pulando do lado dele e na frente tentando chamar a atenção do homem que apenas a ignorava

Stryker: - Nossa não imaginava como a água desses canos podiam fazer barulho mesmo atrás da parede

Ele fingia não a ver a mulher emburrava fazendo um bico infantil ela saia da frente dele e ia andando para longe o homem parava de andar vendo que a bruxa sumiu ele riu e balançou a cabeça em negativo quando ia começar a caminhar ele ouviu barulho de passos e eram rápidos nem, deu tempo de olhar para trás a bruxa pulou nas costas dele igual uma mochila e segurou firme

Violetty: - Eu to aquiiiii não pode me ignorar agora!

Ele segurava o riso e continuava andando normalmente enquanto a bruxa bagunçava o cabelo dele e colocava a mão na frente dos olhos do homem não deixando ele enxergar nada

Stryker: - Nossa que hotel bosta meu irmão me arrastou nem luz tem

Violetty: - QUE!? Não me ignoraaaaa

Ela falava de um jeito manhoso parecendo uma criança mimada

Stryker: - Espera acho que eu ouvi alguma coisa

A bruxa sorria e tirava as mãos dos olhos dele esperando que ele falasse com ela foi quando ele olhou pra ela de canto e sorriu

Violetty: - Sou eu

Ela falava fazendo um biquinho com uma voz baixa

Stryker: - Meu deus eu não acredito

Ele fingia surpresa até mesmo arregalando os olhos ele se olhava no espelho estava olhando para a bruxa nas costas dele a mulher sorriu acenando para o espelho

Stryker: - Não acredito que....meu cabelo está do lado errado

Ele fazia a maior pausa dramática a bruxa começou a bagunçar o cabelo dele jogando para todos os lados enquanto ele ria segurando ela

Violetty: - Me nota agora! me notaa!!!

Ela gritava enquanto ria as pessoas fugiam dos dois evitando o corredor dessa vez ele não conseguiu segurar a risada acabou rindo com a morena

Stryker: - Olha só...Oi Letty está a muito tempo ai?

Ele sorria e começava a caminhar com a bruxa para as escadas ele ia descendo

Violetty: - Estou...

Stryker: - Nem percebi foi mal

A bruxa soltava das costas dele e começava a saltitar ao lado do homem descendo as escadas até o hall

Violetty: - Vamos fazer alguma coisa

Stryker: - Ideias de coisas para fazer com você não me faltam ainda mais a noite quando estou sozinho nesses momentos eu penso bastante

Estava falando de uma forma bem sugestiva a bruxa ria e sala pela rua o homem vendo ela pulando por ai acabou seguindo ela e pulando junto as pessoas ao redor ficavam olhando os dois

Violetty: - É divertido não é?

Stryker: - Eu gostei farei isso mais vezes hahahaha vou acabar te chamando de coelhinha

Ao ouvir a bruxa colocou as mãos atrás da cabeça tentando imitar orelhas de coelho enquanto pulava

Stryker: - Coelhinha amaldiçoada que tal? Sim já estou sabendo que ganhou daquela loira bonitona

Violetty: - Sim ela é bonita eu ficaria com ela facilmente

Stryker: - Adoraria ver isso vai lá corromper a anja e me chama para filmar

Ela parava de pular e fazia uma expressão pensativa e logo sorria

Violetty: - Tive uma ideia falando em corromper ou perturbar

Stryker: - Vai me deixar participar ao invés de só filmar?

Ele falava com um grande sorriso mostrando esperança

Violetty: - Desencana disso se eu pegar vai ser só entre eu e ela

Ele fazia um bico decepcionado mas logo ria e seguiu a bruxa que foi até uma espécie de barraquinha ela voltava segurando um saco de azeitonas

Stryker: - Sua ideia de perturbação é comer azeitona?

Violetty: - Não não eu tava com vontade de comer azeitona e tive uma ideia

Stryker: - Já está com desejos? Coitado do meu irmão mal pode aproveitar....oiieee sobrinho

Ele abaixava e abraçava a cintura da bruxa falando com a barriga dela como se estivesse grávida

Violetty: - Que?..não não nada disso deuses me livrem jamais

Stryker: - Mas ainda tenta né?

Ele sorriu com malicia ainda agarrado na cintura dela a mulher sorria tentando não rir e comia uma azeitona ela ia mordendo até ficar o caroço ela olhou em volta e cuspiu o caroço na cabeça de uma mulher ficando preso no cabelo dela

Stryker: - Ohhhh que maneiro agora gostei..me dá uma eu pensei em jogar pedras mas desse jeito é divertido também

Violetty: - Eu já joguei pedras mas começaram a reclamar que machucava e eu fiquei de castigo por uma semana

Ela falava normalmente até ver o homem cuspir o caroço que caia dentro de uma garrafa de água de um que estava parado lendo um jornal os dois começaram a rir eles davam um high five

Stryker: - Hahahaha se fodeu espero que ele curta a água “azeitonada” dele

Violetty: - Vamos azeitonar as pessoas

Ela falava pulando animada enquanto cuspia outro caroço esse quicou na cabeça de uma mulher em pegou no olho do filho dela

Stryker: - Caralho essa deve ter doído azeitonou bem o olho dele

Eles não paravam de rir um segundo se quer não estavam tentando disfarçar apenas se faziam de inocentes quando alguém suspeitava eles ia andando pela rua e cuspindo os caroços das azeitonas nas pessoas os dois passavam a tarde assim nem viam a hora passar enquanto caminhavam juntos e conversavam sobre qualquer coisa

Violetty: - Ohhh Creepy Clown realmente dá pra ver melhor o céu assim

Já estava anoitecendo os dois estavam numa rua meio abandonada eles estavam deitados no meio da rua olhando o céu

Stryker: - Eu te falei que seria melhor ver daqui da próxima vez não me questiona

Violetty: - Parece que uma bomba explodiu e os estilhaços estão espalhados pelo céu

Ela falava sobre as estrelas foi quando o homem levantou se sentando ele puxava a bruxa pela mão quase arrastando ela

Stryker: - Vem aqui eu quando fui largado pelo meu irmão aquele ingrato acabei achando um lugar interessante e agora que falou de explodir tive uma ideia

Violetty: - Isso me parece errado...eu amei

Estava com empolgação na voz o homem levava ela para um ferro velho parecia abandonado a mulher olhava para os carros e quando virava ele havia sumido a bruxa ficou confusa e começou a procurar por ele

Stryker: - Vem aqui Letty eu tenho uma ideia boa pra gente passar a noite e como esse lugar é longe daqueles frescos vamos fazer disso aqui nosso ninho de amor

Ele dava risada e jogava um isqueiro para a bruxa enquanto ele segurava um galão de gasolina a mulher abriu um grande sorriso ao entender o que ele queria

Violetty: - Se alguém chegar a gente pode correr por ali que pé mais inabitado

Stryker: - Hahahaha sabia que ia entender a minha ideia isso sim é uma bruxa esperta

Ele ia jogando a gasolina em um dos carros e a bruxa pulava animada fazia bastante tempo que não destruía nada desse jeito ainda mais com companhia quando ele terminou ele se afastou e deu passagem pra bruxa

Stryker: - Faça as honras o próximo é meu

A mulher não pensou duas vezes e tacou fogo no carro enquanto pulava animada queria que explodisse ela jogava o isqueiro para o palhaço e aproveitava para torrar outros carros

Violetty: - Me empresta eu aprendo uma coisa muito legal com uma amiga minha quando treinava para virar lutadora

Ela pegava as coisas a bruxa incendiava um pedaço de madeira e colocava gasolina na boca foi quando o homem entendeu ele começou a rir e a bruxa piscou pra ele e cuspiu a gasolina fazendo a chama ir na direção do céu ela sorria

Stryker: - Já posso abrir um circo....nem sabia que podia fazer isso

Violetty: - Eu gosto desse tipo de coisa fogo é fascinante fazia muito tempo que eu não fazia isso

Stryker: - Usa isso na hora que for lutar com certeza vai ganhar fácil

Eles riram e ficaram um tempo vandalizando os carros tacando fogo ou quebrando a bruxa não ligava muito para a hora quando pararam de causar o caos ambos estavam sentados no capô de um carro que ainda estava pegando fogo mas apenas a traseira por enquanto a frente estava segura

Violetty: - Estranho...

Stryker: - O que?

Violetty: - Eles estão quietos demais isso nunca aconteceu

Stryker: - Talvez eles estão dormindo

Ele empurrou ela de leve com o ombro enquanto sorria

Violetty: - Será? Hahahaha eu nunca fiquei tão quieta eles falam comigo desde sempre

Stryker: - Isso não devia agradar muito os outros eu acho que seria legal ter sempre alguém para conversar

Violetty: - Eles nunca me abandonam e eu nunca abandono eles apena suma vez que eu pensei em fazer isso e foi quando meus pais me mandaram para o manicômio e eu vi a Naki eu não podia deixar ela eu não podia a fazer sofrer eu pensei em negar eles quis negar a mim mesma para a ver feliz

A bruxa falava olhando para o céu ela sorriu com ternura ao falar da irmã o amor que ela tinha pela loira não podia ser medido em palavras ou ações

Stryker: - Acho que entendo de certa forma deve ser complicado para nossos irmãos no começo eu e o Jiggly tínhamos nossos problemas

Violetty: - Minha maior felicidade não foi ganhar os títulos minha maior felicidade foi quando eu sai daquele lugar com a minha irmã eu sabia que ela não ia me esquecer porque eu não esqueci dela nossas almas estão ligadas

Stryker: - Irmãos mesmo quando a gente quer matar eles ainda gostamos é foda

Violetty: - Concordo eu quero matar minha musa as vezes mas eu olho pra ela e olho nos olhos dela...meu coração se acalma ai desisto de a matar diria que ela me faz ver que ainda posso sentir alguma coisa

Stryker: - Não se sente totalmente sozinha certo? eu sou assim com aquele Pokémon mala

Violetty: - Ei deixando o drama de lado vou te ensinar a cuspir fogo quem sabe não seja útil?

Ele pareceu animado com a ideia da bruxa eles saíram do carro antes que o fogo pegasse neles mesmo ele parecendo ligar muito pra isso a bruxa tentava explicar pra ele como fazer passaram o resto do tempo fazendo isso ao menos até o fogo maior e a bruxa cismar de dançar nas chamas chamando o palhaço com ela ficaram assim até amanhecer foi quando eles fugiram do lugar juntos e ficaram mais um pouco conversando até a bruxa voltar para o hotel querendo ver a irmã



♦️ You're lookin' crazy and you're lookin' wrong
We look like we belong ♦️

avatar
♣ Kaoryy ♠

Mensagens : 102
Pontos : 102
Reputação : 2
Data de inscrição : 02/01/2017
Idade : 26
Localização : Berlim

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♣ Kaoryy ♠ em 09.07.17 22:20

– Novo foco! Novos desafios! –

Era uma manhã de Domingo mais precisamente as dez e trinta da manhã quando o vídeo era iniciado podia ver varias espreguiçadeiras com uma mesinha ao lado e uma longa piscina, o vídeo vai mostrando uma por uma além da piscina como se estivesse a procura de alguém, logo mostra Marjorie deitada em uma delas aproveitando o sol que estava presente. Ela estava usando óculos de sol deu um sorriso ao ver a câmera se aproximar e se ajeitou um pouco tomando um gole de sua água de coco!

– Olá Anjinhos! Como vão?  –

A loira dava um sorriso simpático e ao mesmo tempo alegre.

– Eu estou ótima, muitos de vocês ficaram tristes pelo fato de que eu tenha perdido o Cursed! Eu li os comentários falando sobre isso! Mas peço a vocês que se acalmem, não é um bicho de sete cabeças! Como disse para ganharmos algo melhor temos que perder algo que já temos. E no meu caso foi o Cursed. –

Ela pediu para uma das faxineiras do abrir a sombra para ela  e assim a mulher o faz, a loira agradece e volta a encarar a câmera.

– Mas vamos por partes, acho que devo dar o meu parecer sobre todos os combates! –

A mulher pegou um caderno e o abriu o folheando até encontrar o que queria!

– O primeiro combate é de Christer Brezinski contra Juan Pedro! Um novato contra um experiente... Que por incrível que pareça esta bem diferente. Mas não creio que ele vença mesmo sendo experiente. Christer mostrou ser bom! Vamos ver se a força do novato vai superar a experiência do Juan! –

A loira de forma gentil e alegre não parecia estar muito preocupada!

– A próxima é de Jigglypuff e Lady! Não tenho muito que falar do Jiggly, Aliás, Jigglypuff, poço chamá-lo de Jiggly? Enfim eu não tenho nada contra ele, apenas aquela cena em que bati nele foi para tentar defender a minha amiga! Nada mais que isso, não podia a deixar sofrer afinal que espécie de amiga seria eu não é verdade? Vai ser um combate bem difícil ambos têm capacidade para vencer. Claro que vou torcer pela minha amiga! Vai ser um combate difícil e estarei certa que prazeroso de ver! –

A mulher virava a folha e começava a ficar seria!

– O meu combate é um Scramble então vai ser um combate bem complicado! Terei como adversários, O primeiro eu já o enfrentei pelo Cursed e venci! Não foi fácil e não será também desta vez, pode ate ser fácil por para alguém que faz vídeo em um estádio de futebol... Achava que ele era um Wrestler e não um jogador de futebol do Real Madrid! –

A loira dava um sorriso de lado.

– Eu sei que meus vídeos não são os melhores, mas eu além de ser Wrestling sou modelo em tempo livre, o que quer dizer que quando a NWR me da umas folgas e tiro fotos para revistas, ou faço uma entrevista, cumpro eventos etc... Então fazer vídeo de biquíni em frente a uma praia, ou piscina essas coisas fazem parte de mim! Mas você é jogador de futebol? Creio que não! Enfim... Tirando esses defeitos dos vídeos do Bruno!  Não vai ser fácil ele é muito bom e talentoso!  Vai ser bem trabalhoso. –

A mulher virava novamente a folha do caderno e pegava o colo e tomava mais um gole da água!

– Ainda temos o Eric Morgan, eu não tenho o que falar dele, e um cara experiente e certamente não deve ser desprezado! Acredito que ele tem grandes chances de ser campeão pela sua experiência! Por isso tenho que tomar muito cuidado com ele! –

A mulher sorria colocando a coco na mesinha que estava ao seu lado.

– Temos uma Conhecida, Ashley Thompson, eu a enfrentei no show passado! E venci não foi uma adversária fácil, ela tem muito potencial me deu muito trabalho e com certeza não vai facilitar! Temos também um rei, ou melhor, dizendo aquele que um dia foi um rei! Fazendo um vídeo de regata aparentemente soado em uma cadeira de péssima qualidade! Além disso, eu me atrevo a dizer que está fase dele está me deixando deprimida, eu sei não deveria estar falando estas coisas! E sinceramente não gosto de estar falando isso! Mas como Bruno King precisa ouvir umas verdades, começando pelo que você disse que não precisou sujar as mãos para derrubar aquela “imundice”, se você quer redenção deveria saber que desistindo de seus propósitos não é um caminho fácil! –

– Lutar pelo que queremos não quer dizer que estamos sujando as nossas mãos! Isso foi algo tolo de se dizer, menosprezar o reinado de sua ex-rival não te faz ser melhor que ela! Você quer redenção? Prove que merece ter ela! Não precisa pedir desculpas por estar ofegante nos te vimos soado então dava para perceber que estava se preparando e gravar um vídeo soado não vai te ajudar em nada! –

A modelo arrumava os cabelos enquanto falava e folheava as folhas do caderno.

– Obrigado pelo elogio King, mais eu não posso ser a pedra no seu sapato... Eu estou acima do seu sapato provavelmente a sua altura a ponto de vencê-lo! Entenda nada contra ti, sei que esta tentando se redimir, mas precisa aprender muitas coisas para ter a sua redenção de volta, você está com os pensamentos na intercontinental você ainda pensa nela, na Narkissa na bruxa loira! Você não a tira da cabeça e ela sabe disso, isso vai te destruir e ela nem precisa encostar-se a você de verdade por que sabe que tomou conta de seus pensamentos! Como você quer ser campeão se não esqueceu a causa de sua destruição? Sinto sentimentos de vingança e você não vai melhorar ou ser superior se não esquecer isto! Eu perdi o Cursed para uma das bruxas, mas continuo em pé firme e forte! –

– Enquanto continuar com a Narkissa na cabeça você não irá ter um reinado decente, pois aonde você for ela estará presa em sua mente te destruindo por dentro! Então não venha menosprezar a Dani por que ela tem um talento nato e deu tudo de si contra Bé mostrando para o que veio! Enquanto estiver com a Narkissa na sua cabeça desculpe lhe falar! Mas nada irá ser duradouro em suas mãos! –

A loira mudou a expressão de seria para feliz e animada logo ao se lembrar de quem iria falar!

– Dani minha grande amiga, fico feliz em ter que lutar contra ti! Sei que somos amigas mas sabíamos que uma hora iríamos no enfrentar e espero que dê tudo de si! Assim como eu irei dar tudo de mim nesta luta! –

– A próxima luta e Violetty e Katrina esse ajuste de contas com certeza vai ser difícil. Mas acredito que Violetty vença, mesmo eu não gosto dela e nem ela de mim, não quer dizer que eu seja injusta e diga que Katrina fez o que era certo! Afinal tiraram o titulo da Violetty sem nenhuma justificativa valida! Mas enfim ela está com o Cursed e irá defende-lo como sempre fez no Impact ou Elite... –

A mulher fechava o caderno e colocava na mesinha se levantando e caminhando e a câmera caminhava na frente da mulher enquanto mostrava a mesma andando de frente.

– Narkissa e Havoc foram estranho Havoc ganhar o Intercontinental daquela maneira e com certeza Narkissa vai ter o titulo de volta!  Afinal Havoc não queria o titulo e sim a atenção dela e conseguiu não sei se foi da maneira que ele queria, mas... Acredito que ele consiga esta aproximação de volta! –

A mulher parou e sentou-ser na beira da piscina apenas com os pés dentro da água gelada!

– Filipe Bé e Devon, essa luta promete não? Acho que Devon leva esta mesmo Bé sendo um grande Wrestler ele pode perder este titulo ou reter. Este combate é difícil falar quem irá vencer ou não! Mas pela forma em que Bé vem agindo possa ser que Devon vença! –

A mulher faz um coração com as mãos!

– E não se preocupem anjinhos eu irei dar tudo de mim no meu combate e serei a nova campeã Elite! Irei fazer o meu melhor contra todos eles e mostrar que sim sou um rosto bonito e gosto de me manter sempre bonita! Mas, além disso, sou uma Wrestler e vim aqui para trazer luz em um lugar cheio de escuridão! Eu sou muito mais que um simples rostinho bonito e venho mostrado isso deste que cheguei! E estou me preparando para o PPV onde eu irei enfrentar grandes lutadores! Bom é isso anjinhos, um grande beijo no coração de cada um e tchau! –

A modelo manda um beijo para a câmera e entra na piscina enquanto a imagem se escurece de vagar encerrando o vídeo!



Os dias vão passando devagar e as coisas encontrando seu lugar tudo muda, menos o que eu sinto por você

avatar
★ Bé ★

Mensagens : 339
Pontos : 916
Reputação : 520
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 22
Localização : Portugal

122º Promo

Mensagem por ★ Bé ★ em 09.07.17 22:30










 

 


Béélindo


Estava de tarde. O local era na Inglaterra o local era um edifício oficial da Nwr. Filipe Bé está caminhando pelos corredores. Ele para em frente de uma porta, ele bate algumas vezes e depois de abrir se dirige a secretária.


Sentado na secretaria estava o embaixador da Nwr, Valugi Barros. Ele parecia até um pouco surpreso por ver Bé ali. Bé fica parado sem mudar muito sua expressão, ele tinha o cinto em seu ombro. Valugi se levanta e se dirige ao lutador. Bé lhe estende a mão e ambos se cumprimentam.


          


Valugi: Bé? Não esperava te ver por aqui tão cedo.


Filipe Bé: Sou o campeão da empresa não é verdade? Afinal eu sempre ando por aqui trabalhando e fazer o papel de um.


Valugi: Uh, veio me esfregar o cinto na cara? Cuidado rapaz, ainda tenho fôlego para te retribuir esse favor.


Valugi dava uma pequena palmada no ombro de Bé, e ambos se riem um pouco.


Filipe Bé: Estou a brincar Val, vim te ver.


Valugi: A mim? Me sinto lisonjeado com isso. Teve saudades de mim?


Filipe Bé: Todos nós tivemos.


Valugi: Sim, é bom ver que ainda estás aqui. Em forma, e disposto a dar o teu melhor. Afinal, tens um combate duro pela frente e não é um oponente fácil.


Filipe Bé: Maverick... Não te é estranho esse nome pois não?


Valugi: Claro que não.


Filipe Bé: Afinal estiveram juntos na E-fed, chegaram até a combater juntos não foi?


Valugi: Parece teres um grande conhecimento sobre as coisas não é verdade? Que sabes mais tu sobre a nossa antiga E-fed?


Filipe Bé: O suficiente. Mais de 120 dias campeão mundial hein... Isso é um feito que eu tenho a duvidas se irei conseguir.


Valugi levantava uma sobrancelha e mostrava se admirado após Bé ter dito aquele numero.


Valugi: Ora, temos mais um observador aqui.


Filipe Bé: Você nem imagina o quanto. Que historia esconde por trás desse livro?


Bé passa com a mão pelo livro que Valugi tinha sobre a mesa.


Valugi: É só um livro.


Filipe Bé: Feito de que? Platina?


Bé bate com o dedo indicativo, com a mão fechada no objecto fazendo algum barulho.


Valugi: Nunca se sabe que tipo de Bé pode incomodar sua leitura.


Ambos voltam a rir um pouco, foi quando Bé se sentou em cima da mesa ali de qualquer jeito pegando no livro de Valugi abrindo em uma pagina aleatoria, fazendo de conta ler ele. Valugi se senta ao lado dele enquanto continuam a conversar.


Filipe Bé: Não tem saudades dos velhos tempos?


Valugi: Velhos tempos?


Filipe Bé: Sempre teve uma carreira tão grandiosa anos atrás. Meu irmão me chegou a falar sobre ti antes foi assim que eu conheci a E-fed.


Valugi: Não me lembro do seu irmão lá.


Filipe Bé: Ele teve só de passagem. Mas o que eu quero dizer, não tens saudades de voltar a pisar em um ringue? Ser grande novamente? Conquistar um titulo?


Bé batia com a palma da mão no titulo que ele trazia no ombro.


Valugi: Sabes que eu tentei esse titulo, dei o meu melhor. E falhei em tirar ele do Caio. E assumi isso como um homem.


Filipe Bé: Tu não falhas-te em nada. Foste roubado contra Caio. E quando finalmente tives-te a tua chance no RR. Um Wild Bé apareceu no meio para atrapalhar.


Valugi: Tu mereces o reinado que tens, pelas lutas que consegues propor. E eu cumpri a minha parte do acordo.


Filipe Bé: Um acordo, que eu nunca concordei. Os fãs te adoram, os outros lutadores, até as Gardeas. Porque não ficas na Nwr? Tem outros empregos que podes assumir.


Valugi: Como tu dizias. Ninguém é de ferro? Estou a adorar minhas férias.


Filipe Bé: Alguém influente como tu sempre faz falta. Creio que ainda podias ter desenvolvido mais.


Valugi: Não queiras ensinar a missa ao padre.


Valugi segura no livro que Bé tinha na mão e o coloca direito, foi quando ele reparou que estava a "ler" o livro ao contrario.


Filipe Bé: Culpo o idioma...


Valugi: Não sabes inglês?


Filipe Bé: Claro que sei.


Valugi: Então falo algo.


Valugi fica olhando para Bé.


Filipe Bé: Yési may lord.


Valugi: De 3 palavras acertas-te uma. Não está mal. Mas acho que precisarias de umas aulas. Quem sabe não agrade o nosso querido publico no Clash?


Filipe Bé: Acho que o publico já não gosta mais de mim não...


Valugi: Será que é ele que já não gosta mais de ti? Ou foste tu que te fartas-te.


Filipe Bé: Eu não sei... Eu só me lembro do pessoal geral, fãs, reporters, os outros no roster, tudo ficar reclamando de eu acompanhar as Gardeas... Eu acredito nelas... E eu só gosto delas entendes?


Valugi: A vida é feita de escolhas duras. E o facto de tu ter escolhido o caminho mais dificil, eu compreendo o que tenhas feito.


Filipe Bé: Sério?


Valugi: Mesmo sendo potencialmente a escolha errada, seguis-te o teu coração. E escolhes-te ficar contra todos só por elas. Embora ninguém goste da tua nova atitude. Ela é de certa forma, admirável.


Filipe Bé: Vais me dizer que não tens saudades de me ver por ai a gritar feito uma cabra e dançando com bonecos de posto?


Valugi: Eu? Eu não tenho muitas saudades disso não...


Bé sorria enquanto fechava o livro, parecia bem pesado, ele fica segurando com as mãos.


Filipe Bé: É bom te ter por aqui de volta.


Valugi: Que posso dizer? Nunca me mostras-te tanto respeito.


Filipe Bé: Sempre tem uma primeira vez para tudo.


Valugi: Bem. Te desejo sorte para o teu grande evento, e que te tornes um campeão mais influente após provares o teu valor contra Devon.


Filipe Bé: Algum conselho contra ele em combate?


Valugi: Ora... Ouvi direito? Um grande e orgulhoso Bé, pedindo conselhos ao velho Valugi?


Filipe Bé: Estar na presença de Valugi e não pedir conselhos, deveria ser considerado crime.


Valugi: Bem... Que tipo de conselhos posso eu te dar a ti? Em um combate desse tipo?


Filipe Bé: Em combate I quit. Eu acredito que se perder esse combate... Também posso nem ter mais a minha carreira?


Valugi: Creio que o melhor conselho que te posso dar, é para não dizeres essas palavras. Nunca mais. Nem fora de um ringue. Esquece como falar elas. Lembra-te que ainda não aprendes-te inglês.


Bé coloca o livro para lá e mostra um ar pensativo enquanto escuta as palavras de Val com bastante atenção.


Filipe Bé: Mas e se as coisas ficarem complicadas? Lesões podem acontecer.


Valugi: Em um combate de I quit, não é apenas um cinto em jogo. É a essência de um homem. Podes perder por lesão ou por outro motivo qualquer... Podes deixar de ser o campeão. Mas não deixes de ser o homem que és.


Filipe Bé: Estás a insinuar que devo combater até lesionado?


Valugi: Não és a Lady, és um veterano também. Um campeão mundial. Não preciso ficar te falando o que deves ou não fazer. És um grande homem. Mantém te um. Tu mesmo dizes-te que se perderes esse combate podes nem ter mais a carreira. Então se o resultado for o mesmo... Pelo menos que seja com dignidade?


Filipe Bé: Eu não afirmei nada. Praticamente era uma pergunta.


Valugi: Ah... Pareceu uma pergunta retórica.


Filipe Bé: Eu só... Eu acho que preciso e dependo muito mais desse cinto do que Devon. Ele mesmo disse que nunca chegou a ser campeão mundial. E ele é actualmente um nome influente sem ter chegado nesse rank. Eu não era.


Valugi: Ninguém precisa de um cinto para continuar bom. Isso é psicológico. Creio que se calhar tens algo para aprender com os teus sobrinhos?


Filipe Bé: Eu não tenho nada para aprender com aqueles palermas...


Valugi: Nós morremos a aprender jovem Bé.


Filipe Bé: Tudo bem. Eu vou andando, foi bom te rever.


Bé se levanta da secretaria e se dirige a saida, porem antes de sair pela porta Valugi lhe fala algo.


Valugi: Aquela manager que acompanha com tua sobrinha... Marianna. Creio que deverias aceitar acompanhar com ela também. Ela me parece experiente e disposta a te ajudar.


Filipe Bé: Depois de ela me ter deixado para trás?


Valugi: Deixou? Talvez não tenhas ouvido a versão dela.


Bé abre a porta, porem fica um pouco parado e antes de sair fala.


Filipe Bé: E o nome dela é Marianne.


Val acena para ele, que se retira do local.

 


 



★ Have faith in yourself. ★
avatar
★ Bé ★

Mensagens : 339
Pontos : 916
Reputação : 520
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 22
Localização : Portugal

17

Mensagem por ★ Bé ★ em 10.07.17 16:01









 

 


Nwr/Jiggy.com


Um video se inicia com Jiggly sentado em um trono grande e vermelho. Jiggly fica lá praticamente deitado nele de lado, com os braços cruzados o lugar realmente parecia uma corte real, Jiggly ficava tentando parecer sério enquanto olhava na câmara. O cénario não parecia tão formal, aparentava ter marcas de sangue pelo chão e no trono, as paredes estavam meio sujas e mal tratadas.


Stryker aparecia pelo cénario com algo parecido a um cajado, que tinha pequenos sinos, ele ficava mexendo o objecto enquanto ficava pulando em volta do trono, como um bobo da corte.


          


Stryker: Uhuh! Longa vida ao rei pokemon!


Jigglypuff: Não esperavam me ver tão cedo pois não? Muito menos em um cénario como este? Talvez o rank de rei Hardcore me fique bem? Afinal... Eu já estive nesse rank.


Stryker: Fala para eles! Fala que vamos quebrar eles!


Jigglypuff: Vamos?


Stryker: Apoio moral conta porra.


Stryker continua saltando por ai e fazer barulho com seu objecto, ele parecia também ter um colar estranho com um talisma. Ele não para quieto por ali enquanto Jiggly se focava na câmara.


Jigglypuff: Pois é... Acreditariam se eu vos fala-se, que isto é real? E eu realmente já fui nomeado rei aqui?


Stryker: Rei da insanidade! Mostra para eles.


Jigglypuff: Eu ganhei um torneio King of the Ring em minha primeira debut, anos atrás na Insane Hardcore Wrestling. Tempos de gloria. Tempos que eu planeio trazer de volta.


Stryker: Afinal, não podemos continuar a viver no passado?


Jigglypuff: Por isso está na hora de trazer algo do meu passado. Para o futuro. Está na hora do rei das bestas voltar...


Stryker: Uhhh, podemos voltar também com o tema do Apokalipse?


Jigglypuff: Tudo a seu tempo nobre palhaço. Mas por agora. Temos muitos piões em nosso caminho. E para além dos piões, temos também... Uhm... Uma senhora!


Stryker: Chata.


Jigglypuff: Pensei que até gostavas dela?


Stryker: A bruxa é mais divertida.


Stryker ficava segurando no talisma do colar e continuava a saltitar enquanto Jiggly revirava os olhos.


Jigglypuff: Nossa senhora mascarava parece focada, mas pense bem no que está a fazer, mesmo se sua honra for maior que a minha, isso não te vai tornar melhor do que eu. Isto é a vida real. Isto também não se trata de bem e mal.


Stryker: Especialmente porque se trata-se, ela teria vencido Narkissa?


Jigglypuff: O desafio foi similar Lady. Tu já tinha dado um tiro no pé, e veja o que acaba de fazer. Está a apontar para o outro pé também.


Stryker: Mas Junior, ela só quer fazer historia!


Jigglypuff: Quem se preocupa com historia? Veja o quanto eu falo sobre a historia que eu já fiz no passado. E me diga é relevante? Eu já derrotei lendas de outras federações, eu foi um dos primeiros a levantar esse titulo mundial aqui mesmo na Nwr. E alguém liga para isso?


Stryker: Tudo o que conseguiu foi o rank de "Ex-Campeão mundial". Tirando isso... Caiu no esquecimento?


Jigglypuff: Apenas pequenos detalhes importam em uma vida. Por mais pequenos que sejam, cada detalhe realmente importa. E é os detalhes que vão fazer do combate bom. Vitorias? Derrotas? Reinados? São apenas números.


Stryker: Apenas numeros hein?


Stryker ficava parado e apoiava os braços no trono de Jiggly, que se ajeitava nele.


Jigglypuff: Eu não procurei um oponente aleatório para o Clash. Eu procurei alguém que independentemente de uma derrota ou vitoria, não me desse apenas um numero. Afinal, que numero relevante podia me dar?


Stryker: Se der que seja de 4.


Jigglypuff: Eu quero ver sua honra, eu quero ver pessoalmente o que ela pode fazer. Eu quero sentir o que pode me fazer por ela. O que pode fazer só para a manter. E o que poderá fazer se ela ter um final drástico.


Stryker: Final drástico? Queres dizer, sentar em um canto e chorar?


Jigglypuff: Bem isso.


Ambos ficavam rindo um pouco, enquanto Stryker apoia a cabeça também nos seus braços.


Jigglypuff: Afinal, tens toda a razão Senhora. Eu não dou a mínima importância para a sua honra. Eu apenas dou importância para a honra da minha propria familia. E não espere ser valorizada se perder.


Stryker: Uhhh, vamos ter o Jiggly do inferno esculachando as pessoas?


Jigglypuff: Minha própria família tem sua própria honra. Bé não é somente uma pessoa. Bé nunca foi só Filipe, ou só eu. Ou só o meu pai. Bé é muito mais que um nome. Bé é um legado. Bé não é só um nome proprio. Bé é um rank.


Stryker: Bés são lindos.


Jigglypuff: Eu também sou um. Mas não o representante. Eu não tenho que espalhar a honra da familia, mas sim o meu tio. E quer queira quer não, ele está fazendo isso. E ele continua sendo o campeão mundial da federação.


Stryker: Orgulho nesse Bode.


Jigglypuff: Devon claramente não merece vencer dele. Todos sabem disso. Devon fez grandes feitos no passado? Mas onde esteve ele enquanto eu elevava o cinto principal? No low card. Não importa o que fizemos no passado, mas sim aquilo que continuamos a fazer.


Stryker: Merda?


Jigglypuff: Lutar. Eu olho nesses eventos e fico pensando. Será que o choro iria bater tão alto se eu pula-se nele e me torna-se no primeiro Two times World Champion? Porque eu sei que consigo derrotar o meu tio. E eu sei que consigo derrotar esse cabelo de esfregona.


Stryker: Não fale assim do cabelo dele... Tem muitas fangirls.


Jigglypuff: Dane-se. A unica coisa realmente relevante em Devon é realmente o penteado. De resto está bom para ser jogado no lixo junto ao Caio.


Stryker fazia de conta se assustar e arregalava os olhos.


Stryker: Não digas esse nome!


Jigglypuff: Porque?


Stryker: Dá azar...


Jigglypuff: Enfim. Eu só não ache que era sequer capaz de enfrentar Filipe, não de um modo psicologico como a Dani fez tão tanquilamente.


Stryker: Oba, chegou na hora de falarmos da priminha?


Jigglypuff: Já chegamos lá... Primeiro, vamos falar em alguém de fora que ousa manosprezar ela...


Stryker: King?


Jigglypuff: Não. Armstrong. Porque tal como muitos dizem, ele de King ele não tem nada.


Stryker: Ele só queria ter um reino como este, com muitos subitos e gente gritando. Mas tu não pode falar muito... Só me tem a mim por aqui...


Jigglypuff: Armstrong nas mesmas frases, no mesmo video, praticamente elogiou Ashley, e desprezou Dani. Que tem na cabeça? Merda em formato de mecanismos? Sabe porque eu parei de o mencionar?


Stryker: Porque está a falar com uma parede andante?


Jigglypuff: Porque Armstrong. Tu chegas-te no ponto. Que me deste pena. Eu tenho PENA de ti. Pareces apenas um mero cão, que se fartou de ladrar. Alguém tão hipocrita quanto Bruno.


Stryker: É... Um Jobber chamando Jobber aos outros.


Jigglypuff: Engraçado o preconceito que tu mostra perante os "Bés segundarios". Perante a familia de Filipe que não sei porque é tratada desse jeito. Não somos inrrelevantes. Somos maiores do que tu já alguma vez serás.


Stryker: Para o Ppv eu voto em Dani dar uma surra nesse gordo ala.


Jigglypuff: Sim. Sabe porque? Porque ela teve coragem de pisar no main event para bater de frente com Filipe mesmo sabendo que possivelmente iria perder. Se despreza alguém assim, depois de não ter tido colhões para fazer o que ela fez... Então eu não sei que tipo de homem é Armstrong.


Stryker: Deve ser de borracha. Porque não é possivel alguém ser tão naturalmente inchado.


Jigglypuff: Mas agora, deixando essa coisa de lado. Daniela... Ela que agora tem amiguinhas hein...


Stryker: As super Power Girls. Versão shit.


Jigglypuff: A gente viu essa reuinião. Sério Dani? "Provavelmente" enfrentar as Gardeas? Estás correcta nisso? Foi para isso que as tuas amiguinhas te recrutaram? Para fazerem frente as Gardeas?


Stryker: Noooo.... Gardeas Windas.


Jigglypuff: Elas estão te a usar. De uma maneira tão cruel... Apenas para terem uma chance de derrumbar as Gardeas? Esse clube da amizade é apenas uma mentira. Uma mentira, porque viram que não temes elas.


Stryker: Alias eu pensei que Dani até gostava delas? Não tratou a nossa Letty como mamã?


Jigglypuff: Quanto a Jiggly Versus Lady? Também vai ficar contra a familia de novo? Afinal é isso Vai ficar contra mim também? Quando eu surrar a senhora, tão forte, mas tão forte... Ao ponto que sua amiga anja interfira... Você vai estar do lado de quem?


Stryker: Agora fodeu...


Jigglypuff: Vai ajudar elas numa tentativa desesperada de me conter? Afinal, quem não me garante que é para isso que estás ai? Ou vai ajudar seu primo? Alguém que praticamente foi criado como seu irmão?


Stryker: Hora está a chegar, vai ter que escolher de que lado está Dani. Tic. Tac. Tic. Tac.


Stryker começa a movimentar um pouco a cabeça enquanto fala, Jiggly se acomoda um pouco o dedo indicativo enquanto mostra um sorriso sarcástico.


Jigglypuff: Eu sei o quanto tu quer um titulo... Tu não é como eu. Ou outro qualquer. Eu sei dos teus sonhos e aspirações. Afinal, eu te ajudei a vir para aqui, e tens uma chance para os realizar. Nunca quiseste o Cursed, porque sabes que não é um cinto com influencia...


Stryker: Revelações...


Jigglypuff: Tu quer um cinto... Ou o Elite, ou o intercontinental... Ou até mesmo o Mundial. Afinal trocou farpas com a Naki? Tentou desafiar o proprio tio? Se registou no torneio de Elite? Eu sei que sim. Até onde vai continuar jogando de heroinas? O que irá fazer no Clash contra Jojo? Realmente vai deixar ela destruir o sonho da sua vida?


Stryker: Afinal, ser chamado de campeão de Elite é algo tão... Tentador.


Jigglypuff: Ou será que é mais um motivo para Jojo te manter do teu lado? Será que a Jojo teme que tu consigas o titulo? Alias, tenho a certeza que ela sabe que tu és a melhor das três. Ou estarei eu errado Jojo?


Stryker: Falsidade, veneno, e tretas... Por isso eu amo essa federação.


Jigglypuff: Afinal... Apenas com um kinshasa tu podias jogar ela...


Stryker: Na casa do caralho?


Jigglypuff: Talvez mais longe.


Stryker se levanta no apoio do braço direito do Trono de Jiggly, e fica também olhando para a câmara.


Jigglypuff: Achei que fosses mais inteligente que isso Dani. Alias, achei que fosses melhor que isso. Gardeas te aceitam como uma delas. Jojo e a Senhora estão apenas te usando, como um boneco articulado, um fantoche, para os seus proprios fins. Para uma vingança pessoal...


Stryker: Afinal tens certa razão... O que aconteceria em uma tag de Gardes contra Lady e Jojo?


Jigglypuff: Uma surra, seria o que acontecia. Mas com Dani no meio? Estou a falar, porque nós somos tua familia, não elas. Somos nós quem nos preocupamos e quem gostamos de ti. Não elas. O que achas que a Jojo te vai fazer no Clash?


Stryker: Um abraço, um beijinho na bochecha e o titulo de bandeja é que não é?


Jigglypuff: Toma uma atitude Dani. Ou o evento não vai ser Clash of revolution. Mas sim o Clash dos seus sonhos e aspirações. E pense. Quem é quem. E quem te quer bem.


Jiggly falava em um tom sério enquanto Stryker mostrava um ar de duvida.


Stryker: Começo a pensar... Que realmente não é a gente a ser os máus da fita dessa vez.


Jigglypuff: Eu definitivamente não sou. Eu não sou do mal, não sou maléfico. Eu sou apenas eu. E eu se tive-se um rival ao nivel das Gardeas, não iria criar um clube de mentira. No qual a intenção é ser uma Stable.


Stryker: Se bem que isso é tentador? Já viu uma stable de Bés?


Jigglypuff: Tenho a certeza que a amizade era verdadeira. Quanto a ti Dani? Tens a certeza que elas realmente são tuas amigas? Ou só precisam de ti? Tal como Lady precisou de ti quando eu peguei a bugiganga dela? Tal como a Jojo precisa de ti para se tornar campeã de Elite?


Stryker: Falando na Jojo, ela falou de ti no video. Quer te chamar de Jiggly Jiggly.


Jigglypuff: É me irrelevante o que me chamam. Podem chamar Pokemon, Jiggly, Puff-Puff. Junior. Bé. Foda-se.


Stryker: Acho que vou te começar a chamar de "Foda-se" então.


Jigglypuff: Bem, acho que por agora é isso. Prestem atenção no que fazem. Especialmente tu Dani. Está o seu sonho fugindo mesmo por entre seus dedos. Graças as suas "Amiguinhas".


Jiggly faz sinal de ásperas com os dedos enquanto sorri de uma forma um tanto quanto maldosa. Stryker fazia sinal para a câmara.


Ligação se encerra.




 


 



★ Have faith in yourself. ★
avatar
♛ GiihHime ♛
Admin
Admin

Mensagens : 136
Pontos : 384
Reputação : 252
Data de inscrição : 13/02/2017
Idade : 22
Localização : Sodoma/Gomorra

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♛ GiihHime ♛ em 10.07.17 20:47

Segunda-Feira a noite.


Narkissa estava caminhando pelo corredor do performance center com cara de poucos amigos e um olhar fumegante de raiva, as pessoas nem queriam chegar perto da loira e até mesmo Melissa e Johnny saíram de seu caminho, pois parecia que ela iria atropelar quem entrasse em seu caminho, ela foi para a sala de treino e viu que Daniela estava ali com Marienne treinando alguns golpes, ela se aproximou da menina e Marienne rapidamente puxou Dani para perto e a pediu para olhar para frente, e quando o fez quase levou um susto vendo a loira parada ali a encarando.

Narkissa: - Quero falar com você.

Ela falou olhando para a morena que assentiu com a cabeça, Marienne queria ir junto.

Narkissa: - Em particular.

Ela falou olhando a outra mulher dentro dos olhos, havia certa tensão ali entre as três, Narkissa mais parecia querer matar Dani que falar com ela, mais mesmo Dani a menina pediu para Marienne ficar calma a deixas as duas conversarem.

Daniela: - O que foi Nakinha? Quer dizer....Narkissa.

Narkissa: - Pode me dizer que porra foi aquela de vídeo com seu grupo das patéticas unidas?

Daniela: -  Elas não são patéticas são minhas amigas! E qual parte dele?

Narkissa: - Você sabe muito bem a parte.....Aquela em que você diz que vai enfrentar eu e a minha irmã.

A Russa ia indo para frente enquanto falava com a morena, quase a pressionando contra a parede. Dani recuava mas se mantinha firme sem desviar o olhar da loira.

Daniela: -  Eu....Bem.....Não foi aquilo que quis dizer, eu não quero enfrentar vocês, muito menos a Violetty.

Narkissa: - Parece que quer sim, afinal entrou em um grupo de idiotas que querem tentar nos derrubar. Dani, se você ousar levantar um punho para enfrentar uma de nós, vamos cortar seus braços fora!

Ela falou com tanta convicção que Dani até segurou o braço e o apertou de leve.

Daniela: -  É verdade! Eu gosto da Violetty e não vou enfrentar ela, ela é minha mama. E quanto a você, eu realmente não quero a enfrentar por agora, eu sei que estamos em níveis diferentes, mas você e a Violetty são as mais fortes aqui dentro, então....É normal querer um dia enfrentar uma de vocês.

Narkissa: - Eu não dou a minima pra mim!

A mulher afirmou irritada.

Narkissa: - Eu ligo para a minha irmã, que confiou em você, que gosta de você e que as vezes treina com você! E depois eu vejo você, em um vídeo com outras duas fracassadas dizendo que vão nos derrotar, e saindo da SUA boca que vai derrubar a gente? O que acha que devo sentir Dani??

Daniela: - Não deve ter ficado feliz, eu entendo. Eu falei aquilo na hora da empolgação, é legal brincar de heroína as vezes, e eu gosto da Lady e da Jojo, eu realmente não quero enfrentar uma de vocês, ou a minha Mama! Eu....Errei, e não vi que vocês iriam se irritar com aquilo.

Narkissa: - Isso aqui não é um quadrinho de super heróis! Os bonzinhos não ganham no final, e a prova disso foi meu combate com a Lady e o fato da Violetty ser a nova campeã Cursed, os bonzinhos não ganham! Elas não tem a menor chance contra eu e a minha irmã, e então vão querer usar você para ter alguma chance, mas.....Você sabe que o que acontece não é?

Daniela: - Tia....Eu não queria deixar você ou a Mama irritadas, eu só estava me divertindo com as minhas amigas, eu só queria me divertir um pouco, realmente não parei para ver que elas realmente querem bater de frente com vocês duas e que eu seria colocada nessa situação.

Narkissa: - Pare de ser tão ingenua Daniela, elas querem mesmo nossa derrota e vão te colocar contra nós, e pelo visto depois do vídeo do Jiggly você vai estar sozinha ao lado delas, você não pode carregar uma stable sozinha, e você não pode derrubar nos duas sozinha também. Elas são suas amigas e não viram a forma como você chama a Vio? Ou como a sua família está ligada a minha? Lady sempre foi sem noção, ela gosta de provocar e irritar as pessoas com essa fantasia de heróis, Marjorie é recém-chegada nem sabe metade das coisas que eu e a Violetty podemos fazer se quisermos realmente sermos más, mas você sabe, e quer mesmo entrar nesse clubinho para derrubar nós duas?

Narkissa estava bem irritada com a situação, seu sotaque estava bem forte nesse momento, era uma benção caso Daniela conseguisse entender o que ela estava dizendo. A morena abaixou a cabeça e fez uma carinha triste.

Daniela: - Eu entrei no SHC (iniciais do grupo) porque elas são boas assim como eu, porque queria ter amigas para conversar, elas me entendem e eu entendo elas, nós não gostamos de lutas sangrentas ou de machucar nossos adversários até a quase morte! Mas, não esperava que elas fossem me por contra vocês duas.....Talvez eu devesse sair do clube?

Ela olhou para Narkissa buscando alguma resposta da loira.

Narkissa: - Eu sei como é ter amigos, você não precisa deixa-las Dani. Só entenda que o objetivo delas vai ser bater de frente conosco, vai ser derrubar o que eu e a minha irmã representamos, e que você vai ficar no meio disso. Você não faz parte do mal que eu e a Vio somos, você é boa, é gentil, é bonita, você tem bastante potencial ainda para vencer, eu e a minha irmã somos algo muito ruim para você, vamos acabar te fazendo mal mas, você tem que escolher da qual lado está.

Daniela: - Me opor contra vocês duas seria errado.

Narkissa: - A vida é feita de escolhas, e se elas forem mesmo suas amigas e forem tão maravilhosas assim, vão entender que você não quer certas coisas, e está meio óbvio o motivo.

Daniela: - Eu gosto delas, não quero que a gente brigue por causa desse detalhe. Eu sei que você e a Mama não são boas ou não são como elas gostariam que fosse,mas mesmo assim tem seus pontos positivos.

Narkissa: - A doença da Lady pode ser contagiosa, ela precisa de vilões para ser relevante e poe seus padrões distorcidos de maldade e bondade em mim e na Violetty, Marjorie como toda modelo quer ser vista, adorada e amada, e não a nada melhor que chamar a atenção das mulheres mais poderosas da federação, se ela vencer uma de nós vai ter toda a adoração dos parasitas que chamam de fãs, essas pessoas "boas" não são tão boas assim Dani.

Daniela: - Eu gosto de vocês duas, e gosto da Lady e da Jojo também, eu não vejo elas tão ruins assim como você as vê, talvez seja pelo fato de eu fazer parte delas, ou porque eu não vejo você e a Mama como tão más, quanto parecem ser.

Narkissa: - Não parecemos más pra você?

Daniela: -  Quer dizer, vocês são más mas, fazem coisas legais as vezes e isso mostra que a maldade de vocês duas não é tão forte quanto aparentam, um exemplo disso é a Mama ela gosta do Jiggly, Stryker e do Filipe, ela é legal comigo e gosta de mim também, ela me chama de filha. E você veio até aqui por estar preocupada com os sentimentos da Mama, você gosta do Havoc, e antes de tudo parecia gostar do King, então....Eu não vocês duas como as mulheres cruéis que dizem ser, eu vejo que até vocês tem um lado bom.

Narkissa: - Você vê bondade em todos Dani.

Daniela: - Vejo bondade aonde tem!

Narkissa acabou soltando uma risada enquanto olhava para a morena até por a mão em sua cabeça e bagunçar seus cabelos.

Narkissa: - Se concentre em vencer o torneio e quem sabe um dia a gente não lute com você pelo Elite.

Daniela: - Você....Acha que eu consigo Tia??

Narkissa: - Se você se esforçar bastante, ouvir a Marienne, e lutar com todo seu espirito é que claro consegue! Seu poder vem do seu coração querida, vem de dentro de você, a vontade de vencer ou querer algo com todo o coração faz de você uma boa lutadora.

Daniela: - King me vê como um ponto fraco, e....Parece que os outros também.

Narkissa: - Então prove que ele está errado! Prove que todos estão errados! King só tem tamanho, ele só sabe falar e tentar desmoralizar os outros pois ele em si não tem habilidade para vencer alguém motivado e habilidoso, pare de pensar nas merdas que ele falou e se concentre em vencer esse torneio, não pense em Marjorie como sua amiga nesse momento, ali no ringue ela é sua rival, vocês tem algo em comum Dani, ter o titulo Elite nas mãos. Ela não vai te deixar vencer porque são amigas, ela já falou isso varias vezes quando pede pra você lutar de verdade, então lute de verdade.

Daniela: -  Você.....Vai pensar na luta contra o Havoc?

Narkissa: - Eu e o Havoc é outra história, ninguém está me subestimando ou tentando me derrubar no momento, e eu provei para todos que tentaram fazer isso, que não podem fazer. Havoc está com o título por que me nocauteou, e ele está detestando esse ibope todo que está recebendo, então foi bem feito para ele, agora você tem algo para provar para aqueles idiotas no torneio, só tem que mostrar isso pra eles.

Daniela: - Quer me ajudar a treinar?

Narkissa: - Eu adoraria mas, tenho outras coisas para fazer essa noite ainda, muitos andam falando de mim inclusive seu clubinho e acho que merecem uma resposta da minha parte, mas um dia vamos treinar sim ok? Deixe passar o Clash pois tanto eu quanto você vamos ter grandes combates para ganhar pequenina.

Daniela: - Tudo bem Tia, vou esperar!

A menina abraçou Narkissa de forma carinhosa surpreendendo a Russa, mas ela não afastou a morena e a abraçou de volta bem apertado, enquanto estavam se abraçando Marienne apareceu preocupada.

Narkissa: - Os Deuses vão olhar por você no seu combate. Dê tudo de si.

Ela beijou o rosto de Daniela e se afastou da morena, ela passou por Marienne e piscou para a outra Russa saindo da sala de treinos. Tinha muitas coisas para fazer e ao menos um dos problemas estava resolvido, faltava outro que se intitulava Rei dos babacas. A loira saiu do performance center e foi em direção a seu carro para poder voltar o hotel.



♰ Oh poor boy, did you really think i loved you? You're just a stupid man, you're just....Sacrifice. ♰
avatar
★ Bé ★

Mensagens : 339
Pontos : 916
Reputação : 520
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 22
Localização : Portugal

123º Promo

Mensagem por ★ Bé ★ em 10.07.17 23:43










 

 


Nwr/Béélindo.com


Um video se inicia em frente de um muito velho cenário, ele estava de volta em seu estudio. Que tinha apenas o papel velho e rasgado, bem descolorido. Ele estava em frente dele. Ao lado estava uma cadeira bem fofa e giratoria, e do outro uma mesa. Ele tinha o cinto no ombro e se sentava na cadeira.


Ele ficava somente pensando enquanto o video já se iniciava. Ele olhava para trás no cénario. E depois voltava a olhar para a frente. Ele coloca o cinto em cima da mesa e fala sem sequer olhar para a câmara.





Filipe Bé: Saudades desse local não? Bom, hoje temos um pequeno video especial para gravar, visto q é o ultimo que eu até poderei gravar como Campeão. Ou até mesmo como lutador...


Filipe Bé: Surpresos por me verem aqui novamente? É, algumas recordações têem passado por minha cabeça. Afinal... Foi uma estrada bem longa até ao Clash não foi? Durante tanto tempo... Já faz 8 meses. 8 longos meses que me mantenho firme aqui...


Filipe Bé: Combatendo, lutando, suando, sangrando, me lessionando... Tudo. Eu passei por tantas coisas. Eu passei pelas maiores felicidades de minha vida. Também por momentos frustrantes. Tristes. Gloriosos, vergonhosos. Tudo. Mas sabem que mais? Eu estou aqui. E eu estou disposto a passar por tudo... Por tudo novamente.


Filipe Bé: Tanta coisa aconteceu... Eu fiz amigos. Eu perdi amigos. Eu vi lutadores se erguendo. Eu vi lutadores decaindo. Eu vi gigantes a cair. Eu vi carreiras sendo jogadas fora. Eu vi carreiras sendo destruidas. Eu vi... Tanta coisa...


Ele mostrava-se bem pensativo, e com um ar calmo para variar.


Filipe Bé: Enquanto uns vêem, e outros vão... Eu estou cá desde sempre. Eu sou o lutador mais antigo da nwr actual. Eu estou cá desque reabriu. Eu estou cá suando tanto por esta empresa. E tudo o que aconteceu?... Eu fui renagado pelos fãs e sou desprezado pelos outros lutadores.


Filipe Bé: A verdade é que eu sou o melhor. Sempre fui o melhor e eu sempre vou ser. Quem diz que Devon merece mais isto do que eu...


Bé bate com o dedo no cinto que está na mesa.


Filipe Bé: Ou é ignorante. Ou não conhece completamente nada na Nwr. Não imaginam quanto mas o quanto eu trabalhei por isto. O quanto eu lutei, como um homem. Por isso. Eu sou o campeão mundial. Sempre estive destinado a isso, e eu o sempre serei.


Filipe Bé: Vocês são tão... Ingénuos. Como falar que Maverick merece o meu cinto? O meu cinto? O cinto que eu ganhei, que eu fiz por merecer. Julgam que é isso que vai acontecer? Eu perco para o primeiro palerma que possa representar a empresa e deu? Ninguém merece este cinto. Não tanto quanto eu.


Ele esboça um sorriso forçado enquanto volta a falar.


Filipe Bé: Eu não preciso de ninguém me elogiando. Não preciso de ninguém me agradecendo por ter me matado por esta federação. Eu não preciso de um "Obrigado". Eu também estou nem ai para o que acham de mim. Eu lutei. Eu ganhei este cinto. Ele me pertence porque eu mereci.


Filipe Bé: Não preciso de fãs gritando que eu mereço. Eu sei que mereço. Não preciso do respeito nos backstages, quem não gosta de mim pode ir se foder. Eu sou o homem. Eu sou o Bode. E esta é a minha Nwr. A minha casa.


Filipe Bé: Todo o mundo vive gavando Maverick.


*Imitando a voz de possiveis fãs*


Filipe Bé: "Ele lutou pelo mundo a fora!" "Ele foi campeão de outras federações!" "Ele é tão famoso mundialmente!"


Filipe Bé: Bem... Não aqui. Não na Nwr. Aqui na Nwr eu sou o campeão. E este é e sempre vai ser o meu unico lar. Minha casa. Meu abrigo. Maverick não passa de um... Intruso aqui. Querendo algo que ele não merece. Querendo algo que me pertence.


Bé pega no cinto e coloca os pés em cima da secretaria, após continua a falar e do nada parece começar a ficar inrritado.


Filipe Bé: Eu mereço isto. Eu me MATEI por esta merda. Eu estou me matando faz 8 longos meses, eu me esforcei e me esforço mais do que qualquer por por aqui. E eu não quero ver mais alguma anja, ou mais algum filha da puta falando que eu não mereço isto, só porque minha atitude é negativa ou porque estou relacionado com as Gardeas.


Filipe Bé: Eu mereço este cinto, mais do que todos vocês já alguma vez mereceram. Eu o venci. Eu o venci. EU. Não importa como, não importa porque. Eu o venci, por minha conta própria. Eu derrotei o Smash inteiro por isto. Eu enfrentei minhas amadas bruxas para me provar digno disso. E eu derrotei Caio e Valugi por isto.


Ele realmente parecia bem mais impulsivo ele tirava novamente os pés da mesa se mostrando inquieto.


Filipe Bé: E elas... Elas me apoiaram. Elas sabem do meu valor... Elas sabem o quanto eu queria isto. O quanto eu me esforcei para o conseguir. Elas gostaram de mim. Elas me mostraram um caminho onde eu mais estava perdido. Elas me falaram nos seus deuses, me deram Fé. A fé que eu realmente precisava. A fé que todos falharam em me dar.


Filipe Bé: Pois eu não me consegui manter aqui sozinho. Eu não o consegui sozinho. Eu nem se eu estaria aqui hoje falando com vocês se não fosse por elas... E eu não sei, eu realmente não sei o que vai acontecer. Porque eu espero que Maverick esteja disposto a me matar, porque eu nunca vou desistir disto...


Filipe Bé: Isto é tudo para mim. Isto é a minha vida. Isto *Batendo no cinto*  Isto sou eu.


Filipe Bé: Então eu realmente não sei o que vai acontecer no proximo evento... Mas eu estou bem furioso, nervoso, e agonizado, e ao mesmo tempo mar por esse encontro... E o pior vai acontecer, isso é certo.


Ele passa com a mão pelo rosto mostrando um ar sério.


Filipe Bé: Se eu vencer, termino com a carreira dele. Mas para ele me vencer... Certamente vai ter que terminar com a minha para isso. Não é apenas mais um combate. É ou tudo ou nada. É a hora da verdade. Esse evento está destinado para terminar com a vida de um de nós.


Filipe Bé: Eu gostava de alastrar mais isto. Mas acho que não tenho mais nada a dizer quanto ao assunto. Que posso eu dizer quanto a Maverick? Parabéns pelo bilhete para o main event no Clash, ganhou ele onde? Na lotaria?


Ele acenava de leve que não com a cabeça e fazia um gesto com a mão como se estive-se a mandar alguém embora.


Filipe Bé: Eu gostaria de mencionar cada um de vós. Mas dane-se cada um de vós, vou apenas falar na minha familia. Quem realmente se preocupou comigo esse tempo todo.


Ele suspirava ao de leve e falava.


Filipe Bé: Juni... Jigglypuff. Foi bom te ver crescer. Não me refiro dentro da Nwr, foi só bom ver te crescer e te tornar em um homenzinho. Meio estranho, mas és valente do teu próprio jeito. Pareces finalmente interessado em crescer. Para isso precisas de vitorias. Consegue algumas por mim. E podes ter a certeza que se o teu pai estive-se aqui, ele estaria cheio de orgulho de ti. Tal como eu estou.


Filipe Bé: Daniela. Pareces meio confusa? A vida tem dessas coisas. Não estou chateado por teres escolhido me enfrentar. Muito pelo contrario, te comportas-te com tanta valentia que nem eu estava ah espera.. E visto que Jiggly revelou o teu sonho secreto. Eu te desejo sorte nele, eu sei que darás uma campeã tão ou até melhor do que eu. Aconteça o que acontecer, não deixes te afectar pelo que fãs ou outros digam, não esqueças de quem tu és. Tu és Daniela. E és a futura sensação da Nwr.


Ele levantava as mãos e as movimentava uma para cada lado ao falar "Sensação". Ele depois para um pouco para falar da proxima pessoa.


Filipe Bé: Violetty. Para mim faz parte da familia. Foi certamente quem mais me apoiou em minha carreira. Eu me lembro do começo e das primeiras vezes que nos viamos. Meu parceiro sempre te quis enfrentar mesmo eu negando a isso, alguém que inicialmente achei estranha mas que me encantou desde primeiro dia que pisou aqui, e que lamentei um pouco por apenas ter dado atenção ao Krauser... Mas tudo mudou. E eu ainda te amo bruxinha. Se eu morrer, fique com o meu Keke. Hatters gonna hate.


Filipe Bé: Narkissa, sempre me aceitou a mim como parte da familia, para mim também é ma irmã que eu nunca tive. Tem uma lista reduzida de fãs, e me refiro ao roster. Não compreendo porque. Na minha opnião a pessoa mais talentosa que já pisou no roster da Nwr. E acredito que mesmo em outra divisão, terá os melhores reinados de sempre. Eu te adoro, e espero que esteja nos backstages esperando por mim no final do evento, tenho saudades tuas.


Ele suspirava de novo, quando acaba de falar ele se acomoda na fofa cadeira. Ele mostra um ar pensativo enquanto volta a falar.


Filipe Bé: Sobre Marianne também. Porque não? Cometeu um erro. Não tem mal, só fiquei incomodado porque nós, sim nós, conquistamos esse cinto e foste embora sem sequer ter celebrado a minha vitoria.


Filipe Bé: Afinal eu tinha prometido uma festa enorme com champanhe, mariachis espanhóis, muitos e muitos confetis. Mas ainda vamos a tempo, porque não me acompanha no ringside uma ultima vez?


Filipe Bé: E quando eu sair vitorioso saimos todos finalmente para comemorar como deve ser, com o campeão supremo da Nwr. Ou sempre irá dar jeito, porque caso isso não aconteça, iremos precisar de mãos para carregar meu corpo morto para um cemitério cerca.


Ligação se encerra.

 


 



★ Have faith in yourself. ★
avatar
King

Mensagens : 86
Pontos : 94
Reputação : 12
Data de inscrição : 12/01/2017

PROMO # 64 - ENTREVISTA EM CORKI, TERRA NATAL

Mensagem por King em 11.07.17 17:53

O vento gelado batia forte em minhas costas, como se fossem tapas dados por um gigante nórdico. Continuava correndo ao redor das estradas de terra, observando a paisagem e me relembrando de lugares aos quais estive em outra época. O agasalho estava bastante suado, devido a força que aplicava em minhas pernas, mas não me deixava abater pelo cansaço. Depois de quarenta minutos de intensidade, diminui o ritmo até me aproximar de um pequeno morro e caminhar até alcançar seu ponto mais alto e avistar o mar. Aquela visão era incrível e inspiradora, estava respirando o ar da minha terra natal a poucos dias do maior PPV do ano e que definiria o rumo da minha carreira na NWR. O coração pulsava mais ofegante ao pensar em tudo o que vivi ali, nas minhas passagens como lutador, gerente e professor no centro de treinamento de wrestlers. Não me sentia velho, porém, vislumbrava minha mentalidade outrora impulsiva, sendo controlada pela mansidão de um rei que procura a tão almejada paz interior.

O azul do mar e a serenidade do vento se encontravam naquele fim de tarde. Fechei meus olhos e pude contemplar o som das gaivotas que ali estavam, em um balé sem fim na costa do mar. Retirei o agasalho de corrida e deitei-me na relva admirando o céu azul de poucos nuvens. Saudades da época de criança em que corríamos sem destino, explorando um oceano de possibilidades em meio a uma guerra sem fim entre protestantes de católicos; cicatrizes foram deixados dos dois lados e por enquanto existe uma certa paz pairando o país das fadas, doentes e folclores diversos.

Passados alguns minutos, levantei-me e voltei para a estrada de terra, rumo ao meu destino final: Corki. Por volta das 20 horas, cheguei em minha cidade natal e fui direto para o Shopping Center, onde seria realizada uma entrevista sobre esportes e hoje a noite eu seria o convidado especial. Ontem teve a entrevista do capitão do time de rúgbi, acompanhei pela televisão do hotel em que estou hospedado, mesmo com a imprensa local divulgado minha localização.


Entro pelo estacionamento do shopping e percebo a multidão de jovens e adultos que ali estavam ao redor, muitos com cartazes e frases de apoio a minha pessoa, afinal, eu era um nativo da segunda maior cidade de toda a Irlanda e era reconhecido mundialmente pelos meus títulos e prestígio. Paro o carro no subsolo, entrego a chave ao manobrista que me aguardava e sou conduzido por um dos funcionários da empresa de eventos ao elevador. Enquanto aguardo, ele me passa as instruções iniciais sobre a entrevista e como aconteceria, ouço atentamente suas palavras enquanto coloco o celular em modo silencioso.

Tão logo o elevador para, assim que a porta se abre me deparo com vários seguranças e ouço o grito da multidão ao me ver. Caminho poucos segundos e sou conduzido a um palco localizado no centro do shopping. O som daquela multidão é ensurdecedor e apaixonante: eu estava em casa! Aceno para alguns fãs e fico atrás da cortina aguardando meu momento de aparecer. O locutor do shopping diz:


- Boa noite a todos os presentes ao Blackpool Center Shopping, eu sou Jack Gallanger e irei conduzir a entrevista de hoje. Ontem tivemos a ilustre presença do capitão da seleção irlandesa de rúgbi e hoje, trazemos um filho ilustre desta terra, o lutador profissional de Pro Wrestling e convidado nesta noite, recebam com aplausos: King “Imortal” Armstrong!

Atravesso a cortina verde, ouvindo os aplausos dos presentes, haviam muitas pessoas ao redor daquele palco e meu coração estava disparado de alegria. Movimento meu pescoço lentamente para ter uma pequena noção da quantidade de irlandeses ali, olho para a parte de cima do shopping e é nítido o carisma de todos que ali estavam. Sento-me na cadeira de madeira a poucos metros do apresentador da entrevista, o cumprimento apertando sua mão direita, faço mais um aceno ao público e aguardo sorridente o início da entrevista.

Entrevistador – King, boa noite, obrigado por ter concedido seu tempo nesse momento tão importante em tua carreira.

– Quem agradece sou eu, pela oportunidade de voltar a minha cidade natal e ter uma recepção tão calorosa quanto esta, obrigado a todos que vieram e estão assistindo pela televisão.

Entrevistador – Quero começar com algumas perguntas feitas pelos fãs, via Twitter, Facebook e Instagram, ok?

– Fique à vontade.

Entrevistador – O @JackHunter pergunta: qual tua maior decepção na carreira?

O entrevistador me olha fixamente, cruzando sua perna esquerda sobre a direita. Ele faz uma anotação no papel que está segurando, usando uma caneta preta, enquanto olho para o público com ar pensativo e respondo em seguida:

– Não ter sido E-Fed Champion, foi a maior decepção. Infelizmente a companhia teve problemas financeiros, boa parte do seu roster rescindiu o contrato as vésperas do PPV e a luta que tanto esperei, não aconteceu. Esta foi a maior decepção.

Entrevistador – Pelo Facebook a Mary Jane pergunta: King, você pretende lutar pelo Intercontinental Championship em outra oportunidade? Como tem visto esta divisão, após o seu reinado? Beijos.

– Outro beijo para ti Mary e obrigado pela pergunta. Bem, foi o maior reinado da história da NWR e o fiz com muito prazer. Após minha derrota para Lady, o cinturão passou pelas mãos da Narkissa e agora está nas mãos de Havoc, que ele seja capaz de fazer um bom reinado, apesar da ex campeã estar focada em recuperá-lo no PPV.

Jack me olha com curiosidade, descruza as pernas e diz:


Entrevistador – Aproveitando a pergunta feita, ainda existe uma paixão em seu coração por Narkissa Gardea? Pretende derrota-la, caso ela seja a nova Intercontinental Champion?

Após a pergunta, ouve-se uma enorme vaia por parte do público, algo que não esperava. Fico em silencio, enquanto aprecio o olhar de indignação deles em cada vaia proferida contra a boneca russa. Bebo um pouco de água, que estava colocada em uma mesa de vidro circular, próxima da cadeira em que estava. Aquele som perdura até que os interrompo, erguendo minha mão direita e pedindo calma:

- Nobres irlandeses, meu coração é falho e fui atraído completamente pela beleza dela e como ela enfatizou em outras entrevistas, não somos um casal. Hoje estou totalmente focado em conquistar o Elite Championship, mas caso não o consiga e Narkissa seja a nova Intercontinental Championship, pretendo queimar a casa de bonecas e tornar a Intercontinental Division o meu reino; tudo depende do que acontecer no PPV, caro Jack.

Os fãs aplaudem e gritam meu nome após ouvirem minhas palavras, fico constrangido, mas procure me manter sereno. Jack olha para os fãs e também me aplaude, de forma contida, minha resposta. Ele novamente olha para seu papel de anotações, lê a pergunta e diz:

Entrevistador – Pelo Twitter, @Helmut-Hunter King, você será o novo Elite Champion? Tem alguém que te preocupa no combate? #KingEliteChamps

Sorrio ao ler a pergunta e novamente o público se manifesta gritando meu nome e em seguida, batendo palmas. Jack observa a reação do público, mas não diz nada. Olho para os fãs e com o rosto sério digo calmamente:

- Terei cinco oponentes naquele ringue, não posso ser tolo de menosprezá-los. Talvez para alguns deles eu seja penas um homem alto, gordo e bobo. Para outros...

Neste momento o público vaia e me fez lembrar público de jogos de futebol, porque demonstravam extrema raiva e indignação quando falava algo que me reduzia, menosprezava ou me insultava. Espero alguns segundos até que eles se acalmam e continuo a dizer:

- Para outros, sou talentoso, forte e perigoso. Independente da opinião dos meus adversários, não entrarei no ringue para ser o destaque de força e sim para ser o primeiro Elite Champion! Posso não demonstrar minha força, pelos últimos resultados, porém, só sairei daquele ringue em duas situações: morto ou como Elite Champion, quem será o oponente capaz de me matar no Clash of Revolution? Serão vinte minutos intensos e tenho me preparado para cada segundo que irei enfrentar, até ser o último sobrevivente desta pequena carnificina. Não existe medo em meus olhos, não tenho nada a perder, então que se preparem para enfrentar um homem disposto a conquistar este novo cinturão e transformar a Elite Diviison na mais valorizada da NWR, bem como fiz na Intercontinental Championship!

Aos sons de aplausos e diversas manifestações do público, Jack pega um bloco de anotações e passados alguns segundos de êxtase, por parte daqueles que ali estavam, ele diz confiantemente:

Entrevistador – Quem é teu maior adversário no PPV? E aproveitando, poderia dar seu ponto de vista sobre os demais combates?

Passo a mão direita sobre minha cabeça e bebo um pouco de água, antes de responder:

- Meu maior adversário, com todo o respeito aos envolvidos, sou eu mesmo. Se eu não estiver concentrado, confiante e eficiente irei perder sem sombra de dúvidas; por isso a confiança e a humildade estão de mãos dados para o PPV e assim pretendo, próximo da Irlanda, ser coroado o Elite Champion que a NWR precisa.

Aplausos do público e palavras de incentivo são ouvidas, chegam a cantar o hino da Irlanda, algo que realmente me emocionou, mas contive as lágrimas e continuei dizendo:

- A volta de Juan Pedro chama a atenção e será uma luta inaugural bem agressiva. Espero que Lady consiga uma bela vitória, mesmo tendo como adversário um ser imprevisível. Violetty se encontrou na Cursed Division e deve reter o cinturão, aguardo ansiosamente a luta pelo Intercontinental Championship e no fim do PPV verei o tão aguardado duelo entre Bé e Maverick; acredito que Maverick irá agarrar esta oportunidade com unhas e dentes, podendo entrar para a história como NWR Champion, mas será um duelo muito duro e que será resolvido no detalhe, boa sorte aos envolvidos.

Entrevistador – Anteriormente você respondeu uma pergunta sobre decepção, gostaria que falasse sobre uma alegria em sua carreira.

- Bem, por onde passei fui campeão e isso ninguém roubará de mim, mas tiveram duas lutas que realmente marcaram minha carreira: contra Valugi e Nagata. Eu derramei sangue, consegui novas cicatrizes em meu corpo e fui campeão supremo, quem presenciou estes dois combates, teve o privilégio de ver duas guerras sangrentas, intensas e apaixonantes aos verdadeiros fãs de pro wrestling; foi épico.

Entrevistador – Após o término do PPV, acredita que NWR possa passar pela Irlanda ou a World Tour termina no Clash of Revolution?

- Espero que ao menos uma noite, a NWR possa estar na Irlanda já que sou o único representante, do país e podendo ser campeão novamente. Sobre a questão da World Tour, apenas a atual gerencia pode responder, até o momento, não sei maiores informações a respeito.

Entrevistador – King, tenho mais duas perguntas a serem feitas, antes do termino desta entrevista e são polemicas, está preparado?

- Pode fazê-las, Jack.

Entrevistador – Primeira pergunta, se Filipe Bé for o vencedor no PPV, quem poderá derrota-lo?

Balanço a cabeça para cima e para baixo lentamente, demonstrando admiração pela pergunta feita. O público se divide entre vaias e aplausos ou ouvirem o nome de Bé. Procuro não demonstrar nenhuma emoção naquele momento e me foco apenas em responder de forma simples a pergunta:

- Jack, a grande questão é quem está realmente interessado no cinturão de NWR Champion, além de Bé? Com a nova gerencia, um leque de possibilidades se abre, então posso adiantar que estou focado no Elite Champion ou no Intercontinental Champion, mas isso depende do que acontecer no PPV, hoje, Devon Maverick é o number one contender e seu interesse é real, ele é o homem que pode derrotar Bé daqui alguns dias.

Entrevistador – Resposta bem tranquila.

- Sim, não são meus inimigos e além do que, estamos em caminho muito opostos.

Entrevistador – Em caso de derrota no PPV...

Novamente o público começa a vaiar, porém, de forma específica para Jack. Ele faz careta e não demonstra constrangimento, o que aumenta o som naquele ambiente e faz com os fãs gritem meu nome incessantemente, até que Jack pede desculpas e continua sua pergunta, após alguns minutos:

Entrevistador – Não torço por isso e nem os fãs que aqui estão, mas caso perca, poderá ser o fim de sua jornada na NWR?

- Eu não fujo de uma boa briga e terei uma contra cinco pessoas, o que virá na sequencia eu não posso lhe dizer, porque não sou dono do tempo. Tenho um contrato com a NWR e está sendo cumprido. Vale ressaltar que existem várias possibilidades para mim, após o PPV, então darei um passo de cada vez.

Jack fica de pé e faz um gesto com a mão esquerda pedindo que faça o mesmo e me aproxime da beirada do palco.

Entrevistador – Senhoras e senhores, agradeço pela presença de todos vocês nesta entrevista. Após, King Armstrong estará na livraria Knight Tower autografando alguns pôsteres fornecidos pela NWR, bem como tirando fotos com os fãs nas próximas duas horas. Mais uma vez, agradeço pela tua presença King Imortal Armstrong!

Ergo meu braço direito e digo de forma sorridente:

- Obrigado pelo apoio de vocês e espero vê-los na Inglaterra para me prestigiar! Longo vida para a Irlanda!

Ouço os aplausos e palavras de carinho, um jovem joga a bandeira da Irlanda que pousa no meu pé esquerdo. Olho para ela, pego com a mão esquerda e a ergo no ar para delírio daqueles que ali estavam. São muitos flashes de câmeras e fico ali em pé acenando aos fãs enquanto a multidão não se dispersa. Peço a caneta de Jack e autografo a bandeira, devolvendo-a, com ajuda de um dos seguranças, ao jovem que a jogou. Saio pela cortina e me dirijo ao elevador, acompanhado de Jack, para a livraria. Conversamos rapidamente sobre a entrevista e logo vou a livraria, enquanto Jack se despede. Fiquei no Shopping até meia noite, aproximadamente, recebendo com alegria cada um dos fãs e após isso sai para jantar em um restaurante local, para em seguida voltar ao hotel e descansar
.[/size][/size]

Conteúdo patrocinado

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: 22.09.17 14:03