Prome Aqui!

Compartilhe
avatar
VBB

Mensagens : 58
Pontos : 78
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/07/2014
Idade : 20

Promo 5: Pontos de vista. Mudanças de perspectiva...

Mensagem por VBB em 27.12.16 15:12



A sensação era inexplicável, ele havia fracassado. Merda ele perdeu mesmo, aquele homem que muitos anos atrás brilhou no mundo do Wrestling, hoje não é apenas mais um que perdeu, mas sim o principal perdedor de uma federação. E naquele momento, em que ele procurava de todas as formas juntar forças, mesmo sabendo que qualquer ato seria em vão observando-o no topo da Ladder com o cinto em suas mãos, nenhuma dor, cansaço ou qualquer outra coisa, era maior que o sentimento de decepção pessoal. Um título de campeão que em alguns anos atrás, quando estava por colocar em sua cintura podia parecer apenas um pedaço de metal que não chegava perto de representar sua realização pessoal, naquele momento parecia ser o seu coração sendo arrancado. Tendo em vista, todo o preparo que ele construiu em torno de si mesmo, todas as adversidades enfrentadas, toda a demonstração de vontade, e, principalmente o amor a vida. Amor esse que fez com que ele superasse toda sua angustia, e reaprendesse a sorrir, e porque não a viver? Amor esse que faz com que ele acorde todos os dias disposto despertar o melhor de cada um, seja fazendo palhaçadas, seja com uma palavra de incentivo ou até mesmo em uma entrevista confusa, ele queria ser exemplo. Se cobra muito para que tudo que ele faça seja com o coração, ele não queria ser perfeito. Sim você não leu errado, Krauser não queria ser perfeito, ele queria ser um exemplo, com o coração puro e valente que tinha. Coração esse que por muitas vezes já demonstrou ser bondoso, mas como o mundo é ruim com pessoas boas, nos momentos necessários também já demonstrou ser frio, brutal, cruel, insano, abominável, tirano, selvagem, maldito, diabólico, maligno e maquiavélico. Tá certo que isso não combina muito com ele, mas ele não estava mais ali. Que naquele momento em que olhava o título no topo da Ladder seus olhinhos já eram tomados pelas lágrimas. As lágrimas de um campeão, um campeão derrotado, um campeão que era a cara da companhia. Um campeão com uma trajetória que virou a esquerda para o fim, nem mais, nem menos. Campeão esse que quando debutou, parecia mais ter 9 ou 11 anos, do que 25. Era visto como uma simples criança brincalhona, criança essa que pelo mais que apanha-se muito não aceitou um lugar de saco de pancadas, e tudo isso sem perder aquela essência de sonho de criança. É preciso ter força para treinar mais, e muitas das vezes ter que escolher se vai chorar ou tentar de novo. E ele realizou esse sonho, porém a muito tempo. E hoje foi apoiado pela maioria por ser oque é, ou melhor, por ser aquilo que foi um dia, por simplesmente ter realizado seu sonho, e perder isso seria praticamente impossível aos olhos dos outros, sonhos que segundo a maioria pertenciam a ele, e JAMAIS seriam retirados daquele homem com alma de criança. Sonhos que ele foi perdendo um por um, durante sua queda do topo daquela Ladder, sonhos que ele teve que batalhar muito para conseguir, e conforme as coisas iam piorando, ele ia destruindo cada vez mais sonhos em sua cabeça, sonhos de criança também, mais que dessa vez já não eram tão possíveis aos olhos dos outros, e aquela criança que debutou no Wrestling desde que começou a viver de novo, que já havia despertado olhares de admiração e inspiração, agora já havia começado a despertar outros olhares, olhares de pena, olhares de surpresa. Já tinha começado a demonstrar seu medo, estava começando a mostrar de tudo que lhe era limite. E na noite do dia 2 de Dezembro, a criança foi ao inferno e pela terceira vez foi obrigado a crescer. Foi a hora de separar os homens dos meninos, e no meio de tantos Wrestlers, entre eles o novo campeão, ele se consagrou como a maior vergonha da federação, como a maior vergonha daquela noite, como a maior vergonha daquele combate. Como ele sempre temeu. Como as lágrimas em seus olhos na lona daquele ringue indicavam. O garoto Caio conseguiu, e a partir daquele momento um novo Krauser surgiu, disposto a destruir oque estiver em sua frente e esse ciclo infinito vai continuar se repetindo. Até o momento em que ele tiver de volta o reconhecimento que é dele. Chega de ser um exemplo se apenas oque consegue é ser um exemplo de perdedor! Chega de ser exemplo se tudo que vai conseguir é que todos queiram te derrubar! Se não tenho o seu RESPEITO, o seu MEDO já  será o suficiente!!!!

Depois que toda a euforia passou, Krauser começou a descer lentamente no poço de sua sanidade, quando por um descuido ele caiu e após uma longa queda deu com as costas no fundo de um poço escuro e quase sem volta. Então ele começa a rir da situação enquanto vai tentando se levantar lentamente com a ajuda dos paramédicos. E após receber os primeiros socorros ali mesmo, na beira do ringue, é levado de maca por não conseguir caminhar com firmeza, ele foi levado calmamente com o coração em mãos para os backstages. E por incrível que pareça ele no momento não queria ver ninguém, durante o caminho foi, segundo ele, ridiculamente parabenizado por alguns conhecidos que trabalham nos bastidores, e até que por mais de 5 minutos caminhando ele vê de longe Johnny e seu fiel companheiro: Zé o Câmera Man. Tendo uma agradável entrevista com Caio... Após uma fraca risada Krauser perdeu a consciência...


(Pegaram a referência?)



Like the Phoenix I rise
From the ashes of life
I don't need fortune or fame
Just some peace of mind

avatar
VBB

Mensagens : 58
Pontos : 78
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/07/2014
Idade : 20

Promo 06: Da Fênix as cinzas... Queda de um campeão.

Mensagem por VBB em 27.12.16 15:14

*Começa uma filmagem feita no dia 3 de dezembro, na filmagem estão sendo mostrados Krauser deitado em uma cama de hospital com ataduras pelos ombros e pescoço e seus filhos sentados ao seu lado.*

*Moisés parece preocupado e Rita se encontra andando de um lado a outro bem séria e com ar de indignação.*

Rita Daniels: Um dia vão acabar se matando! Todos eles!!

*Moisés faz silêncio.*

Rita Daniels: Qual é? Precisava mesmo ter sido assim?? Porque não pararam a luta??? Um título é tão importante assim????

*Moisés permanece em silêncio.*

Rita Daniels: Tudo culpa dessa GM de mer...

Moisés Daniels: Rita, faz o favor de calar a sua boca?

Rita Daniels: Ma...!

Moisés Daniels: Faz o favor?!

*Rita abaixa a mão e senta ao lado do pai com os braços cruzados e a cara amarrada em um bico de três palmos.*

*Faz-se silêncio... Apenas o som do aparelho de ar condicionado.*

*. . .*

*. . .*

*Moisés se levanta.*

Moisés Daniels: Vou tentar ligar para a mamãe de novo...

*Ao sair da sala Moisés tropeça e quase cai. Ao estabelecer o equilíbrio faz um sinal de "sou foda" para a irmã e vai corredor a fora.*

*Rita permanece na sala olha para o pai e agora seu semblante esta estampado de preocupação e angústia.*

Rita Daniels: Hey... Pai...

*Rita desanimada estala os dedos no rosto do pai ainda sentada ao seu lado.*

Rita Daniels: Já tá bom de charminho já...

Rita Daniels: Pai?...

*Rita parece ainda mais triste.*

Rita Daniels: Porque pai? Você realmente não conhece seus limites...

*Rita tira o cabelo da frente do rosto do pai desacordado.*

Rita Daniels: E cara... O pior, é que eu sinto que é tudo minha culpa... Desde de pequena eu sempre acreditei em você, cresci sendo filha de um campeão...

Rita Daniels: Eu tinha orgulho disso, mas, eu não quero mais...

Rita Daniels: Pai, se você não consegue... Eu não quero que morra tentando...

*Sarah esfrega ligeiramente o olhos e deita levemente com a sua cabeça no peito de seu pai.*

*. . .*

*Faz silêncio até que uma voz fraca diz:*

Krauser Daniels: Filha...

*Sarah se ergue assustada em sua cadeira e olha surpresa para seu pai com os olhos abertos e um leve sorriso.*

Krauser Daniels: Ah ha ha ha... Oi princesa... não chora...

*Krauser passa o dedo pelo rosto da filha secando suas lágrimas enquanto Rita faz cara de "eu não estava chorando".*

Krauser Daniels: E aí? Quem levou?

Rita Daniels: Ah? What? O cinto? F-foi o Caio...

*Krauser fecha os olhos e sorri em sua cama.*

Krauser Daniels: Aha ha ha ha ha ha ha ha ha hha ha... Mas não poderia ser outro não é?  Eu não lembro de quase nada...

*Krauser vira seu olhar cansado para sua filha.*

Krauser Daniels: Papai tentou filha...

*Rita observa.*

Krauser Daniels: E, vai continuar tentando... Ou você tem medo que seu velho morra tentando?

*Rita se assusta ao perceber que o pai a tinha ouvido.*

Krauser Daniels: Ahahahhahhaha... Papai tentando, já morreu várias e várias vezes... Morri na noite de ontem de novo... Mas filha, eu sempre vou retornar, papai sempre volta mais forte...

*Krauser tosse um pouco.*

Krauser Daniels: Não vai ser a primeira vez nem a última... Eu não sou mais um campeão... E isso me da o direito de dar tudo de mim para ser um...

*Krauser começa a se levantar com cara de dor. E Rita o impede.*

Rita Daniels: Pai cê tá loko? Deita, descansa! Do que você está falando?

Krauser Daniels: Moisés...

Rita Daniels: Moisés? Ele estava aqui mas...

Krauser Daniels: Não... Moisés Bé... Falou comigo...

Rita Daniels: Tio Bé? Mas esse cara não morreu antes de eu nascer? Só vi esse tipo por fotos!

Krauser Daniels: Ahahahaha... Filha... Eu não falei que a morte significa nada?

*Krauser empurra carinhosamente sua filha e se levanta. Olha para um espelho que tem no quarto e desvia o olhar com tom de nojo. *

...

*Krauser alonga seus braços, coloca sua mãos sobre os ombros de sua filha e diz:*

Krauser Daniels: Você jamais sentira tanto orgulho... Nunca mais vai chorar... E papai vai morrer... todas as vezes forem necessárias para cumprir essa promessa..............

*Krauser beija a testa de sua que apenas o abraça.*

*A imagem escurece, e apenas se ouve voz de Krauser cantarolando suavemente.*

Krauser Daniels: The Angel have flyed to the sky, The Angel have flyed away. The Demon is out of The jail, The demon has come to play...
Aha ha ha ha ha...


*A risada fraca e arrastada continua até que...*

*Fim de transmissão.*



Like the Phoenix I rise
From the ashes of life
I don't need fortune or fame
Just some peace of mind

avatar
VBB

Mensagens : 58
Pontos : 78
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/07/2014
Idade : 20

Promo 07: Velho amigo Bé.

Mensagem por VBB em 27.12.16 15:15

*Alucinação de Krauser após a ladder match.*

*Krauser esta dormindo até que o sol incomoda sua vista. Tampa o sou com sua mão e sente o corpo leve, como se não existisse.

Krauser se levanta e observa ao redor da grande montanha aonde se encontra, tão alta que ultrapassa as nuvens, com árvores frondosas e corredeiras de água que caem de tão alto que poderiam ser confundidas com chuva.

Eis que Krauser avista um enorme palácio chinês. Krauser se dirigi a ele e entra por seu enorme portal.

Lá dentro no hall principal esta um homem sentado a meditar ao lado de um bule de chá e sua xícaras. Krauser se aproxima do homem que não é ninguém mais ninguém menos que Moisés Bé.*

Moisés Bé: Olá velho amigo...

Krauser Daniels: Moisés? Denner não havia o dado um fim em você?

Moisés Bé: Pois é... Me diz oque Denner é capaz de fazer direito?

Krauser Daniels: Oque esta fazendo aqui? Esteve aqui todo esse tempo?

Moisés Bé: Krauser, estive em muitos lugares o tempo todo... Mas estou aqui digamos, para te ajudar...

Krauser Daniels: Mas eu não preciso de ajuda.

Moisés Bé: Krauser senta aqui...

*Krauser se senta ao lado de Moisés Bé.*

*Moisés Bé da um tapa na boca de Krauser e esse quase cai de costas no chão.*

Krauser Daniels: M-mas que porr...

Moisés Bé: Precisa de ajuda sim!... Agora me conta, como vai sua vida?

Krauser Daniels: Vai muito bem, casei tenho dois filhos...

Moisés Bé: Casaste com a coelha?

Krauser Daniels: N-NÃO!

Moisés Bé: Mas gostavas dela não é?

Krauser Daniels: Hey isto é passado! Casei-me com Sarah, essa sim é a mulher da minha vida.

Moisés Bé: Ah... A chatinha que não gostava que você explorasse seu potencial, sei diabo interior...

Krauser Daniels: Demônios merecem jaulas Moisés, apenas anjos merecem as asas...

Moisés Bé: Demônios são anjos camarada, anjos que sentiram a dureza da vida... Mas e a NWR?

Krauser Daniels: Segue firme e forte.

*Moisés cospe o chá que ia tomar.*

Moisés Bé: É oque? Oque é daquele lugar sem mim? Mariane ainda não conseguiu falir esta merda?

Krauser Daniels: Mariane não é mais GM...

Moisés Bé: Hã, entendo...

Krauser Daniels: É Rita Bunny.

*Moisés cospe chá na cara de Krauser de novo.*

Moisés Bé: Aí... Essas horas fico feliz de não estar mais dentre os vivos.

*Krauser confirma com a cabeça até que...*

Krauser Daniels: Como assim??? Eu to morto!?!?!

Moisés Bé: Não Krauser, ainda não.

*Krauser engole um seco.*

Moisés Bé: Bem, imagino que as coisas não vão bem para você na federação verdade?

Krauser Daniels: Como sabe?

Moisés Bé: Não vem ao caso.

Krauser Daniels: Bem... Realmente, aparentemente não sou mais o campeão que eu era... Perdi minha última luta e estava a valer o título...

Moisés Bé: Entendi, realmente não é metade do homem que foi!

*Krauser olha espantado para Bé.*

Krauser Daniels: Você acha?

Moisés Bé: Claro, o Krauser que eu conhecia não era um campeão... Mas conseguia ser um quando precisava... Se você entrou achando ser campeão não será um.

Krauser Daniels: Não entendi...

*Moisés olha em volta.*

Moisés Bé: Quer chá Krauser?

*Krauser olha para o bule e xícaras.*

Krauser Daniels: Ah, sim. Porque não?

*Krauser pega a sua xícara, mas esta já esta cheia com chá frio e velho, e quanto Bé esta enchendo a sua com chá quente e fresco de seu bule.*

Krauser Daniels: Erh... Poderia fazer um favor?

*Krauser faz sinal para Moisés com sua xícara.*

Moisés Bé: Ah! Claro...

*Moisés sorri e começa a despejar o chá quente por cima do chá frio e velho fazendo a xicara transbordar sobre Krauser.*

Krauser Daniels: Hey hey! Esta fazendo merda!!

*Krauser se vira e esvazia a xícara espalhando seu conteúdo pelo chão.*

Krauser Daniels: Aqui, pronto... Pode encher...

Moisés Bé: Porque fez isso?

Krauser Daniels: Ué? Como quer encher uma coisa que já esta cheia??

Moisés Bé: Ah... Então entendeu?

Krauser Daniels: Hã?

Moisés Bé: Krauser, não se pode encher uma xícara cheia... Esvazia sua xícara. Esta a me entender? Não pode se tornar campeão achando que é o campeão... Esvazie sua mente, e tente ser campeão como se fosse a primeira vez... Esqueça oque os outros esperam de você.

Krauser Daniels: Faz sentido... De onde tira tanta sabedoria?

Moisés Bé: Sou fruto de sua cabeça Krauser, sua cabeça tem algo a te falar. Fui a pessoa mais sábia que conheceu, escolheu a mim para te dizer oque tem que ouvir.

Moisés Bé: Agora esquece esse negócio de sentar e chorar e liberta oque a de bom em você! Lembra de quando perdeste tudo? Lembra oque fizeste? Não ganhaste força? Não ganhaste brutalidade?

Krauser Daniels: M-mas...

Moisés Bé: Krauser, pessoas vão querer tirar tudo que tem novamente... Você não tem escolha... Retira tua coleira!

*Fim de alucinação.*



Like the Phoenix I rise
From the ashes of life
I don't need fortune or fame
Just some peace of mind

avatar
VBB

Mensagens : 58
Pontos : 78
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/07/2014
Idade : 20

Promo 08: Hello people... I AM back...

Mensagem por VBB em 27.12.16 15:21

*Começa uma filmagem, nela esta Krauser sentado com olhar sério e as mãos juntas perto do rosto sentado em uma poltrona giratória cinza. *

Krauser Daniels: Olá pessoas que ainda tem um pouco de bom gosto e assistem aos meus vídeos... Saudades?

*Krauser sorri para a câmera. *

Krauser Daniels: Sim estive ausente, por muuuuuuito tempo. Estive, como se diz? Me achando? Não!... Estive me perdendo.

Krauser Daniels: Treinei, e pensei um pouco, estive digerindo oque aconteceu nesse período de tempo, a minha derrota decadente, a ascensão de Caio como campeão e tuuuuudo que as pessoas tem falado de mim.


*Krauser abre os braços e continua falando calmamente. *

Krauser Daniels: Então pode ficar felizes! Pulem de alegria! Pois eu retornei... E vou aproveitar dessa situação para falar de minhas 3 últimas lutas e aproveitar para comentar sobre oque as pessoas tem dito sobre mim.

*Krauser ri alto.*

Krauser Daniels: Quanto ódio eu fui capaz de espalhar com tão pouco esforço? Coisa que antes nem sonhava conseguir! É natural dos homens sabe? Odiar. Odeie alguém e esse irá odiar, é muito fácil.

Krauser Daniels: Para começar, começar com calma, vou falar do lindo depoimento que pudemos ouvir de Felipe Bé.


*Krauser ri.*

Krauser Daniels: Não foi lindo? Confessem! Um homem que da valor apenas a seguir sendo uma pessoa reconhecida, buscando ser lembrado, sem estimar nada grande, apenas sua permanência e a da sua família em nossa memória. Sabe, eu já fui assim, e não sei oque dizer. Por um lado Bé saiba que, se você nada conquistar será lembrado como isso, um cara que não conquistou NADA... E por outro lado, se vai atrás de conquistas como legado, tome cuidado, quanto mais tem, mais pode perder, e qual legado vai ter? O de um perdedor...

Krauser Daniels: Na verdade, creio que faz correto, foi o primeiro inteligente, saiu de meu caminho, vai ser um obstáculo a menos para derrubar. Quem será o próximo a se mostrar um ser pensante aqui? Glock? Robber? Talvez o próprio Luke Miller? Venham, aceitem isso e abram caminho.

Krauser Daniels: E por falar em Robber Lee, gostaria de dizer que é bom ver que desde o ladder match todos os lutadores bons com quem tive a honra de lutar me consideram uma vitória. Contra Robber tive um combate de tirar o fôlego, literalmente não é? Sim o cara é um mestre no que se diz de diz de imobilizar uma pessoa e causar dor, o famososo pedir arrego. O combate foi duro, mas como é certo que o sol nasce no outro dia, minha vitoria já era aguardada.

Krauser Daniels: Bem, o rapaz é realmente bom, e entendi o porque de estar invicto até se encontrar comigo, desculpe amigo, mas eu não podia ser parado, então não se fira o seu orgulho apenas por perder para mim. Alias se for inteligente, desiste de titulo principal, e se torna uma pedra a menos.

Krauser Daniels: Outro que mencionei e quero falar é Glock, *CENSURA* que o pariu, não é atoa que o chamam de tank de guerra. Esse cara, me deu muito trabalho durante aquele ladder match, sério o cara não me deixou em paz e parar esse homem, acho que não existe essa possibilidade. Mas como estou aqui para fazer o impossível eu consegui da última vez em que lutamos, e olha, ele é um ótimo lutador, uma pedra no meu caminho realmente difícil de quebrar, porém fácil de dar a volta.

Krauser Daniels: E ainda tem a coragem de dize que respeita um homem que protege sua honra e logo após criticar minhas atitudes naquela linda cerimônia no hall da fama. Por que críticas? Porque tanta aversão? Eu estava apenas por defender minha honra... O dia que eu sair por ai falando merda a quem não devo e supostamente respeito juro que vou estar atento a ataques de todas as partes. A não ser que literalmente ele tenha perdido a noção do perigo! Se um idiota entra na frente de um carro com os olhos fechados o motorista é desnaturado por atropelar um homem que não podia ver?

Krauser Daniels: Ahhhhhhhhhh não sejamos tão ridículos!!!

Krauser Daniels: E sim! Estou falando de Caio. Querem me ouvir falar de Caio? Okay, vamos falar de Caio.

Krauser Daniels: Vamos por partes, aposto que se lembram de quando o senhor engraçadinho veio até a mim para me provocar durante o show, exibindo o seu certificado de poha nenhuma que ele gosta de chamar de cinturão. Minha filha teve que impedir de que eu vestisse aquele cinturão no pescoço de Caio. Bem, dessa vez ele não reclamou que ela interferiu não é? Engraçado. Eu poderia jurar que ele o faria, a não ser que lhe fosse muito conveniente não apanhar naquele momento.

Krauser Daniels: Sobre as interrupções de Rita, wow, rolou ate uma aposta 10 dólares como eu venceria usando de auxílio de minha filha. Bem, quero brincar também. Quer apostar o seu cinto Caio que te faço beihjar minha mão? Sim, minha mão, bem envolta por cinco dedos, cerrada em forma de punho. Faremos essa aposta.

Krauser Daniels: Sim, pelo visto o cara gosta de me provocar, e gosta mesmo! Me deixar bravo e irritado segundo ele é legal. Pois bem, vamos mudar isso. O Krauser bravo e irritado em breve para você será algo pavoroso e você vai desejar que isso não aconteça novamente.

Krauser Daniels: Se acha que estou irreconhecível, espere até ver oque farei com você. Além do mais, obrigado pelo elogio, aquele perdedor que eu era não vale a pena nem me parecer. E adivinha. Quando eu retirar o cinto de você, você ficara irreconhecível também... Sim... Ficará, poi quando perguntam quem é Caio a única resposta que vem a cabeça é "Caio é o homem com o cinturão" e quando eu tirar isso de você? Será oque? Apenas Caio? Acho que nem isso. As pessoas podem chamar do que quiser que nao fara diferença alguma no fim.

Krauser Daniels: Ahh e antes que eu me esqueça!


*Krauser faz uma reverência. *

Krauser Daniels: De nada...

Krauser Daniels: Sei que a estréia daquela bosta lá de Talk to me não teria sido *CENSURA* nenhuma sem minha presença. Na verdade a nossa conversa foi até agradável de certa forma, então acho que também agradecerei.

Krauser Daniels: Sabe Caio... Vejo muito de mim em você... Felizmente daquele eu fraco que morreu tem pouco tempo.


* Krauser pega um copo de agua para beber. Apos beber um pouco da água Krauser olha para dentro do copo e com raiva o arremessa na parede.*

Krauser Daniels: Arrrhhh! Que ódio!!

*Krauser se ajeita na poltrona.*

Krauser Daniels: Desculpem por isso... Eu não curto o meu reflexo....

Krauser Daniels: Mas porque agora, não falamos da minha entrada no Hall da fama? Foi lindo não foi??


*Krauser dá uma alta risada enquanto rodopia em sua cadeira.*

*De repente Krauser bate os pés no chão fazendo a poltrona parar de girar e se reclinando para a câmera. *

Krauser Daniels: Se não fosse por UM detalhe!! A presença ilustre do novo rosto da federação, Caio Estrelinha, o cara mais babaca e gente fina da NWR. Olhem só...

*Krauser começa a fingir que esta chorando.*

Krauser Daniels: Quis entregar o título... Nas minhas mãos...

*Krauser soluçando.*

Krauser Daniels: Porque ele... (Fungadas) Me adimirava demais!!!

*Krauser para de fingir.*

Krauser Daniels: VÁ AO QUINTO DOS INFERNOS!!!!!!!

Krauser Daniels: ODEIO FALCIDADE!!!!!

Krauser Daniels: Se algum dia você foi fã ou qualquer coisa, deve ter sido pelo "homem que eu fui um dia" que você tanto se refere, não é mesmo?

Krauser Daniels: Acho irônico como ele diz que James Carter concordou em deixa-lo participar se ele não falasse nenhuma gracinha...


*Krauser cruza os braços e fala em tom irônico. *

Krauser Daniels: Mas não é que ele falou? Danadinho né?

Krauser Daniels: Eu fiz questão de me controlar, mas as vozes não podiam aceitar me ver acuado, perguntaram se eu não faria nada! (As vozes na cabeça de Krauser falam através de Crazyer)

Krauser Daniels: E claro que eu fiz!! A estrela se acha inatingível?? Eu estava recebendo o prêmio do hall da fama! Ele pelo menos respeitasse oque aquele momento significava para mim e para todos que ali estavam!!

Krauser Daniels: Ainda pergunta se isso foi motivo para perder o controle completamente! É CLARO QUE FOI!! Eu não vou mais aguentar nenhuma gracinha quieto. Quem falar gracinhas de mim que se acustume a receber o TROCO!!!

Krauser Daniels: NÃO ESTOU AQUI PARA SER AMIGUINHO DW NINGUÉM!! QUER FALAR *CENSURA* DE MIM? ENTÃO PRESTA ATENÇÃO AS SUAS COSTAS!!!!

Krauser Daniels: Quem quiser machucar a minha alma, e tentar criar sentimento de agonia, por simplesmente achar divertido deverá ficar atento... Quando as luzes se apagarem...


*Krauser ri melancolicamente em sua poltrona enquanto gira levantando súbitamente de costas para a câmera. *

Krauser Daniels: A fênix trás a luz! Mas sou apenas as CINZAS!!!!

Krauser Daniels: EU TRAGO A ESCURIDÃO E COM ELA O TERROR!!!


*Krauser vira um pouco sem graça para a câmera. *

Krauser Daniels: E foi mal Bé, mas no escuro eu não posso escolher bem... Então... Acertei os dois...

Krauser Daniels: Mas bem!!! Machucar minha alma já foi o seu passatempo Caio, mas não mais, muito obrigado, até minha alma você fortalece. Não vai ter mais alma para riscar, rasgar dilacerar e cortar.

Krauser Daniels: Eu já estou com meus olhos em você e eles não vão desgrudar da sua cara até que eu a destrua!

Krauser Daniels: Acabou a brincadeira!!! Acabou o meu conto de fadas e da início o meu conto de horror!!!! Pois será assim que vou fazer você voltar a ser oque era!!!

Krauser Daniels: *CENSURA * NEHUMA!!!!!!!!

Krauser Daniels: E QUANDO ACABAR COM VOCÊ!!! ACHO QUE NEM ISSO VAI SOBRAR!!!!!!!!


*Krauser vai beber água mais lembra que quebrou seu copo.*

Krauser Daniels: Agora com licença, eu tenhowie encontrar com meus filhos para treinar...  Em breve entrarem em contato de novo... Mas antes vou esperar para saber quantos de vocês se renderam por completo...

*Krauser se levanta e vai andando para fora da sala.*

...

...

*De repente Krauser volta correndo.*

Krauser Daniels: LUKE MILLER!!!

Krauser Daniels: QUASE ME ESQUEÇO!!!!!

Krauser Daniels: Você, para um novato, é bem abusado e talentoso! Mas se prepare, eu não chego NEM PERTO DO KRAUSER QUE VOCE OUVIU FALAR... NEM PERTO!!!!!!

Krauser Daniels: O Krauser que você ouviu falar teria piedade dessa sua cara de *CENSURA* e pouparia você de sofrer um fim doloroso em nossa próxima luta (video gravado antes da luta de Krauser e luke).

Krauser Daniels: Vou te observar... E você não poderá me vencer!!

Krauser Daniels: Passem bem!!!!


*Krauser se retira.*

Krauser Daniels (cantarolando):
The angel is in agony, the angel has fallen again.
The demon then emerged, because he knows no pain...


*fim de transmissão. *



Like the Phoenix I rise
From the ashes of life
I don't need fortune or fame
Just some peace of mind

avatar
Le Magnifique

Mensagens : 30
Pontos : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/07/2014
Idade : 20

Promo 3: Era de Fogo

Mensagem por Le Magnifique em 28.12.16 0:47

Video postado em NWR.com/WheretheHell

*Se inicia uma filmagem de Dante deitado em seu trono. *

Dante: Olá fãs do wrestling! Tiveram saudades de mim?

Dante: Eu sei, eu sei! Protagonizei uma ausência dantesca! Tudo acabou se tornando uma bola de neve a qual não podia ser superada.

Dante: Mas, agora que ela já passou por cima de mim, não preciso me preocupar mais com ela, e apenas cuidar para que o monstro não cresça o suficiente para não poder ser mas morto.

Dante: Mas enfim, chega de palavras sem rumo e vamos direto ao que interessa. Para ser sincero, minha ausência me deixou meio por fora do que tem ocorrido por aqui, e sei apenas de poucas coisas.

*Dante se senta.*

Dante: Como por exemplo, a Lady não é mais Lady. Agora que ele revelou que tudo não passava de um disfarçe , o único que finje ser quem não é passou a ser Bé Ribeiro.

Dante: Ouveram ainda novas contratações, que devo dizer, achei muitíssimo imprudentes. Estou me sentindo dantescamente desconfortável com a quantidade de lixo que se acumulou nessa federação. Se por um lado isso me enoja, por outro pode ser bom, já que para alcançar os céus, serão necessários muitos degraus para eu pisar.

Dante: A que acredito ser mais recente é a de Koji Hayato. Já tive a oportunidade de dividir o ringue com ele, e poderei ter a oportunidade de demonstrar a minha superioridade sobre ele no próximo show.

Dante: Ao meu ver, Koji não parece ser um lutador do meu nível. Apesar de bater bem, Koji não me parece ter a comvicçao de um grande wrestler, alem de que mesmo tendo levado vantagem em nossa ultima luta, eu acredito que aquele combate mais o ferrou do que ajudou.

Dante: Outra das contratações nem merecem se citadas, do contrario eu provávelmente gorfaria ao pronunciar seus nomes. Mesmo assim pretendo comentar sobre um cara que chamou minha atenção: O Donny.

Dante: Donny realmente parece um lutador, forte e robusto. Porem esqueceram de avisá-lo que educação, inteligencia e outros atributos não só formam um bom wrestler como um bom homem. Donny deveria entender que apenas porque sua mulher o admira os outros seres não irão compartilhar do mesmo sentimento.

Dante: Eu vi a maneira que ele tratou Waterfall, completamente indecente. Mas no momento que Guiller apareceu, e ele sim reconheceu os atributos que tornam alguem um ser humano, Donny foi ignorado. Foi muito engraçado de ver!

*Dante com a mao na testa ri*

Dante: É engraçado ver como Donny ignorava Waterfall, mas no momento que foi ignorado, ficou irritado com isso! Donny, se não rever sua forma de tratar as pessoas, todos vão ter a mesma ideia de Waterfall e te abandonar, pouco a pouco. E com todos, eu quero dizer TODOS mesmo.

*Dan se ajeita com as cotovelos nos joelhos *

Dante: Dana, caso você já tenha se cansado de aturar esse animal troglodita, e esteja afim de um homem de verdade, mais bonito, mas jovem, que possa te mostrar oque realmente se chama perfeição e provar que esse tempo todo estava perdendo com um erro dantesco, eu estou aqui. Sóooo chamar.

*Dante dá um beijinho no dedo indicador e do meio juntos e aponta para a câmera dando uma piscadela com o olho esquerdo *

Dante: Mas voltando a falar de homens que não são homens, ainda não me esqueci de Denner. Parece que depois da minha acusação de ser um covarde, o assassino de velhinhos hospitalizados não contente com a acusação, ao fim de uma de nossas lutas em que sua trupe foi impedida de entrar, eles foram atras de mim nos backstages! Denner não cansa de mostrar que luta sujo, e quando diz que voltou melhorado, parece que conseguiu melhorar todos seus defeitos.

Dante: Eu espero que depois de eu ensinar para Koji oque é um lutador de verdade eu possa enfrentar Denner no PPV em um Last Man Standy Match, assim como ele desejou.

*Dan sorri, se levanta *

Dante: Se assim for, o destino já está escrito. O por que? Porque eu estou de pé, e Denner sempre permanecerá caído. Denner já está derrotado, e se esse combate acontecer, tudo já está decidido. Eu aceito seu desafio Denner.

Dante: Para meus amigos da NWR apenas quero deixar este recado, eu voltei, e comigo trouxe o inferno! Você não vão ter mais sucego, olho aberto e atenção aos seus pecados! Todos seram devidamente medidos para uma retribuição apropriada.

Dante: Caio, se o titulo continuar com você, sua estrela está presta a cair, perder o brilho, as asas e será muito bem vindo ao meu inferno. Se o título não permanecer com você, meu trabalho estará feito e tudo que você tem desejado ao seu adversário virá para você em dobro.

*A musica de Dante começa a tocar, mas somente fica no instrumental do inicio. Ele sobe em seu trono com o pé esquerdo sobre um dos braços do mesmo, tendo seus braços abertos e o olhar para o alto. A câmera o filma de algum angulo por baixo. Existe um forte olofote sobre ele iluminando-o. Dante fala com ar triunfal *

Dante: Irá começar uma era de fogo e chamas, sem espaço para homens maiores que eu! Aqueles que quiserem ficar, contentem-se com minha glória, abaixem a cabeça e advinhem? HATE ME!!!

*Dante olha para a câmera, coloca o pé direito no outro braço do trono e agacha para olhar mais de perto para a câmera, encarando sério de forma animalesca. Sem sentimentos na voz, Dante canta na forma de lullaby.*

Dante:
The Jester is coming to night
The Jester is comming to night.
He will make your sleep come fine.
And he is never go away
In nightmare he is coming to play.
Here you will stay
With he.
Any way
The jester is coming to play...
Is better to run, because
The hell ill become he house.

*As luzes se apagam, uma risada curta meio demente se ouve no escuro.*

*Fim de transmissão *
avatar
★ Filipe Bé ★
Admin
Admin

Mensagens : 328
Pontos : 799
Reputação : 410
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 21
Localização : Portugal

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ★ Filipe Bé ★ em 28.12.16 3:11

Uma filmagem começa com Bé e Marianne no local.

Bé: Então vamos falar, sobre os meus oponentes para o proximo show. Um Tag Team match, entre mim e meu melhor amigo pessoal aqui dentro, Caio o estrelinha.

Marianne: Bé & Caio Vs Luke e Krauser para quem não está apar.

Bé: Vamos lá falar sobre os nossos rivais neste combate. Pois precisamos ter uma conversa muito seria. Primeiro começo pelo menos importante, exato. Lucas Miller.

Marianne: Menos importante, mas dos unicos que já enfrentas-te no One-on-one?

Bé: Exactamente. Toca a recapitular o ultimo combate que tivemos entre Bé e Lucas.

Bé: Após um belo combate eu estava lá em plena vantagem. Lucas é joven e promissor não posso mentir. Mas de momento? Ele so não é melhor do que gente que temos no low cart.


Marianne: Mas ele ganhou-te?

Bé: Mas eu podia o ter derrotado de 2 maneiras diferentes! Primeira, após eu ter subido e prestes a fugir, aparece Studz me barrando a saida me ameaçando com uma cadeira.

Bé: Depois disso, eu decido aplicar o meu finisher e terminar com a desgraça ali mesmo no ringue, e quando prendo o pinfall.


Marianne: Queres explicar o que aconteceu?

Bé: Eu me arastei até Luke, e executei o pinfall, quando Studz entra pela jaula adentro e me começa a agredir, Rita lhe deu a ordem e ele me knocauteou.

Bé: Depois foi so Luke sair da jaula, facil. Meu deus eu não queria ficar revoltado.

Bé: MAS OH STUDZ DO CARAIO NA CASA DA AVO TAMBÉM DEIXA A PORTA ABERTA??


Marianne treme com o susto de quando Bé começa a gritar

Bé: Opa, perdão, não consegui evitar. Como lá o maldito deixou a porta aberta, e Luke tinha acordado 5 horas depois sem saber de nada foi apenas sair por ali.

Marianne: Após teres sido brutalmente atacado pelo Studz?

Bé: É. E eu fiquei sem chance de fazer nada.

Bé: Por isso vamos resumir. Toca a riscar Luke da lista de perigo que ele me pode causar, se é que ele alguma vez esteve nessa lista. Porque pessoalmente eu acho que essa lista não existe. Mas vamos fazer de conta.

Marianne: Luke é bom, mas não o suficiente.

Bé: Isso me leva ao meu segundo oponente. Que até chegou a me mencionar em um video. Deixa ver.

Bé: Krauser Daniels? Empatou com Luke? Serio Krauser? E tu ainda achas que tens moral para me criticar a mim?


Marianne: Todos têem.

Bé: Olha so, tu empata para um tipo que eu vencia facilmente e poderia o ter feito de 2 maneiras diferentes...

Bé: O que teria acontecido se tive-se sido EU a te enfrentar naquela final? EU teria te vencido. Pois se tu não deste conta lá do miudo das bolachas, como me irias vencer a mim?


Marianne: Deacordo ele, fizes-te o correto e foste inteligente em sair do seu caminho.

Bé: Eu? Eu que fui intelegente em sair do teu caminho? Não. Foste tu é que foste o maior sortudo do mundo por Studz se ter metido no meu.

Bé: Porque não sou o Luke, se eu te tive-se enfrentado, eu teria te batido. E eu teria te superado isso é um facto.


Marianne: Eu não quero ser queixinhas, mas ele também disse que não estás a conquistar nada com esse legado.

Bé: Agora respondendo ah questão. Sobre o que eu quero construir, o legado que eu estou a impor.

Bé: Fique a saber, que o meu legado é maior que qualquer cinturão que tu algum dia possas obter, afinal foi esse legado que fez do meu irmão o 1º hall of famer, e de ti? O ultimo.


Marianne: BURN!!

Bé: Ok Krauser, tu queres ser campeão? Tudo bem, sabes o que EU quero ser? Essa a diferença entre nós.

Bé mostra um ar mais sorridente para a câmara.

Bé: Tu queres ser campeão.

Bé: E eu quero ser lenda.


Marianne: BURN denovo!

Bé: Qual de nós se encontra mais em baixo afinal? Qual de nós é o mais ambicioso afinal? Qual de nós tem o sonho maior? E quem tem maior vontade de o obter? Serás esse tu? So porque o tentas demonstrar?

Marianne: Sim?

Bé: Não! Pois a unica coisa que estás a fazer é isso, a agir como uma criancinha de 5 anos.

Bé *Imitando uma voz diferente parecida a de krauser mas acriançada*: Buahh Buahh, mãmã, Caio virou campeão e eu não! Eu também queria um cinturão brilhante!


Marianne: Boa imitação.

Bé: Puff, poupa nos das tuas crises, pare de fazer birras de crianças que gritam e se deitam no chão a bater com braços por não terem um chupa-chupa, e lute pelo seu objectivo como um homem, tal como eu estou a fazer.

Bé: Após aquela atitude ignorante no Hall of fame, toda a sua propria fama. Que caso não saibas, esse era o objectivo de estares lá, foi tudo por agua abaixo. So porque Caio é campeão e tu não?

Bé: E queres saber?

Bé:


Bé: Poupa nos a todos de suas birras inuteis!

Marianne: Ele mudou um pouco após os ultimos acontecimentos.

Bé: Verdade. Afinal, antes de eu entrar nesta federação, antes de meu irmão falecer e ser declarado uma lenda.

Bé: Ele me contava historias. Tantas, mas tantas historias contavamos um para o outro, tantas rivalidades que comentávamos, tanta coisa.


Marianne: Tipo o que?

Bé: Ele me contará, sobre um Demonio. O Demonio da Nwr, que ele já venceu. E que após isso ele treinou e ajudou, pois ele via nesse Demonio, algo que ele mesmo queria ter. Aquela honra e dignidade profunda de ser o campeão, não um qualquer... Mas sim o campeão do povo, o campeão do mundo.

Bé: E ser "Campeão do mundo". Se refere muito mais que um simples titulo, mais do que um simples rank.


Marianne: Ele te falava no Krauser?

Bé: Sim ele me contava em essas palavras, "Demonio de noite, Campeão de dia". "Duas pessoas, um unico lutador". "O campeão que eu ajudei a ser campeão".

Marianne: Isso foi ah quanto tempo?

Bé: Em era mais jovem também na altura, porem eu ficava encantado com essas historias. Não assistia os shows onde eu me encontrava. E passado tantos anos, quando finalmente chego e vejo o lutador que sempre foi o preferido do meu irmão...

Bé: Tudo o que eu vejo, é um velho já meio choné tendo rage atacks e fazendo birra por não lhe terem dado o cinturão como vandeja como de custume? Afinal tantos anos se passaram.


Marianne: Sim, ele está velho. As pessoas mudam.

Bé: Mas este não é Krauser, pelo menos, não é o Krauser que meu irmão me falava. Não é o Krauser que foi treinado por Bés para derrotar Bés. Ou será que ainda é?

Bé: Será que ainda resta um pouco do Old School Krauser dentro de esta pequena, insignificante criatura? Porque este Demonio hoje em dia está mais pra Gremlin, fica correndo de um lado pra outro causando dano em inocentes com uma obsessão enorme por cintos.


Marianne: Ele está assim tão baixo na tua consideração?

Bé: Mais eu sou obrigado a falar, este Krauser aqui está uma porra.

Bé: Mas tem uma chance, uma chance de provar todos estamos errados? Lucas é o menor dos meus problemas no nosso proximo combate. E Caio é o menor dos seus. Quando o momento chegar, Krauser Vs Bé chegar. Veremos qual é o sonho mais forte? Qual a maior ambição?

Bé: Será que Krauser quer ser campeão mais do Bé quer ser lenda?

Bé: Mas quem é o obstáculo no caminho afinal? É mesmo mais importante que Krauser derrote o campeão para se tornar um futuro campeão? Ou que Bé derrote uma lenda para se tornar numa futura Lenda? (Ainda bem que não me cabe a mim decidir estas merdas (Se fode ae willy))


Marianne: Mas estás confiante que vais ganhar?

Bé: So tenho algo a dizer, proximo show... MATO 2 CUEIOS COM 1 TIRO!!

Bé:


Fim da transmissão.



♥ I love you to the moon & back to infinity and beyond ♥
avatar
caio08xp

Mensagens : 97
Pontos : -77
Reputação : -172
Data de inscrição : 27/05/2015
Idade : 18

Re: Prome Aqui!

Mensagem por caio08xp em 28.12.16 9:18

Vídeo postado em NWR.com/Caio

Caio – Oi Oi gente. Tudo bom com vocês?

Caio – Bom, comigo está tudo na mais perfeita paz.

Caio – Muitas coisas aconteceram no último show hein. Mas precisamente, o Saturday Slam.

Caio – E como essa bagunça toda começou? Com minha pessoa tendo que ir salvar a pele do maldito Krauser. James Carter estava bem puto, dava pra ver por sua expressão. Ele realmente estava convicto da punição que daria a Krauser. Em partes eu até concordava com aquilo, mas eu não poderia deixar que James Carter fizesse o meu trabalho ou o de Luke Miller. Que graça isso teria?

Caio – Afinal Krauser ainda tinha que enfrentar Luke naquela noite. E apesar de ser incrível pra ele receber o #1 contender sem ter de enfrentar Krauser, acho que ele também não se sentiria muito bem com isso. Ele precisava provar para si mesmo que era capaz de chegar no Main Event do New Year Revolution.

Caio – E adivinhem só?  Nem Luke, nem Krauser. Foi um combate de tirar o fôlego, sério mesmo, foi emocionante assistir aquilo, dois homens usando todas sua força, lutando com a verdadeira alma de um Wrestler.

Caio – Aquele combate realmente me deu arrepios, os dois lutaram com tudo! Durante aquele final eu cheguei a me levantar da cadeira e comecei a roer as unha, era difícil de saber qual dos dois sairia dali vencedor, até que Luke aplica um fenomenal 5 Star Bomb em Krauser, pena que Luke também já não se agüentava mais em pé, e teve de ir se arrastando para perto de Krauser.

Caio – Porém, ele não conseguiu ser rápido o suficiente, e o juiz acabou dando a luta por encerrada. E naquele momento, eu peguei um copo de água e me sentei pra respirar um pouco. Como James Carter disse ao fim do combate, o verdadeiro vencedor foi o público.

Caio – Até que James tem a brilhante idéia, de transformar o Main Event em uma Triple Threat Match. Bom após o anúncio de Carter, eu terminei de tomar minha água e achei que deveria ir fazer uma visitinha aos meus adversários.

Caio – Ao entrar no ringue, era nítida a minha decepção com Krauser Daniels, afinal eu torcia para que ele chegasse a final contra mim. Porém, Luke mostrou-se ser muito digno, e realmente merece um lugar naquele Main Event. Só quem tem a ganhar com isso é o NWR Universe.

Caio – Até que por mais um vez, Krauser se enfurece, e resolve partir para cima de mim (Risos)

Caio continua rindo mais um pouco e torna a falar.

Caio – Eu disse na última vez que falei com vocês, e volto a dizer. Que homem B-U-R-R-O. Será que ele não tinha consciência de sua atual situação? Sério ele mal se aguentava em pé, e quis partir pra cima de mim. Uma atitude pouco inteligente.

Caio – Pois bem, eu acabei me distraindo com o ocorrido com Krauser, e Luke Miller acabou por me acertar um poderoso Sweet Pain. Eu realmente não esperava por aquilo, fui pego de surpresa.

Caio – Não contava com esse do Miller, mas tudo bem. Tudo serve de aprendizado, e agora sei que devo ficar mais atento com ele. O ponto mais engraçado disso tudo foi Luke pegando o NWR Championship e o erguendo para o alto, dizendo que em breve isso será dele e outras asneiras.

Caio – Eu espero que Luke tenha aproveitado muito, mas muuuuito bem este momento. Porque é o mais perto que ele vai chegar do título mundial.

Caio faz uma pequena pausa, para beber água e acertar algumas coisas

Caio – Pois bem, agora que estamos de volta, vamos falar um pouco sobre o For Victory que vai anteceder o New Year Revolution.

Caio – Eu não sei de quem foi a brilhante idéia, mais teremos uma Tag Team Match no Main Event. Eu lutarei ao lado de Filipe Bé, do outro lado teremos Krauser e Luke.

Caio – Eu pergunto aos senhores, isso tem alguma chance de dar certo?

Caio – Em minha humilde opinião, até tem chance de dar certo, pelo menos até o combate se dar por encerrado. Porém, acho pouco provável que isso aconteça. Temos egos bem grandes do outro lado do ringue.

Caio – Esse combate, além de ser esquenta pelo que estar por vir no New Year, serve principalmente para que cada um de nós aprenda sobre o outro, estude seus moves, seu comportamento dentro do ringue, e descubra novas fraquezas.

Caio – Hoje mais cedo, meu parceiro Bé publicou um vídeo bem interessante. E eu não pude deixar de notar, o quanto Bé se encontra motivado para este combate.

Caio – Olhando por este ponto de vista, eu concordo que Caio e Luke são meros coadjuvantes nessa guerra pessoal.

Caio – Bom, só posso prometer não atrapalhar muito nisso, afinal eu também quero dar umas porradas nesse Krauser antes do PPV. E também, posso prometer que pelo menos dessa vez, ajudarei Bé. No seu caminho, para se tornar uma lenda.

Caio – Assim como Bé, também tenho a intenção de matar 2 coelhos com 1 só tiro. Uma mão lava a outra. Podem esperar uma dupla bem dinâmica neste For Victory que se aproxima.    
     



avatar
caio08xp

Mensagens : 97
Pontos : -77
Reputação : -172
Data de inscrição : 27/05/2015
Idade : 18

Re: Prome Aqui!

Mensagem por caio08xp em 28.12.16 9:19

Vídeo postado em NWR.com/Caio

Este vídeo se inicia em um tom bem mais sério

Caio – “Certificado de porra nenhuma”

Caio – Virou porra nenhuma agora né? Quando você não é mais capaz de obter este título. Quanto a sua filha ter interferido, eu realmente não tinha do que reclamar ali. Pois ela estava fazendo o bem Krauser, estava fazendo o que era certo, não para minha pessoa. Mas sim para você, até ela sabe dos perigos que posso causar a você.

Caio – Dessa vez ela fez o bem Krauser, sem prejudicar a nenhuma outra pessoa.

Caio – Não precisamos entrar em nenhuma aposta pelo cinto, nobre Krauser, ele já estará em jogo dia 30. E todos sabíamos, que de alguma forma você conseguiria chegar até o Main Event.

Caio – Eu não acho que você está irreconhecível Krauser, tenho certeza disto. E você não vai fazer nada, pelo menos não comigo. Pois você é fraco demais para isso. Pois como você mesmo disse “aquele perdedor que você era”. Sabe, esse perdedor não está mais ai, isso é nítido. O que está aí é um perdedor ainda maior. Um perdedor covarde.

Caio – Se algum dia, você ou qualquer outro acabarem por ventura me retirando este cinto que hoje possuo. Nada vai mudar Krauser, eu não vou mudar, o mundo não vai mudar. Pois o que estou buscando construir, é algo muito maior que um título. Você se engana ao pensar que hoje, eu apenas o Caio que tem o cinturão.

Caio – Que nada está abaixo ou acima disso para mim. Ou que nenhuma alcunha diferente dessa exista. Eu continuo sendo apenas Caio, o Caio que sempre fui e que nunca deixarei de ser. Que está construindo sua história aqui dentro.

Caio – Caio o destemido, Caio Never Give Up, Caio a fúria, Caio o Wrestler, Caio o filho, Caio o irmão, Caio o amigo, Caio o novato, Caio o Low Carder, Caio o mid carder, Caio o Main Eventer, Caio o membro da TPS, Caio o ex membro da TPS, Caio o Wrestler da E-Fed, Caio o old E-Fed, Caio o Brasileiro, Caio.

Caio – Por tudo isto, eu já fui chamado em minha vida, em minha carreira. Por tantas outras vezes já fui chamado de Caio o homem com cinturão. Essa é apenas mais uma vez, eu vou continuar sendo Caio em qualquer circunstância Krauser.

Caio – Porém, se prestar bastante atenção no começo disto tudo, eu disse “Se algum dia”

Caio faz o sinal de aspas com a mão

Caio – Mas esse dia não será dia 30. Não será no Main Event do New Year Revolution.

Caio – Sim Krauser, eu admirava você. E isso não é nenhuma falsidade. Sei que deve ser difícil receber este tipo de avaliação de alguém que você quer matar. E sim, você está certo, foi pelo homem que você foi um dia. Porque o que és hoje, só me causa desprezo.

Caio – Eu não me acho inatingível, muito pelo contrário sou completamente vulnerável até mesmo a Dan White, mas enquanto dentro de mim correr o sangue de lutador, essa vulnerabilidade é quase 0. Deixando brechas para que me derrubem apenas com golpes pelas costas.

Caio – Eu não poderia ter mostrado mais respeito a você naquele momento do que eu mostrei, deixei todas as diferenças de lado, e me mantive firme durante todo o evento. Mas que culpa eu tenho, se você está sensível. Que culpa tenho eu se seu Ego está completamente destruído. Que culpa tenho eu se você é um homem fraco?

Caio – Ah é, a culpa disso tudo é minha mesmo. Fui eu quem comecei a sua destruição, e vai ser eu que vou terminar com ela.

Caio solta uma risada sarcástica.        

Caio – E finalmente o culpado pelo ataque no House of Hardcore apareceu, é uma pena que você tenha sido tão covarde. Para ter de esperar que você fizesse outro ato covarde, para poder assumir esse. Tanto faz, isso já não tem mais importância. Você alimentou um pouquinho o seu ego destruído e eu continuei sendo Caio.

Caio – Achei curioso você ter dito que ver muito de você em mim, eu também compartilho do mesmo sentimento. Acho que a grande diferença, é que eu dei certo, eu não fui covarde e corri do mundo, ou tive nojo da pessoa que eu era. Na primeira queda, ou quando eu via alguém mais forte do que eu em todos os quesitos. Eu continuava me mantendo de pé, e é por isso que hoje eu sou quem sou. É por isso que hoje, eu sou seu maior pesadelo. É apenas a primeira grande decepção da sua carreira. E acredite, ela vai ficar pior.

Caio – Deixa eu te contar um segredo.

Caio faz uma pequena pausa

Caio – Não são nossas habilidades, que revelam quem realmente somos. São nossas escolhas.

Caio – E apesar de Você e eu, termos muitas qualidades e defeitos em comum. Eu escolhi um caminho diferente, eu escolhi ser um campeão.

Caio – E não é você, Luker Miller, Filipe Bé, Glock, Sudz, Rober Lee, Kevin Jhones, Big Cass, Denner, Dan White, Koji Hayato, Rita, Eliza, William Regal, Johnny Waterfall, Zé o camera man ou James Carter que vão mudar isso.

Caio – Se quer uma prova disto, basta assistir a reprise do New Year Revolution, horas depois que você retomar a consciência.      

   



avatar
Stupid Idiot's!!

Mensagens : 130
Pontos : 179
Reputação : 4
Data de inscrição : 09/07/2014
Idade : 16
Localização : Brasil

5 - Rumo a Revolução.

Mensagem por Stupid Idiot's!! em 29.12.16 8:03

Vídeo postado na página no facebook da NWR.



O vídeo se inicia mostrando uma porta nos bastidores do ForVictory, a porta se abre e aparecem Dana e Glock de braços dados, ambos estão muito bem vestidos, Glock esta com uma camisa social preta e Dana trajando um belo vestido verde.

Dana: Finalmente grandalhão!! Só mais um passo e causará o impacto que quer!

Glock: Sim Dana, só mais um passo, parece que finalmente as coisas vão acontecer.

Dana: De nada.

Glock para de caminhar e olha para Dana.

Glock: Hey, não queira levar todos os créditos.

Dana: Quer dizer que eu não fiz nada?

Glock: Não foi isso que eu quis dizer, somos uma equipe lembra? Você manda, e eu destruo!

Dana: Dana da uma pequena risada. Estou gostando de ver, se esforçando mais nos treinamentos, lutando a sério no ringue, acho que lhe motivei muito bem dessa vez.

Glock: Realmente eu me dediquei bem mais dessa vez, eu quero entrar em 2017 com o pé direito, melhor ainda, meus dois pés completamente firmes ao chão. Eu era um dos caras que mais precisava dessa vitória de hoje, e consegui, tudo graças a nossa união.

Dana: Só não faça que nem da ultima vez, conseguiste uma vitória e relaxou, quero você fazendo o triplo do que fez essa semana.

Glock fecha seus olhos e respira fundo.

Glock: Estou ciente disso, o ano ainda não acabou, daqui alguns dias tem o New Year Revolution. Mais um combate contra vários oponentes, e mais uma oportunidade aparece diante de mim.

Dana: Dessa vez você agarrou essa oportunidade Donny, e dessa vez nada vai parar você!

Glock: Apenas Glock.

Dana: Glock, Donny, tanto faz agora, você esta me entendendo? Eu quero um tanque de guerra cheio de balas sexta-feira naquele ringue!

Glock: Dana ... Não me chame de Donny, passa porque é minha amada esposa ... Glock da duas leves batidas em seu peito. Eu estou pronto, meu momento chegou.

Dana: Assim eu espero, só basta fazer o sêxtuplo do que fizeste hoje.

Glock: E é o que farei, assim como Sudz, meus adversários, um a um, receberão o Cannon Shot, e desabarão diante de meus pés. Vamos embora Dana.

Dana: Vamos, amanhã cedo quero você acordado para o último treino antes do combate.

Glock: Só um momento, não esta achando algo estranho?

Dana: O quê?

Glock: Sem o Waterfall mendigando por entrevistas por aqui.

Dana: Deveria agradecer por isso.

Glock: Confesso que estou sentindo falta dele.

Dana e Glock ficam se olhando por alguns segundos e caem na gargalhada.

Dana e Glock voltam a caminhar de braços dados e assim se encerra o vídeo.
avatar
Stupid Idiot's!!

Mensagens : 130
Pontos : 179
Reputação : 4
Data de inscrição : 09/07/2014
Idade : 16
Localização : Brasil

6 - Adversários.

Mensagem por Stupid Idiot's!! em 29.12.16 10:09

Vídeo postado no site oficial da NWR.

O vídeo se inicia mostrando Dana e Glock sentados em um sofá em frente para a câmera.

Dana: Bom dia fãs da NWR, hoje gravaremos o nosso primeiro vídeo nesse modo, falando para a câmera.

Glock: Sem funcionários chatos, sem Waterfall, não vai ter ninguém nos atrapalhando, somos nós dois, para vocês!

Dana: Não faz muito tempo que voltamos do ultimo treino de Glock para seu combate, e no caminho pensamos em várias coisas, e queríamos compartilhar com esse querido público.

Glock: Quase todos fazer isso, porque nós dois não fazemos também?

Dana: E aqui estamos então!

Glock: Primeiramente, decidimos falar um pouco sobre o For Victory que aconteceu ontem a noite. Onde foram definidos os lutadores que disputarão o NWR Impact Champiom.

Dana: Eles são: Dan White, Kawan Cassady, Rober Lee e Glock! Comentaremos um pouquinho sobre eles.

Glock: Então por ordem de combates de ontem, comentaremos primeiro sobre Dan White ...

Dana: Corajoso.

Glock: Dan White ... Admito que eu fiquei extremamente contente que você tenha vencido sua luta ontem contra Hayato.

Dana: Eu também, eu fiquei muito feliz que aquele homem tão bonito e jovem tenha conseguido vencer sua luta.

Glock começa a rir mas tenta conter-se.

Dana: Uma pena agora que ele vai estar no mesmo ringue que Glock, coitadinho, vai ficar todo desfigurado.

Glock: Veja pelo lado bom, ele vai ter a sua juventude ainda.

Glock e Dana riem um pouco.

Dana: Que deselegante, mandando recado para uma mulher casada. Glock, espero que de um tratamento especial para ele.

Glock: E vou, parece que a sorte esta virando para o nosso lado, finalmente vou poder lutar contra alguém que fica me alfinetando. Vamos resolver isso no ringue. Frente a frente. Estou muito empolgado para isso.

Dana: Esta tudo indo ao nosso favor Donn, digo, Glock. Até eu admito isso.

Glock: Só mais um pouco Dana! E me consagrarei campeão! Falta pouco!

Dana: Não cante vitória ainda, agora que me lembrei, o bonitão lhe chamou de Donny, só eu posso chamar Glock de Donny, só a esposa dele. Agora eu estou entendendo tudo, Dan White primeiramente disse que você chamou a atenção dele. Acho que é tudo um plano dele para que fique com você Donny!!

Glock: *Voz de JonTron* WHAT THE FUCK!

Dana: E eu pensando que o Sudz que era o homossexual da NWR, só digo uma coisa Dan White, você não vai roubar o meu marido!

Glock: Ver você falando assim até me faz ter receio de ter que lutar contra ele, vai que ele tente algo um tanto quando, desagradável.

Dana: Não se preocupe, eu não vou permitir.

Glock: Você é a melhor.

*Glock e Dana tocam os seus punhos*

Glock: E não me chame de Donny. Dando continuidade ao assunto, Kawan Cassady também se garantiu na disputa pelo título.

Dana: Esse é um oponente interessante para você, é dos grandes.

Glock: Vai ser interessante bater de frente com ele, e além do mais, Cassady ainda esta invicto aqui na NWR, será que tem alguma coisa haver com ele querer ser o John Cena?

Dana: Disso eu não sei, mas eu sei que ele quer ser amado por todos.

Glock: Lamento decepcionar você Cassady, mas nós aqui, não podemos amar você.

Dana: Nos surpreenda.

Glock: E por ultimo, sendo o mais importante, Lee.

Dana: Esse é verdadeiramente o adversário mais perigoso nesse combate.

Glock: Eu tenho uma grande admiração por ele, até convidei ele hoje para ir ao treino conosco, mas não apareceu.

Dana: Mas isso não quer dizer que ele não tenha treinado.

Glock: Lee gosta mais de treinar do que falar, certamente ele vai ser o adversário a ser batido.

Dana: Sei que vocês tem uma certa amizade, mas no New Year Revolution, é cada um por si.

Glock: Lee e eu sabemos disso, e ele já deixou bem claro que irá com tudo que tem, eu realmente estou empolgado para o combate.

Dana: Empolgado e preparado, amanhã você vai trazer para casa aquele título.

Glock: Nós traremos ele, nós dois.

Dana: Já mudando o assunto, não foi somente o Dan White que andou falando de você.

Glock: Muito bem lembrando minha esposa, Daniels comentou sobre o que eu falei dele, como esperado.

Dana: Todos tem o direito de resposta.

Glock: Primeiramente quero agradecer aos elogios, elogios são sempre muito bem vindos, apenas faço o que sei fazer de melhor, mas sobre a honra ... Eu realmente admiro a honra das pessoas, e para mim, quem ataca alguém por trás não tem honra, as coisas tem que serem resolvidas frente a frente. Mas isso já é passado e você vai resolver suas diferenças com Caio. Boa batalha aos dois.

Dana: Acho que já esta bom por hoje, amanhã será um grande dia.

Glock mostra seu cotovelo para a câmera.

Glock: O tanque de guerra esta preparado, e pronto para atirar, amanhã do New Year Revolution e tanque irá esmagar os seus adversários um a um!! Preparem-se para a guerra, pois eu já estou!

Dana: Por hoje é tudo fãs da NWR, espero que todos tenham se divertido muito com nosso vídeo, TCHAU!

O vídeo se encerra com Dana e Glock acenando para a câmera.
avatar
caio08xp

Mensagens : 97
Pontos : -77
Reputação : -172
Data de inscrição : 27/05/2015
Idade : 18

Re: Prome Aqui!

Mensagem por caio08xp em 29.12.16 17:35

A sua alma queria, sua mente também, mas o corpo não respondia. Algo de estranho havia acontecido com Caio naquela noite, ele estava se sentindo fraco, não pode fazer muita coisa. Na verdade, é bem difícil conseguir descrever suas emoções naquele momento, na hora do combate. Ele parecia triste, como se algo o incomodasse, como se alguma coisa não estivesse certa. Eis que por um descuido e algum mérito do adversário, ele acabou caindo de mau jeito e aquilo que já não estava muito bom, acabou indo de mal a pior. Deixando assim que Luke Miller assumisse tamanha superioridade na luta mano a mano com o campeão. Deixando Caio mais intrigado ainda sobre o que estava acontecendo de errado por ali. Eis que uma confusão generalizada no ringue começou tendo em vista que o juiz da luta estava caído, e tudo ainda estava muito confuso sua vista estava meio embaçada sua cabeça doía, e a perna esquerda doía duas vezes mais, quando o juiz da luta começava a retomar sua consciência ele já não podia fazer muita coisa, mesmo assim desistir não era uma opção e ele esboça tentar alguma reação, porém foi surpreendido por um Rupture de Luke, e mesmo que desistir não fosse uma opção naquele momento, ou em qualquer outro. Ele acabou se entregando e desistir, uma atitude inteligente talvez visando proteger sua perna para a noite do PPV, mas quando se trata de desistir, Caio não tomaria uma decisão ‘inteligente’ como essa, e mesmo com os milhões de questionamentos, e outras milhões de teoria no Twitter, o único que poderia responder tal pergunta era ele mesmo. Mesmo sendo tarde demais para qualquer esclarecimento, a noite já havia acabado e com ela a derrota o acompanhava, apenas olhou um principio de confusão entre Luke e Krauser e não ligou muito, só queria sair dali e esquecer aquela noite horrível onde Caio não foi Caio. Porém nem tudo são flores, e antes do Brasileiro conseguir sair do ringue foi surpreendido por um duplo ataque de Luke e Krauser, ele não pode fazer muita coisa e por mais que tentasse resistir foi tudo em vão, além da perna esquerda, ele carregaria mais alguns hematomas causados por um Face The Hell de Krauser, seguido por um 5 star bomb de Luke, e o campeão estava destruído, estirado no meio do ringue como oferenda a leões. E antes de apagar completamente o único pensamento que o acompanhava era: O que aconteceu comigo esta noite?

Algum tempo depois Caio retomou a consciência num quarto de hospital próximo da arena onde o For Victory aconteceu, sua perna doía muito assim como outras partes de seu corpo. Ainda estava recebendo assistência médica, e o primeiro questionamento foi sobre sua perna, logo foi tranquilizado pela equipe médica e ele foi informado de que a combinação dos medicamentos com uma boa noite de sono era o suficiente para sua recuperação. Quando questionou o motivo de ter sido levado até o hospital, a resposta obtida foi de que o ataque que sofreu havia sido realmente brutal, e a equipe médica da NWR apresentou certa preocupação com a perna esquerda de Caio e precisaria ser feito um exame mais detalhado para que eles tivessem o diagnóstico final. Após isso Caio agradeceu o atendimento e virou-se no seu leito para o lado onde estava a janela, e ficou ali por alguns minutos apreciando a bela vista que tinha da cidade. Todos os médicos sentiram-se surpresos, aquele não era Caio de costume, ele não estava fazendo gracinha ou falando muito como de costume. Ele apenas estava calado em seu canto olhando para a janela com um olhar bem fixo. Até que pegou no sono.

Após algumas horas ele acordou, já estava próximo de amanhecer, o relógio marcava 4:30 da madrugada. Olhando ao seu redor foi possível ver uma mochila no qual seus pertences deixados no Locker Room estavam alocados, provavelmente funcionários da NWR deixaram ali, olhando um pouco mais para uma mesinha ao lado de sua cama, era possível ver algumas flores e do lado o seu NWR Championship. Muitas dores ainda o acompanhavam devido ao combate de horas atrás mais ele fez algum esforço para pegar sua mochila, e sem hesitar ele guardou seu NWR Championship na bolsa e a colocou no lugar. E continuo a olhar fixamente para a janela, de onde já era possível ver o dia raiar. De 30 em minutos uma enfermeira entrava em seu quarto para verificar a medicação e o estado em que Caio estava. Não demorou muito para que o Café da manhã chegasse até seu quarto. Diferente de outros dias ele havia comido pouco, pra falar a verdade quase nada, apenas tomou uma xícara de café junto de alguns biscoitos agradeceu pelo café e tomou em mãos seu celular, para olhar suas redes sociais e principalmente alguns vídeos da noite anterior, buscando respostas para o acontecido da noite passada. Em uma das visitas das enfermeiras, uma delas não deixou de notar que seu NWR Championship não estava mais na mesinha do lado de sua cama e acabou comentando com Caio.

Enfermeira – Caio, se não estiver sendo muito intrometida mas poderia me dizer o que houve com seu cinturão que estava aí ao lado?

Caio – Eu o guardei enfermeira.

Enfermeira – Porquê?

Caio – Não se trata mais de ser o NWR Champion ou não...

Enfermeira – Sobre o que está falando?

Caio – Sobre o New Year Revolution

Enfermeira – Isso explica seu comportamento estranho na noite anterior?

Caio – Sim

Enfermeira – Qual o motivo?

Caio – Isso não é mais uma brincadeira.

Enfermeira - ...

Caio – Egos precisam ser desinflamados.

Caio pede desculpas por não ter sido tão prestativo na noite anterior com a equipe médica, e pede que entendam que é um momento de reflexão para ele. A enfermeira entende, e se retira do quarto onde Caio se encontrava, após mais alguns minutos ele vasculha sua bolsa e tira de lá sua câmera, ele a olha um pouco e pensa bastante. Então após alguns minutos ele a posiciona se senta na cama e começa uma gravação.

Vídeo postado em NWR.Com/Caio

Caio – Eu preciso de um segundo

Caio respira um pouco

Caio – E eu queria me desculpar com qualquer um que eu tenha desapontado na noite passada.

Caio fecha os olhos e volta a respirar profundamente

Caio – Isso é meio difícil de entender mas, as vezes você pode tentar muito fazer uma coisa...

Caio - ...

Caio – As vezes você pode estar tão... tão preparado, e ainda assim...

Caio – Falhar

Caio – E cada vez que você falha é doloroso...

Caio – Causa Tristeza...

Caio – E nos dá a falsa sensação de que não somos capazes de realizar nada.

Caio – Como a minha falha na noite passada...

Caio – Porém... Não importa quão grande é o obstáculo. O quão severa é a falha. O quão longo é a caminhada.  

Caio – Você nunca desiste.

Caio – Você se levanta, você se sacode, você segue em frente, Continua!

Caio – É nisso que eu acredito.

Caio – E com os acontecimentos das últimas noites. Nas quais eu não consegui me sair muito bem sobre meus adversários do dia 30, existem aqueles que perderam a fé em mim.

Caio – E eu respeito completamente suas decisões.

Caio – Mas... Eu não estou aqui falando para eles, estou falando para aqueles que ainda acreditam... que acreditam em mim...

Caio – Vocês não desistiram de mim, e eu não desistirei de vocês.

Caio – NWR Universe é tudo que eu tenho, esse é meu tudo.

Caio – Então hoje eu não vou dizer que vou me sacrificar mais, que vou ser mais dedicado ou que vou gastar mais tempo na academia, isso é impossível.

Caio - ...

Caio toma um pouco de água

Caio – O que vou dizer a todos é que o aconteceu na noite anterior, não vai acontecer de novo.

Caio – É hora de concertar os erros, é hora de mostrar quem realmente é o melhor.

Caio – EU NÃO SEREI DERROTADO! EU NÃO POSSO SER DERROTADO!

Caio abre sua bolsa, pega seu NWR Championship o ergue em direção a câmera e o vídeo se encerra.        



avatar
Le Magnifique

Mensagens : 30
Pontos : 57
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/07/2014
Idade : 20

Promo 4: The show will come to hell

Mensagem por Le Magnifique em 29.12.16 23:01


Vídeo postado em NWR.com/wherethehell

*O video se inicia com Dan deitado em seu trono*

Dante: Ora ora, vejam só. Se não sou o mais novo concorrente e mas possível vencedor do titulo de NWR Impacto Champion. Sim, e não consegui mostrar nem 60% de meu potencial ainda. Isso, senhoras e senhores, são os efeitos de um talento dantesco.

Dante: Próximo show será o PPV, e nele lutarei contra Rober Lee, Kawan e Glock, ou na linguagem do mugido, Donny.

*Dante se senta no trono com uma das pernas ainda sobre o braço esquerdo do mesmo*

Dante: Vejamos... Kawan anda invicto, e é um lutador habilidoso. Se ele for inteligente, não Irá aparecer amanha e manterá sua alma invicta. Kawan, seja onde estiver se escondendo, não saia.

Dante: Rober Lee é considerado por Glock um lutador muito forte. Bem, eu e Glock devemos ter idéias diferentes sobre força, afinal Lee não me surpreende. Ele é pouco em palavras, é apenas mais um artista marcial. Se eu fosse ele, iria praticar outras modalidades, pois na certa ele pode ser bom de briga, mas não terá chance contra três oponentes, principalmente quando um deles se trata de um High Flyer... Se depender de mim, Roger não tem chances...

Dante: Por último e mais insignificante, temos Glock, o famoso tank de guerra, mas um daqueles de museu.

*Dante se endireita e senta*

Dante: Pelo visto ele não gostou muito do que eu disse em meu ultimo vídeo. Está agora a dizer que quer resolver no ringue. Pois bem, antes de me alcançar, estarei caindo do paraíso diretamente no seu peito.

*Dante abre os braços*

Dante: Sou rapido demais para você! Já ouviu que quanto maior, maior a queda? É verdade.

Dante: Glock também disse que eu ia perder minha beleza, que ele a tiraria de mim. Glock, isso me cheira como inveja.. Admita que tem inveja de mim, e que tenta compensar oque lhe falta com músculos, exaltassões próprias e diminuindo o pobre Waterfall!

*Dante fala em tom polêmico*

Dante: Humph.. A mulherzinha dele ainda me chamou de homosexual... Eu não me importo com isso, pois sei que sou um homem invejável e alvo desse tipo de crítica. Mas sabe quem eu não sei se gostou muito de ser chamado de homosexual? O Sudz...

*Dante Cruza os braços.*

Dante: Pois é... O Sudz é um cara que tem uma imagem de respeito, de quem não deixa as coisas barato. Ele andava se vestindo de Lady, e eu cheguei a desconfiar, mas, eu acreditei nele quando confessou seu real proposito... Mas agora Dana anda dizendo que ele é homosexual? Eu se fosse ele, tirava isso a limpo, sabe? Afinal, quem cala consente, e eu não acredito que ele possa deixar Dana e Glock falar assim dele...

Dante: Dana me chamou de corajoso, e vou retribuir. Ela é bem corajosa, pois em um lugar que as luzes apagam e pessoas aparecem desacordados junto a oque já foi uma cadeira, eu não teria corajem se chamar um homem com Sudz de homosexual...

*Dante fica pensativo por um tempo olhando para o nada.. Bate uma palma e volta a olhar para a câmera falando rapidamente como quem desconversa algo*

Dante: Pois é, quem cala consente. Espero que não ocorra nada de inesperado no PPV, algo como pessoas queridas de lutadores ou lutadores correrem perigo durante a luta por parte de lutadores que pretendem mostrar que não consentiram com opiniões deles... Ou sera que isso já não é inesperado?

Dante: Vou ficando por aqui fãs do Wrestling! E a lição de hoje é: O peixe sempre morre pela boca. Não esqueçam de torcer por mim, e levar o inferno até as arquibancadas, minha legião! Nos vemos no show!

*Fim de transmissão *
avatar
OrionStar

Mensagens : 55
Pontos : 76
Reputação : 11
Data de inscrição : 04/11/2015
Idade : 18
Localização : Paulínia, SP

Re: Prome Aqui!

Mensagem por OrionStar em 30.12.16 2:03

Sonhos

Hotel, 08:30

Neste dia eu acordara cedo, me levantei e me arrumei, a intenção era treinar bastante hoje, mesmo que para isso eu tenha que ir três vezes na academia hoje. Me encaminho para o banheiro, enxáguo meu rosto, escovo os dentes, aparo os pelos do rosto e vou buscar meu celular. Algumas notificações: Amigos e algumas mulheres. Podia responder agora, mas optei por deixar isso de lado. Olhei para a janela e vi um céu acinzentado, possivelmente indicando chuva. Foi uma semana complicada e isso porque ainda era quinta-feira. Sessões de treinamentos, algumas entrevistas para divulgar o New Year Revolution. Toda a minha atenção estava centralizada na minha luta sexta. Não era a primeira vez que iria encarar algo tão hardcore na vida. Mesmo assim, o título estava próximo, eu sentia, eu sabia. Não podia negar que era um sonho. Todo esse hype especulado, tudo o que estão dizendo sobre o PPV, tudo isso era um sonho que estava virando realidade (mesmo que essa expressão seja bem clichê.) De um lado Caio: o campeão da empresa, cara bem conhecido no ramo. Do outro Krauser Daniels: cara que já foi inúmeras vezes campeão da empresa, mas que hoje viu a raiva dominar-lhe com a ascensão do brasileiro. Os dois vivem um pé de guerra já faz um bom tempo, entretanto tudo poderia ter um fim sexta com um dos dois vencendo a luta. Ou poderia continuar por mais algumas semanas, meses talvez vendo eu, um cara que passou três anos da sua vida lutando em circuitos indy e está indo a sua primeira grande luta na carreira (se é que assim podemos dizer). Nunca na minha vida eu imaginaria algo assim, de tamanho imensurável. Eu cheguei aqui: O garoto que tanto desejou ser importante, conseguir estar no topo chegou lá para o primeiro combate num PPV da sua carreira.

Eu deixei meu quarto, peguei o elevador um tanto quanto animado. Me dirigi até o saguão e sai do hotel. Comecei ali a fazer uma caminhada perante a uns quatro, cinco quarteirões, alternando entre piques e passos. Pessoas ao redor que me viam tentavam pedir um autógrafo, queriam tirar uma foto. Coisas de fã, sabe? Nunca imaginei que um dia faria esse tipo de coisa. Parei, cumprimentei, tirei foto e dei autógrafos. Foi bonzinho até, coisa que eu dificilmente era. Voltei a caminhar com a mente mais estável, pois ainda pensava na noite de amanhã. Duas horas de caminhada, onde já se viu? Só eu mesmo. Ainda passei numa lanchonete para tomar um café da manhã. Terminada a caminhada eu regressei ao hotel e fui direto ao meu quarto. Não podia ficar parado. Fui ver as horas e vi que tinha treino marcado. Peguei a toalha e passei pelo meu rosto e peito. Peguei o meu celular e fone de ouvido, sai do meu quarto e fui para a academia. Coloquei uma música que pudesse me estimular durante esse tempo. Eis que começou Sleep Now In The Fire, do Rage Against The Machine.

Comecei no tatame treinando chutes, uma sequência aqui ali, assim como socos. Fui aprimorando o Sweet Pain cada vez mais, parecia que o povo gostava dele já ninguém nesse “mundo” havia visto um wrestler sequer usar um chute assim. Bons tempos de Taekwondo. Um sorriso estava no meu rosto, um sorriso que parecia demonstrar confiança e talvez felicidade por fora, mas por dentro parecia preocupado, confuso. Estava satisfeito pelo o que tinha acontecido nos últimos shows pois sabia que tinha capacidade para enfrentar os dois oponentes, ao mesmo tempo estava preocupado, pois enfrentar dois homens com habilidade não é uma coisa fácil. Havia uma tempestade que o assombrava, vide que muitas críticas se posicionavam a respeito da luta Brasil vs Canadá, mas os Estados Unidos sentiam-se intrusos na guerra. Parti para o saco de pancadas e foi ali que coloquei a raiva que implícita em mim estava. Cada soco, chute, em cada sequência eu colocava uma explosão que até mesmo eu ficava impressionado! A música me incentivava, era um porto seguro para mim. O rasgo da guitarra e o rap ultrajante contribuía para o treino. Depois disso parei para ver algumas lutas dos meus oponentes, pois de qualquer forma era necessário ter uma estratégia, era mais um treino tático do que físico. Uma hora e meia treinando, terminei tudo. Almocei e voltei para o meu quarto, contudo sentia que havia um pouco mais daquela explosão em mim. Mas até o próximo tem chão. Talvez eu pudesse converter isso em palavras. Peguei, então, o equipamento e comecei a gravar um vídeo.

Vídeo postado em NWR.com/LukeMiller

O vídeo começa com Luke esfregando suas mãos próximas a sua boca. As luzes lentamente se acendem.

- Senhoras e senhores, amanhã à noite será um verdadeiro espetáculo. O primeiro pay-per-view da New Wrestling Revolution, o New Year Revolution. Teremos tudo do melhor que essa federação proporciona, mas não é exatamente sobre ele que venho falar hoje. Venho até vocês falar da minha luta, o Main Event! Eu, Caio e Krauser, Barbed Wire Match pelo NWR World Heavyweight Championship. Também venho mostrar toda a minha raiva.

Luke pega seu taco de sinuca.

- Durante todo esse tempo eu tive que aturar pessoas, jornalistas, críticas a respeito da minha pessoa, ofuscando qualquer possibilidade minha de vencer essa luta. Porque é CLARO, TEMOS AS ESTRELINHAS DESTE SHOW LUTANDO! Nós temos o campeão Caio, um cara old contra Krauser, um cara que já foi respeitado, mas que hoje vive na desgraça.

- Ah Krauser, você como parceiro seria interessantemente uma incógnita, vide temos um rival em comum, certo? Mas é difícil confiar em ti. – Luke coça a cabeça. – E pensar que eu QUASE, QUASE LHE VENCI! Por muito pouco esse combate não é Caio vs Luke. Você ainda não parou para pensar que hoje você está na merda, HEIN? Um cara que foi consumido pelo seu ego, deixou a inveja dominar a sua mente e ficou obcecado por vingança por ver a ascensão de Caio. Você deixou de ser o homem dessa empresa para ser uma completa FARSA! Você é obsoleto, retrógrado, uma piada assim como o seu maior rival.

- Caio, Caio. Soube de você na extinta E-Fed, onde haviam alguns lunáticos, manipuladores pseudo-ídolos e piadas. Você que antes aparentava ser mais humilde hoje virou a pura estrelinha, quem diria. Soube da história que seu parceiro de Tag Team tomava banho com o cinturão por perto. – Luke começa a rir colocando a mão sobre o rosto. – Ah meu Deus, qual era o nome dele? Acho que era King, er... King... Armstrong? Sei lá, foda-se. Posso lhe dizer que aproveitar aquele momento em que ergui seu título. E garanto que vou aproveitá-lo quando vencer essa luta.

A câmera aproxima levemente sobre Luke.

- Até porque eu estou cansado de ter de ouvir um monte de besteira sobre essa luta. Eu estou nessa luta e vou calar TODO MUNDO QUE FALA MERDA A MEU RESPEITO. TODOS IRÃO QUEIMAR AS SUAS LÍNGUAS! Eu sou o Mr. Phenomenal porque eu surpreendo tudo e a todos! E eu vou bater em tudo e a todos. Seja num pseudo-lutador que possui o músculo maior que o cérebro, se é que ele possui um cérebro; num ex-palhaço que hoje é um puro marketing; num cara que acredita ser uma lenda, mas hoje é apenas um idoso em atividade; num cara que pensa que é o inferno, mas não faz mal a ninguém, EU VOU BATER EM TODOS! Nem que eu tenha que arrancar o microfone, rasgar o palco, e rasgar o sistema. Toda a raiva que eu tenho será revertida nos socos em seus rostos.

Luke pausa para beber água.

Meu nome é Luke Miller, e estou aqui com um único objetivo: Eu vim reinar perante todos e no New Year Revolution, eu vou me tornar o novo NWR WORLD HEAVYWEIGHT CHAMPION!

--Fade-out—

Após o vídeo eu estava exausto. Exausto em tudo. Despi-me e fui tomar um banho. Era necessário aliviar a cabeça. A água caía sobre minha cabeça e eu olhava para baixo pensativo, respirando profundamente. Terminado o banho eu e arrumei e me sentei na cama enquanto olhava para janela vendo a chegada da chuva, tão bela e suave.




"Lembre-se de toda a tristeza e frustração e deixe-a ir."
avatar
Roberluis

Mensagens : 11
Pontos : 9
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/11/2016
Idade : 19
Localização : Brasil

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Roberluis em 30.12.16 2:34



Última edição por Roberluis em 16.01.17 23:44, editado 1 vez(es)
avatar
caio08xp

Mensagens : 97
Pontos : -77
Reputação : -172
Data de inscrição : 27/05/2015
Idade : 18

Re: Prome Aqui!

Mensagem por caio08xp em 30.12.16 5:42

O relógio marcava 12:00, o clima já parecia bem menos tenso, e Caio também parecia bem mais amigável. Estava por receber sua alta do hospital, afinal naquela tarde ainda tinha que participar de um programa esportivo na ESPN como forma de promoção para o New Year Revolution. Caio agradeceu a equipe médica e se retirou do local, logo na porta do Hotel um carro já o esperava, entrou cumprimentou o motorista e os dois seguiram até o estúdio onde o programa seria gravado, Caio ajustou a estação de rádio e já parecia estar bem mais animado com toda a situação. O trajeto demorou cerca de 20 minutos, ao chegar lá alguns fãs estavam por ali no aguardo de Caio, ele cumprimentou todos distribuiu autógrafos e tirou fotos como de costume. Após isso, finalmente conseguiu entrar no estúdio onde Rick Falcon o apresentador do programa o esperava. Os dois ficaram por ali batendo um papo bem descontraído e Rick explicou algumas coisas para Caio sobre como o programa fluiria, basicamente funcionaria como um Talk Show de perguntas e respostas. Caio parecia animado com a idéia, foi até um camarim que estava reservado para ele, e próximo do inicio do programa ele foi convidado para entrar no palco sob muitas palmas.

Rick – Caio logo estaremos no ar, então posicione-se aí nesta poltrona e vamos começar.

Caio – Ok Rick

Rick – Boa tarde povo americano como estão? Hoje temos a honra de receber em nosso programa Caio! Wrestler da New World Revolution companhia de wrestling que ressurgiu a pouco tempo e em breve estará realizando seu primeiro PPV. E nada melhor do que recebermos o principal campeão da companhia aqui conosco hoje. Boa tarde Caio!

Caio – Boa Tarde Rick

Rick – Pouco menos de um mês de existência e tantas coisas já aconteceram, e você nesse pouco tempo já se tornou o principal campeão, como se sente com toda essa situação?

Caio – Olha Rick devo dizer que mesmo após algumas semanas, ainda não caiu a ficha, sou parado constantemente nas ruas, as pessoas compram meus produtos e estão lá na primeira fileira com minhas camisetas.  Tem o lado ruim também, já que todos ao meu redor na companhia visam o meu título, e com isso os ataques acabam vindo de todo lado. Estou me acostumando, tenho certeza que farei um grande trabalho como campeão.

Rick – Nas últimas semanas podemos ver que você acabou criando uma rivalidade bem interessante com Krauser Daniels. Pode nos falar um pouco sobre como isso foi surgindo?

Caio – A explicação é simples Rick, antes de mim. E antes da NWR falir pela primeira vez, Krauser Daniels era o cara por lá, ele era o maiorial, o grande campeão um cara que todos queriam bater, porém ninguém conseguia. Até que dessa vez alguém acabou aparecendo e acabando com toda essa farsa que Krauser Daniels é. E esse alguém sou eu claro. E ele com o Ego bem grande que tem, realmente sentiu o golpe, sentiu a pressão de enfrentar alguém melhor que ele. E o coitado acabou enlouquecendo, chegando ao ponto até de jogar sua honra fora, tudo isso apenas para conseguir me bater, e tentar tomar o lugar que um dia foi dele.

Rick – Entre vocês dois, um outro homem também conseguiu se destacar, e está no meio dessa guerra toda. O novato Luke Miller. Fale um pouco para nós sobre Luke Miller.

Caio – Luke é um cara que chegou surpreendendo a todos, porém... eu peço que não se enganem com ele. Ele é apenas o quarto melhor Wrestler do Roster se fomos fazer uma análise minuciosa. Está certo que ele fez um combate incrível contra Krauser Daniels e eu devo dizer que ele merecia até mesmo uma vitória naquela noite. Porém ele só chegou a final por um capricho de Rita, se não fosse isso, Filipe chegaria e faria o trabalho que ele não foi capaz de fazer. Ele caiu nessa luta de paraquedas e vai dela em uma maca.

Rick - Luke Miller em um vídeo recente, comentou sobre seu Ex parceiro de tag team e eterno rival King Armstrong, tem algo a comentar?

Caio - Olha Rick, apesar de tudo que aconteceu. Eu respeito muito King Armstrong e ele é um grande amigo que tenho e... Eu não posso aceitar que ninguém saia por aí falando besteiras sobre ele. Principalmente Luke Miller, que nunca vai conseguir ser metade do que King Armstrong foi, se ele tomava banho com o cinturão ao seu lado ou não o problema era dele. Só demonstrava tamanho carinho, apego e o quão importante aquele título era para ele. Luke Miller vai pagar caro, primeiro levantou o cinturão que me pertence, segundo me ataca de forma covarde ao lado de Krauser, até eu posso perdoar. Mas agora ele ousar pelo menos abrir a boca para tentar falar mal de um amigo meu... isso é imperdoável. Tenho pena de Luke Miller, o ringue será banhado com o sangue dele.

Rick – Você teve o privilégio de poder escolher a estipulação do combate do New Year Revolution. Conte para a gente porque escolheu uma estipulação tão brutal e sanguinária como esta?

Caio – É simples Rick, no combate do New Year Revolution, não vai vencer aquele que estiver mais preparado, ou o mais técnico. Vai vencer aquele que tiver mais vontade de sair daquele ringue com o título, e nada melhor que um combate como este onde literalmente o vencedor vai ter que dar o sangue para vencer a luta. O que vamos ver na noite que esta por vir vai ser um banho de sangue, os corpos de Luke e Krauser caídos, e Caio de pé triunfando sobre os dois. Eles realmente vão se arrepender de terem feito aquele ataque duplo no último For Victory, eu não pretendo parar até que os dois peçam clemência.

Rick – Você realmente parece não ter engolido os acontecimentos do último show. Mas antes disso, algo aconteceu com você que acabou caindo de mau jeito e machucando a perna, não conseguimos entender direito no momento o que aconteceu. Conte-nos o que houve naquele momento.

Caio – Eu acabei caindo para fora do ringue, e tudo foi muito rápido, eu não consegui me apoiar e cai de mau jeito deixando toda a carga de meu corpo sobre a perna esquerda o que acabou causando uma dor imensa naquele momento e a partir dali foi bem difícil continuar no combate, infelizmente acabei sofrendo um ataque diretamente na perna esquerda e todos sabem o que houve...

Rick – Caio seu adversário Krauser à pouco tempo fez um vídeo respondendo suas últimas acusações e à de alguns outros Wrestlers. O que tem a falar a respeito disso? Te Incomoda?

Caio – Olha Rick, tudo que eu tinha para falar a respeito disto eu já falei. Porém posso acrescentar algo mais. Está criatura que será esmagada por mim no New Year Revolution, ele precisa se qualificar primeiro para pelo menos tentar voltar a ser algo útil por aqui. Quanto a Krauser Daniels me incomodar? Tal situação não acontece... Sabe Rick, Filipe Bé me incomoda, Rober Lee me incomoda, até mesmo Luker Miller me incomoda. Entende o que quero dizer? Krauser é apenas um obstáculo, nada além disso. Ou passarei por cima, ou destruirei de uma vez por todas, estou apenas escolhendo o caminho mais doloroso para ele no New Year Revolution, ele vai pagar bem caro por o que fez nos últimos dias.

Rick – Eu não posso deixar de tocar neste assunto, mas diga-nos o que sua derrota na noite anterior para Luker Miller e Krauser Daniels pode lhe custar no New Year Revolution?

Caio – Absolutamente nada. Hoje tive a convicção de meus adversários não chegam aos meus pés. Tiveram que os dois se juntarem para tentar me parar, e eu enfatizo apenas tentaram. Pois a dor que me causaram na noite anterior não é nada comparado ao que farei no New Year. Este cinturão não sairá de minhas mãos enquanto eu estiver vivo, nobres amigos. E não adianta um vir e dizer que seu eu fracassado já não existe mais, e que não tem mais alma e tudo aquilo que já ouvimos. Muito menos o outro vir falar que vai calar a boca de todos que não dão atenção suficiente para ele que quer rasgar o sistema e milhões de outras baboseiras. Não existem nada que eles possam fazer no New Year Revolution, manterei meu cinturão e ponto final.

Rick – Pouco tempo atrás Krauser também mencionou você como campeão de porra nenhuma, desmerecendo seu título. Algo a dizer a respeito?

Caio – Este campeão de porra nenhuma que ele mencionou, é o campeão que ele não é capaz de derrotar sozinho. Deixa eu lhe dizer uma coisa, enquanto eu viver, o mais próximo que chegará de ser NWR Champion novamente, vai ser quando olhar seus vídeos do passado e lembrar como tudo era bonito e perfeito. Guerra declarada meu caro, seu sangue estará em minhas mãos e espalhado por todo o ringue. Você é fraco, manipulável, patético, desprezível e muito chato. Pisarei em seu corpo na noite do dia 30, manterei meu cinturão você verá minha glória e eu vou admirar teu fracasso.

Rick – Ao fim do último For Victory, você estava tentando se levantar quando foi brutalmente atacado por Luke e Krauser, o que achou de tal atitude dos dois?

Caio – Mistura de desespero com frustração. Desespero por verem diante de seus olhos o único homem que não deixa com que eles cheguem até seus sonhos, frustração por sozinhos nenhum deles serem páreos contra minha pessoa. Eu diria que foi uma atitude bem inteligente dos dois, e tenho certeza que partiu de Luke Miller, tendo em vista que Krauser é mais burro que uma porta. Eu falei muito nas últimas semanas, e na grande noite que está por vir eu cumprirei com tudo que disse.

Rick – O que lhe faz tanto acreditar em uma vitória sobre seus adversários no New Year Revolution. Tipo... no último show, pareceu que os dois podem iniciar uma aliança para tirar você da jogada durante o combate. Acha que tem chances em possível  2 contra 1?

Caio – Rick... Se eu não acreditar que posso derrotar qualquer um dessa companhia então posso sumir daqui. Eu irei derrotar 2 oponentes no New Year revolution, e continuar minha caminhada rumo a glória. A única expectativa é que de o público não pisque os olhos, pois Caio triunfará nesta noite.

Rick – Nosso tempo no ar está chegando ao fim, desde já eu agradeço a presença do público. E Agradeço também a você telespectador que esteve conosco nesta tarde. Por fim deixo esse espaço final para o NWR Champion, dizer suas palavras finais.

Caio – A guerra foi declarada, e o único que sobrevive em uma guerra é o homem forte, o fraco é derrotado. Eu sou o homem forte, Luke e Krauser são apenas o retrato patético de falsos homens que dizem que são. Serei eu que vou ser coroado após o PPV e continuarei meu reinado como NWR Champion, nada e nem ninguém será capaz de me impedir. Meu corpo pode ser massacrado, minha alma ferida, porém meu coração é inabalável; coração de Wrestler, coração de guerreiro, coração de vencedor.
     



avatar
VBB

Mensagens : 58
Pontos : 78
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/07/2014
Idade : 20

Promo 09: No shopping. Role com fãs.

Mensagem por VBB em 30.12.16 5:46


*Começa uma filmagem, a câmera se liga filmando o rosto de Moisés Daniels, Moisés rapidamente vira a câmera para Krauser abobrinha e Rita em um shopping. Vários fãs em volta (Duas dúzias se contar direito) acompanham gritando em quanto o vídeo se inicia.*

Moisés Daniels: Tá gravando galera!!!!

Rita Daniels: HEY PEOPLE!!! WHAT'S UP?

*As pessoas em volta gritam.*

Rita Daniels: Estamos nós aqui em uma véspera de PPV eu e o futuro NWR champiom para dar uma descontraída depois de muito treino pesado,  além do mas, ver toda essa GALERA ANIMADA!! Não é pai?

*Pessoas gritam mais.*

Krauser Daniels: É isso mesmo! É bom ter um pouco de contato com os que me admiram, ou que ainda me adimiram não é mesmo? Enquanto muitos gostavam do Krauser perdedor e persistem em me criticar, aparentemente ainda existe gente com bom gosto e que reconhece um homem que decidiu não mais fraquejar.

Krauser Daniels: Hoje enquanto passeamos por esse incrível shopping, responderei as respostas de todos aqui presentes!!

*Rita e abobrinha olham com estranheza.*

Rita Daniels: Ahaahahahhaha pai... Tá falando um pouquinho de merda já...

Krauser Daniels: Tá, eu sei, esse shopping não é lá grandes bostas, mas de qualquer forma podem perguntar oque quiserem!!

*Pessoas em volta gritam um pouco mais e seguem Krauser que faz sinal de sigam-me os bons.*

*Krauser, abobrinha e Rita andam pelo shopping enquanto Moisés os filma. Rita então andando saltitante escolhe uma das pessoas que ali em volta estão para fazer uma pergunta enquanto ainda caminham.*

Rita Daniels: E aí lindo?! Qual seu nome??

Carlos: Meu nome é Carlos Eduardo da Silva Monson, e quero saber, oque Krauser achou do talk show do Robber?

Krauser Daniels: Qual o Talk show mais podre?

Carlos: Não talk show do robber...

Krauser Daniels: Ahhh no fim das contas dá na mesma...

Carlos: Então está a dizer que achou o talking show do lendário robber podre?

Krauser Daniels: Não imagina, foi "só para descontrair"... (Tom de referência)

*Krauser empurra o rapaz para o meio das pessoas e chamo o próximo.*

Krauser Daniels: PRÓXIMO!

*Moisés rindo empurra um homem eufórico para perto de Krauser.*

Moisés Daniels: Vai lá cara!! Vai lá!!!

*O homem para perto de Krauser enquanto as pessoas e Rita riem um pouco.*

Rapaz tímido: O-oi Krauser...

*Rita ri junto com Krauser. *

Krauser Daniels: Desacanhesse amigo! Diga seu nome e pergunte oque quer!!

*Diz Krauser dando um tapa nas costas do fã fazendo o homem pular uns 3 passos a frente.*

Ferdinando: A-ah meu nome é Ferdinando Albuquerque dos Santos Fernandes. E queria perguntar, oque achou de sua última luta com Luke?

Krauser Daniels: Aahahahahaah ótima pergunta amigo com problemas de expressão. Eu lutei minhas duas ultimas lutas com Luke, então no caso porque não comentrar as duas?

Krauser Daniels: No nosso embate aonde lutamos um contra o outro e terminamos em um empate, juro que não fiquei impressionado, aliás, eu já disse várias vezes, Luke é um bom lutador, e tem tudo para ser um dos principais da federação, não provando o contrário nosso empate o levou para o main evento do PPV, feito admirável.

Krauser Daniels: Em nossa tag match ele mostrou de novo grande capacidade e confesso que talvez ele me de sim trabalho no PPV. Mas quero dizer Luke que se quiser, ainda dá tempo de desistir.

*Krauser ri alto.*

Krauser Daniels: Pare de evitar Luke, esta enlouquecendo? Enlouqueça, faz bem!!! Te torna alguém melhor e te torna isento de todos os medos!!!

*Rita parece um pouco incomodada com o jeito que o pai fala.*

Rita Daniels: Okay okay, pai!

*Rita pega o pai pelo braço.*

Rita Daniels: Olha uma loja de artigos esportivos!! Deve ter produtos da NWR!!!

*Rita puxa Krauser para dentro da loja e estes são acompanhados por abobrinha e Moisés filmando.*

Rita Daniels: Olha pai camisas da NWR!

Krauser Daniels: Verdade filha, temos realmente muitas delas aqui...

*Krauser olha sorrindo e o sorriso vai sumindo de seu rosto...*

Krauser Daniels: Parece até que esta merda não vende...

*Então um vendedor aparece falando. *

Vendedor: Na verdade temos estas camisas todas pois tivemos que dobrar nosso estoque! Estas camisas estão a vender muito!!

Krauser Daniels: A é! E qual é a que mais vende?

Vendedor: Ahhhhhh!!!

*O vendedor puxa uma camisa da arara de roupas.*

Vendedor: Essa do Caio com o cinturão, é a mais procurada, tive até que aumentar o lote.

Krauser Daniels: Ahhhh... Coitado... Isto vai ficar ultrapassado, bem, pelo menos vai virar peça de museu, muitos colecionadores devem procura-la.

Krauser Daniels: Tem camisas de Lady?

Vendedor: Oh, apenas algumas de Sudz...

Krauser Daniels: Okay, vou querer uma.

*Krauser pega a camisa de Sudz com o vendedor e se vira para abobrinha.*

Krauser Daniels: Hey abobrinha! Olha oque tenho para você!!

*Abobrinha olha para a cara de Sudz na camisa e começa a rasga-la com ódio. Krauser e o vendedor fazem poder face.*

Rita Daniels: Ele não lidou nada bem com a transformação de Lady.

Krauser Daniels: Pois é... Bem, então por favor, vou comprar uma de Felipe Bé.

Vendedor: Não, não precisa, eu te darei uma de graça. Cortesia pela visita ilustre.

Rita Daniels: Ouviu isso Abobrinha!?

*Krauser recebe uma camisa de Felipe Bé e a entrega a abobrinha que fica feliz a amassar a camisa pelo rosto. *

*Krauser sai da loja acompanhado de seus filhos e as pessoas ao cado de fora que estavam esperando dão risada ao ver abobrinha tentando vestir a camisa. Assim que sai Krauser continua andando enquanto fala:*

Krauser Daniels: Vamos lá! Mandem a próxima pergunta!!

*Uma linda menina latina se prontifica a fazer a pergunta.*

Rita Daniels: Seu nome gata?

Rosângela: Rosângela Maria Figuereido Santíssima de Guadalupe.

Rita Daniels: Olha ela!

*Rita pede para a garota dar uma volta e essa mesmo meio sem graça aceita.*

Rita Daniels: Muy guapa! Qual sua pergunta?

Rosângela: Bem, além de dizer que sou super dua fã!

*Krauser faz sinal de agradecimento. *

Rosângela: Eu queria saber, oque você te, a dizer sobre aquilo tudo que Felipe Bé disse sobre você em seus últimos vídeos?

Krauser Daniels: Ahhh... Felipe Bé?

*Krauser faz sinal para Rita que estava distraída com Rosângela Maria Figuereido Santíssima de Guadalupe e essa vai distrair abobrinha para que Krauser possa falar de Bé. *

Krauser Daniels: Bem, oque eu posso dizer é que eu fiquei extremamente irritado com oque Felipe disse, e que é inegável que o sangue de Moisés Bé corre em suas veias. O gaji sabe maltratar com palavras, mas oque posso fazer? Oque posso fazer é provar a ele o quão esta errado, me tornando algo melhor do que eu fui!! Ser campeão de dia e demônio a noite é coisa passada,  viveremos um eterno eclipse, aonde campeão e demônio serão a mesma pessoa!!

Krauser Daniels: Eu meio que deixei para trás tudo aquilo que ele disse, mas apenas depois de dar-lhe uma boa castigada após o nosso ultimo encontro. Eu já havia dito, que, decidir falar mal de mim, de agora e, diante aguentará consequências. Como a estrelinha disse antes, isso não é mais um jogo.

*Rita tapa as orelhas de abobrinha.*

Rita Daniels: Eu também não fiquei nada feliz, primeira oportunidade que tive enchi minha mão com aquela cara de babaca dele.

Krauser Daniels: Bé Bé Bé... Diz que eu quero ser campeão, enquanto você quer ser lenda... Isto não mostra a nossa diferença, mostra nossa semelhança... Ambos nós estamos correndo atrás de sermos algo que ainda não somos... Logo não preciso tentar ser lenda... Quando já sou uma...

*As pessoas gritam e aplaudem enquanto Krauser abre seus braços e gira para ser ovacionado. *

*Krauser anda um pouco mais com seu grupo e encontra um desses pontos aonde se vende sorvete expresso.*

Krauser Daniels: Hey, acho que vou parar para tomar um sorvete desses!

*As pessoas fazem coro de "também quero" e Krauser da risada.*

Krauser Daniels: Então amigo, tem sorvete de que aí?

IceMan: Tenho baunilha, chocolate e misto.

Krauser Daniels: Hum... Interessante, me vê um misto, okay?

*O homem se põe a fazer o sorvete na maquina expressa e Rita traz uma pessoa para fazer uma pergunta. *

Krauser Daniels: Olá adorável fã, qual seu nome e sua pergunta?

Sarah: Me chamo Sarah Behm Bayer. Eu gostaria de te perguntar como foi vencer Caio na sua última luta junto de Luke.

Krauser Daniels: Ora ora, mas que pergunta magnifica! E melhor ainda, muito fácil de responder.

Krauser Daniels: Foi uma sensação indescritivelmente boa! Uma sensação de que eu já podia sentir o gosto da vitoria naquele PPV, logico que eu tive a ótima ajuda de Luke, que convenhamos ajudou muito e bem.

Krauser Daniels: Mas a melhor parte foi acompanhar seus vídeos patéticos de desculpas, dizendo não saber oque houve com ele!

*Krauser ri alto.*

Krauser Daniels: É bom não é Caio? Se tornar irreconhecível a si mesmo! Sua consciência lhe cobrando sempre que se olha no espelho! Se sentir diferente, ou talvez dizer, que não é mais oque foi um dia?

Krauser Daniels: Não importa, oque espero é que você já tenha se recuperado dessa maré de "ai meu deus perdi" e se recomponha pois quero você 100% naquele PPV, e nenhuma perna machucada será desculpa caso perca.

IceMan: Seu sorvete senhor.

*Krauser se vira e pega o sorvete agradecendo o homem enquanto Rita saca dinheiro de sua carteira. Krauser se vira e da uma bela provada no sorvete.*

Krauser Daniels: Hum...

*Krauser faz uma cara estranha.*

Krauser Daniels: Isto não tem gosto de queijo, nem de presunto... Muito menos de misto!

*O homem fica a observar.*

Krauser Daniels: Você apenas misturou os outros dois sabores, acha que sou otário?

IceMan: B-bem senhor, esperava que eu fizesse um sorvete de misto quente?

Krauser Daniels: Ah! Claro que não.... Não dá para fazer um sorvete de misto quente...

Krauser Daniels: ...

Krauser Daniels: Fizesse de misto gelado, ÓBVIO!

*Homem poker face.*

Krauser Daniels: Também não quero mais isto.

*Krauser dá o sorvete na mão de uma criança que o acompanhava com seus pais. *

Krauser Daniels: Okay! Temos mais uma pergunta?

???: EU!!!!!!!

*Um rapaz aparentemente ex-fã de Lady surgi berrando na frente de Krauser que toma um puta susto. *

Krauser Daniels: Ah!!!!! Mas que poha!!!!!

Rita Daniels: Qual seu nome diva?

Lohane: Meu nome é  Lohane Vêkanandre Sthephany Smith Bueno de HA HA HA de Raio Laser bala de Icekiss.

Krauser Daniels: QUE??

Lohane: Lohane Vêkanandre Sthephany Smith Bueno de HA HA HA de Raio Laser bala de Icekiss.

*Krauser fica um tempo viajando até que retorna.*

Krauser Daniels: Okaaaay..........

Krauser Daniels: E qual sua pergunta?

Lohane: Ai bofe, a minha pergunta é a de todo mundo!! Qual a sua expectativa para esse PPV?????

*Krauser ri um pouco e todos começam a gritar de euforia. *

*Krauser responde enquanto continua andando pelo shopping.*

Krauser Daniels: Pois então..... Erh...... Loha.... Meu amigo. Minhas expectativas são as melhores possíveis! Eu vejo um destino brilhante a minha frente. Aquela fênix velha queimou a ultima centelha, mas as cinzas que sobraram ainda possuem brasas e essas vão se espalhar pelo ar formando um enorme incêndio!!!!

*Krauser fala de uma forma melancólica e utópica. *

Krauser Daniels: Eu vou tirar de Caio aquilo que ele teve tanto gosto em conquistar e esfregar na minha cara, ele tirou tudo do velho Krauser, mas ele não precisa mais dessas coisas, eu posso me contentar com tudo que vou tirar de Caio. E ai sim veremos, se ele também não irá sucumbir a loucura. Será mesmo que a estrela permanece brilhando? Será que Caio se tornará alguém irreconhecível? Bem ele jáesgava com um papo de "não sei oque houve comigo" então, meio caminho andado.

Krauser Daniels: E sem esquecer que Luke também estará lá, e é merecedor disso. Porém ele mesmo tendo potencial terá que se contentar com o mesmo destino de Caio e aceitar ser mais um coadjuvante nessa minha humilde lenda que estamos escrevendo aqui.

*Krauser ri mais melancólicamente que nunca até que algo parece chamar sua atenção, como se alguém o chamasse pelo nome. Krauser então para em frente a uma vitrine de loja e a fica encarando. *

*Krauser a encara e fica cada vez mais bravo até que grita:*

Krauser Daniels: PARE DE ME PERSEGUIR!!!!

*As pessoas se assustam e Krauser sai correndo desembestadamente e faz um spear através da vitrine a partindo em vários pedaços e fazendo felizmente poucos cortes em seu corpo.*

*Krauser fica sentado ao chão com a mão na cabeça, olha para um dos pedaços grandes de vidro no chão e o da um soco partindo-o.*

Krauser Daniels: CALA A BOCA!!

*Rita vem correndo em socorro do pai e o ajuda levantar ainda um pouco confuso.*

Rita Daniels: Pai!!!! Tá tudo bem? Que que você esta fazendo?

Krauser Daniels: Nada. E-eu... Eu...

Rita Daniels: Pai você não esta bem. Toma, mamãe disse que se algo acontecesse em deveria te convencer a isso.

*Rita puxa de um dos bolsos de sia jaqueta uma caixinha de remédios. *

Krauser Daniels: OQUE? ESTAS CORRENTES?? ESSAS MÁSCARAS????

*Krauser se levanta se distanciando. *

Krauser Daniels: Isso só esconde quem sou de verdade. Isso bloqueia meu potencial, enjaula meu demônio!!!

Rita Daniels: Não pai!! To a falar sério!!! Toma isso agora! Você não esta bem, meu pai não é assim!!!

Krauser Daniels: Não, ele não é. Seu pai é aquele campeão que as pessoas contavam histórias!! Mas aquele cara morreu, seu pai não é mais campeão algum, mas vai fazer de tudo para ser um!!!

Rita Daniels: DE TUDO! ATÉ ONDE VOCÊ VAI COM ISSO?? QUE MERDA PAI!!! E AQIELA PROMESSA DE JAMAIS SEMTIR TANTO ORGULHO??? E DE NUNCA MAIS CHORAR???? VAI CUMPRIR? POIS EU ESTOU CHORANDO AGORA!!! E VOCÊ ESTA AGINDO COMO UM BELO IDIOTA ULTIMAMENTE!!!!

Krauser Daniels: EU ESTOU TENTANDO FAZER O MELHOR POR VOCÊS!!!!!!

*Krauser aponta para Moisés atras da câmera enquanto fala olhando para Rita. *

Rita Daniels: ISSO NÃO TEM NADA HAVER COM A GENTE! SÓ TEM HAVER COM O QUANTO SEU EGO PRECISA VENCER!!!! VOCÊ NÃO É MAIS O MEU PAI, OU COMO DIZ, O VELHO KRAUSER, E MESMO QUE ELE FOSSE TUDO AQUILO QUE VOCÊ DIZ, JAMAIS SERÁ DE NOVO METADE DO QUE JÁ FOI UM...

*Krauser enfurecido e bufando dá um forte tapa no rosto de sua filha que chega jogar seu rosto para o lado.*

Rita Daniels: ...

Krauser Daniels: ...

*Moisés se aproxima perguntando se Rita esta bem até que de repente Rita agarra seu pai e aplica nele um Face The Hell sobre os cacos de vidro do chão. *

*As pessoas que ali estavam ficam horrorizadas enquanto Rita vira as costas sem olhar para trás e vai embora. *

*Moisés ainda observa um pouco seu pai.*

Moisés Daniels: Pai... Aonde quer que esteja, volta para gente...

*Rita grita por Moisés e esse se retira desligando sua câmera. *

*Fim de transmissão. *



Última edição por VBB em 30.12.16 9:29, editado 1 vez(es)



Like the Phoenix I rise
From the ashes of life
I don't need fortune or fame
Just some peace of mind

avatar
★ Filipe Bé ★
Admin
Admin

Mensagens : 328
Pontos : 799
Reputação : 410
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 21
Localização : Portugal

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ★ Filipe Bé ★ em 30.12.16 7:58

De manhã bem cedo, digo, muito cedo. São cerca de 08:30 da manha, Filipe Bé termina de beber seu café quentinho enquanto assistia um pouco de Tv no quarto do seu hotel, ele assistia desenhos animados que lhe fariam lembrar Luke Miller.



Câmara-men, entra dentro da sala com a câmara nova na mão já a filmar e acompanhado por Marianne.

Bé: Ah Mick, sai da frente, estou a assistir o bicho das bolachas ae.

Marianne: Sem tempo pra isso agora, tens de fazer outro video.

Bé: Bem, parece que tenho não é mesmo, deixa lá ver... Vamos falar, sobre o ultimo show. Toca a recapitular o que aconteceu.

Bé: Tivemos vitoria do Dan sobre o Japonês novo ala. Que pessoalmente, Dan parece ter algo contra Glock.


Marianne: Sim, ambos parece que começaram a deitar faiscas e Dan levou pro lado bem pessoal falando de sua mulher.

Bé: Nah. Deve ser puro racismo mesmo. Depois temos Kawan que derrotara Denner.

Marianne: Que permanece invicto, 3-0.

Bé: AND U CANT TEACH THAT.

Marianne: Depois Robeer Lee conseguiu derrotar Kevin sem sombra de duvida e por Tap Out!

Bé: Sim, e o ultimo e 4º classificado, temos Glock que derrotou o meu oponente no Ppv!

Marianne: Sim, aquele Cannon Shoot foi simplesmente brutal!

Bé: Yah, tens de me ensinar esse golpe brow, pode me vir a fazer falta contra Sudz.

Marianne: E então temos os vencedores que se qualificaram para o Fatal-4 Way. Dan White, Kawan Cassady, Robeer Lee e Donatello Glock.

Bé: Esse vai ser um dos meus combates preferidos, afinal, é pelo cinto. E tem Robeer nele.

Marianne: Apostas no Robeer então?

Bé pega na sua caneca de café

Bé: Da ultima vez que apostei no Robeer, estou devendo 10 dolares ao Caio ate hoje... Por isso não.

Bé: Aposto no Kawan para evitar perder.

Marianne: Melhor apostar contigo mesmo então.

Bé:

Marianne: Enfim, seguiremos pro Tag team Match da noite! Vamos rever o que aconteceu...

"...Mas quando Krauser virou-se foi pego num feroz Béminator. Bé começou a pisotear Krauser sem dó, contudo Luke conseguiu se levantar e aplicou um Switchblade em Filipe. Vendo o juiz se levantando Luke rapidamente encaixa um Rupture na perda esquerda de Caio que não conseguiu resistir..."

Bé: Na verdade, apenas nas ultimas partes que são as mais intressantes. Lá estava eu, dando umas boas porradas no Krauser. Quando do nada levo uma patada voadora ou lá o que era aquilo.

Bé: E após isso Luke ainda consegue arrancar a vitoria a Caio. Epah, eu não gosto de ser chatinho. Mas Caio, falhas-te miserávelmente hein.


Marianne: Mas não era um combate qualquer, afinal... Era de equipes, se Caio falhou. Tu também falhas-te.

Bé: Nope. Eu me limitei a fazer o que disse que ia ali fazer. Acertar uns socos no Krauser, e consegui por varios momentos. Apenas quis meter esse tal de demonio ah prova, tás a ver?

Marianne: E ele foi bom?

Bé faz um ar importante, e bebe uns goles de café. (Bem ao estilo de Schimuza pra quem lembra)

Bé: Não o suficiente, quero ver mais. Se Caio lutar que nem uma batata com cancer como que nem no ultimo ForVictory, Krauser realmente se tornará no campeão.

Marianne: Mas eles trabalharam em equipe para conseguirem vencer.

Bé: Ainda a falar desse combate? Eu apanhei até pra filha do Krauser nele eu sei bem o que aconteceu.

Marianne: O que deveria ter acabado em Dq, contigo sendo declarado vencedor. Não te importas com isso?

Bé: Quem se importa? É apenas um combate de Tag, o que importava nele era a competição. E eu estava nele, tinha de ter um sentido. Alias eu sou especialista em combates de Tag team. Sabiam que já participei em alguns junto a Moisesbe?

Marianne: Asserio?

Bé: Yah. Foi ah cerca de 20 anos atráz, eramos jovens e bobos. Acabamos não ir muito longe. *Suspiro* Se ele tive-se aqui a gente mostra-va a lá ao monstro.inc e companhia como se luta em equipe.

Marianne: Aposto que se fosse nos dias de hoje, dominavam em equipe.

Bé: Quem sabe um dia, quando morrer a gente faz lá uma tag pra bater no Deus e no Diabo, já que ele é tudo.

Marianne: Seguindo a conversa! Aquele Go to Heaven lá após combate?

Bé: Mds mas esse Krauser, só o nome desse golpe já é refêrencia ao meu irmão.

Marianne: Então agora que o metes-te ah prova. O que tens a comentar sobre este novo Krauser no geral?

Bé bebe mais um pouco do seu café, e faz uma espressão tipo:

Bé:

Marianne: Nada mal? Como assim? Tu viste o ultimo video dele? Especialmente o final?

Bé: Exacto... Tudo o que disse agora, é certo. Este não é o Krauser que conheciamos, este não é Krauser no qual Moisesbe me falava.

Bé: É melhor ainda!


Marianne: Quê? Enloqueces-te também?

Bé: Claro que não enlouqueci. Sou um Bé, já sou louco de nascença. Mas passo a explicar.

Bé: Da primeira vez que me juntei a Krauser, foi no combate do Ladder match. Antes disso a gente já tinhamos interagido antes, e tinha lhe aranjado umas T shirts e tals, e ele estava normal.

Marianne: Falas, da epoca do combate pelo cinto?

Bé: Sim, mas durante aquele combate. Durante aquele combate eu pude ver um pouco do verdadeiro demonio, afinal eu fiquei lá a dormir após um golpe feito por ele mesmo.

Bé: Ele é o motivo pelo qual se calhar não estou eu como campeão.


Marianne: Como podes mudar opniões assim tão facilmente?

Bé: Tu mesma dizes e sabes como Bés funcionam. Queres impressionar um Bé, acerta lhe com força.

Bé: E nunca ninguém me tinha acertado com tanta força quanto Krauser. E agradeço honestamente pelo ultimo golpe no show do ForVictory, eu estava a precisar por duvidar do Dêmonio que está destinado a ser campeão. Palavras do meu brow, não minhas.


Marianne: Mas não estavas a apoiar por Caio?

Bé: E estou.

Marianne: Eu acho que estás a ser tonto, sua filha tentou lhe por algum juizo naquela cabeça e ele reagiu mal. E acabou acertando um golpe nele.

Bé: Aplicar um finisher no proprio pai? Até agora so tinhamos visto um Bé a fazer isso mas foi algo bem fraco. Mas esta Rita Daniels? Tu viste aquela pancada que ela lhe deu?

Bé: Mds, substituiam o Krauser no ppv pela filha que o cinto vai pra casa dos Demonios sem duvida.

Marianne: Mas tu não vês? Aquela obsessão do Krauser pelo cinto está a destruir aquela familia!

Bé: Eu sei! Não vai ser louco quando Krauser perder no ppv? E eu que pensava que era so meu irmão que fazia telenovelas mexicanas por aqui! Espera até acabar o ppv! Isto vai ser awesome!!

Marianne: Tu realmente adoras-te ver aquela cena triste entre eles não foi?

Bé levanta o braço esquerdo e movimenta a mão de um lado pra o outro enquanto fala.

Bé: "Viveremos num eterno eclipse! Onde campeão e demonio serão a mesma pessoa!"

Bé: Eu tou morto pra ver ele perder pra caio ou pro monstro das bolachas. HAhahahaha.

Marianne: Bem, gostariamos de continuar, mas vamos ter de sair por agora. Até mais!

Transmissão termina.



♥ I love you to the moon & back to infinity and beyond ♥
avatar
★ Filipe Bé ★
Admin
Admin

Mensagens : 328
Pontos : 799
Reputação : 410
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 21
Localização : Portugal

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ★ Filipe Bé ★ em 30.12.16 8:49

NOVO MINI-JOGO INTERATIVO!!

DESCUBRA AS DIFERENÇAS!!





♥ I love you to the moon & back to infinity and beyond ♥
avatar
caio08xp

Mensagens : 97
Pontos : -77
Reputação : -172
Data de inscrição : 27/05/2015
Idade : 18

Re: Prome Aqui!

Mensagem por caio08xp em 30.12.16 9:12

Wake


Texto postado em NWR.com/Caio

Acordar...

Vamos fazer uma brincadeira e separar em sílabas a palavra acordar? A-cor-dar. Viu?

Significa dar a cor, colocar o coração em tudo que faz.Existem pessoas que acordam às 6:00 da tarde, às 06:00 da manhã . É isso mesmo! Pela manhã caem da cama, são jogadas da cama, mas passam o dia todo dormindo. E existem alguns, acredite, que passam a vida toda e não conseguem acordar. Exemplo de Krauser, que vive preso em seu mundo de fantasias, vou lhe tomar o título isso, estou louco aquilo. Vou tirar tudo de você. Mas esquece de acordar para a realidade, em vez de deixar esse mundinho apenas em sua mente, ele tenta trazer para a vida real. Por isso vive caindo, por isso vive apanhando. Eu tive um amigo que acordou aos 54 anos de idade. Ele me disse: Descobri que estou na profissão errada! E ele já estava se aposentando... Imagine o trauma que esse amigo criou para si mesmo, para os colegas de trabalho, para a sua família, foi infeliz durante toda a sua vida profissional porque simplesmente não ‘acordou’. Eu, ainda sou muito jovem, mas compreendi bem o que ele estava me ensinando naquele momento. Por mais cinzento que possa estar sendo o dia de hoje, ele tem exatamente a cor que dou a ele. Se eu me relaxar, terei um dia ruim, mas se eu lutar brigar mostrar o que quero o dia será perfeito. Sabe por quê? Porque a vida tem a cor que 'a gente pinta'. O engraçado é que os dias são todos exclusivos. Cada dia é um novo dia, ninguém o viveu. Ele está ali, esperando que eu e você façamos com que ele seja o melhor da nossa vida. Mais um exemplo de porque o senhor Krauser vive caindo, vive tropeçando nas própias pernas. O dia ainda não aconteceu e ele já está dizendo eu farei isso farei aquilo, e quando o dia realmente chega ele não faz absolutamente nada. E vive dando desculpas esfarrapadas por ali e por aqui.

Me dava até preguiça de ver todos aqueles vídeos, em que Krauser fala milhões de baboseiras e em um deles até sai para passear com seus filhos. Bem louco não? Mas eu não o culpo, já que ele não tem mais controle sobre si mesmo. Entrou em seu mundinho, em que ele controla tudo, e tentou desesperadamente trazer esse mundo para a realidade. Mundo esse em que Krauser Daniels é superior a Caio. E, enquanto ele falava tudo isso, enquanto ele jogava palavras ao vento. Eu me fortaleia espiritualmente, preparava minha alma para o que estar por vir, para os grandes dias que me esperam. O dia do New Year em que ele diz que vai acabar com minha carreira chegou, mas isso não vai acontecer, ele já tentou, e não conseguiu, e não importa quantas vezes ele tente, ele, não irá conseguir. Pois vive preso em sua fantasia, e simplesmente não vive a realidade. Hoje mais uma vez lutaremos juntos, eu me pergunto o porque de fazer isso, mas... Eu sou um profissional e tenho que lutar. Eu já encontrei minha realidade, e já acordei para ela. Só que Krauser não, vive preso em sua fantasia, e, em vez de tentar acordar para a realidade, ele apenas tenta convencer a todos de que sua fantasia é real. Apenas uma atitude desesperada de sua parte. Pois sabe que enquanto eu estiver em seu caminho ele não vai longe, simplesmente porque ele é fraco e eu sou forte, mas tudo isso irá se resolver. Eu espero pacientemente o dia chegar. Enquanto ele... Tenta adiantar o dia, o que só mostra desespero de sua parte. Pois isso é um grande pesadelo para ele, sabe que no mano a mano, ele não pode comigo. Ninguém me nomeou justiceiro, mas eu tenho que ser este justiceiro senhor Krauser, para principalmente mostrar a você a verdadeira realidade. Eu me preparo para ser o próximo detentor do maior reinado da NWR, e você não vai impedir isso. Apenas conseguiu atrasar o momento, mas agora você não tem escapatória. Seu momento de felicidade acabou, seu pesadelo já começou, e ele só tende a ficar muito pior. Acorde... vamos ver se consegue sair desse pesadelo.



avatar
VBB

Mensagens : 58
Pontos : 78
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/07/2014
Idade : 20

Promo 10: Krauser vs Krauser

Mensagem por VBB em 30.12.16 9:21



*Começa uma filmagem, nela mostra Krauser chegando a arena do PPV junto de Sarah e seus dois filhos. Rita e Moisés não olham nos olhos de Krauser e o deixam na porta de seu lockroom sem se despedir. Sarah olha para Krauser, não sabe oque dizer e sai de perto acompanhando seus filhos para outro lugar.

*Krauser cabisbaixo e um pouco irritado se vira para porta de seu lockroom pensativo, segura a maçaneta e respira fundo. Vira-a e entra assim tendo uma surpresa.*

Krauser Daniels: Ah não......

*Krauser parece assustado/furioso. Dentro da sala existe um grande espelho na parede e as portas de todos os armários são espelhadas.*

*Krauser olha ao seu redor soando frio como se estivesse encurralado. *

*Krauser anda lentamente para uma mesa na sala até que escuta uma voz. *

Krauser Daniels (reflexo): Então... Até quando vai poder me evitar?

*Krauser se vira e olha seu reflexo na porta de um dos armários. *

Krauser Daniels: Você é só um fantasma...

*Krauser se aproxima do espelho e é filmado por trás. Aparecendo suas costas e seu reflexo o encarando.*

*Música começa a tocar

*

Krauser Daniels (reflexo): É inaceitável... Inaceitável... Esta a agir feito idiota...

*Krauser vira o rosto para a câmera evitando olhar o espelho e mostrando seu rosto.*

Krauser Daniels: IDIOTA?? Eu estou sendo oque você deveria ser desde o começo...

*Krauser vira o rosto de volta mostrando a face no reflexo e assim Krauser mantém diálogo consigo mesmo.*

Krauser Daniels (reflexo): E oque conquistou até agora?

Krauser Daniels: CALADO!!!!

*Krauser arrebenta um dos espelhos das portas com um Big Boot. Fica a bufar olhando o espelho despedaçar até que sua voz o chama em outro reflexo.*

Krauser Daniels (reflexo): VOCÊ ESQUECEU QUEM VOCÊ É? O QUE PENSA QUE ESTA A GANHAR COM ISSO TUDO??

Krauser Daniels: RESPEITO!!! NINGUEM MAIS NOS RESPEITAVA!!!! VIRAMOS UMA PIADA!!!!!!!!!!

Krauser Daniels (reflexo): PORQUE ACHA ISSO???

*Krauser quebra outro espelho. E novamente a pergunta vem de mais um.*

Krauser Daniels (reflexo): Não tem mais amigos!!! Não tem mais honra!!!!! NÃO TEM MAIS FAMÍLIA!!!!!!!!!!

Krauser Daniels: NÃO???? E PARA QUE PRECISO DISSO?? NÃO VAI ME FAZER VENCER LUTAS!!!

Krauser Daniels (reflexo): MAS ELES PRECISAM DE VOCÊ!!!!! E QUANDO NÃO TIVER MAIS LUTAS PARA VENCER ELES QUE VAO LEMBRAR DE VOCÊ!!!!

*Krauser arrebenta mais este espelho. E novamente é chamado.*

Krauser Daniels (reflexo): VOCÊ JAMAIS SERÁ COMO FOI! EU QUERO MINHA VIDA DE VOLTA!!!!!!

Krauser Daniels: QUE VIDA!!!!! NÃO TEM MAIS NADA!!!!!!

Krauser Daniels (reflexo): EU TENHO!!!!! QUANDO PERDI AQUELE TÍTULO MINHA FAMÍLIA ESTAVA AO MEU LADO!!!!! QUANDO PERDI MINHA HONRA MEUS ADVERSÁRIOS SE ABISMARAM!!!!!!

Krauser Daniels: QUANDO PERDEU TUDO, SEMPRE QUE PERDEU TUDO, EU ESTAVA DO SEU LADO!!!!! TE AJUDANDO!!!!!!!!!!!!!!!

*Krauser quebra outro espelho!!! E a voz torna a gritar.*

Krauser Daniels (reflexo): VOCÊ SE APROVEITA DE MINHA FRAQUEZA, ME TRANSFORMA EM UM MONSTRO E ESTA ME AJUDANDO?????

Krauser Daniels: EU TE FIZ UM CAMPEÃO!!!!!!

*Quebra outro espelho e logo é chamado pelas costas.*

Krauser Daniels (reflexo): APENAS NO RINGUE E NÃO NA VIDA!!!!!!

Krauser Daniels: EU TE DEI CORAGEM, FORÇA, BRUTALIDADE E TUDO QUE PRECISAVA!!!!!

Krauser Daniels (reflexo): VOCÊ ME DEU VINGANÇA!!!!!!!!! VOCÊ JAMAIS, JAMAIS!!!!! RECUPEROU OQUE FOI TIRADO DE. NÓS!!!!!!!!!! E NÃO VAI SER DESSA VEZ QUE VOCÊ VAI CONSEGUIR!!!

Krauser Daniels: PARA!!!!!!!! PAAAAAAARAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!

*Krauser soca a última porta de espelhos... Se vira, e se encara no grande espelho da parede. Seu reflexo e ele apenas.*

Krauser Daniels: Como nos velhos tempos...

Krauser Daniels (reflexo): Krauser contra Krauser...

Krauser Daniels: O Krauser forte vence o Krauser fraco...

Krauser Daniels (reflexo): Para que um ainda mais forte o vença em seguida...

Krauser Daniels: Meu maior adversário...

Krauser Daniels (reflexo): Eu mesmo...

Krauser Daniels: O único que me impede de seguir...

Krauser Daniels (reflexo): Aquele que me cobra mais que todos...

*Krauser encara seu reflexo e o reflexo o encara de volta. Até que Krauser corre na direção do espelho e seu reflexo vem ao seu encontro. *

Krauser Daniels (Reflexo): QUERO MINHA VIDA DE VOLTA!!!!!!!!!!

Krauser Daniels: APENAS EU POSSO TRAZER AQUILO QUE ARRANCARAM DE NÓS!!!!!!!!!!!!

*Krauser soca o espelho e sua mão se choca com a mão de seu reflexo, os dois se encaram e o grande espelho começa a trincar lentamente. Krauser aperta a mão contra o vidro cada vez mais forte como se o seu reflexo estivesse empurrando de volta. Até que Krauser e seu reflexo (obviamente) gritam juntos.*

Krauser Daniels (real e reflexo): EU NÃO POSSO PERDER PARA VOCÊ!!!!!!!!!!!!!!!!!

*O espelho se destrói completamente. E Krauser vai para trás com o espalhar do vidro cambaleando até que cai de costas na mesa.*

Krauser Daniels: ...

Krauser Daniels: ...

Krauser Daniels: ...

Krauser Daniels: ...

Krauser Daniels: Ah ha ha ha ha ha ha... E assim que nós evoluímos... O nosso eu mais forte vence o nosso eu mais fraco...

Krauser Daniels: Finalmente, eu sinto que me tornei mais forte, que o treino valeu cada gota de suor derramado e até mesmo algumas de sangue.

Krauser Daniels: Eu não preciso de ninguém e nunca precisei, o novo Krauser é perfeito e vai reinar a NWR para sempre!!!! Todos esses anos iludido agindo como perfeito palhaço.

*Krauser ri melancolicamente como uma hiena e abre sua bolsa para pegar suas coisas, talvez fazer um curativo em sua mão que após socar seu reflexo, ou melhor, o espelho, estava a sangrar. Ao abrir sua bolsa que tinha sido usada pela ultima vez antes do ladder match, Krauser encontra assim que abre algo que havia deixado ali talvez para olhar antes de lutar no ladder match, um porta retrato, ele, seus dois filhos e sua esposa, todos em uma bela foto, Krauser segura Rita no colo e seu filho segura Sarah no colo.
Krauser observa o quadro. *

Krauser Daniels: Que lindo, mas eu sou um pouco mais que isso, não preciso de três pessoas me dizendo que consigo, ou de fãs, se eu acreditar que posso será o suficiente, e então que todos poderiam se arrepender de terem destruído cada coisa que eu tinha...

*Krauser tenta quebrar o porta retrato, mas na primeira tentativa falha... Tema novamente e nada... O quadro parece de aço... E ali olhando para a foto consegue ver seu reflexo no vidro do porta retrato...*

Krauser Daniels (reflexo): Você é o único que esta acabando com tudo que você tem...

*Krauser se assusta ao ver seu reflexo novamente e desesperadamente tenta quebrar o quadro de sua familia mas não consegue. *

Krauser Daniels (reflexo): Um homem que antes dizia que seu adversário quando no ringue não poderia usar o seu ego para lhe bater e fazer o pinfall hoje tem um ego maior que tudo!

Krauser Daniels (reflexo): Um homem que dizia que melhor que bater em gente metida só bater em gente metida que acha que pode fazer oque quer com os outros hoje não tem honra alguma!!

*Krauser se desespera e tenta quebrar o quadro cada vez mais que seu reflexo fala.*

Krauser Daniels (reflexo): Um homem que tanto desafiou homens que lhe davam nojo hoje é exatamente um deles. Caio merece ser o campeão e você sabe o porque. Éramos muito parecidos nós e Caio mas agora olha para você... Não se parecem em nada!!!

Krauser Daniels (reflexo): E bom que ganhe aquele título se não jamais terá algo na vida!!!!

Krauser Daniels (reflexo): Aquele lugar no hall da fama, foi dado a mim, sim, não a você, a mim, o cara que você já foi um dia, e você jamais deveria ter contrariado isso. Então eu perdi sim tudo, mas vou aprender a voar de novo.

Krauser Daniels: NÃO!!!! VOCÊ PRECISA DE MIM... SABE DISSO!...

Krauser Daniels (reflexo): EU NUNCA PRECISEI DE VOCÊ!!!! REAPRENDI A VIVER SOZINHO!!!!!!!!!!

Krauser Daniels: NÃO...

*Continua a tentar quebrar com as mãos tremendo.*

Krauser Daniels (reflexo): E assim que nós evoluímos... O nosso eu mais forte vence o nosso eu mais fraco... Até que um ainda mais forte vença...

Krauser Daniels (reflexo): Desculpe, mais demônios sempre mereceram as jaulas, anjos as suas asas...

*A música se encerra. Krauser engasga por um tempo e passa a olhar a foto.*

Krauser Daniels: ...

Krauser Daniels: ...

Krauser Daniels: ...

*Krauser se levanta com o porta retrato na mão e sai do locker-room, caminhando corredor afora.*

*Então sendo filmados em uma sala de visitantes Rita, Moisés e Sarah. Eles parecem tristes e um tanto preocuoados até que Krauser surge parecendo cansado e com o porta retrato na mão. *

*Rita se levante e vai bater boca. *

Rita Daniels: Olha só se você veio aqui para...

*Rita percebe que seu pai esta chorando e sua boca para de falar. Krauser lentamente se aproxima.*

*Música começa a tocar

*

Krauser Daniels: D-desculpas...

*Krauser começa a desabar de choro e seu filho e sua esposa também vem para perto dele.*

Krauser Daniels: P-por favor me desculpem, não só vocês, todos, eu estive cego...

Moisés Daniels: Pai você tomou seus remédios??

Krauser Daniels: N-não filho... Remédios como o nome já diz, apenas remediam os problemas, em tomei foi coragem...

Krauser Daniels: Eu estive com medo, com medo de perder tudo de novo... E o medo trás coisas ruins... Sentimentos ruins... Para você e todos a sua volta... Foi como a muito tempo atrás, antes de conhecer sua mãe...

Krauser Daniels: Isso, estava em minha bolsa quando lutei aquela ladder match, não estava lá para eu olhar antes da luta e me dar apoio... Estava lá para depois da luta... Para caso eu perdesse eu não me esquecer oque é importante... Mas eu não consegui... Perder tudo... Me fez me perder como a muito tempo atrás...

Krauser Daniels: Por favor... Me desculpem... Pela pessoa horrível que fui..

*Rita se joga no pai em um abraço super apertado na cintura.*

Rita Daniels: Você prometeu não me fazer chorar...

*Krauser observa sua filha chorando.*

Rita Daniels: Mas também me prometeu que eu jamais sentiria tanto orgulho...

*Rita sorri para Krauser e esse chorando sorri de volta.*

Moisés Daniels: Que bom que voltou pai...

*Moisés abraça o pai pelo outro lado, Sarah olha serenamente nos olhos de Krauser. *

Krauser Daniels: Você nunca desistiu de mim...

Sarah Winter: Um homem que eu admiro muito sempre me dizia, "perder as vezes, ganhar quando der, deistir? Jamais..." por um minuto achei que ele havia desistido... Mas aprendi com ele a não desistir...

*Sarah beija o seu marido e o abraça pela frente. Todos os três, rodeando Krauser, em um abraço apertado pela cintura.*

Krauser Daniels: Como eu fui cego... Esse tempo todo... Era este o meu cinto... O meu cinturão de campeão estava aqui comigo. E por pouco não o perco por culpa de mim mesmo.....

*Krauser envolve os três em seus braços.*

Krauser Daniels: E ninguém vai ser bom o suficiente para tirar esse cinturão de mim...

Sarah Winter: Jamais...

Moisés Daniels: Jamais...

Rita Daniels: Jamais..

*A música se encerra.*

Moisés Daniels: Pai... O show vai começar daqui a pouco...

Krauser Daniels: Filho... Caio e Luke, merecem o título... Caio e Luke tem uma historia para criar... Eu não vou participar desta luta...

*Música começa a tocar:

*

Rita Daniels: What?? Oque você tá dizendo??

Krauser Daniels: Eu não preciso daquele cinto, para provar mais nada para mim...

Sarah Winter: Okay Krauser, mas e todos os seus fãs ,muita gente ainda acredita em você... Muita gente quer ser como você...

Sarah Winter: Eles tem uma historia para montar, e quando contarem essa historia vão dizer Krauser Daniels também estava lá para lutar com tudo de si e mostrar que para merecer esse título, teriam que o derrubar primeiro. Vai lá... E dificulta para eles...

*Krauser sorri e beija Sarah. *

Moisés Daniels: Pai se quiser trazer o título só para a gente ver como é sabe?

Rita Daniels: É só para gente ver a cara do Caio!

*Dizem Rita e Moisés rindo e Krauser gargalha junto.*

Krauser Daniels: Ahahajajzjajajajahahahaha!!! Okay...

*Krauser sai com sua família pelos corredores.*

*Voz de Krauser falando enquanto ele caminha pelos corredores comprimento do as pessoas e as pessoas estranham isso.*

Krauser Daniels: Foi tudo destruído pelo fogo, não sobrou nada! Tudo reduzido a pó, cinzas!
Mas das cinzas por algum milagre surgiu uma ave, uma ave cuja força era alimentada exatamente pelo fogo que a destruiu. Essa ave é a fênix e não importa quantas vezes ache que não restou nada, ela vai ressurgir, mais forte do que oque a destruiu.
Então tomem cuidado, não irritem a fênix, pois ela sempre, e sim SEMPRE irá voltar e ser exatamente como já foi um dia. Ou mais forte.


*A música continua até que.*

*Fim de transmissão. *





Like the Phoenix I rise
From the ashes of life
I don't need fortune or fame
Just some peace of mind

avatar
Stupid Idiot's!!

Mensagens : 130
Pontos : 179
Reputação : 4
Data de inscrição : 09/07/2014
Idade : 16
Localização : Brasil

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Stupid Idiot's!! em 30.12.16 10:39

07:30

Já faz algum tempo em que estou na sacada do hotel, olhando para o nada e pensando sobre minha carreira, anos de empenho e dedicação em diversas empresas por todo o mundo. E finalmente eu havia encontrado o lugar certo, o lugar onde eu me sentia feliz. O dia finalmente chegou, eu estava ansioso e empolgado para o combate que eu teria mais tarde, já fazia muito tempo em que eu não me sentia assim. Nunca havia me empenhado tanto em meus treinamentos, na ultima semana dei tudo de mim tanto em combates quanto nos treinos, sinto que meu corpo esta mais preparado do que nunca. Faltavam horas para o New Year Revolution e eu já estava de pé esperando para meu combate. Prometi a mim mesmo que não deixaria escapar essa oportunidade, eu realmente quero ser o primeiro Impact Champiom, esse seria o meu primeiro título após anos de carreira, preciso mais do que nunca disso,  eu acredito em mim, e sei que posso vencer, minha hora é agora! Mas e se eu perder? E se tudo der errado e eu bater na trave mais uma vez? Derrota ...  esse pensamento começou a atormentar minha cabeça, a apreensão começou a tomar conta de mim, minha mente estava sendo completamente destruída! Mas eu não estava só, de repente Dana chega e segura em minha mão, e diz as seguintes palavras para mim "Bom dia campeão". Essas simples palavras livraram completamente minha cabeça do tormento que eu começava a sofrer, independentemente do resultado de minha luta hoje, ela estaria ao meu lado, sempre me apoiando e incentivando, naquele momento eu percebo que eu a muito tempo já havia conquistado o meu maior título.


08:30 - Vídeo disponível na página oficial da NWR.

Inicia-se uma gravação exibindo Glock e Dana, ambos de pé, de frente para a câmera.

Dana: Bom dia fãs da NWR, finalmente o dia chegou! O New Year Revolution é hoje!

Glock: Em algumas horas eu me consagrarei o primeiro NWR Impact Champiom.

Dana: Minha alegria é enorme, hoje Glock lutará contra três oponentes pelo Impact Champiom, vocês não tem ideia do que esse esperou por esse combate.


Glock: Minha expectativa é alta, eu poderei bater a vontade em três pessoas, e ainda ganhar um título por isso!

Dana: Esse é o espirito, e não é só você que pensa assim, os outros lutadores também estão aguardando muito por esse show de hoje.

Glock: Afinal de contas é um pay-per-view, e o primeiro da empresa, nós lutadores realmente aguardamos por isso, finalmente vamos batalhar por tudo o que trabalhamos nesse mês.

Dana: Mas agora Glock, todos esses outros lutadores não vão ser o nosso foco, o nosso foco será o seu combate, até o termino da luta, vamos ignorar os outros, agora só existem, Big Cass, Dan White e Rober Lee!

Glock: Sim Dana, foco! Foco! Nada vai poder nos parar hoje, esse é o meu dia!


Dana: Mas muita calma, não quero você subestimando os adversário hoje, nada pode ocorrer errado, quero um combate sem erros.

Glock: Eu estou pronto!

Dana: Eu sei ... Fãs da NWR, nós não iriamos mandar um vídeo mostrando somente o otimismo e euforia de Glock, temos mais algumas coisas a comentar sobre nossos oponentes, parece que eles abriram a boca novamente.

Glock: Lee mandou um vídeo, e em sua descrição dizia que ele conseguiu um patrocinador misterioso, não me surpreende afinal Lee possui muito talento.

Dana: Ultimamente o seu amiguinho nem parece que esta nessa empresa, esta com muitos projetos diferentes como um talk show e agora inicia sua carreira como um ator, isso pode ser favorável para nós, Rober Lee pode não estar com sua cabeça completamente no combate.

Glock: Isso é verdade, mas Lee me disse que vai vir com tudo, não vou facilitar para ele.

Dana: E parece que o jovem bonitão andou defecando novamente.

Glock: Veja só, agora até mesmo ele disse que eu sinto inveja dele, mas que falta de respeito, acho que ele nem sabe o que significa essa palavra ainda, sendo que era ele que estava cobiçando minha parceira e esposa. Eu realmente não entendo certas pessoas.

Dana: Esse é o menino espertinho! E ainda disse que pode bater você Glock.

Glock: Nada vai me deter hoje, aquele ratinho Iwan de Troll não será páreo para mim, julga que sua falta de tamanho será a sua vantagem, que ingênuo.

Dana: Diz que vai derrotar você, mas aparentemente já esta pedindo ajuda para poder bater de frente contra você.

Glock: Pedindo a ajuda de Sudz ... Quem sabe vocês dois juntos possam me derrotar.

Dana: Agora eu não podia desconfiar do cara que andava com roupas femininas e dizia "Oi genti" e usava o nome de Lady nos shows poderia ser homossexual? Poupe-me.

Glock: Nos vemos mais tarde, Dan White.

Dana: E também veremos todo o universo NWR, torçam por Glock hoje! Um até logo e Tchau!!

O vídeo se encerra com Glock e Dana acenando para a câmera.
avatar
Hokus

Mensagens : 9
Pontos : 9
Reputação : 0
Data de inscrição : 16/12/2016
Idade : 19
Localização : Siberia

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Hokus em 31.12.16 9:34

Kick-Off

Koji, Yamato e Sen, filho, filho e pai, respectivamente, viviam em alguma cidade do Japão por volta da década de 90, Koji já tinha lá seus 6 anos, 3 a menos que Yamato. Juntos, os dois brincavam no quintal de casa:

Koji - EU SOOOOOOU MAIOOOOOOOOOOOOOOOOOOR.

Yamato - NÃAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAO, EU SOOOOOOU

Koji - EU SOU MUITO MAIOR QUE VOCÊ, AHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

Yamato - NÃAAAAAAAAAAAAAO, SEU BAIXINHO, VOCE BATE APENAS NO MEU OMBRO

Koji - BATO MESMO

POW

O irmão mais velho assustado olha para Koji após a pancada.

Yamato - VOCÊ ME BATEU?

Koji - Você que pediiuuuu

Sen - QUE DIABOS ESTÁ ACONTECENDO AQUI?

Yamato - ELE ME BATEU!

Yamato estava em choque, chorava e gritava ao mesmo tempo, mesmo o soco, que mais parecia um empurrão, tendo sido de um garoto de seis anos, a resistência de Yamato era de um garoto de 9 anos, ou seja, era nula.

Koji - ELE QUE PEDIU
Yamato - NÃO PEDI NADA, É MENT...

O pai já era um "senhor" de 40 anos, com sua barbixa branca, aparentava ter lá seus 75, não só pela aparência, mas também pela sua extrema calma e porque não, experiência. Sen era um homem vivido, havia sido levado por seu pai para a tailândia muito jovem, onde trabalhou com ele até completar a maioridade, quando voltou para casa. Sen era um homem muito famoso na cidade em que viviam, o dono da academia de Kung Fu local era espelho para muitos jovens que lá moravam, jovens que sonhavam um dia ser igual a Sen.

Sen - Porque você bateu nele, Koji?

Koji -Ele que pediu, poxa..

Sen - Você não pode fazer coisas do tipo, Koji. Seu irmão é mais velho e você precisa respeitá-lo.

Yamato, vendo o desfecho da história pendendo para seu lado já ria alegremente da cara de Koji, por ter levado um "xingão".

Yamato - Viiiiiu, você precisa me respeitar, PORQUE EU SOU MAIOOOOOOORRR HAHAHAHA.

Koji - NÃO É NÃOOOO

Sen olhava para seus dois filhos, eram duas divindades criadas por ele, mas eram tão tolos... Mas ele também era, a evolução dos dois ainda estava por vir. Infelizmente, o processo não podia ser acelerado, apenas auxiliado:

Sen - Tamanho não importa, crianças, na vida vocês enfrentarão diversas tarefas e desafios, e o tamanho não será um empecilho para vocês do...

Yamato - EU SOU MAIOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOR

Sen - putaquepariudesistodisso

Sen, apesar de um velho experiente no kung fu, não sabia lidar com duas crianças, e por vezes parecia que estava as treinando, tal como as outras pessoas que participavam de sua academia.
Anos depois, Yamato seguiu sua carreira profissional longe das lutas e artes marciais, o que deixou Sen sem escolhas, pois era seu maior sonho treinar seu filho, o fazendo de certa forma obrigar Koji a treinar e treinar cada vez mais. Koji, que havia passado seu irmão em tamanho, não via na luta algo promissor em sua vida, mas tinha medo de decepcionar seu pai, sendo assim, treinava todos os dias, seguindo todos os ensinamentos do pai. Quando completou seus 21 anos, Koji já havia conhecido diversos ramos da luta, tal como o wrestling, onde havia conhecido quando criança o lendário Yokozuna, apenas pela TV, obviamente. O wrestling, de acordo com seu pai, era como qualquer outra luta, envolvia dois fatores principais, o pensamento e a prática. Você quer ser bom? Pratique. Você quer ganhar de tudo e de todos? Pratique, mas ususfra de maneira inusitadas e impensadas pelo seu adversário. Isso era o básico do Wrestling para Sen.


Já em 2016, ele estava chegando na New Wrestling Revolution, como, ninguém sabia, mas isso era apenas um dos mistérios que rodeavam o desconhecido Koji Hayato.
avatar
✡ MadameZombie ✡

Mensagens : 124
Pontos : 364
Reputação : 234
Data de inscrição : 31/12/2016
Idade : 21
Localização : Salém

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ✡ MadameZombie ✡ em 31.12.16 22:57

A filmagem se iniciava um pouco ruim parecendo uma filmagem feita por um celular logo um rosto desconhecido aparece falando várias coisas muitos delas não dava para compreender o rapaz na filmagem parecia eufórico após alguns segundos falando ele vira a câmera filmando uma mulher de costas que parecia estar batendo em outra garota dentro de um beco escuro após alguns segundos filmando o ataque o rapaz vai para trás e bate na parede chamando a atenção da agressora que muda o foco do ataque para o cinegrafista o celular cai no chão quebrando a tela deixando a imagem chuviscada após isso um rosto é visto que acabou pegando o celular a mulher conhecida como Violetty Gardea

- Que porra é essa? tava me filmando desgraçado?

Um som abafado pode ser ouvido dando a entender que a mulher chutou o rapaz no chão

- Lixo inútil....aproveitando a situação quero avisar que estou chegando ao universo da NWR e vim com sede de título ou melhor títulos e obviamente chutar as bundas dos covardes que ai estão eles não perdem por esperar quando eu os atacar e acabar com a raça de cada um

Algumas reclamações baixas podem ser ouvidas a mulher olha para os lados resmungando palavrões parecia irritada e claramente perturbada

- CALE A BOCA!...essa parede tagarela quer aparecer mais do que eu...voltando ao assunto dos covardes cuidado ao lutarem olhem para os lados não fiquem com a guarda baixa porque a rainha brutal está chegando e pretendo ter novas cabeças para colecionar seus merdinhas

Enquanto a mulher falava sirenes podiam ser ouvidas a mulher caiu na gargalhada e olhou em volta mostrando o estrago que fez no local ela sorriu para a câmera e virou na direção do rapaz que estava caído ela o puxou pelos cabelos para perto da lixeira onde estava a mulher que antes a lutadora batia

- Vamos fingir que esse inútil são vocês lutadores da NWR

Ela jogou o homem dentro do lixo fechando a tampa e chutou a expressão dela mudou para um sorriso cruel a morena passou a língua nos lábios

- Vejo vocês no ringue

As luzes das sirenes podiam ser vistas a mulher deu uma última risada e mostrou o dedo do meio jogando o celular no chão pisando no objeto em seguida antes do aparelho apagar completamente ela é vista correndo para fugir do local
avatar
★ Filipe Bé ★
Admin
Admin

Mensagens : 328
Pontos : 799
Reputação : 410
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 21
Localização : Portugal

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ★ Filipe Bé ★ em 01.01.17 6:29

Um video começa com Bé e Marianne reunidos para gravar.



Bé: Olá denovo!

Bé: Então, este é aquele tipo de video que costumamos fazer para conversar sobre os sucedidos na federação.


Marianne: Sim e temos montes de sucedidos para falar.

Bé: Claro afinal, tivemos um PPV simplesmente brutal pra não falar nas novas contratações que vêem por ai!

Bé: Passemos ao PPV então! Vamos rever o que aconteceu.


Marianne: Primeiro de tudo, tivemos um combate de Hall of famers logo pra Oppen Match! Guiller Vs Denner Vs Jason Hashira.

Bé: Me admira que Denner tenha conseguido a vitoria nesse combate, maldito.

Marianne: Ao que parece está lessionado.

Bé: Mesmo lessionado venceu Guiller e Jason?

Bé:


Marianne: Enfim, mas por agora. Está se retirando.

Bé: Eu sei, uma lastima. Vendo uma carreira tão atribuida indo abaixo. Mesmo não gostando dele, tenho de o respeitar pelo que ele alcançou né.

Marianne: Ainda estás zangado com o facto de ele magoar/matar o teu irmão?

Bé: A carreira dele começou ao mesmo tempo que a do meu irmão, ele cresceu junto ao meu irmão. Aquele ataque covarde nele, desceu na consideração de todos não é?

Marianne: Bem, ele ganhou o combate e Guiller lhe disse umas palavras comoventes!

Bé: Alguém se importou? Eu não. Ninguém quer saber, falaremos do que se segue.

Marianne: Fatal 4-way em que Glock vence todo o mundo!

Bé: Né, minhas apostas nunca dão certo. Kawan claramente não ganhou.

Marianne: Glock venceu a luta e se tornou no 1º Impact Champion. Que tens a dizer sobre isso?

Bé: Opa, eu até agora interagi pouco com ele, cheguei a patrocionar um programa dele e do Robeer. Mas ele em si é um grande lutador, afinal, ele destruiu naquele combate.

Bé: E saiu do recinto com o cinto, isso que importa.


Marianne: Tinha outros grandes pretendentes ali.

Bé: Robeer era dos mais escolhidos entre os fãs que poderiam vencer, mas né. Fatal 4-way. Robeer é foda mas não é imortal.

Bé: Num combate de tantos participantes o melhor é mesmo um tank demolindo tudo. Talvez não seja tão efetivo? Eu acho que é, mas iremos ver isso em breve quando voltarem a competir pelo cinto ou assim.


Marianne: Depois tivemos o brutal combate entre ti e Sudz! Mas que combate, até eu mesma fiquei envolvida.

Bé: Tu sabes, a gente demos o melhor de nós, tentando superar um ao outro e tals. E acabei por vencer não foi mesmo?

Marianne: Mas e da maneira que vences-te? E dos boatos gigantes de serem a 1º tag team oficial da Nwr?

Bé: Bem, algo que devem de ver nos backstages, especialmente porque não quero ter de explicar tudo.

*Uma filmagem passa na Tv, do dia do PPV nos backstages*

Esta Bé sozinho caminhando nos backstages ele para em uma porta nela escrita "Vladimir".

Bé bate a porta e ninguém abre, então que estava aberta e Bé entra. Studz se levanta da cadeira adoptando uma pose defensiva.

Bé: Calma, vim em paz!

Sudz: Que? Como entras-te aqui...

Bé: So vim aqui dar-te uma palavra.

Sudz: Sai de meu balneario, estou a me preparar.

Bé: Não vou envora sem obter tua atenção.

Sudz rapidamente se levanta e pega na cadeira que estava sentado e faz um movimento brusco com a cadeira e Bé acerta um chute nela fazendo a mesma voar de suas mãos.

Sudz tenta um spear em Bé porem teria tomado pouco impulso e falha em o derrumbar, apenas o encosta nos cacifos do balneario com bastante força amaçando os mesmos.

Bé: Ei, não vim aqui para brigar!

Sudz solta Bé e o agarra pela camisa com ambas as mãos se mostrando agressivo.

Sudz: Então, que raios veio aqui fazer?

Bé dá um empurrão com a mão direita de lado tirando as de Sudz de cima de sua camisa.

Bé: Olha pra ti, olha bem para ti.

Bé: Tu és um tipo duro, nada daquela porra que mostras-te nos inicios. Lutamos varias vezes antes, e eu sei do que tu realmente és capaz de alcançar.

Bé: Pra que lutar contra mim? Para que desperdiçar a tua carreira em mim?


Sudz: Então é isso? Veio pedir misericordia antes do tempo?

Bé: Falei direito, para que desperdiçar a tua carreira contra mim? Alias, pra que desperdiçar nosso tempo um contra o outro?

Bé: Enquanto podiamos reinar juntos!


Sudz: Quê?

Bé: Sei que não tens grande ligação com Rita, ela apenas me vê como uma pedra no caminho. Mas não é assim que eu te vejo a ti. Tu sabes o quanto bom eu realmente sou.

Bé: Afinal, já te acertei com bastante força não é mesmo.


Sudz: Vies-te aqui pra me provocar é isso! Não, vieste aqui porque tens medo da interferencia de Rita? Não te preocupes, ela não vai precisar de o fazer!

Bé: Sim, ela vai. E quando o fizer, eu vou acertar nela o meu finisher. E depois vou te acertar a ti o meu finisher! E vou vos derrotar ambos e provar o quanto forte eu sou.

Sudz: Então, tu realmente achas que me podes fazer frente?

Bé: Somos oponentes equilibrados, competitivos entre nós, e com enorme potencial. A divisão de Tag Team está prestes a abrir, imaginas o impacto que poderiamos causar lá?

Sudz: Espera... Quê? Estás me a propor uma, aliança?

Bé: Nada disso, estou a propor-te uma chance, de ir com tua carreira em direção de algo. E vou te provar que realmente somos bons e podemos ir longe. Hoje no ringue, vou te fazer dizer aquelas palavras.

Bé: E tu vais compreender isso. Vais perder, de uma maneira ou de outra.


Sudz: Eu posso te derrotar, eu sei disso.

Bé: Mas não o queres fazer, não pela Rita. Não por birras. Não desse jeito. Porque és melhor, certo?

Bé abandona a sala deixando Sudz pensativo.

*Fim da gravação do video e de volta ao presente*

Marianne: Então é isso? Vocês agora estão realmente inscritos para a nova divisão de tag?

Bé: Após aquilo? Eu duvidava das ações de Sudz, mas após aquilo, é um Sim sem duvida alguma.

Marianne: Bem, otimo! Espero que façamos historia em breve! Mas por agora, falta falarmos sobre o Maien event do PPV!

Marianne: Caio Vs Krauser Vs Lucas!


Bé: MDS QUE COMBATE EPICO!!

Marianne: Serio?

Bé: Não, nem assisti.

Marianne: Mas sabes o que aconteceu?

Bé: Caio defendeu o cinto e derrotou lá o Demonio da treta e o Monstro das bolachas.

Marianne: Não queres comentar sobre eles?

Bé:

Marianne: Mas tu dizes-te que Krauser era um forte participante a ganhar!

Bé: Eu disse, o outro Krauser, não este. Este podiam no ter substituido pela Rita Daniels que corria melhor.

Marianne: E Luke? Teve perto de ganhar o cinturão também.

Bé: Teve perto? Mas não conseguiu, isso que importa. Voltei pra fila e vah treinar agora Luke.

Marianne: Decerto queres falar pro mundo, após o PPV temos tido algumas contratações.

Bé: Sim, mas ao que parece não foram lá muito confirmadas, acho que até agora apenas 2 ou assim.

Marianne: Sim, e apenas Violetty Gardea mostrou a cara.

Bé: Eu sei, eu vi. Pobre câmara-men. Eles não são pagos para isso.

Marianne: Ela mostrou ser agressiva e uma das pessoas mais perigosas e instáveis até agora.

Bé: Mantenham essa criatura longe de minhas T-shirts por favor. Apenas eu falo com elas, e elas têem sentimentos.

Marianne: Não me parece que se vah focar nos teus itens de merchandinse.

Bé: Nunca se sabe, apenas a mantenham longe de minhas bancas...

*Bé pega numa T shirt sua*

Bé: Xiii, pronto, calminha... O papa está aqui... Vai correr tudo bem...

Marianne: Mas e no ringue? Pode ser um problema?

Bé: Talvez possa, mas não meu, graças a deus não sou eu o palerma que a vai enfrentar... (Ou sou? xD)

Marianne: Bem, estamos a ficar sem tempo, nos despedimos por agora. E não esqueça de comprar a sua T-shirt Bélézita!

*Transmissão termina*



♥ I love you to the moon & back to infinity and beyond ♥
avatar
Stupid Idiot's!!

Mensagens : 130
Pontos : 179
Reputação : 4
Data de inscrição : 09/07/2014
Idade : 16
Localização : Brasil

7 - Dia de Vitória

Mensagem por Stupid Idiot's!! em 01.01.17 7:09

*Inicia-se um vídeo exibindo Glock e Dana comemorando nos bastidores do New Year Revolution, Glock esta sentado em cima de algumas caixas e esta com um grande sorriso no rosto, com o Impact Championchip em sua cintura e uma garrafa de Champanhe na sua mão direita, pode-se notar ao fundo um televisor exibindo o combate do evento principal*

Glock: Finalmente Dana! Finalmente! Eu ainda não estou acreditando ... Eu sou campeão!!

Dana: Sim! Sim! Tudo deu certo, você é o primeiro Impact Champion!

Glock toma um grande gole de champanhe.

Glock: Esse definitivamente é uma das noites mais felizes de minha vida, você sabe o quanto eu batalhei por isso ... FINALMENTE!!!

Dana: Esse é só o começo! O começo, ano que vem tens um longo caminho pela frente.

Glock: Desculpe minha esposa, mas eu ainda não quero saber do ano que vem, temos que viver o agora, comemorar! Eu sou o Impact Champion!!

Dana: Comemore! Você merece, essa noite é sua Donny, É SUA!

Glock salta das caixas em que estava sentado ao chão, mas o mesmo sente sua perna.

Glock:

Dana: Hey, hey Donny, não mecha nessa sua perna, ela ainda esta um pouco machucada.

Glock: Lee realmente foi com tudo, mas não foi páreo para o tanque!!

Dana: Não quero você se esforçando com essa perna! Recuperação total.

Glock da mais um grande gole no champanhe.

Glock: Comemorar!! Eu sou campeão!!

Glock da mais um grande gole de sua champanhe, começa a se ouvir um grande furdúncio e uma maca carregando Filipe Bé aparece, vários paramédicos em volta e Marianne esta junto.

Bé: Todos calados já! Quero dizer que minhas t-shirt's estão a venda por 13,99 somente hoje.

Glock: Que tas a fazer idiotices por aqui o mendigo com casa.

Bé: Me da essa champanhe ai Nigga, hoje é dia de comemorar!

Glock: Tu me chamaste de que?

Bé: Comemorar.

Glock fica a encarar Filipe Bé por um tempo, Glock da mais um gole e oferece a champanhe para Filipe Bé.

Glock: Ao meu título!

Bé: NA NA NA ... NA NA NA ... HEY, HEY , HEY, GOOD BYE COELHA!

Bé toma a champanhe mas cospe toda ela no chão.

Bé: Isso esta muito forte! Agora saiam todos do caminho!!

Filipe Bé tira de baixo de sua maca um rojão e um fósforo, e o acente.

Bé: ALLAHU AKBAR!!!

Os paramédicos saem correndo com a maca de Filipe Bé e pode-se ouvir ao fundo o som do rojão a explodir.

Dana: Que cara mais maluco, não é mesmo Donny? Donny? Glock!!

Glock esta vidrado olhando para o televisor, o main event ainda acontece, pode-se ouvir a crowd a gritar "I fight for real!", Glock derruba o televisor no chão e sai do local.

Dana: Espere Glock, para onde você vai? Glock!!

*Encerra-se o vídeo*

Conteúdo patrocinado

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: 28.06.17 0:36