Saturday Slam #2

Compartilhe
avatar
OrionStar

Mensagens : 62
Pontos : 78
Reputação : 6
Data de inscrição : 04/11/2015
Idade : 18
Localização : Paulínia, SP

Saturday Slam #2

Mensagem por OrionStar em 10.12.16 21:19

O show aconteceu no Kay Bailey Hutchison Convention Center, em Dallas, Texas.

O show começa com sua tradicional música e fogos na stage. Logo, a música de Lady começa a tocar e ela desce a rampa com um semblante bem sério. Após adentrar ao ringue e acenar para os fãs, Lady começa a falar que os últimos dias tem sido fora do comum. Ela comenta que ainda parece estar no meio da Ladder Match e quase sofrer uma lesão dando alguns risos bobos. Ela convida Filipe Bé para vir ao ringue ter uma conversa séria afim de colocar um fim a rixa dos dois. Enquanto Bé descia a rampa calmamente Lady desceu do ringue e pegou três cadeiras e as montou no centro do ringue, colocando microfones sob ela. Bé analisa bastante a situação e resolveu entrar e encarar Lady. Os dois discutiram o motivo inicial da briga, e após uma inesperada conversa madura tudo parecia se acertar. Lady afirma que era idiotice brigar por tais motivos quanto estes e Bé por sua vez comentou sua atitude recente reforçando o fato de querer montar um legado ideal dentro da NWR que é o lar dele. Após apertarem as mãos, Marianne começou a se retirar do ringue. Contudo, assim que ela saiu Lady pegou uma das cadeiras e acertou com toda força na cabeça de Filipe, o derrubando no ato. Marianne ainda tentou voltar ao ringue para ajudar mas acabou sendo pega por um Kawai Sweet Kiss. A Crowd estava chocada com o que estava acontecendo. Eis que Lady pegou o microfone e começou a falar, dizendo que não mentiu ao falar que aquela briguinha idiota não era motivo para os dois continuarem a se atacarem, mas o que o deixou completamente indignado e enfurecido é o fato de que Bé destruiu qualquer chance de Lady realizar seu maior sonho. Ela ressalta falando que na noite do For Victory, ele havia tirado tudo o que ele mais queria e tudo isso por um punhado de pano para limpar o chão! Lady termina seu discurso com a chegada dos seguranças dizendo que Moisés Bé foi um grande homem, um homem que Filipe nunca teria a chance de ser. Antes que os seguranças pudessem retirar Lady, ela pegou um desnorteado Bé e aplicou um Kawai Punishment.

Singles Match – Patrick Oliver vs Filipe “Bé” Ribeiro

Uma luta sofrida por parte de Bé, que sentia as dores após o ataque de Lady. Patrick conseguiu dominar a luta durante um bom tempo, jogando a luta pro chão e focando em holds. Filipe conseguia com dificuldade sair das holds, evitando arriscar grandes golpes. Mas foi numa dessas que quase acabou a luta onde Filipe estava se encaminhando para um Elbow Drop mas Patrick conseguiu rápido o bastante para aplicar um estrondoso Scoop Slam. Bé aos poucos foi achando brechas nos ataques de PK. Aos 8 minutos de luta, ambos trocavam socos na ringside quando Patrick buscava aplicar um Powerbomb. Bé conseguiu reverter com um Facebuster seguido de um Super Kick. O fim chegou quando Patrick mais uma vez tentou algo que pudesse virar a mesa, dessa vez um Superplex. Porém o espanhol foi quem sobressaiu ao conseguir derrubar PK, com dificuldades aplicar um Twisted Béss. Bé levantou Patrick e aplicou uma sequência de Chops que resultou num Béminator que deu um fim na luta.

Vencedor: Filipe “Bé” Ribeiro

Bé estava com o corpo estirado na lona enquanto os médicos atendiam-no. Patrick rolava para fora do ringue com uma cara de decepcionado.

-Intervalos-

Na volta do intervalo vemos Rober Lee indo em direção ao seu Locker Room. Eis que Kevin Jones surge e acaba esbarrando em Rober. Rober grita que Kevin não olha por onde anda chamando-o de idiota. Kevin não liga aparentemente para o que Lee diz e se retira.

Tables Match – Lady Death vs Rober Lee

Em 15 longos minutos de luta, vimos uma Lady completamente agressiva, partindo pra cima de Rober Lee, sufocando-o de várias formas. Desde um sequência de Clothesline até um poderoso Psycho Driver. Rober Lee buscava contra-atacar a maioria das vezes, seja com uma sequência de Fisherman Suplex e até golpes com objetos como cadeiras e mesas. Lady chegou a aplicar um Glitter Lips em Rober Lee que ficou próximo à mesa, mas o mesmo conseguiu escapar por muito pouco. Então Lady continuou seu ataque brutal pra cima de Rober, que conseguiu criar oportunidades próprias como conseguiu escapar de um Kawai Sweet Kiss e aplicou um Dragon Suplex direto na turnbuckle. Houve luta intensa na ringside, com Lady montando uma mesa visando um Kawai Punishment, mas Rober conseguiu um contragolpe. O mesmo pegou uma cadeira e aplicou uma sequência de chair shots no rosto de Lady. O fim veio com Rober tentando indo pra cima de Lady com um Big Boot combinado com um Flying Clothesline. Rober então montou a mesa no ringue mas foi pego de surpresa com um Kawai Sweet Kiss direto no rosto. Eis que Stoya começa a chamar a atenção do juiz Mike Knox. Lady estava na apron próxima a mesa montada pelo lutador chinês. Logo surge Marianne pela crowd com uma cadeira na mão e começa a atacar Lady pelas costas. Rober aproveitou a chance, correu em direção a Lady e executou um belo Enzugiri que fez com que Lady caísse para trás, direto na mesa. O juiz viu a cena e encerrou a luta.

Vencedor: Rober Lee

Rober de início não acredita, mas ainda sim comemora com um semblante sério, visando a vitória pelo título da NWR. Os paramédicos amparam Lady que estava com o supercílio aberto.

-Intervalo-

Após os comerciais vemos que Lady está andando nos backstages quando a GM Rita Bunny surge. Rita diz pergunta o que raios Lady tinha na cabeça quando decidiu atacar Filipe e Lady retruca avisando que isso não era de sua conta, pois ela não tinha noção do quão sedenta por vingança contra Bé. Rita diz que ela teria que guardar o sentimento para ela e diz que ela estava fora do chaveamento do torneio. Por fim, exige que ela volte ao ringue pois sua luta é a próxima.
A câmera foca no ringue e vemos que Denner e Dan White já estão no ringue se encarando. A terceira luta tem início:

Singles Match – Denner vs Dan White

Os dois começaram a trocar socos freneticamente logo de início, fazendo com que o juiz logo os separasse. Tudo indicava que esse combate prometia. Dan estava com sangue nos olhos e ia partindo para cima de Denner com tudo, aplicando uma série de Lariats até aplicar um Falling From Limbo. Denner ficou na defensiva durante todo o combate, mas pegou todos de surpresa ao pegar Dan que tentava aplicar um Diving Cross Body, ergueu-o e aplicou um The Monster. Ainda sim, o juiz teve de separar os dois que não paravam de trocar socos. Num determinado momento, Dan estava na apron visando mais um Falling From Limbo, mas Denner correu até as cordas e aplicou um Mortal Arrow, fazendo com que os dois caíssem fora do ringue. Por fim, os dois ainda tentavam derrubar um ao outro, mas a troca de socos foi mais intensa. Logo o juiz mandou interromper a luta.

Vencedor: No contest

Denner e Dan instauraram um brawl intenso dentro do ringue. Eis que a GM Rita Bunny surge na stage com um microfone na mão. Ela chama os The Boys Scouts para separar a briga.

-Intervalo-

Na volta vemos Johnny Waterfall nos backstages entrevistando Luke Miller. Waterfall pergunta o que faltou para vencer a Ladder Match na semana passada. Luke diz que o que faltou foi não ter prestado atenção, visto que Glock lhe atrapalhou na sua escalada para o título. Luke ainda diz que vai se vingar de Glock por ter se metido no caminho, exclamando: “I FIGHT FOR REAL!” Neste momento Glock surge olhando para Doc, dizendo que Luke fala muito, mas que pouco faz e que se há alguém que merece uma vaga pelo título de Caio é ele por ter mais experiência e mais força. Luke retruca dizendo Glock é incapaz de ameaçá-lo e diz que experiência pouco importa e que ele é quem vai roubar os holofotes. Então Luke se retira indo a caminho do ringue, pois sua luta era agora.

Singles Match – Kevin Jones vs Luke Miller

Uma luta bastante equilibrada, com ambos os lutadores arriscando golpes bem ousados. Kevin fazia de tudo para obter vantagem contra Miller, seguindo uma sequência de Mongolian Chops e Bulldog e também quando escapou de um Protobomb e aplicou um Rolling Fireman’s Carry Slam que jogou o Mr. Phenomenal para fora do ringue. Luke sentia as costas após esse golpe. Mesmo assim, o mesmo se baseava no seu moveset para dominar a luta. O tempo foi essencial nesse combate, pois foi quando Jones se preparava para um Slingshot Somersault Senton que Luke conseguiu aplicar um estrondoso Powerbomb que quase deu-lhe a vitória. Aos 15 minutos de luta, Kevin escapou de um Switchblade e foi rápido ao aplicar um Sweet Dreams. Contudo ao fazer a cobertura Kevin se apoiou nas cordas. O juiz Jonathan Barber logo interrompeu a contagem, o que deixou Jones furioso. Enquanto reclamava com o juiz, Miller se levantava aos poucos, esperando Kevin se virar. No fim, Luke pegou um desprevenido Kevin num belo e estrondoso Sweet Pain e logo em seguida aplicou o Switchblade para finalizar a peleja.

Vencedor: Luke Miller

Luke se levanta e comemora discretamente. Ele sobe num dos corners e faz um sinal mostrando que vai atrás do NWR World Championship. Ele desce e passa por Kevin somente olhando o estado em que o deixou. Eis que ele ergue Kevin e aplica um Mass Effect, deixando claro o seu recado.

-Intervalo-

Logo depois do longo intervalo a câmera corta para o ringue onde a música de Glock toca e o mesmo sua entrada. Em seguida toca Power Of The Sword, do Rhapsody Of Fire e Krauser Daniels acompanhada de sua filha Rita descem a rampa.

Street Fight – Krauser Daniels vs Donatello Glock

Um bom combate para fechar a noite. Krauser como sempre demonstrou violência em cada golpe, punindo Glock, abusando de Kendo Sticks e Chair shots. Enquanto Glock procurava abusar da força e machucando principalmente as costas de seu oponente. Num momento da luta, Glock pegou Krauser desprevenido e aplicou uma série de German Suplex dentro do ringue. Em outra oportunidade, Krauser aplicado um Missile Dropkick, desceu do ringue e pegou uma mesa. Após ter montado ela, Glock ganhou tempo ao erguer Daniels e aplicar um Military Press Spinebuster. Ao longo do combate, Krauser achou brechas nos ataques de seu oponente, o que lhe deu chances para castigá-lo ainda mais no ringue. Uma dessas chances foi quando Glock tentou um Cannon Shot e Daniels, que estava com uma cadeira, aplicou um forte Chair shot que abriu o supercílio de Glock, dando tempo para fazer um Tilt-A-Whirl Headscissors. Outra chance foi quando Krauser havia jogado a cabeça de Glock contra o poste na ringside e pegou um Kendo Stick. Vendo que Rita estava perto, Krauser entregou o objeto para sua filha, pegou outro e os dois começaram a atacar Glock com força. O final da luta chegou quando Krauser aplicou um Con-chair-to em Glock, ergueu-o e aplicou um Face The Hell para finalizar a luta.

Vencedor: Krauser Daniels

O canadense foi amparado por sua filha para sair do ringue. Quando se aproximavam da stage, Across The Nation, do The Union Underground toca e Caio aparece com o NWR World Heavyweight Championship na sua cintura. Krauser vai até Caio para encará-lo, dizendo que ele ia pegar esse título para ele. Caio responde erguendo o seu título e antes que Krauser tentasse algo, Rita separa os dois, levando seu pai para os backstages.

FIM




"Lembre-se de toda a tristeza e frustração e deixe-a ir."

    Tópicos similares

    -

    Data/hora atual: 18.08.17 4:01