Prome Aqui!

Compartilhe
avatar
VBB

Mensagens : 57
Pontos : 77
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/07/2014
Idade : 20

Re: Prome Aqui!

Mensagem por VBB em 31.05.17 0:04

*Uma filmagem se inicia, e nela esta Johnny Waterfall nos corredores da NWR ao seu lado esta Krauser Daniels e estão prontos para começar uma entrevista.*

Johnny Waterfall: Olá companheiros ligados na NWR, estou hoje aqui nos backstages do for victory e acabo de me encontrar com Krauser Daniels a Fênix e com certeza todos nós estamos ansiosos para te ver lutar esta noite. E então Krauser, hoje irá acabar com essa como estão chamando maré de azar

Krauser Daniels: Sim Johnny, hoje a maré se vai e os tesouros que a correnteza trouxe irão surgir na areia da praia. Hoje enfrento a nova intercontinental Champion e é minha oportunidade de mostrar qual o meu real nível e acabar com toda essa chacota de jobber ou férias.


Johnny Waterfall: Esperamos que sim Krauser, e aliás sua oponente será Lady, quais a expectativas na hora de enfrentar uma oponente que tem crescido tanto ultimamente?


Krauser Daniels: Johnny eu vejo tudo realmente como uma oportunidade. Quando perdi para lady em um combate entre eu, ela e Caio muitos falaram sobre minha falta de experiência em combate ou de maturidade, sendo essas duas coisas que simplesmente não faltam em mim e minha experiência que deveria ser meu maior trunfo deve ser respeitada. Só infelizmente parece que Lady esqueceu de sua luta, afinal ela anda mais preocupada com Narkissa e King do que em conhecer seu limite, que no caso sou eu.


Johnny Waterfall: Oque quer dizer com isso?


Krauser Daniels: Eu não sei exatamente oque houve? É excesso de confiança? Ela simplesmente desistiu? Eu não entendo, ela deve achar que vai enfrentar aquele Krauser que anda perdendo e tudo mais, será que eu decai tanto a esse nível de ser algo perto do insignificante? Ela esta com a cabeça em outros problemas enquanto deveria pensar no grande pássaro de fogo que está se erguendo de dentro de um fundo poço. Eu podia parecer nada a uma semana atrás mas Lady você não tem ideia do desafio que foi posto a sua frente. Estou cheio de vontade de me levantar e você é minha pista de vôo, infelizmente passarei por cima de você correndo.


Johnny Waterfall: Parece confiante Krauser, desejo boa sorte para você.


Krauser Daniels: Eu nao preciso de sorte, toda a sorte já me foi dada. Oque eu preciso agora e de força e sinto como se transbordasse força de meu corpo. Minha força de vontade sobe como o fogo quando bate o vento e nada vai derrubar essa chama.


Johnny Waterfall: Algo mais para dizer a sua oponente ou para seus fãs?


Krauser Daniels: Claro.


*Krauser pega o microfone da mão de Johnny.*

Krauser Daniels: Atenção a todos, fãs, adversários, amigos e principalmente Lady! Vocês já me conhecem  como a fênix, e a partir de hoje verão mais uma vez um renascimento. Esta faltando adversários de peso para os grandes figurões da empresa e quem não acha que Krauser Daniels é mais que capaz de ocupar esse espaço? Ninguém! O mesmo exato número de pessoas que pode me impedir de ter o lugar na empresa que é, será e sempre foi meu. Vencer a intercontinental Champion será apenas o início, coisa de aquecimento mesmo. Eu tenho alvos e logo serão vítimas. O demônio esta aqui e é melhor se acostumarem ao novo medo frequente das suas vidas. EU!!


*Krauser devolve o microfone.*

Johnny Waterfall: Obrigado pela entrevista Krauser.


Krauser Daniels: Obrigado você pela oportunidade de palavra Johnny. Nos vemos para falar de minha vitória outro dia.


*Krauser se retira balançando seu sobre tudo ao vento.*

Johnny Waterfall: Então é isso amigos, a fênix não parece estar para brincadeira. Confiram a desfecho de todas nossas lutas no nosso próximo for victory desta quarta. Abraços.


*Fim de transmissão. O vídeo foi postado no site da NWR.*



Like the Phoenix I rise
From the ashes of life
I don't need fortune or fame
Just some peace of mind

avatar
Lady of wrestling

Mensagens : 68
Pontos : 77
Reputação : 11
Data de inscrição : 19/02/2017

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Lady of wrestling em 31.05.17 0:49

Entra a vinheta do Lady show, novamente o clima do programa ainda de festa, mas dessa vez tudo estava posicionada, ainda com os cartazes que Lady recebeu dos fãs e também vários brindes, destaque para um Ursinho de pelúcia com a mascara dela

- Primeiro gostaria de agradecer todos os fãs que tem me apoiado incondicionalmente nos desafios que estou enfrentando aqui na NWR, vocês tem me dado força para continuar lutando e nunca desistir.

logo aparece a imagem de Krauser

- Meu adversário no próximo For Victory, sabe ele é bem confuso, em uma mesma frase ele faz 2 elogios e 3 críticas a sua pessoa e no final diz que vai derrotar facilmente, eu reconheço o valor e a história de Krauser, não é a toa que ele ganhou o Royal Rumble, e sei que estou em uma fase melhor que ele, mas mesmo assim não tenho nenhuma certeza de minha vitória, por isso não fico falando isso, esperamos que podemos fazer um grande espetáculo em cima do ringue, e o Valugi sempre falava quanto maior a altura, maior a queda.

Lady andava de um lado para o outro

- Na verdade você tem um problemas de personalidade também não é Krauser, em um momento você foi todo engraçado e sinceramente eu ri muito, quando analisou o vídeo do King, ai você me defende e depois me chama de merda, Que sua problema, tiene alguna enfermedad o eso y usted mismo? Me desculpe, sim eu falo espanhol ou meus pais adotivos são mexicanos.

Quando falou isso uma pessoa da produção chamou Lady mostrando um vídeo que Narkissa estava gravando

- Não acredito que a desgraçada fez isso

A Luchadora abandonou o Lady Show, pegou o primeiro Taxi e indicou o endereço do orfanato, e começou a ligar, da primeira vez ninguém atendeu

- Meu deus, que não aconteça nada com mis padres

Da segunda vez que ligou uma voz familiar atendeu

- madre ¿estás bien?

- Tarde demais Anjinha

- Sua louca que você aprontou?

- Porque não vem conferir de perto

As risadas de fundo de Narkissa eram escutada por Lady se desesperaria

- TAXI VÁ MAIS RÁPIDO E QUESTÃO DE VIDA OU MORTE

O motorista acelerou em chegou em poucos minutos, saia do carro como se fosse em câmera lenta, e como vinha o tempo passar a fumaça ainda estava forte no local, os bombeiros já tinham chegado e apagado o fogo do local, devido a toda a confusão e parecia não ter sido percebida por ninguém, ainda até onde estavam as cinzas do orfanato e do corpo das pessoas, me ajoelhava no local e chorava copiosamente, para mim aquele eram os meus pais, era minha identidade, era parte da minha vida sendo queimada em um piscar de olhos por um verdadeiro demônio, me sentia até um pouco culpada, não tinha levado as ameaças de Narkissa a serio, ela passou de todos os limites nesse momento e por isso chorava ainda mais, mas logo o tempo das lagrimas passaria e a sede de vingança chegaria, sim sou uma heroína, mas inclusive heróis são humanos e tem seus momentos de descontrole, e sim Narkissa tinha atingido onde mais doía em mim, onde mais me afetava o meu passado, e meus poucos familiares, e será que ela realmente sabia o meu nome, nem mesmo eu seu meu nome original, não podia mais duvidar de nada vindo de Narkissa, ela tinha provado seu ponto faria de tudo para me desestabilizar e sim ela estava perto de conseguir

Uma repórter reconheceu lady de joelhos e se aproximou a luchadora ficava calada enquanto a repórter fazia várias perguntas, ela mudou sua feição pela primeira vez deixava a raiva dominar seus sentidos e olhou para câmera e falou algumas palavras

- Narkissa, não sei se era isso que você queria, mas você vai se arrepender do resto da sua vida desse ato, foi sua declaração de morte dentro daquela cela, se eu não fizer nada antes, esteja atenta, a vingança de uma Anja pode ser pior do que você pensa.

Logo depois me aproximei da pericia em busca de informações, mas os peritos disseram que ainda fariam os testes de DNA para ver quais eram as pessoas, nesse momento vivia um mix de emoções, tristeza da perda, raiva com vontade de descontar tudo em algo ou alguém, sim a Lady tava dentro de mim, a heroína ainda existia e me segurava um pouco, mas na verdade queria ver Narkissa morto e enterrada por ter passado de todos os limites razoáveis.

avatar
★ Bé ★
Admin
Admin

Mensagens : 362
Pontos : 916
Reputação : 493
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 22
Localização : Portugal

114º Promo

Mensagem por ★ Bé ★ em 01.06.17 8:55










 

 


Nwr/Bélindo.com


Bé está a gravar um video, ele está em frente de um aquário gigante, o seu novo cenário no qual ele gosta bastante, num local que parece meio abandonado, e só estava ele, com as costas encostadas no vidro e de braços cruzados.





Filipe Bé: Com que então. Vejamos. Finalmente foi liberado o card do proximo Ppv. E não só isso. Tive um confronto, bem direto com o nosso amiguinho Devon.


Filipe Bé: Que posso eu falar? Perdi um combate. Tudo bem. Apenas falhados se vivem lamentando de combates que perdem, ao invés de ir lá e fazer melhor da próxima vez, né Krauser? Né batata com câncer?


Filipe Bé: Não digo que devem ignorar derrotas que nem o ex-campeão fazia, mas ficar chorando disso ou com o negocio de se elevar, isso não existe por aqui. Tu ou ganha, ou perde. Ou volta a fazer a mesma asneira, ou vai lá fazer melhor. Espero que tenha apreciado sua ultima vitoria sobre Violetty...


Ele descruza os braços e passa com a mão direita pela cara.


Filipe Bé: Espero que tenha apreciado, como se fosse a unica vitoria que já alguma vez pode vir a ter. Porque acredita, pisando na minha Chamber, é bem capaz disso acontecer. Está preocupado por falar que vou vencer? Sabe o que acontece? Sabe a diferença entre mim e você?


Filipe Bé: Eu venço, quando eu falo que venço. E eu venço quando eu preciso de vencer. E eu falo isso somente quando tenho a certeza. Tu é exactamente o oposto. O reverso de mim. Só vence, quando definitivamente não deve vencer.


Ele continua a passar com a mão na cara e faz um sorriso meio sarcástico.


Filipe Bé: Já existiu um campeão melhor do que eu? Será? Cade ele? Porque até agora, estou ainda a procurar o vencer. Mas ele em 6 meses, ainda não deu as caras. Não julgue que as coisas vão melhorar sozinhas. Não julgue que esse campeão no qual foi melhor que eu, vai surgir do nada para me vir derrotar.


Filipe Bé: Porque serei eu quem o vai derrotar a ele, mesmo que tu faça o milagre de aparecer com ele. Esse é o ponto. Eu não quero que revivas Krauser. Eu quero que acordes.


Ele tira o cinto que tinha da cintura, ele o mostra para a câmara.


Filipe Bé: Não se esforce com palavras vazias e xingamentos sem noção, só porque precisa de responder aos meus. Só para com esse negocio da fénix, eu acho que tu não engana nem tu próprio com isso. Quer ser uma fénix? Para de se comportar como uma Galinha.


Filipe Bé: Dizem que Galinhas são descendentes de dinossauros, como nunca reparei na ligação antes... Quer me esmagar? Não tem medo de mim? Creio que estamos a começar a falar a mesma língua? Olha para mim Galinha.


Bé levanta os braços para o lado, segurando o cinto com a mão esquerda.


Filipe Bé: Eu estou melhor. Eu estou muito melhor e mais forte, eu sou muito melhor e mais forte do que qualquer Bé ou lutador no qual já enfrentas-te. Mas eu não fico por ai. Eu estou a melhorar, a cada dia que passa, a cada momento, a cada altura.


Filipe Bé: Ao contrario do nosso antigo papagaio, eu não proclamo ser o melhor. Mas podem ter a certeza, que eu estou a trabalhar para o ser. Quanto a ti? Não precisa de ter medo para tomar uma surra, alias... Sabe disso melhor do que ninguém.


Filipe Bé: Eu estou a chegar no auge da minha carreira inteira. Eu nunca estive em tão boas condições em toda a minha vida. Então e tu? Nem sequer tens um Pc para ver meus videos em condições eu aposto. Já deixou a internet de escada ai de lado? Já pensou em instalar o Google Chrome ao invés de usar o Internet Explorer?


Bé mostra um ar pensativo.


Filipe Bé: Talvez deve-se se retirar para a reforma, iria ganhar mais e tem um lugar no hall of fame garantido ao lado do anão do Denner. E não ficaria aqui atrapalhando as Chambers dos outros.


Bé se volta a encostar no vidro antes de falar sobre o proximo oponente.


Filipe Bé: Devon... Bem... Eu se calhar deveria admitir. A sua prestação no ultimo show foi... Admirável. Sei que foi importante para ti ele. Mas infelizmente foi completamente irrelevante para mim. Meu foco neste momento é o proprio PPV.


Filipe Bé: Mas me fala, como se sente após o ultimo show? Me refiro... Eu sei que deve sentir algumas dores das cadeiradas que tomou... Mas me refiro não fisicamente? Está frustrado? Está calmo? Pronto para sofrer pior no evento?


Filipe Bé: Já cansou de actuar como um pequeno herege e vai finalmente encarar um desafio grande como um homem? Esperemos que sim. Porque se eu não tive-se lá dentro, tu seria um potencial vencedor. Mas como eu mesmo me exponho a esse combate... Esperemos que as fãngirls não fiquem chateadas se eu arrancar seus cabelos e te deixar careca no evento. (xD <3)


Bé se desencosta do vidro, ele se afasta um pouco enquanto olha um pouco fixamente para o aquario. Porem pouco tempo, ele se volta a atenção e se aproxima um pouco da câmara.


Filipe Bé: E eis que surge um nome que eu realmente não estava ah espera de ver na chamber. Minha maravilhosa Sereia.


Bé fecha um pouco os olhos, como se não estive-se preocupado porque iriam lutar, mas sim mostra um ar meio feliz.


Filipe Bé: Decidiu firmemente me fazer companhia nesse grandioso evento. Ela me mostrou meu caminho, sua voz é musica para meus ouvidos, e suas ações dentro da cela, darão um otimo contributo de sangue, tenho certeza.


Filipe Bé: E só mesmo a presença dela, me vai tornar ainda mais forte. Nossos deuses ficam felizes, por podermos fazer historia juntos dentro da cela. E independentemente qual de nós vença, o evento será algo grande. E eu mal posso por mais uma linda noite com sua companhia.


Bé se volta a afastar um poquinho, ele coloca a mão no vidro se apoiando.


Filipe Bé: E sem esquecer que a nossa Popota estará dentro da cela também... Pois é. O evento ficou cada vez mais sério. E embora eu goste de rebaixar ele, todos sabemos que ele é um lutador de topo. E o lugar que ele preenche na chamber é... Essencial.


Filipe Bé: Mas esperemos que não fique demasiado arrogante. Porque pode ter a certeza que não irá sair da jaula com a minha coroa. Vai buscar a sua de volta, vai se foder. Esse é minha.


Bé abraça o cinto.


Filipe Bé: Minha...


Ele continua abraçado ao cinto mundial durante alguns momentos. E depois o volta a baixar.


Filipe Bé: E vejo que ele e Krauser trocaram algumas farpas, não cometam um erro de novato ao se distrairem um com o outro e esquecerem do verdadeiro perigo. Não esqueçam de quem vos vai vencer aos dois, do unico campeão mundial aqui.


Filipe Bé: Terão tempo de se matar depois. Mas por enquanto, se querem ter algumas chances de vencer, se foquem em quem devem vencer. Eu.


Filipe Bé: Com isso dito... Acho que não me esqueci de ninguém que está na chamber pois não?


Ele começa a pensar um pouco, aparentemente tentando se lembrar de alguém, mas sem sucesso.


Filipe Bé: Bem... Esqueci de ninguém não. Esperemos novidades, tenho trabalho por fazer agora. Mais tarde irei criar mais videos falando de outros assuntos. Por agora é isso.


Ligação se encerra.

 


 



Skull The Goat came back for one last dance. Skull
avatar
King

Mensagens : 83
Pontos : 97
Reputação : 16
Data de inscrição : 12/01/2017

PROMO # 51 - DOCES PALAVRAS IRLANDESAS

Mensagem por King em 01.06.17 12:32

TEXTO PUBLICADO EM NWR.COM/KING

Olá meus queridos súditos. Eu estava no hotel após minha declaração pública de que deixarei o Intercontinental Championship, de lado, para entrar na jaula da tortura e ser o novo NWR Champion que a empresa merece na atualidade. Pelo visto, após os resultados apresentados na noite de hoje, bem como alguns vídeos postados, percebo que mexi na caixa de marimbondos e que alguns resolveram me ferroar, divirtam-se com estas ferroadas porque não estão tendo efeito algum.

Krauser Daniels, continua a me insultar e agora me chama de medroso. Para início de conversa, você só pode estar fora de si ao se nomear “o limite” de alguém. Você ficou em coma enquanto eu reinava, está visivelmente fora de forma e depois de sua vitória no Royal Rumble, o que produziu para o bem da NWR? Então, nobre capetinha, volte ao seu melhor porque do contrário será massacrado por qualquer um do Roster e verá o Main Event do Clash of Revolution de algum hotel barato de beira de estrada. E por que não desafiei Violetty? Porque não o quis, apesar de saber que encarar a bruxa seria o Main Event que esta empresa precisa para o Clash of Revolution, você é booker? Então colega, ponha-se em seu lugar e faça algo de útil ou do contrário será um Morrice da vida.


Lady e Narkissa, aproveitem que estou em um patamar maior e se divirtam na divisão que engradeci durante aproximadamente 3 meses e derramem sangue na disputa pelo meu eterno cinturão. Quem sobreviver de vocês duas, pode me esperar tranquilamente que irei a caça deste cinturão, quando e onde me convier; não irei cair no erro de entreter os fãs em uma estipulação de luta qualquer. Como disse James Carter, não vou brincar de casinha com vocês, basicamente isso que ele quis dizer ao me confrontar no backstage do último For Victory.

Aproveitando que foi mencionado, James Carter, espero que esteja sorridente porque os médicos da NWR terão muito trabalho no próximo PPV. Independentemente de quem entrar naquela jaula, eu vou para vencer a qualquer custo. Eu estou em modo insano, então, podem me agredir o quanto quiserem, que não passarão de cócegas em meu corpo. Nem mesmo as palavras terão o poder de adentrar minha alma (se é que tenho uma de agora em diante), King Armstrong se reinventa mais uma vez e aceita o desafio proposto pelo GM: deixo de brincar com as bonecas, na realidade apenas uma a outra é farsante, e vou para o nível adulto (apesar de estar procurando por eles até hoje). Entenda, não preciso bater mais em pessoas para provar meu ponto de vista e nem puxar saco de ninguém para alcançar objetivos, só preciso de mim mesmo para ser o autêntico campeão que esta empresa merece.

Violetty e Maverick, espero que estejam motivados para adentrarem na câmera de tortura, porque eu estou! Violetty é a única Impact Champion, mas não tem tido desafios a sua altura, o que torna uma divisão obsoleta nos tempos atuais, mas isso não a desqualifica como lutadora e estarei de olho nas suas bruxarias dentro daquele ringue, tenha convicção disso e dependendo do que acontecer depois, podemos brincar nas fogueiras de Beltane. Devon é um velho conhecido e achei que fosse queimar a bruxa, porém, ele resolveu cobiçar um tesouro maior; que assim seja. Já viu várias facetas minhas e terá o desprazer de encontrar mais uma delas em uma forma insana, por assim dizer, sendo assim, bons hematomas para ti.

Por último, não menos importante que os demais apesar de o ser na realidade, o atual NWR Champion. Uma família feliz, cheia de harmonia, paz, prosperidade e amor. Até quando vai brincar de casinha ao invés de ser aquilo que a NWR precisa? Lutou tanto para conseguir o cinturão e no momento não tem feito nada além do que brincar de casinha feliz. Espero que no PPV, eu tenha a honra (não entenda como prepotência ou arrogância, ainda mais agora que não tenho cinturão algum) de ser o verdadeiro REI que a NWR precisa para expulsar o demônio no Clash of Revolution. Dor eu vou lhe causar, espero que seja o suficiente para ti derrotar e o fazer enxergar a realidade em sua volta. Não aceitei entrar nesta luta para trazer a paz, vou para trazer a discórdia e a guerra; está pronto para isso ou vai precisar de ajuda? Eu não vou me fuder, mas o farei comer grama como todos os demais que estão na jaula, bodinho.

Um texto objetivo, sem muitas frescuras, demonstra que não estou para brincadeiras e sim preparado para ser o novo NWR Champion; meus súditos, obrigado pela lealdade.

Hail to the King, Hail to the One.
King “Imortal” Armstrong
avatar
★ Bé ★
Admin
Admin

Mensagens : 362
Pontos : 916
Reputação : 493
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 22
Localização : Portugal

3º promo

Mensagem por ★ Bé ★ em 01.06.17 14:17









 

 


Dias antes do ForVictory20.


Está Jigglypuff saindo de um aeropoto, ele esta vestido um grande casaco com capuz e está a segurar uma grande mala de viajem. Ele está a caminhar e ele sai fora do recinto, ele entra dentro de um taxi. Ele dá algumas indicações, ao que parece ele está em Cleveland, local onde iria suceder o ForVictory20. Ele chega no seu destino, o edifício oficial da Nwr.


Ele passa pelos corredores da Nwr até chegar ao escritório do Gm, ele entra sem sequer bater ah porta. James Carter estava do outro lado da secretaria mexendo no computador, ele desvia lentamente o olhar para cima para olhar para ele. Jigglypuff se senta na cadeira do outro lado, se coloca de um modo comodo e sorri para James.


 


Jigglypuff: James! Quanto tempo! Teve saudades?


James: Não...


Jigglypuff: Ahhh, que isso. Não se faça de difícil. Vá lá, admita que é bom ter me de volta!


James: O que vieste sequer aqui fazer?...


Jigglypuff: Brigas, problemas, as coisas do custume. Ué, não estava a procura de novos talentos? Então tou aqui. Onde eu assino?


James: Eu não tou a procurar ninguém... Assinar o que?


Jigglypuff: O meu contrato?


James: Porque deveria eu te dar um contrato?


Jigglypuff: ...


James: Olha, eu só não quero problemas, não mais do que aqueles que eu já tenho.


Jigglypuff: Desde quando eu fui um problema?


James: Tu achas que eu ainda me esqueci do escândalo que tu e o meu filho aprontaram por causa de um sutiã? Ou daquelas vez que tentas-te assumir o cargo de Gm sem a minha autorização? Ou... *Interrompido*


Jigglypuff: Ahhh, sério que tu ainda me vota a cara aquilo do sutiã? Isso já foi ah quanto tempo? 2 anos? 3?


James: Vocês se comportaram como crianças...


Jigglypuff: James, eu e Liza eramos mais proximos que você imagina. Mas que importa isso? Eu já não me desculpei? Não está lá atrás no passado? Aguas passadas não movem moinhos.


James: Problema é que ainda nem metes-te aqui os pés, a internet já está cheia de coisas sobre tu e a minha campeã Impact... Eu tenho outras mulheres aqui... Campeãs. Que representarão a empresa. E que vão precisar de manter uma boa imagem.


Jigglypuff: James, não sejas tolo vovó. Acha que alguém liga para isso? Bé, acha que ele se importa com isso? Ele pode ter cometido os seus erros, mas é mais influente em 2 semanas mesmo acompanhando com as "bruxas", do que o antigo Caio em 131 dias acompanhado apenas com Johnny e pessoas da empresa.


James: Ah, e eu devo fazer o que? Deixar minhas campeãs sendo mal faladas por ai? Sendo chamadas de vadias?


Jigglypuff: Veja como fala... Afinal você também tem um menina... E Samanta também não era tão santinha não *Interrompido*


James parece ter ficado muito frustrado do nada, e ele bate com força com a mão na mesa, ele toma um impulso e de um modo agressivo com a mão esquerda, puxa Jiggly pelos colarins da camisa com força e o magoando. E com a direita dá um tapa no rosto do lutador.


James: Não voltes a tocar no nome da minha filha!


Jiggly não fala completamente nada mais. Ele só fica parado, não muito chocado com a atitude de James, porem quieto.


James: Ela não é como vocês... E ela não é da tua laia.


James parece se acalmar, como óbvio Jiggly mal reage ao impulso dele. Ele só continua a falar calmamente.


Jigglypuff: Desculpa James... Estou a mais? Esta já não é mais a minha casa? Então eu vou embora. Não precisa de ter um ataque de stress... Não vim incomodar ninguém.


James se mostra um pouco arrepeso de sua atitude, ele larga o Jiggly que volta a cair na cadeira. Ele se senta também.


James: Junior, um amigo meu, me fez prometer um dia... Ele queria que eu toma-se conta de ti. Como posso fazer isso, se tu nunca paras-te sequer quieto? Nunca aceitas-te um emprego aqui atrás como o teu irmão? Nunca quises-te ter uma vida normal?


Jigglypuff: Eu não quero uma vida normal... E eu sei me cuidar sozinho... Está com medo daquilo que eu posso causar com Robert? Tem medo que ele me magoe naquela divisão?


James: Não, não sabes. Me deixa falar um pouco sobre o teu pai. Tu eras somente, isso, um jovem, uma criança, com sonhos e aspirações. Tal como todas as outras. Teu pai te levantava no colo e ele falava para mim.


James: "Estás a ver esse menino?" "Esse será o teu futuro campeão". E tu foste crescendo. Ficas-te grande e forte tal como o teu pai. E nos primeiros eventos eu escolhi a dedo oponentes ao teu nível. Schimuza e Ted Barbera. E tu realmente conseguiste vencer eles. Os dois.


Jigglypuff: Sim... Eu venci.


James: Mas o sonho infelizmente teve que acabar. Outros lutadores fortes entraram na jogada, e tu acabas-te por perder o titulo, na tua primeira defesa, porque enfrentas-te Krauser Daniels.


Jigglypuff: Não me tente dizer que o meu reinado foi uma mentira... Porque eu derrotei os meus oponentes. E eu o fiz, sozinho.


James: Não. Pessoas podem sobreviver sozinhas. Mas não podem viver sozinhas. Tu sempre foste um jovem com um grande potencial. Porem a tua altura ainda não chegou.


Jigglypuff: Então quando vai chegar? Só tem um jeito de treinar, de aprender, de conseguir ser aquilo que quero ser e é aqui, a combater eles todos. Não me diga que eu nunca fui um bom campeão. Porque eu FUI. E eu ainda posso vir a ser.


James passa com a mão no rosto enquanto ouve o Jiggly com alguma atenção.


Jigglypuff: Eu não tenho medo de psicopatas, ou gigantes, ou zombies. Eu quero o meu merecido lugar de volta. E agora? Eu quero ele contra Robert.


James acena que "não" com o dedo indicativo.


James: Achas que eu me iria perdoar a mim mesmo do que te pode acontecer se enfrentares Robert? Achas que o teu estado não vai pesar na minha consciência?


Jigglypuff: Quer que eu fique forte? Me deixa lutar. O que não me mata, me torna mais forte.


James: E quem disse que Robert não te pode matar? Lembra do que o Denner fez com o teu pai? Acha que este tipo de situação é algo simpels de se lidar?


Jigglypuff: Bem. Eu prefiro morrer a combater. Do que viver mais um dia olhando enquanto todos os outros roubam meu lugar aqui, na minha casa. Eu prefiro morrer lentamente ah base da porrada, do que viver mais um unico dia como um covarde. Não é uma decisão tua James. Eu agora sou um adulto.


Jigglypuff: E a unica coisa que deve pesar na tua conciencia, é o facto de eu não ter tido a chance de ser tão grande como meu pai foi. Porque tu não deixas-te.


Bé joga os papeis da secretaria para o lado, ele sai da sala deixando James bastante pensativo quanto a situação. Ele pega na sua mala a colocando as costas e abandona o local.


The End.




 


 



Skull The Goat came back for one last dance. Skull
avatar
♣ Kaoryy ♠

Mensagens : 92
Pontos : 86
Reputação : -4
Data de inscrição : 02/01/2017
Idade : 26
Localização : Hollywood

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♣ Kaoryy ♠ em 01.06.17 15:34



– Um Dia após o For Victory –

Ed inicia o vídeo e se senta ao meu lado! Eu estava completamente irritada com aquilo Bruno e eu não conseguimos fazer nada! Claro eu fiquei focada no que eu ia fazer com os dois apedeutas. E acabei que esquecendo que meu parceiro amoroso tem um problema com ciúmes e perde a noção o alias não consegue equilibrar a raiva e não se expressa bem, isso seria um grande problema e estava claro que eu não estou com paciência para ficar levantando moral. Sem falar que Ed estava com uma expressão abalada devia ser pelo que sua família anda passando.

Carrie: – É melhor você mudar está impressão não quero ficar perdida no que eu irei falar.  –

Olhava para Ed enquanto falava o mesmo deu um sorriso meio triste e aquilo me preocupava. Logo mudei o meu olhar para a câmera.

Carrie: – Olha que lindos os apedeutas venceram. E eu estou ligando? Claro que não a briga não era minha só fui fazer a burrada de apoiar o meu companheiro amoroso numa idéia maluca! A Lheguelhé sentiu as dores e... Enfim vocês viram no que aconteceu! –

Edward: – Vai falar como fala nos tribunais agora? –

Carrie: – Algum problema com isso Ed? –

Edward: – Não! –

Carrie: – A que bom! Voltando ao assunto... Focando um pouco no Apedeuta eu vi um monte de histórias, são bem criativas e olha consegue atingir profundamente alguém com preparo psicológico fraco! –

Edward: – Está falando que o psicológico do Bruno é fraco? –

Olhei para Ed seria com uma expressão irritada, eu não tinha terminado e não queria ser atrapalhada.

Carrie: – Por obsequio, eu gostaria de pedir a você que não pratique nenhuma em qualquer cena profana durante um determinado tempo! –

Edward: – Eu acho que já entendi! –

Dei um sorriso antes de continuar com um ar de satisfação!

Carrie: – E Apedeuta eu não minto! Eu não vou dizer que amo o Bruno por que seria ilusão e mentira. E somente idiotas se iludem sozinhos. Mas isso não quer dizer que você venha com essa sua prosopéia flácida para acalentar bovinos. –

Terminava de falar com um sorriso.

Carrie: – E não espere que eu vá mentir, nem você, nem a Lheguelhé, nem mesmo o meu companheiro amoroso pense que eu vá mentir. Eu não minto... Posso tentar mentir, mas isso jamais vai acontecer... –

Até por que Ed iria fazer papel de pai, já é duro agüentá-lo e está longe de meus princípios. Ou do que eu sou eu queria era esganar alguém ate a morte, porem não poderia fazer isso!

Carrie: – E não pense que eu vá defender Bruno por que ele tem boca para falar e se defender da mesma forma que o tenho só precisa falar algo que seja construtivo. E claro mudar essa expressão de pessoa deprimente da qual eu escolhi ser o meu companheiro amoroso! –

Edward: – Ele só está triste apenas! –

Eu abaixei a cabeça e peguei um copo com água e bebi a metade do copo para manter a calma, melhor dizendo tentar, já era difícil tentar ser gentil principalmente com alguém que diz estar feliz contigo e parece que nunca esta feliz...

Carrie: – Ed querido… Por obsequio eu gostaria de pedir novamente que você não me interrompa. Ok? –

Antes que o mesmo me respondesse olhei para a câmera.

Carrie: – O Apedeuta tem muitas coisas para falar assim como inventar... Poderia chamá-lo também de Presbiofrênico e lhe caiu muito bem! –

Carrie: – Mas antes… -

Carrie: – Querido Apedeuta, Eu gostaria de pedir a você que ingerisse determinado liquido que tange em suas mãos a colocá-lo na região inferior lombar da região glútea do seu corpo. –

O vídeo foi encerrado eu saia de cena.



Os dias vão passando devagar e as coisas encontrando seu lugar tudo muda, menos o que eu sinto por você

avatar
♣ Kaoryy ♠

Mensagens : 92
Pontos : 86
Reputação : -4
Data de inscrição : 02/01/2017
Idade : 26
Localização : Hollywood

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♣ Kaoryy ♠ em 01.06.17 16:34



– Um Dia após o For Victory – um pouco mais tarde!

Estava sentada no meu escritório lendo algumas papeladas, minha mesa estava cheia de pequenas pilhas de papeis, tudo para organizar e conferir, estava lendo uma pilha cuidadosamente tinha acabado de fazer um vídeo mais cedo, falando do meu combate anterior com os apedeutas, logo Ed entra mexendo na câmera, e se senta a minha frente como quem não quisesse nada.

Edward: – Você mal falou do Havoc no vídeo anterior. –

Não tirei a atenção do que estava lendo e nem percebi que estava sendo filmada.

Carrie: – Já falei o suficiente do Apedeuta! –

Edward: – Deveria ter falado mais, ter citado os defeitos dele! –

Carrie: – E parecer que eu estou inflando o volume da bolsa escrotal? –

Perguntei tirando os óculos e o repousando na mesa abaixando a mão direita ainda segurando o papel.

Edward: – Não claro que não! –

Carrie: – Então não tenho o que falar do Apedeuta! –
Coloquei os óculos de volta e voltei a ler.


Edward: – Mas você deveria comentar ele é o adversário do seu namorado... –

Carrie: – Não tenho nada haver com isso! Logo ele vai me usar para fazer a sua prosopopéia flácida para acalentar bovinos! –

Edward: – Você não deveria se posicionar a respeito dessas citações? Ele chama seu namorado de corno! –

Carrie: – Eu dou motivos? Claro que não... –

Tiro os ósculos novamente e coloco na mesa repousando os papeis no mesmo lugar começando a encarar Ed.

Carrie: – Se Bruno vai ter um combate importante contra o Apedeuta, é obrigação dele se defender, e atingir o Havoc da melhor maneira possível e vencer este combate caso contrário eu não posso fazer nada! –

Edward: – Não vai defendê-lo? –

Carrie: – Ele tem boca para que? Para falar que ele use, para se defender e atacar! –

Porém quando olhei para o lado vi que a câmera estava ligada e olhei para Ed que deu um sorriso sem graça.

Edward: – No próximo PPV você vai lutar novamente contra Dani! –

Carrie: – Que maravilha! Eu vou poder romper a face dela novamente! –

Edward: – Você só pensa nisso não? –

Carrie: – De fato meu caro amigo! Vai ser divertido vencê-la novamente. –

Carrie: – Vai ser lindo quando eu a derrubar com intenções mortais. –

Saia um sorriso do meu rosto enquanto eu falava, estava certa de que iria vencer novamente, afinal é muito bom não depender de ninguém principalmente a minha queridinha amiga!

Carrie: – Vai ser inegável a minha vitória! –

Edward: – Vai assistir a luta de Bruno? –

Carrie: – Sim eu vou! –

Edward: – Acha que Bruno vence? –

Carrie: – Depende. Se ele vai se doar para vencer esta luta! Provavelmente ganhe caso o contrário... A não me olha com essa cara! –

Ed estava ficando serio com a mesma expressão de quando ele vai me dar alguma bronca. Isso era inaceitável.

Carrie: – Não venha dar uma de meu pai ou de minha mãe, eu não vou mentir. Claro que vou torcer para que ele ganhe, mas... Eu não posso dizer com a mesma firmeza que eu digo que eu vou vencer. –

Edward: – Entendi! Não vejo nenhum problema pensar assim pelo menos vai apoiar. Vou deixá-la com seus afazeres. –

Ed desligou a câmera enquanto eu voltei ao meu trabalho.



Os dias vão passando devagar e as coisas encontrando seu lugar tudo muda, menos o que eu sinto por você

avatar
OrionStar

Mensagens : 62
Pontos : 78
Reputação : 6
Data de inscrição : 04/11/2015
Idade : 18
Localização : Paulínia, SP

Re: Prome Aqui!

Mensagem por OrionStar em 01.06.17 18:22

O falso herói

Vídeo postado em NWR.com/DevonMaverick

O vídeo começa exibindo a luta entre Devon e Filipe no último For Victory. Eis que a imagem começa a mostrar alguns chiados e distorces, mostrando o momento em que Devon é atacado por Filipe. O chiados tornam-se mais ensurrecedores até que eles param junto com a imagem que vai se escurecendo. Devon aparece com o seu taco de beisbol apoiado no seu ombro.

- Como as coisas são irônicas não é? O homem que mostrou respeito e confiante no meu trabalho me atacou sem mera dignidade. Num ato de covardia e de desespero para mostrar sua "superioridade", acaba por pegar uma cadeira e me atacar. Este homem que todos você idolatram esta do lado de ninguém menos que aquelas asquerosas irmãs Gardea.

- Primeiramente a vocês que estão vendo este vídeo, faço aqui o seguinte questionamento: É este o seu herói? Este é o homem pelo qual vocês escolharam idolatrar? É ESTE O HOMEM QUE VOCÊS ESCOLHERAM PARA LHE REPRESENTAR? ESTE É O CAMPEÃO DE VOCÊS? VOCÊS PESSOAS ME DÃO NOJO PELA SUA IGNORÂNCIA!

- Em segundo lugar, eu me dirijo a você, sr. campeão: Confiei nas suas palavras, acreditava que as coisas são dignas mas você foi covarde. Você sabia que eu fui melhor na luta, e que mesmo exausto pelo fato de ter feito um ótimo combate o senhor deu atenção para aquela medíocre violeta e me atacou. Deixou-se levar pela falsa fé de Gardea, você foi vendido pela fé em entidades demoníacas e resolveu me atacar. Isso é um absurdo magnífico, Filipe.

- É incrível como a convivência com as irmãs deixou-lhe mais ignorante. O senhor é visto como héroi, mas eu vou te contar a verdade: Você não passa de uma marionete. Apenas você não enxerga que é manipulado por Violetty e Narkissa. Não és herói de ninguém, não representa ninguém, você é um FALSO HERÓI! E falando de verdade, é triste ver alguém como você sendo controlado de forma tão fácil. Porra cara, caindo na lábia de "bruxas" - Disse de forma irônica - É de se lastimar.

- Agora, em terceiro lugar, a Elimination Chamber. Serei eu, Filipe, King, Caio, Violetty e Krauser. King e Caio conheço de outros carnavais, vai ser interessante encará-los mais uma vez, dessa vez fora da E-Fed. Temos Krauser Daniels, aquele que Filipe julga ser seu Nemesis e uma ameaça em potencial. Já encontrei Krauser nesta mesma empresa antes, num cenário onde ele era o campeão. Dúvido muito que Violetty vá bater em Filipe para ganhar. Ela não seria capaz de... não, espera, ela é sim. Ela é uma lunática. E por fim, o homem marcado, Filipe.

- Não nos resta mais obstáculos, já chegamos no palco principal! Todas as minhas atenções estão direcionadas naquela cela enorme. As farsas que aqui perambulam cairão, toda essa agonia morrerá e eu vou, finalmente, colocar as mãos no NWR Championship!

Devon então sai de cena e a imagem escurece.

--Fade-out--




"Lembre-se de toda a tristeza e frustração e deixe-a ir."
avatar
✡ MadameZombie ✡

Mensagens : 159
Pontos : 466
Reputação : 289
Data de inscrição : 31/12/2016
Idade : 21
Localização : Salém

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ✡ MadameZombie ✡ em 01.06.17 18:46

Vídeo postado no site oficial da NWR

O vídeo tem inicio com a bruxa de costas ela estava em uma espécie de gaiola de vidro quadrada estava completamente trancada lá dentro o ambiente era pequeno a mulher mexia os dedos barulhos estavam quebrando o silencio a câmera começou a rodar na volta da bruxa até mostrar que o barulho vinha de cabeçadas que ela estava dando no vidro o corte que recebeu na luta anterior estava aberto e sangrando o sangue escorria pelo rosto da bruxa e pingava ela estava arranhando como se tentasse sair dava socos fortes e abafados

– Gostaram da surpresa que tivemos parece que vou brincar com alguns sacrifícios...o demônio pode ter saído vitorioso dessa vez mas a bruxa ainda não foi queimada e está pronta para voltar e trazer todos para o meu jogo doentio

A mulher passava os dedos no sangue que escorria no vidro ela fazia uns desenhos eram umas bonequinhas mortas ela sorria enquanto brincava com o sangue

– Hereges dentro de uma jaula exceto um meu bode meu guerreiro o escolhido dos deuses para caminhar comigo pelas trevas nós dois vamos nós encontrar dentro desse horror sei como ficaria frustrado se eu pego leve então se prepare para ter a mãe das bruxas com todas as forças e faminta por almas os resultados não importam eu quero a destruição quero os machucar todos vão dançar ao som dos gritos dentro dessa cela agonizante a bruxa quer brincar com o demônio

Ela passava a língua no vidro lambendo aquele sangue estragando os desenhos ela gargalhou e foi para trás batendo as costas em outra parte da jaula

– Reizinho cadê o reizinho

A bruxa falava de forma baixa como se brincasse com King ela até mesmo colocava as mãos no rosto tampando a própria visão ela abriu uma fresta com os dedos

– Quer brincar com a bruxa? Eu gosto de jogos que tal aquele em que eu ganho no final? Esse é meu favorito o rei que abandonou a própria coroa e abraçou a loucura deveria ser digno do meu respeito e eu posso o respeitar mas algumas coisas ditas não podem ser esquecidas e dentro da nossa seita eu vou te mostrar o motivo de fugirem de mim assim como seu amiguinho inquisidor ele sabia onde estava se metendo e por isso correu mas agora ele vai me enfrentar minhas magias estão seguras não se preocupe rei louco eu quero apenas brincar

Ela falava com uma voz infantil fazendo um biquinho enquanto grudava o corpo naquele vidro passando a unhas a bruxa parecia querer morder alguma coisa mas apenas pegava o ar ela começou a rir

– Minha competição está bem baixo e como falei vou caçar um por um até achar um digno infelizmente não poderei brincar com Robert mas achou novas presas e devem ser dignas da bruxa os deuses estão felizes os sacrifícios foram escolhidos e eu vou caçar suas almas serão levadas pela bruxa vão ficar presos conheceram meus deuses os hereges queimaram

A mulher abriu os braços e arranhava as laterais daquele jaula o barulho era irritante da unha dela passando deixando as marcas e bruxa batia o corpo no vidro como se quisesse sair ela ia se debatendo atingindo cada canto com violência

– Vocês vão tentar fugir vão tentar correr mas eu vou os pegar o tempo da bruxa é agora e TODOS vocês pagaram a muito tempo não tenho uma competição decente a muito tempo estou faminta por sangue essa vontade de os machucar que corrói minhas veias os gritos que eu quero ouvir o ranger de dentes as trevas estão apenas olhando e eu vou jogar vocês no pior da minha mente vão consumidos pela minha doença sofreram a real dor não a dor física que vou os causar mas a dor mental os forçar a mostrar seu pior bondade será devorada e cuspida junto de seu sangue e corpos destruídos são apenas cascas descartáveis o que eu quero vai além da carne e dos ossos por isso terei que os dessecar abrir e arrancar a alma a vontade...os sonhos

Ela começava a dar socos no vidro com força enquanto gritava mostrando uma raiva descontrolada o vidro chegava a rachar a mão da mulher estava cortada e sangrando a cada soco não tinha saída o sangue escorria e ela continuava batendo a câmera chiava quando o barulho se espalhava pelo local que parecia uma espécie de laboratório abandonado

– ESCUTEM AS VOZES SEUS FILHOS DA PUTA DESGRAÇADOS EU VOU ACABAR COM VOCÊ SUAS ALMAS SERVIRAM DE BANQUETE PARA MEUS DEUSES

O grito da bruxa insana ecoava pelo lugar se misturando com os barulhos do soco e do vidro rachando o sangue espirrava no rosto da mulher que apenas passava a língua limpando

– Essas almas imundas serão a energia o alimento das trevas eu vou os sacrificar a dor causava não poderá ser esquecida a bruxa destrói a todos e enfim eu poderei estar no meu lugar ver os cordeirinhos ocupados demais com os próprios egos e as próprias brigas mas não esqueçam que vou estar lá e estou pouco me fodendo para as intriguinhas internas de vocês lá dentro a única briga é comigo e com vocês não vai ter nada além da brutalidade e do massacre eu não tenho nada a perder e muito a ganhar alguns estão lá para provar algo outros porque perderam algo meu bode para defender algo e eu? Hahahahaha estou lá para arruinar algo e vai ser a cara de vocês

Ela deu um último soco quase quebrando o vidro que era bem resistente o barulho ecoou e depois veio o silêncio a respiração da mulher estava ofegante e alta a bruxa passava o dedos pelas rachaduras que havia feito no vidro cortando o dedo

– Eu sou a rachadura no castelo de vidro que cada um construiu na base de opiniões na base de carreira ou na base do que quiser tudo pode ser destruído suas morais ou vontades as coisas mudam e eu mostrarei o caminho para a verdadeira insanidade o inferno da mente saber que fracassou saber que não pode ser capaz é isso que eu represento sonhos consumidos a mancha na carreira a luta que querem esquecer a mulher mais odiada na vida de vocês eu sou a maldita bruxa aquela que vai transformar a esperança em falhas e mais falhas serei o 3 na vida de vocês seus vermes

Ela gargalhava escorrendo o corpo pelo vidro ela sentava e estalava o pescoço depois os dedos parecia se preparando para brigar

– Matem a misericórdia se é que ainda existe isso em algum de vocês afinal muitos ficaram loucos lá dentro teremos o meu guerreiro o rei louco o vulgo demônio o inquisidor e o lixo....nenhum parece conhecer a luz e alguns forçam ela dentro de si o caso do nosso querido Devon que ainda não aprendeu a lição dele mais umas cadeiradas e ele pode vir a mostrar o verdadeiro “eu” dele mesmo que seja para fracassar no final

Ela levantou a cabeça um pouco batendo ela no vidro algumas vezes mas de forma leve a bruxa resmungava algo que não dava para entender até que ela olhou para o lado e sorriu como se visse algo que a agradou

– Não entre no meu caminho não me desafiem ou almas serão consumidas reinos serão destruídos carreiras marcadas pela desgraça da bruxa a marca da maldição está em suas almas o corpo não suportara a dor mas a alma me servira bem apenas lutem tenham força de vontade a esperança sempre foi um bom alimento para os tolos e meus deuses e caça é mais divertida quando ela corre e tenta fugir mas falha no final decepção é o tempero da auto destruição e quem não gosta de explodir uma bomba relógio? Vocês estão a um passo de cair no meu mundo sentir o que sinto podem achar que conheceram todo o caos mas matar animais queimar bruxas não é nada perto do meus caos suas almas penitentes enfim vão ser recolhidas para os meus deuses brincarem  a bruxa veio fazer o trabalho sujo e mostrar aonde devem ficar hereges aprendam comigo ser mal vale bem mais a pena mostrarei isso quando caírem aos meus pé um a um meras marionetes que acham que perderam as cordinhas porém para isso acontecer o show tem que acabar e estamos apenas começando

A mulher se levantou e ia seguindo a câmera com os olhos ela sorriu de lado com crueldade

– Acham que eu estou presa com vocês?

Ela ria e a câmera chiava perdendo a imagem quando voltava a bruxa estava do lado de fora da jaula e quem estava dentro era a câmera a bruxa colocou a mão no vidro aproximando o rosto

– Quem está preso comigo são vocês

Ela passou a mão pela vidro descendo deixando um leve rastro de sangue e foi andando de costas encarando a câmera  a risada dela ao longe terminava o vídeo


Vídeo encerrado



♦ Legion Rules! ♦
avatar
☢ Troublemaker ☢

Mensagens : 38
Pontos : 122
Reputação : 84
Data de inscrição : 02/04/2017
Idade : 21
Localização : Troublelandia

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ☢ Troublemaker ☢ em 01.06.17 21:24

Vídeo postado no site oficinal da NWR

O vídeo tem inicio com o homem dando risada enquanto via um vídeo de uma poodle com medo de uma barata a cadelinha ficava pulando e fugia Havoc estava com o pés na mesinha de centro ele parecia estar no primeiro lugar que gravou os vídeos era uma sala com as paredes pichadas incluindo o nome do lutador ele desligava a tv velha e toda ferrada

– Engraçado dos poodle´s num geral é que eles latem e latem mas na hora de morder se mijam todos no caso da minha Poodle ela apenas se caga porque se mijar é muito pouco pra ela que nunca cansa de passar vergonha

Ele deu de ombros ele pegava o título do chão e jogava no sofá ao lado dele o homem se arrumava naquele sofá velho que parecia que ia quebrar toda vez que ele se mexia

– Você perdeu e ainda se acha no direito de chamar alguém aqui de alguma coisa além de campeão? Você devia ir voltar pro seu escritório quem sabe nisso você é boa ou usa essa boca pra outra coisa além de bostejar..tenho um presente pra você

Ele se levantou e sumiu por uns segundos barulhos de coisas sendo reviradas era mostrado o homem voltava e se jogava no sofá ele mostrava um tufe de cabelos loiros e ficava jogando de uma mão para outra brincando

– Tá fazendo ai? Você deve estar igual aquelas bonequinhas de lojinha barata que tem pouco cabelo ai prende num rabo-de-cavalo e fica careta a trás hahahahaha mas o lado bom é que pulga você não tem ou menos não vi nada disso aqui

Ele ficava analisando os fios loiros e depois jogava para trás batendo as mãos limpando

– Tá boa da garganta pra quem gritou tanto por ajuda e a Dani ou melhor a lheguelhé que salvou essa sua cara de puta com aids então acho que ter um pouco de consideração pra única pessoa que se importa com você seria legal e eu espero que no PPV ela me faça o favor de fazer você se demitir assim paro de ouvir seus latidos toda vez que perde o que é sempre fica ai fazendo mais papel de palhaça que o Gé você é uma vergonha e agora cismou de ler um dicionário? Uma advogada com apenas um argumento? Me diga você trabalha aonde? Quero saber qual o puteiro que você dez o doutorado preciso ir lá reclamar que você tá saindo da personagem

O homem olhava em volta parecia pensar um pouco ele segurava a risada como se tivesse em negação ele soltava o primeiro vídeo da loira que ficava passando e ele apenas balançava a cabeça depois soltou o segundo o homem ficava em silêncio apenas deixando rolar

– Vamos aos pontos aprendeu essas palavras enquanto escrevia seu número em algum orelhão? Hahahaha beleza em dois vídeos de apenas uns 3 minutos no máximo eu apenas vi o seu escravo sexual falando e falando e você repetindo os mesmos xingamentos tentando ser intelectual ao todo seus vídeos devem ter uns 6 minutos os dois e nesses 6 minutos você me obrigou a ouvir 8 vezes que sou um Apedeuta reparou que é APEDEUTO se é pra se fazer de inteligente ao menos fale certo pare de as revistas da sua mãe e vá aprender direito apeudeta é o feminino de apedeuto...caralho...me chama de ignorante e sem conhecimento de uma forma chique 8 VEZES! e me faz o favor de errar? Quem aqui é a ignorante sem conhecimento mesmo? Mas foda-se pode pegar seu dicionário para acompanhantes de luxo e enfiar no seu cu sim eu falo CU é onde eu quero que enfie qualquer coisa que for falar de mim

Ele parava de falar e fazia uma expressão pensativa

– Foi mal pensando aqui sua boca já é o cu de tanta merda que sai dai quando você cisma de falar pobre menino Bruno além de passar vergonha no próximo PPV ainda tem a namorada boca de cu

Ele mexia a cabeça como se lamentasse até mesmo fingia choro

– E sim você infla minha bolsa escrotal puta que pariu você é um pé no saco além de perdedora você é inútil tá fazendo o que aqui? Não viu que não tem chance? Eu tava quieto eu fui lá fiz meu trabalho surrei súditos e agora a Poodle quer virar pitbull? Eu até incentivo isso ai vamos brigar vamos lá fazer você cair cada vez mais Carrie você está no fundo do poço e ainda está cavando mais ainda não cansa ser tão merda? Eu me acostumei já mas você parece cada dia cair e cair e não enxerga eu posso estar enterrado no limbo mas com certeza não sou Carrie Thomputason

Ele encarou a câmera como se esperasse uma resposta e ficava assim um tempo até bocejar fingindo cansaço

– Esse sou eu esperando você dar as caras quando falam mal de você olha aqui pra mim o rei da jobberdivison você é só mais um rostinho bonito aqui não tem talento não tem relevância você é tão baixa que se orgulha de ter uma pillow match que se resume a colocar roupa de baixa e dar com o travesseiro na adversária nem o Fofão te leva a sério porque ele sabe que você não tem capacidade para levar algum combate de forma decente vai falar do que? Da Dani? Sua única vitória? Olhe mais pra trás e não estou falando da sua bunda magra to falando olhar para trás e ver seus combates dignos de um enterro dignos de serem bloqueados no youtube ou censura por vergonha extrema

Ele se levantou e jogou o cinto no ombro mordendo o lábio inferior e respirando fundo ele parecia querer rir a cada minuto mas segurava

– Seu escravo sexual quer que você fale de mim porque ele quer que alguém te note aqui e você pare de pegar poeira então ao menos agradeça a ele que um campeão mencione seu nome de merda que faz jus a dona você nem serve pra merda ao menos merda vira adubo e você apenas fede mesmo o Bruno pode ser ruim e olha que ele é um lixo esquecido no fundo do caminhão...mas você consegue ser pior ele ao menos reconhece que é ruim e você não insiste que é boa e tenta de todas as formas mostrar isso uma mulher com problemas de identidade insegura e deprimente quer o que? Biscoito? Eu te dou biscoito no próximo For Victory após o PPV eu e você vamos lutar pelo meu título numa dog collers match vamos colocar a cachorra no lugar dela e se eu ganhar vou colocar uma focinheira em você não porque você morde mas sim porque seu latido é fino e irritante

Ele parava de falar quando ouviu alguém falando com ele devia ser o cinegrafista o lutador bateu com a mão na testa e deu risada

– Putz é verdade eu vou ter que enfrentar o gnomo no Chamber mas isso não importa ele vai servir de aquecimento pra mim ele nem sequer apareceu ainda deve estar chorando no colo da mãe dele porque falei “cu” no meu vídeo e esse tipo de palavreado pode incomodar os ouvidos santificados dele

O homem começou a caminhar de um lado para o outro batendo o dedo indicador na boca

– No PPV eu vou lutar para defender meu título ainda não falei disso mas relaxa que não é problema tem espaço pra você também Bruno mesmo eu já mostrando todos os motivos que me façam um apedeuto você ainda quis me enfrentar que orgulho do menininho que chegou aqui com nada e vai sair na mesma

Ele sorriu de forma cínica e virou para a câmera ficando de frente ele fazia uma espécie de biquinho enquanto batia o dedo na boca

– Bruninho meu segundo PPV graças a você vai ser divertido vou bater tanto em você mais tanto que vou até exigir o titulo do UFC eu gosto da sua coragem até porque ela me dá defesas

Ele sorriu abraçando o título mas depois jogou no sofá como se não fosse nada

– Já falei eu sou o rei da jobberdivision o rei babaca não tem como serem mais jobbers e merdas do que eu muitos já tentaram sua namorada ta lá tentando mas o máximo que ela faz é ser uma vergonha não chega a ser uma merda tão grande quanto eu olha a mina falando de você porra Bruninho seu orgulho saiu junto com seu talento pra passear e nunca voltaram? Assim fica difícil eu não quero bater em uma pessoa com necessidades especiais porque você é tão ruim que deve ser estudado e medicado

Ele falava como se fosse um tipo de ajuda ao Bruno sorrindo todo feliz

– A sua namorada falou que eu sou mentiroso então eu vou falar as verdades sobre ela e sobre você já que te incomoda tanto saco só Carrie não foge dessa vez hein? A culpa é sua

Ele estalou as costas e parecia se preparando para começar a falar

– Vocês são ruins...pronto é isso

Ele fazia um positivo

– Querem motivos? Muito fácil só olharem seus vídeos e lutas pronto minhas verdades sendo expostas o rei babaca não mente Poodle não pode acusar alguém de calunia  assim o que eu falei que é mentira? Sim é mentira que a gente dorme juntos e sim é mentira que você trai ele mas isso não chega a ser mentira porque é uma brincadeira tá óbvio que eu não ia te querer não achei meu coleguinha no lixo e você não pode trair ele

Ele limpava a garganta como se fosse falar algo bem importante e queria atenção

– Você não pode trair ele por um motivo bem simples alguém teria que ter querer pra isso e se alguém te quisesse você não estaria com o Bruno a matemática é bem fácil Bruno eu não menti nenhuma vez eu apenas brinquei eu não minto assim como a Poodle gostou de dar tanta ênfase nos v[vídeos dela...mas ela mente ao ficar com você qualquer um sabe que é pena e falta de opção ela quer algo pra fazer ela se sentir viva e menos merda e você é o cara perfeito é um iludido que acredita em qualquer coisa porque parece não tido afeto nenhum na vida minha jobberdiviosn está cheio de pessoas com problemas emocionais o que é ótimo temos que ser assim mesmo bem fodidos

Ele olhou para o relógio e sorriu

– Bem vou indo nessa fiquem de olho no vídeo da Carrie quem sabe ela me chama de fezes? Estou empolgado

Ele dava uns pulinhos como se tivesse super ansioso e depois sorria desligando a câmera


Vídeo encerrado



♥ In the very depths of hell, do not demons love one another? ♥
avatar
♛ GiihHime ♛

Mensagens : 104
Pontos : 313
Reputação : 213
Data de inscrição : 13/02/2017
Idade : 22
Localização : Sodoma/Gomorra

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♛ GiihHime ♛ em 01.06.17 22:28

Vídeo postado no site Oficial da NWR.


O vídeo começa mostrando Narkissa ajoelhada com uma coleira em seu pescoço, havia uma corrente que prendia em seu pescoço, ela estava ligada a um buraco no chão, junto disso as mãos da mulher estavam presas nas costas e ela tinha um tipo de focinheira da cara, a mulher se mexia para frente e para trás querendo se libertar daquilo, seu corpo ainda cheio de cortes, roxos, eles ainda sangrava, estava suja com graça ou coisa desse tipo, seu rosto era de ódio, ela tentava se levantar mas toda vez que o fazia a corrente a puxava para baixo, estava querendo subjuga-la, mas mesmo ela lutava e rosnava feito um animal feroz, a imagem tremia, chiava e cortava diversas vezes até que finalmente em outra imagem ela estava apenas com a coleira ainda presa no chão, mas dessa vez com as mãos soltas e sem a focinheira.


- Insanidade......Insanidade......VAI QUEIMAR VADIA!

Ela falava se balançando e passando as unhas no chão, as vezes chacolhava a cabeça e passava a língua sobre os lábios, o lugar em volta dela estava escuro, só parecia ter a mulher ali em um foco de luz.

- VOCÊ VAI QUEIMAR VADIA DESGRAÇADA! HAHAHAHAHAHAHAHAHA! EU VOU TE FODER!

Enquanto falava ela parecia totalmente descontrolada um animal feroz que tentava a todo custo sair de sua jaula, ela arranhava o chão enquanto a corrente era puxada de novo a obrigando a abaixar mais.

- ELAS NÃO ESTÃO MAIS AQUI! EU AS MATEI! CHEGA DE VOZES NA MINHA CABEÇA! VOCÊ IRRITOU A TODOS PORQUINHA DE MERDA!

Tinha tanto ódio na voz da mulher, nem parecia ela ali estava bastante diferente, sua respiração rápida, pupilas dilatadas, ela se mexia como se quisesse quebrar uma parte do corpo, seus pulsos estavam tão machucados das amarras que estavam em carne viva, enquanto ela sorria.

- Viu! Eu quebrei sua merda de filosofia. Eles gritaram Lady, eles gritaram por ajuda ENQUANTO EU OS QUEIMAVA VIVOS! Adoro churrasco, o cheiro, os gritos, a noite, tudo perfeito para um jantar você não acha?

Novamente ela puxa a corrente para se levantar, e a coleira podia ser vista apertando seu pescoço para conte-la, e mesmo assim ela não ligava, queria se soltar a todo custo.

- HAHAHAHAHAHAHA Você me atacou! Você me chamou aqui, você me quer.....E eu quero te matar, eu quero ouvir a porra dos seus ossos quebrando um, por um. Se eu quebrar as suas pernas você ainda conseguirá pular? Se eu quebrar sua coluna será que você vai resistir? Porca maldita, você está com um arma apontada para a merda da cabeça e adivinha? Eu sou a bala que está engatilhada....Prestes a furar essa sua cabeça!

Ela começou a rir, olhou para cima vendo a luz acima de sua cabeça e levantou os braços querendo os alcançar, a luz ficou cada vez mais forte deixando a imagem a imagem toda branca.

- Eles me prenderam.......Eles querem me segurar......NÃO PODEM! FILHOS DA PUTA! AGORA ESSA PORCA PRENHA VAI PAGAR PELO O QUE FEZ!

A luz acaba explodindo deixando tudo escuro, a imagem é cortada e quando volta a mulher esta novamente amarrada com arames farpados que furavam seu corpo de forma lenta conforme ela se mexia. Ela estava sentada em uma cadeira de madeira simples, olhando fixamente para o lado, estava cercada de manequins, eles todos estavam igual a ela cheios de arame enfarpado pelo corpo.

- Eu a deixei sair.....Chega de joguinhos, chega de brincar de vilã e heroína, o ato final foi marcado, minha cela, minhas regras! Os Deuses vão saborear sua alma suja Lady, Eles vão comer cada parte dela com gosto, Eles vão sim.......E Ele vai me dar um presente, pois eu fui boazinha, É HORA DE DEIXAR A INSANIDADE SAIR!

Narkissa continuava imóvel naquela cadeira, a imagem estava começando a piorar e tinha algo ali com ela, algo com olhos vermelhos sangue, ela virou a cabeça para trás e sorriu, logo esticou os braços para o lugar aonde estava os olhos. A imagem é cortada e quando volta para a russa que estava presa no chão, ela tem um sorriso macabro nos lábios e consegue se levantar um pouco, em seguida a gravação sofre outro corte. E dessa vez ela estava cercada por bonecas quebradas, seus braços e pernas pareciam remendados e sua pele parecia toda rachada.

- Quebrada......Me......Quebraram......Não vai ficar assim pequena garotinha. Aquela que abita minha mente está atrás de você, Ele não quer que eu a liberte, mas eu cansei de lutar contra ela vamos deixa-la sair para brincar com você, e vê-la te torturar de formas nunca vistas antes, fazer seus fãs verem que você não é heroína e sim apenas uma mulher patética com uma máscara ridícula....

Quando ela foi se levantar barulhos de porcelana rachando podiam ser ouvidos, o sotaque da mulher estava muito forte, mas ainda sim dava para entender o que estava a dizer. Alguns pedaços de sua pele caiam, mas não eram carne, eram porcelana como em uma boneca de verdade, deixando buracos pretos no rosto e nos braços dela conforme andava para pegar algo.

- Тот, кто живет в темноте, говорит, что не нужно делать, но я не хочу слышать, я хочу увидеть твою кровь. Будет ли охотиться.(Aquele que habita na escuridão, diz para não fazer, mas eu não quero o ouvir, quero ver seu sangue. Vai caça-la.)

Ao terminar de falar de forma repentina as pernas da mulher se quebravam e ela caia no chão, mas mesmo ia se arrastando até algo, a boneca russa estendeu um dos braços para pegar alguma coisa antes de simplesmente congelar, como se tivesse parado de funcionar. A imagem treme novamente e o rosto da mulher parece aparecer na tela com por alguns segundos antes da câmera desligar. Quando é religada ela está aonde a mulher devia estar presa, mas ali apenas tem sangue e a corrente arrebentada.

- HAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAH solta! Livre! E.........FAMINTA!

A voz dela ecoava na escuridão, até a imagem chiar a um ponto de não mostrar mais nada e quando a imagem finalmente volta, todas as luzes estão acesas e ela parece estar em um tipo de fabrica, haviam canos, equipamentos pesados, toda uma parafernália. Barulhos de anos batendo eram ouvidos.

- Hyde está vindo atrás de você.......Porquinha......Cade você? Eu posso fareja-la....E você cheira a medo, cheira a tristeza, cheira a fracasso.

A câmera se virava para onde vinham barulhos na esperança de achar a mulher mas apenas podia era pegar sua sombra de relance, cada vez mais próxima.

- Seus pais te amavam Lady? Eles gostavam de você? Pois quando eu os queimei eles chamaram seu nome, seu real nome HAHAHAHAHAHAHAHAHHA Eai, ateei fogo neles.

A risada da mulher ecoava pelo lugar, como se os canos estivessem levando aquela voz por eles até aonde a câmera estava, quando a imagem é virada a Russa estava atrás da câmera.

- Achei.

Ela bate com o pé de cabra na câmera que é quebrada, a imagem fica escura por alguns minutos e quando retorna Narkissa estava em pé em meio a alguns ossos, ela se baixa e pega um cranio os as mãos, olha para ele e depois para imagem.

- Será que esse aqui era seu pai? Ou sua mãe? O engraçado é que para fazer DNA precisam dos ossos, e vejam o que tenho aqui! Muitos deles, precisam da arcada dentária. E temos uns belos dentes aqui, sem passado, uma Anja caída na desgraça pois mexeu com o Demônio errado, me diga Anja você adoraria ter conhecido seus pais de verdade? Eu os conheci....Eles eram legais.

Ela diz olhando para o crânio nas mãos o analisando, ele estava todo preto, carbonizado, os outros ossos ali também estavam assim todos escuros cheios fuligem, ela fazia questão de passar aquilo em suas feridas, estava provocando Lady pois aqueles pareciam ser os restos mortais de seus pais.

- Você tem os olhos da sua mãe, e a personalidade do seu pai, e sabe como eu sei disso? Porque depois de ter o acertado com um pé de cabra três vezes ele não queria desistir, ele foi se arrastando para a porta gritando por ajuda, mas ai eu achei o faqueiro.....

Ela sorriu e parou a frase por ai olhando para a câmera com uma cara sombria, ela virou o cranio para baixo e nele tinha um furo feito com uma faca, ela deu de ombros e jogou o negocio do chão, depois pegou outro ali.

- Agora sobre os olhos da sua mãe, eu pude os ver de perto enquanto eu a estrangulava com as minhas próprias mão, eu vi aqueles lindos castanhos brilhantes se apagarem enquanto ela se debatia para respirar eu apertava mais e mais até eles eles perderem o brilho e ela desmaiar.

Narkissa falava como se estivesse contando algo normal, aquele ataque a mulher havia a deixado bem irritada, e ele não sairia barato. Ela se virou bruscamente e esmagou o crânio na parede e depois bateu as mãos uma na outra para tirar a sujeira.

-  Seus pais adotivos também foram legais, eu disse que te conhecia e eles deixaram eu entrar, vi suas fotos de criança, seu quarto e conheci sua família....Até a noite cair e a família de porquinhos perceber que eu não estava lá para ser legal com eles, mas se mantiveram bem calmos, pois achavam que você os ajudaria....

Ela parou para rir, lembrou de algo bem engraçado enquanto falava, a mulher tentava explicar o que era mas sempre dava risada, até ela limpar a garganta e dar uns tapinhas no rosto os sujando com os restos dos "pais" de Lady.

- Eu lembro que seu pai disse: "Nós não temos medo de você, pois nossa filha vai vir nos salvar, ela é nossa heroína" hahahahahahaha Isso não é engraçado? Até o maldito fim eles estavam acreditando que você viria os salvar! QUE PIADA!

A russa começou a rir de forma descontrolada como se fosse uma piada muito engraçada, bom, para ela era engraçado aquelas coisas. Até ela ficar seria de repente e seu rosto de "diversão" se transformar em desprezo.

- Você não acha engraçado? Eles queimaram torcendo para você os salvar, torcendo para você aparecer fazendo uma entrada triunfal pela porta e os salvar, eu disse que eu não ia explicar meu plano malvado, eu simplesmente o realizei! E veja só, agora você é o clichê, sem pais, e sua vilã que os matou como em toda maldita história de heróis....Mas eu ainda não acabei.

Narkissa saiu do foco da imagem e pegou a câmera, ela ia andando pela fabrica silenciosa e parecia segurar os risos. Torturar a frágil mente de Lady havia virado seu foco, ele queria derrubar essa Anja e a queimar viva na frente de todos, depois de uns minutos andando a mulher pega a câmera e mostra uns tuneis de metal vazios.

- Depois de ter destruído sua vida, eu pensei que também seria divertido destruir suas memorias.

Ela sorriu e mostrou para a câmera uma pilha de fotos, haviam retratos e claro as com a cara de Lady estavam rabiscadas com um marcador preto, ela jogou as fotos em um dos toneis e pegou um galão de gasolina jogando o liquido dentro, em seguida riscou um fosforo.

- Creio que você tem boa memória, caso contrário só lamento.

Ela soltou o fosforo dentro do tonel que logo criou uma chama grande, derretendo as fotos dentro dele, todas as memorias de Lady com sua família. Narkissa estava destruindo os retratos todos e os jogando no fogo enquanto ria, estava completamente liberta na sua insanidade. Estava queimando cada parte do passado de Lady.

- Já que você usa máscara e esconde seu passado é porque não precisa dele, então porque guarda-lo?

Ela largou aquelas coisas queimando e foi bem perto da câmera deu umas picadinhas para a mesma de forma inocente, como se não tivesse fazendo nada demais, a imagem chia e mostra a Russa destruindo os restos da família de Lady, porém a imagem está ruim demais para se ver direito, as imagens se mesclam com a cena dela pondo fogo neles até do nada a imagem voltar a ela sentada ajoelhada no chão.

- Sem mais vozes em minha cabeça, elas se calaram porque querem que eu te destrua, unidas por um inimigo em comum, eu quero quero te destruir, elas querem te ver sofrer, ai abriram a minha jaula, e nem Ele pode me por lá de volta se a boneca quebrada e a vadia não querem! Eu fui até sua casa e a destruí, agora irei te levar para a minha casa e vou terminar de quebrar você lá dentro.

Ela deu uma risada após terminar de falar, depois estalou o pescoço, podia ver as marcas da coleira nele, aquele vergão roxeado marcando a pele clara que a Russa tinha, ela dizia que as outras personalidades saíram, e tinham a libertado para destruir tudo.

- Você não pode escapar da verdade porquinha, eu te peguei e estou brincando com o meu jantar, agora todos resolveram deixar sua insanidade sair, e usar máscaras.....Engraçado, eu não preciso me esconder atrás de uma máscara para ser má, agora vocês precisam de um simbolo, algo para as pessoas seguirem.

Seu rosto estava serio, ela passou a mão sobre os machucados até chegar na perna, e dali tirar um pedaço de vidro, ela o mostrou para câmera e sorriu, espremeu aquela pedaço nas mãos até a fazer sangrar e depois jogou o objeto.

- Tirem a porra do meu nome da boca de merda de vocês! Ou eu vou começar a caçar além de porquinhas mascaradas, ovelhas negras, e inquisidores hereges. Quando a escuridão bate a sua porta você não deve convida-la a entrar ou acidentes podem acontecer depois.

Ela deitou a cabeça para um lado e depois para o outro devagar, enquanto parecia brincar com o sangue no chão o olhando fixamente, um fraco sorriso nasce nos lábios da mulher antes de desaparecer.

- Uma ovelha é apenas uma ovelha, quer brincar de fazenda comigo ovelhinha? Eu posso ser sua pastora, e o guiar direto para o abismo, e o fazer pular e morrer nas pedras. Um fim nada nobre para aquele que se intitula Rei, pare de brincar comigo seu maldito desgraçado, viu o que aconteceu com sua companheira porquinha, o mesmo pode acontecer com você, pois eu sei atacar aonde dói, ovelha perdida.

Narkissa diz sem olhar para a câmera, apenas mexendo no chão e fazendo riscos e rabiscos no chão.

- Chegou a hora de sangrar a porca.

A câmera começa a chiar e a duplicar ou triplicar mostrando as outras "personalidades" de Narkissa sentadas olhando para algo, mas estava bastante ruim a imagem para ser vista com clareza, a outra dava socos no chão enquanto ria e a imagem chuviscava e tremia até ela olhar para a câmera e dar um "tchauzinho" para a imagem antes da gravação ficar com a tela escura.


Vídeo encerrado.



♰ In the deeps of hell the demons raise to bring caos for the human race.♰
avatar
Lady of wrestling

Mensagens : 68
Pontos : 77
Reputação : 11
Data de inscrição : 19/02/2017

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Lady of wrestling em 02.06.17 5:17

Lady estava em um local escuro, podia ver alguns ferimentos da briga que tinha tido com Narkissa no último For Victory

- Tres palabras que definen a un luchador: Ganas, Ser, Gusto por el Deporte, sim meu pai adotivo sempre falava isso, e foi o que sempre levou minha vida, até que estou sendo levado ao limite por uma pessoa, por um demônio, mas pelo jeito ele também esta sendo afetado não é Narkissa, não esperava que fosse responder, pensou que ficaria chorando a morte de meu passado, sem antes procurar o causador disso tudo, por isso que lhe ataquei, e estou me segurando para a nossa luta da cela, onde tudo vai ser posto a prova, quem será que vai sair vivo de dentro? Por mis parientes nunca renuncié. Usted ha pasado de todos los limitess

A luchadora claramente se segurava para não sair quebrando tudo ou mesmo libertar sua raiva, mas veio a imagens de seu pais adotivos e ela perdeu um pouco do controle

- NARKISSA, VOCÊ NÃO SAIRÁ VIVA DAQUELA CELA, PORQUE NÃO DEIXAREI, VOCÊ DIZ QUE VAI QUEBRAR OS MEUS OSSOS, MAS SEMPRE ME LEVANTAREI COMO UM SER IMORTAL, VOCÊ VAI ESTÁ ENFRENTANDO A VINGANÇA DE UM ANJO E VAI APRENDER A NUNCA MAIS COLOCAR O PARENTE DE NINGUÉM EM JOGO, DE NINGUÉM, NUNCA MAIS NENHUMA DAS PESSOAS AQUI VAI SOFRER EM SUA MÃO

De repente ela respirou fundo, ela lembrou que seu pai sempre falava para não perder o controle, para manter todos os sentidos a vista, ela não podia entrar no jogo de sua adversária

- Sobre o passado Narkissa, essas fotos representam a lembrança, mas nada melhor que nossa cabeça, eu tenho cada lembrança com minha família de verdade, sim eles adotaram, mas me trataram como uma verdadeira filha, desde do almoço mais simples, até nossas viagens, treinamentos em locais especiais, sim as fotos eram a representação disso, mas não é isso que me afetará, você mexeu com a pessoa errada, você atingiu o limite com a pessoa errada e só o que sobrará e nosso sangue naquele ringue, e no final no meio daquele mar VERMELHO levantarei o Intercontinental Championship, provando quem é a verdadeira campeã.

Ela de repente deu um murro no chão e tudo se acendeu, podíamos ver que era uma velha academia, parecia abandonada a algum tempo, mas ainda dava para usar tudo

- Esse é o local onde treinei desde de pequena, onde eu e meu pai treinamos muitas vezes, ainda sinto o cheiro de sangue e suor deixado aqui, nenhum local melhor para voltar depois dos últimos acontecimentos é um local que tem que ser preservado, sim, to abrindo o que resta da minha vida para todos, fico agradecido que os fãs entenderam minha atitude, toda a pessoa tem um limite, e acredito que eles fariam o mesmo se uma pessoa fizesse o que a Succubus fez comigo, você libertou a heroína que estará dentro daquela jaula, impecável e imortal, levantarei sempre que me derrubar, entendeu demônio?

Lady andava por toda a academia, passando por cada canto como se lembrasse de cada momento lá dentro

- Narkissa você tem o meu passado em suas mãos, você sabe o meu verdadeiro nome, onde eu nasci, o nome dos meus verdadeiros pais, sabe eu farei de tudo por essas informações, procurei por anos saber tudo isso, mas não vou deixar o passado me controlar, você pode ter o controle dele, mas nunca terá do meu futuro, nunca definirá isso, e qual você acha que vai ser um limite de uma superheroina sem passado, sem família, sem nada, você vai sentir tudo isso dentro da cela infernal.

Ela entrou em um ringue e ficou pegando impulso de um lado para o outro, um treinamento básico do wrestling

- Hyde e você que está no comando não é? sabe a porquinha mascarada mudou, a anjinha não vai ser o mesmo para essa luta, você vai se surpreender dentro daquele ringue com que vai encontrar, sabe que irei descontar tudo que você comigo, mexendo com pessoas inocentes que nada tinha a ver com a nossa luta, vai ser tão diferente para você que quando ouvir o nome Lady criará calafrios nas suas personalidades, a vingança de uma anja, a vingança de uma super-heroína e disso que se trata a nossa luta, nunca você devia ter metido a minha família nisso, mas você descobrirá isso tarde demais.

Desceu do ringue e continuava caminhando pelo local

- Você vem prometendo muita coisa Hyde, acho que o tempo confinado deixou você bem ansiosa não é? Cuidado que muitas dessas promessas e ameaças podem não se cumprir e seu destino voltar a ser presa, sozinho dentro do corpo, a solidão eterna vai ser a sua punição e eu estou pronta para ser sua executora.

A luchadora saia da tal academia, que era um galpão abandonado no meio do nada, a música abaixo começa a tocar



Ela caminhava normalmente, quando estava um pouco distante apertou um botão, que fez o galpão explodir, de frente a imagem de Lady com uma cara seria e o galpão explodindo, ela tinha abnegado parte do seu passado para enfrentar o demônio, agora era o momento que tinha que está mais preparado para qualquer coisa que viesse do lado de lá e Narkissa também teria que ficar de olhos abertos para o que eu poderia fazer.
avatar
★ Bé ★
Admin
Admin

Mensagens : 362
Pontos : 916
Reputação : 493
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 22
Localização : Portugal

115º Promo

Mensagem por ★ Bé ★ em 02.06.17 15:14










 

 


Nwr/bélindo.como


O local seria em um edificio oficial da Nwr, Filipe Bé teria aceito uma entrevista com Melissa. O video dava inicio com ambos em frente das câmaras, com um cénario normal da Nwr. Melissa tem um microfone na mão pronta para falar.


Bé na altura estava com uma camisa e roupas bem simples, estava com seu cinturão no ombro, com um ar bem calmo e descontraido, Melissa por sua vez estava muito bem vestida como sempre, ela começa a falar.


 


Melissa Theuriau: Olá Nwr Universe! Sejam bem-vindos a mais uma entrevista aqui no site,
e hoje eu estou na presença do Nwr World Champion, Filipe Bé!



Bé acenava com a cabeça devagar enquanto Melissa o intreduzia. Ela continua a falar.


Melissa Theuriau: Olá Bé, obrigado por aceitar falar connosco! E antes de mais, a Nwr está tomando um rumo incrível! Temos grandes e otimos lutadores no roster, isso foi comprovado especialmente no ultimo show.


Filipe Bé: Isso é comprovado todos os dias. Uns vêem, outros vão, mas os que são bons de verdade, os que são fortes, ficam cá a lutar.


Melissa Theuriau: Sim, e afinal. Ultimo show Devon conseguiu uma vitoria sobre si! Quer falar sobre isso?


Filipe Bé: Devon não têm uma vitoria sobre mim. Devon me venceu em um só combate. Ainda não estou acabado, muito pelo contrario. Ele parecia em piores condições que eu no ultimo show.


Melissa Theuriau: Talvez tenha sido devido ao seu ataque covarde instituído por Violetty?


Bé mostra um ar de duvida e meio impressionado com a pergunta.


Filipe Bé: Ataque covarde? É isso que lhe chamam? Eu simplesmente fiz aquilo que eu tinha que fazer. Nossos deuses quiseram que eu manda-se uma mensagem, e assim fiz.


Melissa Theuriau: Deuses? Nós ouvimos Violetty dando a ordem.


Filipe Bé: Não Melissa, não recebo ordens. Não mais, nunca mais. Agora eu vou fazer aquilo que eu QUERO fazer, sem me preocupar com mais nada e ninguém.


Melissa Theuriau: Deacordo Devon, você então quer ser uma marioneta das Gardeas?


Filipe Bé: Isto tudo não surgiu devido a hostilidade que tiveram sobre mim por causa delas?Então, pensem o que quiserem, não me afecta mais. Eu me divirto acompanhando com elas, e elas me mostraram algo, que mais ninguém me mostrou.


Melissa Theuriau: O que?


Filipe Bé: Respeito.


Bé levanta o dedo indicativo após ter dito a ultima palavra.


Melissa Theuriau: E como conseguiu ganhar o respeito delas?


Filipe Bé: Ganhar? Não ganhei, sempre o tive. Porque eu sou eu. Estou disposto a ouvir e aceitar qualquer pessoa diferente. E incluiu elas mesmas. Mas o povo faz uma confusão, que me incomoda.


Melissa Theuriau: Qual é?


Filipe Bé: Eu não preciso das Gardeas. Eu gosto das Gardeas.


Bé coloca a mão no peito algumas vezes enquanto falava.


Melissa Theuriau: Muitos se questionam que Violetty te irá atacar no combate da Chamber?


Filipe Bé: Porque não deveria?


Melissa Theuriau: Porque são amigos? Devon levantou essa questão.


Filipe Bé: Acho que não é muito dificil compreender, que eu prefiro perder na Chamber, do que ganhar devido a ela, ou porque ela me deixou? Então claro que ela me vai bater para ganhar. Capitão óbvio esse ai.


Melissa Theuriau: Mas teme que isso aconteça?


Filipe Bé: Já combati ela no passado, sei perfeitamente do que minha Sereia é capaz. E não poderia desejar um oponente melhor dentro da cela. Só que ninguém é de ferro. Isso incluiu eu, ela, King, ou qualquer outro lá dentro. Não me pergunte se é ela que vai ganhar, porque eu ainda não sou bruxo.


Melissa Theuriau: Você foi chamado de Falso Herói, o que tem a depor sobre isso?


Filipe Bé: Pode até ser verdade. Eu realmente posso ser um Falso Herói, se Heróis realmente existi-sem por aqui. Afinal. Nunca existiu.


Melissa Theuriau: Lady é uma heroína.


Bé passa com a mão pelos cabelos enquanto sorri de forma meio irónica.


Filipe Bé: Será que ela realmente é uma Heroína? Ou ela tem se mentido a si mesma esse tempo todo?


Melissa Theuriau: O que quer dizer com isso?


Filipe Bé: Lady não é uma heroína. Ela sozinha que se mentalizou disso, ela que se convenceu, e sua obsessão por magoar pessoas menos boas, lhe trouxe a isto. Porque foi ela que desafiou Naki, foi ela que escolheu a estipulação do Hell in a cell.


Melissa Theuriau: Ela me defendeu quando foi preciso...


Filipe Bé: Ela te salvou por acasso?


Melissa Theuriau: Não, mas ela me vingou.


Filipe Bé: Com que troco? King está morto por acaso? Ela parou o mal? King NÃO foi parado por ela. Pelo contrario. Tudo o que temos agora é um monstro de 175 kilos ainda mais puto e insano e querendo pisotear todo o mundo na chamber. É isso que se gava de ter feito?


Bé levanta a mão em direção para a câmara, enquanto fazia a pergunta e olhava para Melissa.


Melissa Theuriau: Ela o derrotou...


Filipe Bé: Não, ela pode ter mandado metade dos maien eventers para o hospital por culpa de sua própria ignorância. Todo o dano que King causar na chamber? Responsabilidade é dela.


Melissa Theuriau: Bem, acredita que ela defenderá o cinto na Cela?


Filipe Bé: Este é o momento que eu pergunto. E agora Lady? Estás finalmente contente? Pronta para o seu final feliz? Mas e ai, quem te vai salvar a ti dessa vez?


Melissa Theuriau: Ela sabe se cuidar.


Filipe Bé: Será? Porque antes de querer salvar outra pessoa, se salve a si mesma. Quando perder o cinto aproveita e joga também a mascara no lixo.


Melissa Theuriau: Eu duvido que algum dia ela faça isso...


Filipe Bé: Do modo que isto está? Eu acho que o melhor a ela fazer seria jogar a mascara em uma fogueira e dançar sobre as cinzas ao som dos nossos bons velhos mariachis. Arriba!


Bé movimenta um pouco as mãos como se tive-se a dançar ao som de alguma musica mexicana.


Melissa Theuriau: Ela não está a passar por bons momentos... Ocorrem inclusive varios boatos de alguns "incidentes" acontecidos quanto aos pais dela...


Filipe Bé: Qual é? "Heroína"? Não conseguiu salvar nem a própria família? A coisa tá feia por esse lado né?


Melissa Theuriau: Claramente está a torcer para Narkissa...


Filipe Bé: Estou a torcer para que Lady saia do evento de olhos abertos. Não com eles mais fechados ainda.


Melissa Theuriau: Ok, mudando um pouco o assunto. Seu sobrinho retornou aos ringues?


Filipe Bé: Junior sempre foi um rapaz promissor, e é bom ter ele devolta a fazer o que faz de melhor.


Melissa Theuriau: Talvez, tenha voltado na hora errada, no lugar errado.


Claramente Melissa se referiu ao seu oponente na chamber. Bé parece olhar para um pouco fixo no chão enquanto pensa um pouco.


Filipe Bé: Bem, infelizmente eu não o vou puder ajudar. Nem eu nem ninguém, ele está por sua propria conta de momento. Alias, aquela modalidade já foi em tempos, a preferida dele.


Melissa Theuriau: Ele mostrou que no ultimo show, pode perfeitamente se cuidar sozinho?


Filipe Bé: Ele vai precisar de fazer algo mais que se cuidar. Vai ter que fazer Robert sangrar se quiser ter chances. E muito.


Melissa Theuriau: Quanto ao Low Card, tem alguma observação a fazer?


Filipe Bé: E ae Havoc. Bora colocar tijolos nas almofadas da Dani?


Melissa Theuriau: Bem... Acha que o cinto Cursed irá mudar de mãos no evento?


Filipe Bé: Tenho minhas duvidas se o trono do Rei da jobberdivission seja retirado já nesse evento. Acho que por mais tonto que ele seja, é o melhor que temos ali para liderar aquele sofrimento de divisão.


Melissa Theuriau: Não acredita que Bruno o consiga derrotar naquele Iron man?


Filipe Bé: De tantos combates que ele poderia escolher, ele escolheu justo aquele que lhe irá favorecer menos. Mesmo que ele tente a regra 24/7 após o combate, eu duvido que ele tenha ainda resistencia para um ataque. Afinal 30 minutos? Puts.


Bé com as mãos na cintura acena com a cabeça a dizer que "não" insinuando que a escolha foi uma má escolha.


Melissa Theuriau: Normalmente um combate Iron Man é de 30 minutos.


Filipe Bé: Mas sei lah, ver Bruno lutando durante 30 minutos seguidos? Logo no segundo combate? Fãs quando assistirem o Jigglypuff realmente vão estar todos a dormir.


Melissa Theuriau: E sobre o 1º Pillow Fight de divas de sempre aqui na Nwr?


Filipe Bé: Isso o que acontece, quando nenhum das duas toma um bom rumo, ou se desafiam uma a outra, ou algum campeão. Sempre tem alguém na gêrencia pronto para zoar.


Melissa Theuriau: Elas deveriam ter escolhido se enfrentar e uma estipulação?


Filipe Bé: Claro. Afinal, a gêrencia olha para elas. "Vejam só, duas meninas lindas se batendo, que importa se não são tão boas? Vamos colocar elas para lutar de Bikini com almofadas, os fãs assim vão gostar"


Melissa Theuriau: Bem... Não é um tipo de evento para se marcar em um PPV Hardcore...


Filipe Bé: Diga isso ao James.


Melissa Theuriau: Bem, ok. Por agora é isso. Muito obrigado pela presença Bé. E tenham um resto de um bom dia!


Ligação se encerra.

 


 



Skull The Goat came back for one last dance. Skull
avatar
♛ GiihHime ♛

Mensagens : 104
Pontos : 313
Reputação : 213
Data de inscrição : 13/02/2017
Idade : 22
Localização : Sodoma/Gomorra

Hakissa

Mensagem por ♛ GiihHime ♛ em 03.06.17 0:04

Noite de sexta-feira para sábado .


Narkissa estava malhando um pouco no Performance Center da NWR, ela ainda estaca com algumas bandagens no corpo, mas mesmo estava ali malhando para seu combate, Ela falava em sua cabeça, coisas horríveis, os Deuses mostravam flashback's do que aconteceriam caso ela perdesse no Hell In a Cell, aquilo tudo estava a deixando mais agitada e nervosa na hora de malhar, sua respiração era ofegante enquanto falavam em sua cabeça, ela estava tentando se concentrar, se focar no que era importante, seu combate, e sua vitória. O combate seria brutal e ela teria de se preparar para tudo ali dentro, mostraria para James Carter a porcaria da briga de menininha, ela estava tentando levantar um peso quando ouviu alguém gritar dentro da sua cabeça ela acabou soltando o peso no chão fazendo um barulho alto. Ela se sentou encostado no espelho e levou as mãos a cabeça.

Narkissa: - Cala a boca e me deixa malhar sua desgraçada.....

Ela sussurrou para si, enquanto respirava fundo tentando manter o foco, até olhar para cima e ver uma garrafa de água em sua cara, logo ela viu a tatuagem na mão e olhou para cima vendo Havoc em pé ali.

Havoc: - Vai pegar ou prefere ficar olhando?

Narkissa: - Como eu vou saber que você não colocou algo ai?

Havoc: - Ah faça-me o favor né!

Ele abriu a garrafa e tomou um gole, a mulher sorriu e estendeu a mão ele a ajudou a levantar e depois tirou a garrafa dele e deu um grande gole, depois voltando a pegar folego.

Narkissa: - Não ta meio tarde para você treinar?

Havoc: - Com essa desgraça de titulo eu tenho que saber aonde posso ir, e as horas, se não acabo sendo atacado.

Narkissa: - Que chato para você bater em jobbers.

Havoc: - Quando eles insistem demais é chato sim.

A Russa deu risada e voltou a malhar, Havoc claro foi andar na esteira junto da loira, mas acabou tropeçando, ela deu risada e parou de correr desligando o aparelho.

Narkissa: - Que foi? Está com duas pernas esquerdas?

Havoc: - Não, é você correndo com esses peitos pulando ai do lado acabei perdendo a concentração.

A mulher olhou para seus seios e os tocou pondo para cima depois dando risada, Havoc se levantou e ela piscou para ele, os dois voltaram para a esteira para correr mais um pouco.

Narkissa: - Ansioso para seu combate?

Havoc: - Ficar meia hora olhando para a cara feia daquele duende, como não poderia estar ansioso? Quem não quer ser trinta vezes campeão cursed???

Ele falou de forma irônica e ela acabou por dar risada daquilo.

Havoc: - E você?

Narkissa: - Ficar trancada em uma jaula de metal deixando Ela tomar o controle não me deixa feliz, mas o fato de ser um combate importante me deixa empolgada.

Havoc: - Eu vou adorar ver isso.

Narkissa: - Treteiro.

Havoc: - Eu não! Isso ai é calunia.

Narkissa deu risada dele, e aumentou um pouco mais a esteira para correr até Havoc fazer o mesmo, os dois estavam correndo ali, o lugar estava quase vazio e como ela não tinha compromisso nenhum, seria divertido treinar com alguém, ela desligou a esteira e olhou para Havoc.

Narkissa: - Bora pro ringue, preciso praticar golpes e bater em você seria divertido.

Havoc: - OH MEU DEUS! Eu vou lutar contra alguém do Olimpo! Que honra para um mero ser do tártaro como eu.

Narkissa: - Para de palhaçada Havy, você seria o Hades do submundo da Jobber Division.

Ela falou rindo enquanto subia no ringue segurando as cordas, Havoc deu de ombros e pulou para dentro do ringue. Eles começaram a trocar alguns golpes, os chutes altos e baixos, alguns socos, até Narkissa derrubar o homem e o prender em uma chave de braço, ele deu risada e se livrou da chave não demorou muito para eles começarem a lutar um contra o outro.

Havoc: - Olha aqui não é porque você é um das Deusas do Olimpo que vou deixar você me bater viu.

Narkissa: - E quem disse que eu quero que você pegue leve?

Havoc sorriu e mas sabia que se aproximar da Russa era um erro, pois ela podia o prender em uma hold, assim como a mulher sabia que se o deixasse longe acabaria levando um golpe feio. Ela partiu para cima de Havoc com um dropkick curto, Havoc foi para as cordas e voltou um rebound clothesline a derrubando na lona, ele comemorou levantando os braços.

Havoc: - Machucou a boneca?

Ela chutou o rosto dele o afastando, a Russa se levantou e bateu as costas de Havoc no corner aplicando um uppercut no homem ali no canto, ela fez isso algumas vezes antes de Havoc dar um big boot no rosto da Russa, ela se levantou pegando impulso no chão e o olhou limpando a boca.

Narkissa: - Nada mal, para quem só enfrenta jobber.

Havoc: - E pra você que finge lutar bem também.

Eles começaram a medir forças por uns segundos mas claro Havoc saiu com a vantagem em cima da mulher, ela bateu a cabeça no chão com força enquanto ele fingiu fazer um pin nela.

Havoc: - Um.......Dois.......

Quando ele ia dizer três a loira tirou o ombro da lona, mas nessa brincadeira Narkissa conseguiu segurar o braço de Havoc e o prender no Stolen Soul (Gogoplata), ele tentava sair mais não estava dando muito certo.

Narkissa: - Vai desiste! Pode desistir! Eu não vou soltar não.

Ela disse rindo até Havoc ir se arrastando para as cordas com dificuldade, mas sem muito sucesso acabou dando tap out para ela o soltar, ela soltou a hold mas sem esperar que o homem agarrou em sua perna e lhe deu um Feel the vibe (Spinning Inverted Figure-4 Leg Lock) forçando a perna dela, Narkissa tentava resistir mas não ia aguentar muito tempo na submissão dele.

Havoc: - Agora desiste você, quer ser malandra com o malandro se ferrou.

Ela estava com bastante dor até dar tap out e ele a soltar sorrindo, agora estavam empatados um a um, enquanto ele se recuperava em um canto ela estava no outro pegando folego também, Havoc era um bom oponente para treinar pois era bem forte, e era bom nesse campo, pelo menos enquanto não desse uma cadeirada nela claro. Eles se levantaram e voltaram a lutar um contra o outro, voltando a medir forças mas Havoc foi bonzinho e deixou Narkissa ter a melhor dessa vez, lhe dando um arm drag, ela depois foi para as cordas vindo em lionsault em cima de Havoc, ela subiu no homem para fazer pin e pode olhar dentro dos olhos dele.

Narkissa: - Um....Do..

Ela nem terminou a "contagem" antes do homem se levantar e ficar cara com ela, nessa hora a mulher sentiu seu rosto queimar e o coração acelerar, ela estava bastante ofegante, e queria o agarrar ali mesmo, talvez a abstinência estivesse fazendo efeito ou ele conseguia mexer com ela, na hora Hyde ficou em silêncio, na verdade ela não pensamento algum na cabeça.

Havoc: - Vai sair de cima de mim ou vai beijar de uma vez?

Narkissa: - Que? Eu hein!

Ela saiu do transe que os olhos dele causavam quando ele falou, ela saiu de cima dele e afastou nesse momento ouviu em sua cabeça algo dizer "Sua burra", ela estava distraída até Havoc lhe dar um clothesline e a jogar para fora do ringue, ela caiu ali fora e colocou a mão sobre a barriga, ela se levantou logo em seguida, ela esperou o homem vir com um suicide dive, mas ele apenas chamou ela com o dedo para dentro do ringue novamente. Ela voltou para o ringue bem rápido até ele tirar a camisa a deixando ainda mais desconcertada.

Narkissa: - Qual é Havoc! Assim é roubar.

Havoc: - Ué, tira a sua também ou para de reclamar. Agora vem logo.

Ela fez uma careta e revirou os olhos e voltou para o combate, mas toda vez que eles se aproximavam Narkissa queria o beijar então se afastava dando espaço para ele a atacar com diversos golpes, eles estavam nessa de luta já por algumas horas e nem viram o tempo passar. Ele subiu nela para fazer um pin, mas a mulher prendeu as pernas na cintura dele e virou, ficando por cima.

Havoc: - Sempre querendo ficar por cima.....Não muda mesmo.

Narkissa: - Ah cala a boca!

Ela engoliu em seco o olhando, e acabou dando de ombros e o beijou ali mesmo, nem queria saber se ele estava suado ou não, apenas queria o beijar, e sentia saudades daquele beijo ele, Havoc a agarrou retribuindo ao beijo na mesma intensidade que ela, o homem se levantou para ficar em seu colo e claro ela já levou a mão para o cabelos escuros dele o agarrando, ela podia sentir a mão dele alisar suas costas e a respiração ofegante dos dois. Ela não queria saber se podia ser pegos ali, só queria se entregar para o homem de uma vez, mas parecia que os Deuses tinham outros planos, pois alguém apareceu, eles se afastaram rapidamente.

Havoc: - Mas que merda.....

Narkissa: - É, desculpa, é que faz tempo desde que....Você sabe, ai não me controlei.

Havoc: - Tudo bem eu acho.....Não foi nada.

Narkissa: - Acho melhor eu ir embora, já está tarde e tenho que fazer umas coisas com a Violetty. Sabe, os Deuses....Er....Até mais Havy.

Aquilo era um mal sinal, um grande mal sinal, logo Ela voltou a falar em sua cabeça, ela tinha que se focar em seu combate agora não em casos de amor ou seja lá o que era, enquanto a Russa andava a passos rápidos para longe daquele lugar, o momento anterior estava em sua cabeça e não deixava de a fazer sorrir feito uma boba. Narkissa chamou um táxi para voltar o hotel, nem tomou banho lá apenas queria contar para Violetty o que rolou, então enchia a irmã de mensagens até ela chegar no hotel.



♰ In the deeps of hell the demons raise to bring caos for the human race.♰
avatar
✡ MadameZombie ✡

Mensagens : 159
Pontos : 466
Reputação : 289
Data de inscrição : 31/12/2016
Idade : 21
Localização : Salém

Jiggletty

Mensagem por ✡ MadameZombie ✡ em 03.06.17 0:36

Noite de sexta-feira para sábado

A mulher estava mexendo no celular enquanto caminhava pela rua ela ia andando até a porta de um bar o lugar estava escuro e não era ambiente para uma mulher ficar sozinha porém a bruxa gostava desses lugares então pouco se importava ela estava digitando rápido e apenas parou quando ouviu uma voz conhecida ela sorriu e se virou a bruxa saiu correndo e pulou abraçando o homem

Violetty: - Você veio estou tão feliz eu não queria passar essa noite sozinha e minha irmã sumiu com aquele afetado do Havoc

Jigglypuff: - Óbvio que eu viria assim que me chamou eu estava por aqui e achei uma escolha interessante você disse que queria comemorar

Violetty: - Sim você viu que eu vou estar no main event do PPV e você vai surrar aquele médico escroto então temos muito a comemorar além de que uma bebida nunca fez mal a ninguém

Jigglypuff: - É tem razão vamos beber e comemorar faremos uma homenagem ao Robert porque vou matar ele

Os dois riram e entraram no bar as pessoas olhavam pra eles provavelmente reconheciam os dois a mulher dava de ombros e pedia uma cerveja ela procurava pelo lutador e ele estava dando uma olhada em volta

Jigglypuff: - Gostei daqui não é aqueles bares cheio de frescuras e tem umas pessoas interessantes

Ele falava ao se aproximar da bruxa após dias falando apenas por mensagens com ela ou pelos backstages era bom a encontrar pessoalmente

Violetty: - Sim eu concordo eu prefiro assim me sinto menos estranha hahaha brincadeira mas esses lugares são legais evita muitas pessoas vindo em cima e fazendo perguntas que não me interessam

Jigglypuff: - Você não é o tipo que sai por ai promovendo a empresa né?

Violetty: - Eu deixo isso para os egocêntricos da federação sou a campeã impact não uma boneca que fica sendo exposta num vidro não gosto dessas coisas de programas e entrevistas as pessoas me perguntando coisas pra mim falar..tsc...eu prefiro falar sobre o que tenho vontade quem não gostar pode servir de sacrifício

Jigglypuff: - Hahahaha boa um jeito interessante de mandar todos se foderem

A mulher deu risada e concordou com a cabeça dando um gole na cerveja

Violetty: - E você empolgado para seu combate?

Jigglypuff: - Com toda a certeza mesmo o James não me animando muito sobre isso acho que eu já posso fazer minhas escolhas e o Robert precisa de uma coça

A mulher suspirou apaixonadamente ao ver ele falar daquele jeito agressivo

Violetty: - Me fala mais sobre como quer quebrar ele isso é tão sexy

Jigglypuff: - Você é diferente isso é interessante acho que eu nunca conheci uma bruxa na vida sempre achei que usavam vassouras e transformavam pessoas em sapos

A bruxa ficava sem graça e passava o dedo no boca do copo ela tinha que controlar o que falava perto dele

Violetty: - Hahahaha quem disse que eu não faço essas coisas?

Jigglypuff: - Ohh não me transforme em um sapo em bruxa

Violetty: - Eu amaria ser a princesa que beija esse sapo

A mulher dava um tapa na testa e rapidamente arrumava o que havia dito

Violetty: - Quer dizer ser um sapo não combina com você eu poderia pensar em outro animal

Jigglypuff: - Depende qual animal fica mais perto de você?

Ele falou e a olhou a mulher começou a tossir com a bebida e levou a mão até a cabeça as vozes estavam falando demais aquilo não era bom

Violetty: - Eu diria um bode mas já tenho um

Ela disfarçava e ele começou a rir por entender do que ela havia falado ele concordou com a cabeça

Jigglypuff: - Não quero competir com meu tio não...apesar que brigar por certas coisas podem valer a pena

Ele jogava no ar e voltava a beber via a mulher apertar o copo ela parecia um pouco perturbada mas isso era normal

Violetty: - Como títulos sempre é bom competir por títulos

Ela sorriu disfarçando e olhou rapidamente para o celular ele falar do Bé a fez lembrar que fazia um certo tempo que não saia com o espanhol

Jigglypuff: - É isso também vale a pena mas não acho que seja uma boa hora agora pra mim brigar por isso...mas posso brigar por outra coisa

A mulher começou a virar o copo sabia que ele estava falando para a deixar sem graça os deuses estavam falando demais sobre o homem eles queriam algo e riam das reações da bruxa

Violetty: - Parem de rir seus desgraçados! Ele não pode ouvir vocês

Ela olhava para o lado onde não havia ninguém para brigar o lutador arqueou uma sobrancelha olhando a mulher brigar

Jigglypuff: - O que eles estão falando?

Violetty: - Nada apenas os ignore faça como eu

Jigglypuff: - Os ignorar? Aah claro

Ele riu pedindo outra cerveja vendo a bruxa fazer o mesmo ela estava resmungando com o copo claramente a mulher estava falando com o copo ele parou e a olhou analisando a bruxa aquilo era estranho e interessante ao mesmo tempo

Jigglypuff: - Ei Vio

Violetty: - Sim?

Jigglypuff: - Nada só queria que olhasse pra mim

Tentou ele encarou e viu a bruxa virar o rosto o homem começou a rir estava sendo mal com a morena de proposito ele percebia como ela ficava a bruxa mostrou o dedo do meio pra ele e saiu andando

Jigglypuff: - Ei ei não vai embora não posso gostar de olhar pro seu rosto? pow

Ele continuava rindo mesmo tentando permanecer sério sobre a situação

Violetty: - Vai caçar o que fazer Jiggly

Ele viu ela sentada um pouco longe dele bebendo o lutador se levantou e se aproximou dela o homem cutucou a bruxa que parecia segurar o riso  

Jigglypuff: - Está acompanhada? Acho que uma mulher bonita não deveria ficar sozinha nesse tipo de lugar

Violetty: - Eu sei me cuidar muito bem

Ela abaixava a cabeça para rir ele estava sendo muito cínico

Jigglypuff: - Não vai mesmo me deixar te fazer companhia hein? Vai deixa eu posso te contar umas piadas tudo mundo gosta de rir...que tal a gente sequestrar crianças para os rituais?

Violetty: - Não está um boa noite para rituais com crianças

Jigglypuff: - Sempre é uma boa noite para rituais com crianças

A mulher não aguentou e deu risada balançando a cabeça em negativo acabou deixando o homem voltar para o lado dela após ele ficar dando algumas cantadas nela fingindo que não a conhecia

Violetty: - Sua namorada vai ter ciúmes de o ver comigo

A mulher resolveu entrar na brincadeira

Jigglypuff: - Ahh eu acho que não depende

Violetty: - Ué depende?

Jigglypuff: - Você é ciumenta?

A mulher arregalou os olhos enquanto ele ria a bruxa deu um tapa no ombro dele o empurrando para o lado e olhava para o celular algo estava errado ela podia sentir isso os deuses estavam quietos demais e a poucos minutos eles não paravam de falar

Violetty: - Sou cuidado comigo

Jigglypuff: - O tipo perigosa são as melhores

Ele sorriu e a bruxa apenas entrou em transe vendo aquele sorriso tão lindo e aquelas covinhas a bruxa esticou a mão passando no rosto dele ele ia para os cabelos alisando o rosto do homem que apenas a olhava e tombava a cabeça para o lado deixando a bruxa continuar ele fechava os olhos a mulher se levantou amas acabou sentindo alguém bater na bunda dela a bruxa virou irritada ela já pegou a garrafa e quebrou no rosto do homem

Violetty: - O QUE VOCÊ PENSA QUE ESTÁ FAZENDO!?

Ela gritou irritada levou as mãos até a cabeça a dor foi enorme os gritos e as vozes o lutador até se assustou ele olhou pra mulher

Jigglypuff: - O que aconteceu?

Violetty: - Esse desgraçado bateu na minha bunda

Jigglypuff: - Filho da puta

O homem nem esperou a mulher terminar mesmo com o cara caído a lutador partiu pra cima dele a bruxa vendo que os amigos dele se levantaram começou a rir

Violetty: - Péssima noite para sacrificar crianças....noite perfeita para sacrificar ratos

A mulher quebrava uma cadeira em um enquanto o lutador batia nos outros garrafas as mesas e as cadeiras começaram a ser quebradas a bruxa limpava o sangue do rosto pelo soco que recebeu ela perdeu o controle e começou a realmente machucar pulando em cima do última cara que estava em pé e batendo sem parar

Violetty: - FILHO DA PUA DESGRAÇADO OLHA QUE FEZ NO MEU ROSTO! EU VOU ARRANCAR SUA ALMA

O lutador puxava a mulher que se debatia querendo voltar a bater

Jigglypuff: - Opa opa bruxinha acho que esse bosta ai já foi abatido

A mulher parecia se acalmar e ele viam o estrago olhando em volta o bar estava destruído a mulher chutou o cara no chão e foi falar com o barman que estava escondido embaixo da mesa ela já imaginava a dor de cabeça mas estava pouco se fodendo

Violetty: - Não acho que vão chamar a policia e ter esses paradas de merda aqui deve viver acontecendo isso eu pago pelos estragos....e depois sacrifico todos de novo

Ela dizia com uma voz um pouco psicótica até ver o lutador rir e se aproximar dela o homem a puxou pela cintura

Jigglypuff: - Foda-se essa merda toda

Ele nem esperou ela responder e apenas a agarrou beijando a bruxa no meio daquele caos todo de coisas quebradas e pessoas caídas a mulher retribuiu passando a mão pelas costas e cabelos do homem que a pressionou contra o balcão a mulher parou quando o celular parecia que ia explodir de tantas mensagens

Violetty: - Minha irmã precisa de mim tenho que ir

A mulher nem pensou duas vezes começou a responder a loira o lutador parecia frustrado e se sentou no banquinho vendo a bruxa sair correndo atrás da irmã



♦ Legion Rules! ♦
avatar
valugi

Mensagens : 79
Pontos : 130
Reputação : 55
Data de inscrição : 19/01/2017
Idade : 27

Re: Prome Aqui!

Mensagem por valugi em 03.06.17 1:13

O vídeo começa com a vinheta Welcome to My Nightmare, Robert estava em um contêiner com somente 1 luz no meio dele na mesa tinha um bonequinho do Pokemon Jigglypuff

- Eu poderia começar falando alguns assassino de Pokemons ou algo do tipo, mas sinceramente não me lembrei de nada do tipo, muitos perceberam que fiquei calado nos últimos dias, foi porque fiquei um pouco decepcionado com o meu combate, vou enfrentar uma vítima ao invés de uma predadora, e realmente uma pena, esse com certeza não vai aguentar 1/3 da força dos meus pesadelos, ele não sabe o que eu sou e quem eu sou, para ele sou uma força desconhecida.

Robert andava de um lado para outro analisando os vários objetos para tortura de seu adversário

- Você tem que rezar pelos seguranças dessa empresa, porque no último show eles lhe salvaram de ser minha Presa, como podem ver na imagem

e mostrado a imagem de parte da briga "om a pinça que tinha tirado de seu jaleco, arranhando os olhos de Jiggly que cai no chão com a mão na cara, claro Robert aproveita a oportunidade para bater em Jiggly caído mas o homem o acerta com um eye rake machucando também os olhos de Robert. Jigglypuff pega um taco com arrames esfarpados em baixo do ringue e acerta Robert diversas vezes nas costas e na barriga. Alguns seguranças chegam para afastá-los, mas era bem difícil, pois os dois se esgueiravam pelos seguranças e iam um para cima do outro, até Robert jogar Jiggly na barricada de metal, ele ria do homem caído até os seguranças segurarem Robert o imobilizando"

- Então Jigglypuff pode começar a rezar, não sei qual sua crença, mas nenhum deus lhe salvara do destino certo no PPV, que será uma morte dolorosa e lenta, irei lhe fazer sofrer na frente de todos, principalmente da Bruxinha que parece gostar de você, sinceramente só gostaria de enfrentar Violetty depois de minha luta com esse pokemon, quero ver como ela vai ficar depois que eu acabar com ele, como disse eu não tenho nada a perder já vocês tem muito a perder

Ele abriria seu sorriso característico fazendo todo aquele ar psicótico que tanto gostava

- Espero que estejam certo sobre você Jiggly, me falaram que você era bem conhecido pelas lutas hardcore, espero mesmo que possamos fazer uma luta onde o sangue prevalecerá, onde você consiga chegar nos limites, mas você atacou a pessoa errada no último show, e você já deve ter percebido isso não é, quando lhe sequestrei poderia ter acabado com você, a Bruxa iria ficar possessa e iriamos passar dessa fase, mas só quis dar um aviso, se arrependimento matasse (Risos), com certeza teria tomado outra atitude, de qualquer jeito está marcado essa luta, e terei o prazer de acabar o serviço com você naquele ringue, enquanto veremos como a minha querida Violetty vai agir com tudo isso, saiba que ainda quero você bruxinha, esse prospecto da família Bé é só a entrada, já você é o pato principal

Robert lamberia os lábios, quando a câmera está focado em sua boca

- Outra coisa Jigglypuff é bom ficar quietinho antes de nossa luta, quem sabe quem pode ser a próxima vítima da lista, sua mãe, ou algum de seus familiares, então não me deixe irritado e fique quietinho até a data da sua execução, que será no dia 06 de Junho no Talking Stick Resort Arena em Phoenix

Para finalizar Robert enfia várias pinças no boneco de Jiglypuff que começa a sair sangue, quando acabou o sangue no corpo do boneco aparece escrito Welcome to My Nightmare e uma risada de fundo era ouvida

avatar
♣ Kaoryy ♠

Mensagens : 92
Pontos : 86
Reputação : -4
Data de inscrição : 02/01/2017
Idade : 26
Localização : Hollywood

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♣ Kaoryy ♠ em 03.06.17 20:36



O vídeo começa mostrando varias listas coloridas como se estivesse algo fora do ar como na televisão! Logo a imagem escurece e lentamente vai aparecendo alguma coisa podia notar que seria um tribunal e no momento em que a imagem vai ficando mais nítida, podia confirmar que a gravação vinha de um tribunal, ou melhor, de um cenário baseado no tribunal a parede tinha cerâmicas com desenhos de madeira para dar um ar mais serio, havia uma mesa grande onde ficaria o juiz e os jurados no centro onde o juiz fica havia duas bandeiras, umas da Inglaterra e a outra do estado de Oxford. Do lado direito tinha uma mesa pequena onde o réu costuma sentar todas da mesma cor na parede havia o nome The Impetuous. Podia ouvir a música Seven Devils indicando que o vídeo pertencia a Carrie Thompson.
A loira entra de vagar estava de social roupa que usa geralmente em seu trabalho seu cabelo longo e loiro estava preso em um rabo de cavalo, a mulher se senta no lugar do juiz colocando uma pasta em cima da mesa abrindo-a e logo dando duas marteladas de leve.

Carrie: – Que a seção comece. –

A loira falou logo após dar às duas marteladas, pegou uma das papeladas deu uma olhada rápida e olhou para a câmera.

Carrie: – Senhor Michaels. Ou Apedeuta, ou seja, lá como você queira ser chamado isso não me importa! –

Carrie: – Quer que eu o chame de campeão? Olha sem querer ser modesta, mas eu sou uma excelente advogada, assim como uma wrestler boa. Mas não estou perguntando o que você acha! –

A mulher continuava calma e falava normalmente, como sempre falava parecia não se importar com o que Havoc falava dela isso era seu característico ela não ligava achava engraçado tudo isso.

Carrie: – Eu não sei se você é apenas um babaca normal ou é um psicopata serio que guardou um tufe pequeno de cabelos? Isso é para me humilhar ou ligar para o policia e dizer que temos um psicopata que gosta de cabelos? –

A mulher deu um sorriso de lado dando um risada abafada quase não dando para ouvir, ela olhou para os papeis novamente e voltou a sua atenção para as câmeras.

Carrie: – Oh devo-me sentir ofendida, fui comparada a uma boneca! E não tenho pulgas... –

A mulher tentava esta indignada e tentava mostrar cara de choro logo voltou ao normal tomando a posição seria de sempre.

Carrie: – Tenha santa paciência isso é ridículo! Ouviu bem? RIDICULO! –

Carrie: – Oh você quer que eu agradeça? Você quer que eu me demita? O único que lati aqui é você animal imundo! E eu não cismei em ler um dicionário a não espera, você quer que eu me demita? –

A mulher fez uma expressão de choro.

Carrie: – Oh o vira – lata quer que a amadinha ganhe? Sinto em lhe dizer que será o contrário! –

Logo podia ver que ela estava divertindo com aquilo.
Carrie: – Bom querido, Apedeuta significa ignorante a não ser que você queira ser chamado de ignoranto assim mataria qualquer nerd obcecado por palavras escritas corretamente. E sobre o Ed ser meu escravo sexual? Serio? –

A mulher começava a rir colocando a mão na testa por alguns minutos a expressão divertida em seu rosto era notável e mulher olhava para os lados e logo após se acalmar tomou um gole de água.

Carrie: – Essa foi à melhor piada do dia! Eu não banco uma de intelectual eu sou intelectual, e deste quando você se importa com isso? Alias você não se diz campeão? Como eu disse ratos como você, se importam com qualquer coisa! –

A mulher demonstrava confiança apenas com um sorriso nesse meio tempo já podia se notar que havia vários papeis com algumas anotações que ela lia de vez em quanto.


Carrie: – A me desculpe eu esqueci que você faz vídeos com dezenas de piadas, e não quer ser notado! Ou citado se você não quer ser citado então saia... Simples assim! –

Carrie: – A já deveria ter notado que suas ofensas não tem resultado, você já se viu no espelho? Aconselho não fazer isso pode quebrar, e você poderá pegar 7 anos de azar! Mas isso é superstição... –

Carrie: – Eu já vi muitos usarem o passado para atingir os outros, mas viver deles é burrice, não tenho talento? E isso que você diz toda vez que tenta me fazer chorar? Pelo menos eu não uso os namorados dos outros para atingir o meu oponente ou será que estou enganada? A quer privar que eu fale da sua namoradinha? Que lindo a defendendo. –

Carrie: – O que bonitinho ele é indestrutível a quer que eu admita algo que eu não seja! Deixa-me eu ver se eu me importo com as coisas que você diz! –

A mulher olha nos papeis e da mais uma risada...

Carrie: – Não, não me importo com isso. Bom você chama os outros de cachorro, ok ok. Tens o livre arbítrio de falar o que quiser, mas é só isso que sabe fazer? Para se sentir superior? –

Carrie: – Havoc, Havoc… Onde você viu a palavra mentiroso? Está ficando tão louco que esta ouvindo coisas? Provavelmente... Onde eu me lembro eu apenas disse que não minto o que significa que eu não o chamei de mentiroso. A eu sou ruim? Olha que lindo me deixa ver se trouxe a importância para o que você diz aqui! –

A mulher procura algo na mesa e a faz um bico de indignação.

Carrie: – Oh eu não trouxe que pena eu poderia chorar tanto… Mas espera um pouco você não merece a minha importância não é? –

Carrie: – Em momento nenhum Bruninho querido eu menti, eu gosto de você sentimentos devem ser construídos, isso eu já deixei bem claro! Então não tem o porquê eu querer fingir um amor ou dizer BRUNO EU TE AMO! Um Te amo da boca pra fora... Isso é ridículo... –

Carrie: – Mudando de assunto... –

A loira solta um sorriso e bebe mais um pouco de água!

Carrie: – Daniele minha querida amiga infeliz. Está ansiosa? A acho que sim até por que vamos lutar novamente. E tenho certeza que será memorável onde eu sairei vencedora... Antes que digam que sou ingrata... Um obrigada serve... –

Carrie: – agora não tem do que reclamar Dani, dizer que sou ingrata por que eu te agradeci. Agora vamos aos fatos. Por que eu estou ansiosa para lhe bater. E creio que você também está ansiosa para me bater, e creio que otimista que vai ganhar, é todos os réus tem otimismo como todos os seres deste mundo. –

A mulher gesticulava, enquanto falava e mostrava muita confiança e fala de forma natural.

Carrie: – Espero ver o seu vídeo em breve afinal adoro quando você fala, isso é muito bom. –

A mulher arruma os papeis dá duas marteladas logo em seguida ela se retira e o vídeo se encerra.



Os dias vão passando devagar e as coisas encontrando seu lugar tudo muda, menos o que eu sinto por você

avatar
Lady of wrestling

Mensagens : 68
Pontos : 77
Reputação : 11
Data de inscrição : 19/02/2017

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Lady of wrestling em 04.06.17 4:24

Lady faria mais um atividade da NWR Care, visitando outro hospital, dessa vez teria uma pequena peça de teatro com pessoas ruins entrando como se fossem fazer algo com as crianças, até que a Luchadora aparece e salva o dia derrotando os vilões, na verdade Lady sempre gostou de tudo isso, fazia as crianças felizes, mas no momento ela estava com vários problemas devido a sua feud com Narkissa, que tentava abalar ela psicologicamente de toda a maneira, mas mesma assim, ela não poderia fazer a desfeita com essas crianças e fez o trabalho muito bem, aparecendo para salvar as crianças  utilizando vários golpes plásticos nos bandidos e sendo aplaudidos por todos os presentes, as crianças gritavam o nome de Lady que agradecia a todas as pessoas pela recepção.

Enquanto cumprimentava todos as crianças, uma delas se aproximou e chamou atenção de Lady que se ajoelhou para falar com a garotinha

- Oi Lady tem algum problema com você

- Como assim?

- Não sei porque, senti uma certa tristeza e preocupação em seus golpes, talvez seja besteira minha, mas senti isso de alguma maneira

Lady sorriu aquela pequena garotinha tinha percebido o sentimento dela, como sempre dizem nunca tente enganar uma criança elas são as mais perspicazes, logo depois abraçando a garotinha que retribui o abraço, algumas lagrimas saem dos meus olhos, aquilo na verdade tinha sido um alivio para mim, a chance de extravasar aquelas emoções

- Obrigado pela ajuda que heroína eu sou, toda vez vocês me salvam

A garota sorriu e disse

- A heroína certa

Uma pessoa chamou Lady que virou a cabeça para conferir quem era, quando olhou de novo para onde estava a garota ela havia sumido, com uma pequena pena no lugar onde a garota estava antes, a luchadora pegou a pena e colocou na parte de cima da máscara e foi cumprimentar a todas as crianças no hospital.

1 horas depois

Lady foi abordada por Melissa Theuriau que veio cobrir o evento pela NWR

- Lady pelo jeito somente você que fica fazendo esses eventos está querendo aparecer mais do que os outros?

- Não mesmo Melissa, eu até incentivei que outras pessoas também participassem desse tipo de evento, e bom para o lutador, para empresa e também para os locais que eles nos levam, estou me sentido revigorada.

- Na minha entrevista que fiz com Bé ele usou palavras fortes contra você, tem algo a dizer?

- Eu vi e fiquei extremamente decepcionado com ele e com as próprias contradições dele, primeiro ele diz que não vinguei você, sim, eu derrotei King, eu tirei o que ele tinha de mais precioso

A luchadora aponta para o Intercontinental Championship

- E pior que ele aponta que a culpa será minha se o King machucar seriamente as pessoas que estão no Main Event, serio que está com medo dele Bé? King e um lutador da NWR, eu prometi que derrotaria ele e o fiz, o dano psicológico que causei nele foi a perda de seu querido cinturão, mas ele poderia ainda assim participar da luta na Chamber, então não tenho nada haver com isso, ele que está sendo hipócrita, querendo jogar culpa em mim, por algo que não fiz.

- Outra situação ele diz que não existem heróis na NWR

- Novamente ele só via ele como herói, mas após os fãs deixaram de apoiar ele e começaram a ver eu, e outros lutadores como Devon como heróis, ele quer descartar tudo, mas esse é o novo Bé, infelizmente.

- Ele ainda disse que você era uma heroina ruim por não salvar seus próprios parentes, por sinal muitos boatos circulando sobre o assunto?

- Por culpa de sua amiguinha Narkissa que fez algo imperdoável independente de quem seja, ela vem querendo me desestabilizar, mas não tenho uma mente fraca, por isso que ela foi para esse extremo.

- E eram seus parentes?

Lady ficava um pouco seria

- Ainda não sei Melissa, meus pais adotivos estavam no Mexico, na sua cidade de origem e lá não tem muita comunicação, então não conseguir falar com eles, por isso estou bem preocupado ultimamente, quando aos outros dois que ela queimou nunca saberei, nunca conheci meus pais verdadeiros, na verdade nem sei meu nome verdadeiro, e fato que aquele demônio louco descobriu isso, mas tudo será resolvido na cela, com essa criatura desprezível.

- A sua rivalidade com Narkissa já dura vários meses, será que teremos um fim?

- O Fato é que provavelmente uma de nos sairá morta daquele ringue, tivemos vário desentendimento e resolveremos tudo como verdadeira lutadoras, nada de interferencias, vai ser só eu e ela.  

Lady se despede de Melissa,  e vai para casa, eram os últimos dias antes do PPV, tinha que esta preparada para tudo.
avatar
JuanPedro

Mensagens : 40
Pontos : 52
Reputação : 16
Data de inscrição : 16/09/2015

Re: Prome Aqui!

Mensagem por JuanPedro em 04.06.17 11:23

Vídeo postado no site oficial da NWR.

Estou em uma academia vazia,correndo em uma esteira até eu começar a diminuir a velocidade até ela parar totalmente,me sento em um banco preto meio velho e pego uma garrafa de água que estava no chão ao lado esquerdo do banco,tomo um grande gole e coloca a garrafa onde estava anteriormente,pego meu celular que estava a minha direita e começo a gravar um vídeo.No início a imagem está embasada e tremula,ouve um chiado que parecia vir da camera, eu ajeito a qualidade da imagem deixando-à perfeita e tiro o chiado e assim começa o vídeo:

-Hahahahaha a sua farça está acabando.

Dou uma grande gargalhada que ecoa pelo local.

-Bom Havoc,você diz coisas sobre mim quê você não têm provas,e você faz a mesma coisa com a minha amada mas seu castigo está sendo preparado,estou arquitetando sua destruição que nem mesmo seus "deuses" serão capazes de impedir...Porque estou dizendo essas coisas?

Mostro um ar pensativo depois dou uma pequena risada meio sem jeito como se tivesse envergonhado do ocorrido.

-Olá NWR Universe,tudo bem com vocês? Sinto daqui a ansiedade de vocês pelo PPV é realmente contagiante.

Abro um pequeno sorriso depois coloco minha mão em cada joelho meu e ponho minha cabeça para baixo como se tivesse muito cansado,estou com uma respiração ofegante e o suor começa escorrer em meu rosto.

-Aproveite enquanto à tempo nobre Havoc pois eu serei que aquele que destruirá seu reino, irei tirar essa sua coroa ou seja o Cursed Champion, ria enquanto à tempo,pode duvidar a vontade mas quem rir por muito rir melhor e essa pessoa que irá rir melhor será eu.

Me levanto e vou até o outro lado da academia para fazer uma sessão de levantamento de peso.

-Muitos me subestimam e duvidam da minha capacidade mas isso para mim não é um problema pois eu sei que posso provar o contrário, então eu digo que todas as dúvidas seram esclarecidas do Elimination Chamber, quem achou que eu não era capaz irá ficar pasmo e quem confia em mim fará uma salva de palmas para mim além do mais eu sou uma nova pessoa.Mas como assim nova pessoa?Vocês devem está se perguntando,estou falando no sentido de eu não ser mais ingénuo como antes, e principalmente tenho um psicológico mais forte,não serei um alvo fácil como fui antes Havoc,eu não controlei meu ciúme e por causa disso minha namorada se machucou e agora perdemos mas como ela mesma disse eu devo ter mais confiança em mim mesmo,bom aqui está o novo Bruno Jackson que será o novo rei da chamada "JobberDivison"...Que nome feio você foi dá em Havoc...Quer saber eu mudarei este nome...Deixa eu pensar,não sei então depois eu dou o nome.

Termino a sessão de levantamento de peso e vou para outra sessão que dessa vez melhorará a musculatura da minha perna.

-Havoc você têm talento devo admitir mas tens muitas falhas que impressionante você consegue encobrir nas suas match.Direi algumas falhas.

Pego um caderno e o abro e me levanto como se fosse fazer um discurso,encosto meu polegar em minha garganta como se eu fosse melhorar minha voz e falo em seguida.

-Você não é forte fisicamente, mas isso não indica ser exatamente uma falha mas atrapalha não ter uma grande força em seus músculos.

Ando para um lado e para o outro com um sorriso sarcástico em meus lábios.

-Primeiro falha citado agora vamos para o segundo.Você não é inteligente.

Ponho minha mão esquerda na minha boca tentando segurar minha risadas mas não resisto e fico dando gargalhadas sendo ecoadas pelo local mas logo retomo a postura.

-Você é burro e curiosamente se autodefiniu como "rei dos babacas" isso é realmente misterioso e serei eu que irei desvendar esse mistério como se fosse um filme de mistério onde todos morrem tentando o desvendar mas somente o protagonista consegue no final do filme.Eu serei esse protagonista que acabará com sua farsa e irá desvendar o grande mistério que você é...Espera já desvendei seu mistério você é um babaca.

Dou uma pequena gargalhada enquanto bato palmas para mim mesmo.

-Seu mistério já foi revelado a muito tempo ou será que você têm outro?

Mostro um ar pensativo seguido por uma cara de nojo.

-Esse seu mistério prefiro não desvendar.

Coloco o caderno no chão e me sento no banco do início do vídeo.

-Estou exausto mas este treinamento intenso irá valer apena quando eu acabar de vez com Havoc e erguer o Cursed Champion enquanto sou declarado o New Cursed Champion.

Falo isso gritando o som ecoa pelo local'a imagem fica tremula e logo após se apaga dando assim fim ao vídeo.

Vídeo encerrado.
avatar
King

Mensagens : 83
Pontos : 97
Reputação : 16
Data de inscrição : 12/01/2017

PROMO # 52 - UM REI NA JAULA

Mensagem por King em 04.06.17 13:34

VÍDEO POSTADO EM NWR.COM/KING

Mostra-se um quarto do branco, sem móveis ou utensílios.

A imagem tem um corte e a tela fica toda borrada, ouve-se no fundo uma voz:


- Eu sou a maior zebra da banca de apostas especializadas. Eu sou o grande hipopótamo de 175 kg, pronto para pisar por cima dos meus oponentes na jaula da tortura! Que ambiente magnífico para destronar o Bé e reinar rumo ao maior PPV do ano, mas não será tão simples assim por um mero detalhe:

A imagem volta a mostrar o quarto, porém, King está sentado em um dos cantos com uma máscara negra em seu rosto, semelhante a uma ovelha e segurando um taco de beisebol coberto por arame farpado e cacos de vidros. O irlandês olha para a câmera sem dizer nada e fixa seu olhar nela por alguns segundos, até que diz:

- Herege! É disso que chamou todos os oponentes do teu Bode, você me entende muito bem Violetty, sabe o que estou falando. Por este teu ponto de vista, sim, somos todos contrários aos dogmas da igreja católica, mas isso inclui tua doutrina também cara Impact Champion. Devon Maverick tentou te queimar, mas desistiu da ideia, porém, vejo que isso será inevitável e a jaula reserva várias armadilhas e truques aos quais irão te surpreender. Meus súditos devem estar pensando, por que falo tanto de Violetty ao invés de Bé? Simples, será você a peça fundamental para o sucesso do teu Bode, mas está disposta a ofertar teu corpo como sacrifício a este que vos fala?

- Violetty você tem em suas mãos, a oportunidade de ser a única mulher duplamente campeã da NWR, tem capacidade para isso, mas tem coragem de trair a quem ama ou controla? Você sabe que Bé, após cair em seu charme e doutrina pagã, tornou-se outra pessoa e isso não é blasfêmia e sim constatação. Se você ficar do lado dele, fará o papel de um escudo, mas não será suficiente para deter o ímpeto deste que vos fala, porque eu não irei respeitar ninguém que aceitou entrar na Chambers; todos são meus inimigos e serão tratados como tais. Agora se você for para ganhar o cinturão e unificar a NWR, será um prazer ter este duelo contra ti, você escolhe cara Gardea!

- Bé tem a vantagem de ter uma aliada ao seu lado, além de um Caio absolutamente desmotivado. Krauser Daniels que só tem apanhado ultimamente e um surpreendente Maverick podem determinar o tom deste combate, mas do que importa esta fria análise? Quando estivermos lá dentro, seremos como animais ferozes que estão apenas esperando sua liberdade para atacar seus adversários e triunfar sem um pingo de clemencia ou misericórdia.

A câmera sofre um corte de poucos segundos e mostra King dentro de uma cela. O irlandês está dentro dela com suas duas mãos na grade. Ele tira a máscara e a coloca sobre o colchão que ali estava e volta suas atenções para a câmera:

- Eu prometo a vocês, meus leais súditos, que mesmo sendo considerado o maior azarão deste combate, vou derramar todo sangue possível naquela estrutura. Vou castigar cada um dos meus adversários e lentamente prepara-los para encontrar a dona Morte. Não existe mais alma em minhas ações, apenas violência gratuita os espera por parte deste que vos fala.
Independentemente do que irá acontecer, eu não irei ser um mero participante, serei a força dominante de 175 quilos, preparada para aniquilar quem cruzar o meu caminho.

A câmera começa a se afastar lentamente, mostrando toda a estrutura daquela cela. King deita-se no sofá, colocando suas duas mãos por trás da cabeça. Ouve-se uma música ao fundo: https://www.youtube.com/watch?v=YPhvqP-eWWM. O irlandês olha para o teto e sorri, sem emitir qualquer tipo de som. Ele balança seu pé direito no ritmo da bateria. A câmera dá a volta na cela e dá um zoom no rosto de King, ele olha para a câmera rapidamente e o vídeo se encerra.
avatar
King

Mensagens : 83
Pontos : 97
Reputação : 16
Data de inscrição : 12/01/2017

PROMO # 53 - ONE A ONE CHAMBERS

Mensagem por King em 04.06.17 13:40

O estúdio era pequeno, mas bastante agradável. Enquanto observava tudo de maneira séria e pouco simpática, Johnny conversava com a produtora do programa resolvendo detalhes comerciais. O cinegrafista Zé me cumprimenta a distância, enquanto mexe em sua câmera. Uma das assistentes me avisa que em alguns minutos o programa vai começar e que posso me acomodar no sofá marrom. Waterfall recebe cuidados da maquiadora, as luzes são conferidas por dois assistentes e Zé já está posicionado. Aguardo sentado no sofá, olhando fixamente para a câmera; o que causa estranheza em Zé que se afasta do equipamento por alguns instantes. Após ser devidamente maquiado, Johnny se aproxima, estende sua mão direita e diz:

- Bem-vindo novamente, Armstrong.

- Obrigado, boa noite.

- Vou me sentar de frente para você e assim que o Zé retornar, iniciaremos o programa, ok?

- A vontade.

Waterfall bebe um pouco de água e a assistente se aproxima e deixa uma caneca e algumas cervejas Guiness em minha frente, ela abre uma e me serve na caneca afastando-se rapidamente após ver que Zé já está posicionado. Johnny coloca a mão no ouvido esquerdo, onde está localizado o ponto de comunicação com a produção do programa e o estúdio fica em completo silencio. Zé faz a contagem regressiva com a mão direita e ao ligar sua câmera, o entrevistador diz:

- Olá fãs da NWR, sejam bem-vindos a mais uma edição do programa One a One e meu convidado é o ex Intercontinental Champion e postulante ao NWR Championship, o irlandês King Imortal Armstrong, obrigado por ter vindo.

- Eu que agradeço, Johnny.

- Bem, nesta semana teremos mais um PPV e temos lutas bem interessante, sendo que três serão valendo um cinturão. Vou apresentar o card do show e após isso te farei algumas perguntas a respeito deste show.

Balanço a cabeça positivamente, enquanto ouço a leitura do Card. Após isso, Watrefall me diz:

- A primeira luta será entre Daniela Ribeiro contra Carrie Thompson eu uma Pillow Match! O que espera desta luta, King?

- Eu esperava ver Carrie na disputa pelo Cursed, mas pelo visto, terá um caminho mais longo do que imaginava. Duas belas mulheres, isso vai atrair a atenção do público masculino, mas o nível técnico de Thompson é maior e aposto na vitória dela.

- Certo, na sequência a primeira das três lutas que valerão um título: Bruno Jackson contra Havoc Michaels! Acredito que irá sair faísca deste duelo, o que acha?

- Havoc atualmente tem condições de reter o cinturão, porém, seria interessante ver o Bruno com tamanha responsabilidade em suas mãos carregando esta que já foi minha divisão. A estipulação da luta, não beneficia Bruno, por isso Havoc deve reter seu cinturão.

- Acredito que será uma das lutas mais equilibradas da noite. Prosseguindo, uma luta que foi criada com muita violência entre ambos: Jigglypuff contra Robert Druitt em minha Hardcore Match. Teremos sangue para todo lado, qual tua opinião a respeito?

- Johnny, esperava ver Robert em outra circunstância: ou dentro da jaula ou tentado vencer o Impact Championship, enfim, vá saber o que ocorre dentro daquela mente perturbada. Que aliás, se junta a outra mente tão doentia e irá proporcionar um derramar de puro ódio e sangue aos fãs. Robert tem mais sagacidade e este será o fator predominante para sua vitória, na minha opinião.

- Tenho uma visão parecida com a sua, porém, vamos ao nosso primeiro intervalo e na sequencia continuaremos o programa, até breve.

Aproveito o intervalo para terminar minha cerveja e abrir outra latinha. Johnny toma sua água e a produtora vem conversar com ele sobre a audiência do programa, ele escuta atentamente, abre um sorriso e volta suas atenções para a pauta que estava em sua mão direita. Mantenho-me focado e após o intervalo comercial, o programa reinicia com um empolgado Waterfall:

- Olá fãs, estamos de volta com o programa One a One, patrocinados por Guiness, uma cerveja de enorme qualidade e sabor inigualável. Chevrolet, quer um carro para toda família com preço e qualidade: vem fazer um test driver na Chevrolet!

- Bem, vamos para as duas lutas que irão arrancar suspiros dos fãs! Intercontinental Championship, Lady versus Narkissa em um Hell in a Cell Match. King, nesta que foi a divisão em que você reinou por mais de 100 dias, o que podemos esperar desta guerra entre divas?

- Esta luta muito me interessa, por vários motivos Johnny. Se Lady conseguir ganhar, eu terei meu Rematch. Se Narkissa ganhar, terei uma luta contra Lady pelo number one contender pelo Intercontinental Championship e se der empate entre elas, faço questão de ser o pesadelo das duas. Se eu puder acompanhar uma luta neste PPV, será esta sem dúvidas. Existe uma atmosfera positiva para a vitória de Narkissa, mesmo a russa ausente de muitos shows, porém, a luchadora tem o apoio popular e tem sido constante em sua atual trajetória, e esta pode ser a chave de sua surpreendente vitória. Independente de quem vença eu vou buscar o que é meu por direito.

- Você ainda deseja este cinturão?

- Eu posso desejar o que quero e ele é um dos meus objetivos, lembre-se que não tenho mais responsabilidade por aqui, não sigo nenhum script, então fica fácil fazer meu caminho sem ninguém para me impedir.

- E por falar em impedir, o Main Event reúne além de você, outros nomes bastante conhecidos por ti: Bé, Caio, Devon Maverick, Krauser Daniels e Violetty Gardea. Vários oponentes conhecidos por ti, em busca do maior título da NWR, quem é o favorito nesta luta imprevisível?

- Já falei sobre este assunto nos meus últimos vídeos e inclusive em uma declaração por escrito publicada no site da NWR. Analisando friamente, Bé tem tudo para permanecer sendo campeão por vários motivos. Ele não vai se arriscar. Em segundo lugar ele terá um escudo humano ao seu favor, que é a Violetty Gardea. Em terceiro lugar, apesar de sua última vitória, Maverick ainda não engrenou na NWR. Em quarto lugar, Krauser Daniels não vai se arriscar, sendo que tem vaga garantida no Clash of Revolution e por último, Caio está absolutamente desanimado e só está lá para constar, por méritos, a vaga seria do Robert Druitt. Sendo assim, apenas eu posso derrotar Bé na Elimination Chambers com todas estas circunstancias que mencionei, missão impossível não acha?

- Ouvindo tuas palavras, King, acredito que será muito difícil para ti ser o novo NWR Champion, levo em consideração que na banca de apostas seu nome está no mesmo patamar que o de Caio: azarão.

- Sabe Johnny, isso não me incomoda. Gosto de surpreender a estáticas contrárias e isso ao invés de me botar para baixo, me dá mais motivação para entrar na jaula da tortura e ganhar de forma impiedosa. Eu entrarei para bater, apanhar, criar hematomas em meus adversários, além de derramar o máximo de sangue que eu puder de dentro de seus frágeis corpos. Eu não vou ser um Jobber neste PPV! Eu só aceitei entrar na Chambers, para ser o fator que irá causar pesadelos aos meus oponentes e dar trabalho a equipe médica da NWR.

- King, prevalecendo a vitória de Filipe Bé no PPV, o que podemos esperar de você para o Clash of Revolution?

- Waterfall, tenho o fator surpresa ao meu favor e isso ninguém pode arrancar de mim. Eu posso voltar para a Intercontinental Division, posso desafiar a bruxa e posso provocar o caos no Main Event do Clash of Revolution, mas isso só revelarei quando e onde eu quiser!

- Pois bem King, chegamos ao final de nosso programa e agradeço pela tua presença. Fique à vontade para sua mensagem final.

- Poucas palavras e extrema agressividade. Eu entro na Elimination Chambers para comer vivo meus adversários, esperem e sangrem perante minha insanidade irlandesa. Não vou fugir de uma briga, não vou recuar e não vou me rebaixar contra ninguém. Herege ou não, vou infernizar a câmera da tortura, até breve.

Ao dizer tais palavras, me levanto do sofá e saio do estúdio retornando para o hotel para seguir viagem ao Arizona.
avatar
♛ GiihHime ♛

Mensagens : 104
Pontos : 313
Reputação : 213
Data de inscrição : 13/02/2017
Idade : 22
Localização : Sodoma/Gomorra

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♛ GiihHime ♛ em 04.06.17 15:51

Vídeo postado no site Oficial da NWR


A gravação começa em uma floresta, já estava escuro e a câmera tentava seguir uma pequena trilha por dentre as árvores e os galhos secos, era uma noite sem lua ou estrelas, nada para iluminar o caminho sem ser a luz da câmera. Tinham barulhos de animais, rosnados, granidos, o barulho de uma coruja, um corvo, a risada humana que foi ouvido em seguida era a única coisa que destoava no lugar, o ambiente perfeito de filmes de terror. Logo a câmera cai no chão, alguém tropeçou em uma raiz de árvore e ali em meio a escuridão parcial uma voz é ouvida silenciando os barulhos dos animais ou da floresta em si.

- Alguém caiu......Que erro....

A voz da mulher era escutada atrás da câmera, mas ela não podia ser vista. A imagem chia a treme e um grito é escutado antes da imagem da cortar, e quando volta Narkissa está sentada em um corpo, era um animal grande, e sua volta estavam outros animais menores mortos, ela tinha sangue em suas mãos e respingos em seu rosto.

- Perdida na floresta da Bruxa sua única escolha é jogar nosso jogo. Caso contrário você vai ser morta pelas criaturas sombrias que abitam a floresta.

Narkissa dizia olhando para a mão vermelha, e depois passa pelo animal abatido em baixo de si.

- Alguém está perdendo a cabeça. Isso mesmo Lady se torne aquilo que você odeia, se torne aquilo que deseja tanto destruir, SE TORNE IGUAL A MIM!

Ela gritou a última frase e depois deu risada.

- Não pequena porquinha, você ficar parada não tem a menor a graça. Está vendo? Bastou um empurrãozinho e você já se desequilibrou, já saiu de sua zona de conforto, e fez direitinho o que eu queria que fizesse, nesse jogo eu GANHO, não você. Não há nada que possa fazer para impedir isso, a heroína está se tornando coisa, algo pior e isso é bastante divertido.

Ela se inclinou para frente e depois se levantou de cima do bicho e abriu os braços, estava esperando por mais. O vente mexia os galhos das árvores fazendo barulho, a mulher sentia o vento frio e depois mexia a cabeça para os lados antes de voltar a atenção para frente.

- Ser imortal? Vingança de um Anjo? Essas são palavras que não combinam em nada, a nossa Anjinha está começando a ter penas negras nessas belas asas brancas, eu posso vê-las! Heróis não ameaçam os outros de morte! ISSO MESMO LADY ENLOUQUEÇA! Vai me prender?
Vai me parar? VENHA TENTAR! TENTE! HAHAHAHAHAHAHA!


Ela deu risada e se jogou por dentre os corpos dos animais no chão, fazendo um anjo de sangue e restos deles, olhando para cima tentando achar algo no céu escuro, mas se sentia em casa naquela floresta.

- Ohhh? Viu? Agora eu te dei um motivo para ser um mártir, como um clichê, agora você pode usar isso. Ficar falando dos seus pais para chamar a atenção, "coitadinha da heroína os pais foram mortos por um monstro" "Pobre Lady, a Narkissa é muito cruel e merece ser morta" VAMOS NESSA! Continue usando seus pais como desculpa por ser um fracassada! Falando de almoços tristes ou bobagens, seus argumentos não me atingem, apenas continue falando do seu passado triste e enganando as pessoas.

Ela se sentou parando de "brincar" com os animais ali e mostrou o dedo do meio para a câmera. Narkissa parecia incrivelmente calma, claro as vezes tinha uns surtos mas era normal, afinal a mente perturbada dela era assim.

- Atingi o limite? E por isso você me ameaça de morte? hahahahaha Que engraçado! Sabe Lady? Almas indestructíveis não se deixam abalar tão facilmente, não se deixam levar pela emoção, o ataque a mim só mostra o que venho lhe dizendo desde que você entrou na MINHA floresta, você não passa de uma garotinha que acabou mexendo com a coisa errada, você enfrentou o bicho em baixo de sua cama ao invés de correr para o a cama do papai e da mamãe, e agora ele quer vingança!

Ela levou as mãos a cabeça sujando a cabeça com folhas e sangue, a mulher se encostou em uma árvore ali ainda com as mão na cabeça, as vozes dentro dela gritavam, queriam algo, queriam uma guerra brutal e sangrenta entre as duas.

- Os Deuses já mostraram o futuro para mim, e naquele ringue cada gota de sangue derramado será uma oferenda a Eles, um presente para Eles, tanto o meu sangue quanto o seu, a épica guerra entre Anjos e demônios, Bem e Mal. Dentro de uma jaula infernal essa empresa de merda vai presenciar algo histórico, algo sangrento, e tenha certeza Lady alguém vai sair morto e não será eu.

Ela olhava direto para a câmera e a imagem chiava e tremia, mostrando algumas fotos de Lady com seus pais e depois as mesmas fotos sendo queimadas ao som da risada da mulher.

- Novamente se chamando de Imortal, acho que estou falando com a pessoa errada. Heroína na jaula? Heróis não ficam em jaulas porquinha, animais ficam em jaulas, monstros ficam em jaulas. Você.....Acha que se eu tenho medo? Lady eu irei te massacrar naquela jaula, seus fãs vão gritar seu nome mas veja só....Você não vai conseguir corresponder aos chamados deles pois a dor que vou infligir em você será maior ainda.

Ela suspirou e saiu de perto da árvore e começou a andar pelo aquele lugar que era iluminado por algumas tochas presas nas arvores em volta, tinham algumas coisas presas nas arvores e parecia ser pedaços de manequins.

- Você vai acabar caindo em desgraça, não se entra no jogo da Bruxa e sai impune porquinha, seu passado foi apenas uma das consequências, agora faça o que sabe fazer de melhor e o ignore, o esqueça de sua cabeça.....Eu provei que você não é heroína, você teria salvado sua família se acreditasse em mim, mas preferiu seu orgulho e veja no que deu na verdade.....

Ela caiu de joelhos no chão e olhou para a copa das árvores, ela se mexia junto com as folhas, estava em transe total, ela esticou a mão e pegou algo no chão, por entre as folhas secas.

- O que faz de você uma heroína? Ajudar crianças? Falar sobre bem e mal? Você apenas quer ser adorada pelos fãs, você busca de forma incansável aceitação, você dita o que é bem e mal e acredita que deve perseguir mesmo o que julga ser mal, você não passa de uma mulher comum que usa uma máscara e deseja enfrentar demônios.

Quando ela tira as folhas de sua mão mostra que Narkissa segurava a pulseira que Barbara deu para Lady e que depois foi dada para Bé, a Russa olhava para a pequena pulseira.

- Desde que você chegou você veio atrás das Bruxas, nos julgando, apontando o dedo para gente, atiçando o ódio, nos desprezando, VOCÊ não é uma heroína, tampouco um Anjo, é apenas uma mulher desesperada pela atenção pois foi jogada fora e necessita de aceitação para continuar com seu faz de conta estupido! Eu não me importo em ser odiada e quanto a você Lady? Quem agora está ameaçando quem? Falsa heroína, você vai mostrar sua verdadeira face dentro da cela, e eu vou presenciar de camarote a queda da "Heroína Impecável"

Imagem acabou sofrendo um corte e quando retornou a mulher não estava mais ali, as tochas estavam apagadas e tinham risos dentro da escuridão da floresta, podiam ser vistos pontos brilhantes dentro da escuridão, eram olhos dos animais que vinham diretamente para a câmera que acabou fugindo do local para se esconder.

- Você nunca teve passado porquinha, porque agora ele é importante para você? Agora ele vale de algo? Ou você está usando isso de desculpa para realmente querer ser um mártir? Querer realmente esquecer tudo e seguir sua vidinha? Aceite o meu presente Lady, pois tenho outros ainda por vir....

A voz dela parecia vir por de trás da imagem, mas quando a câmera se virava não tinha ninguém ali, novamente a imagem de alguém correndo é gravado, a câmera estava em modo noturno deixando as coisas piores, quando ela pretendia entrar em um lado para sair dali Narkissa estava em pé ali, um grito de susto é registrado e a pessoa corre para o outro lado.

- Você chamou por mim.....Você fez as outras me soltarem para brincarmos, agora não aguenta a brincadeira porquinha? Você fala demais e faz pouco, acha que um ataque é o bastante para me dar calafrios? Acha que um combate na MINHA CASA vai fazer alguém ter medo? Nada pode me surpreender pois porque para me derrotar vai ter que sair de sua fase de heroína, sair de toda essa pose que faz. Sua realidade distorcida vai lhe levar para o fracasso.

A pessoa que estava com a câmera acabou com o pé preso em uma armadilha de urso, os gritos de dor combinavam bem com a floresta, até barulho de passos serem ouvidos, a imagem muda para normal, e sentada em uma pedra estava a Russa olhando para a pessoa no chão.

- Veja isso porquinha.

Ela mostra a pulseira para a câmera e depois sorri.

- Será que a dona dessa pulseira gostaria de me ver? Será que devo destruir tudo o que você construiu? Até mesmo sua imagem. Dizem que crianças são mais perceptíveis a acontecimentos sobrenaturais, e meus Deuses adoram crianças, sua inocência, sua mente fraca, o medo que as crianças tem é genuíno, em sua pura forma de terror....Se eu fosse você "Heroína" eu pararia de me provocar ou mais pessoas vão acabar em fogueiras.

Narkissa deu de ombros e pegou a câmera a colocando em uma árvore ali, ela filmou a pessoas que estava a carregando, o homem em questão estava com a blusa de Lady, era provavelmente um fã da mulher, ela o segurou pelos cabelos e o fez mastigar a pulseira de Lady. Depois ela o mostrou para a câmera para terem uma boa vista.

- Um a um, eu vou destruindo seu mundinho ilusório de heróis, com cada ação minha você perde um pouco da sua sanidade, eu posso ver isso, eu posso sentir sua doce mente se despedaçando conforme nosso combate se aproxima, você me da muitos alvos, pois ser um herói é isso! Você colocou as pessoas inocentes em perigo quando chegou aqui e veio puxar briga conosco, você instigou a maldade quando disse que queria um demônio.

Ela deu um chute nas costas do homem que bateu a cabeça em uma pequena pedra no chão e desmaiou ali mesmo.

- Não são os heróis que devem chamar os vilões para uma briga, é o contrário. Você apenas prova que quer a atenção para sua historinha ridícula de Heróis, você tornou eu e a minha irmã a vilã da sua história agora aguente as consequências pois ainda está para doer mais Lady, eu ainda não remexi a ferida o bastante, você pode esquecer seu passado, queima-lo, destruí-lo, mas isso não quer dizer que ele deixa de doer, que deixa de sangrar, você não é heroína.

Narkissa acabou por rir. A imagem tremia e chuviscava de forma frenética, não dava para ver direito a imagem da Russa ali, mas com certeza ela não estava sozinha, Eles estavam na escuridão observando, esperando o sacrifício a imagem sofre um corte e quando volta tem uma grande fogueira no centro e uma pessoa ali queimando já morta, a Russa estava coberta por sangue.

- O tempo presa me deixou ansiosa sim, mas não para perder, não para ganhar títulos, mas para destruir aquelas que entram em meu caminho. SOLIDÃO ETERNA????? QUE PIADA! Eu nunca estou sozinha, eu tenho Eles, você não tem poder para me prender Lady, a única coisa a ser executada naquela cela será você, seu mundinho de falsidades, e sua honra.

Ela diz sorrindo de forma cruel enquanto anda em volta da fogueira vendo o " corpo" queimar ali.

- Porquinha.....Estou te caçando, e caçando todos aqueles que a cercam! Conte os dias posso nosso combate está chegando, e eu vou te mostrar que você não é Imortal, é apenas uma garotinha que quer brincar de ser heroína, que deseja a atenção de todos pois necessita dela, veremos no final do Hell In a Cell quem era a heroína e quem era o demônio.

Ela sorri para a câmera e se aproxima devagar, a mulher toca a lente a sujando de lama e sangue, tudo estava coberto e não dava para ver  muito apenas podiam ver o rosto borrado de Narkissa em frente a câmera algumas vozes eram ouvidas, o sorriso cruel nos lábios da mulher que agarrou a câmera e começou a aperta-la, a tela estava começando a trincar até acabar rachando por completo, o barulho do objeto sendo esmagado e quebrado era engraçado para a mulher, por fim depois de danificar a câmera totalmente, ela o soltou no chão, o objeto filmou por mais alguns segundos antes de desligar.


Fim da gravação.



♰ In the deeps of hell the demons raise to bring caos for the human race.♰
avatar
♣ Kaoryy ♠

Mensagens : 92
Pontos : 86
Reputação : -4
Data de inscrição : 02/01/2017
Idade : 26
Localização : Hollywood

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♣ Kaoryy ♠ em 04.06.17 17:13



O vídeo começa mostrando varias listas coloridas como se estivesse algo fora do ar como na televisão! Logo a imagem escurece e lentamente vai aparecendo alguma coisa podia notar que seria um tribunal e no momento em que a imagem vai ficando mais nítida, podia confirmar que a gravação vinha de um tribunal, ou melhor, de um cenário baseado no tribunal a parede tinha cerâmicas com desenhos de madeira para dar um ar mais serio, havia uma mesa grande onde ficaria o juiz e os jurados no centro onde o juiz fica havia duas bandeiras, umas da Inglaterra e a outra do estado de Oxford. Do lado direito tinha uma mesa pequena onde o réu costuma sentar todas da mesma cor na parede havia o nome The Impetuous. Podia ouvir a música Seven Devils indicando que o vídeo pertencia a Carrie Thompson.
A loira entra de vagar estava de social roupa que usa geralmente em seu trabalho seu cabelo longo e loiro estava solto e as pontas estavam cacheadas a loira usava uma maquiagem leve, a mulher se senta no lugar do juiz colocando uma pasta em cima da mesa abrindo-a e espalhando algumas folhas pela mesa, e logo em seguida dando duas marteladas de leve.

Carrie: – Que a seção comece! –

Dito isso duas imagens aparece uma de Carrie e outra de Daniela a advogada sorri com certa maldade e dava para nota a satisfação em seus olhos!

Carrie: – O vídeo mal começa e já tenho que fala do meu combate. Contra quem? A vocês já sabem... Contra a minha infeliz amiga! Da qual eu a chamo de vez em quando de Lheguelhé! –

Carrie: – Claro que não vai ser fácil nada é fácil e até mesmo por que se fosse fácil seria chato! Mas Dani me propôs divertimento e isso é bom. E acredito que será divertido já que a vencedora sou eu ate por que isso está bem claro quem vai sair sendo a vencedora, deste combate. –

Após isso uma imagem de Havoc e Bruno aparece fazendo a loira ficar um pouco mais seria.

Carrie: – Bom! Aqui vemos o Havoc e o Bruno o meu namorado. Vai ser um combate muito difícil eu irei com certeza torcer para Bruno, creio que trabalho Bruno dará! Se não vencer... E se ele se focar um pouco mais talvez ele consiga vencer... Eu disse TALVEZ! –

Carrie: – Mas a estipulação do combate não favorece o meu namorado, então infelizmente vou ter que apostar no Havoc, não desmerecendo Bruno! E falando verdades! –

Carrie: – Vamos para o próximo! –

Uma imagem de Jiggglypuff e Robert aparece Carrie volta a sorrir e bebe um pouco de água ela arruma alguns papeis enquanto a imagem desaparecia aos poucos da tela.

Carrie: – Bom! Aqui temos o Jiggly contra o Robert. Minha aposta vai para Robert! Por quê? A é bem simples Robert é mais focado, tem cede de ganhar posso estar errada sobre essa minha visão! Mas ele tem grandes chances e a minha aposta vai para ele. –

A mulher sorria e logo em seguida aparecia a imagem de Narkissa e Lady, ela continuou a sorrir e pegou um de seus papeis.

Carrie: – Lembram que eu disse que o combate de Narkissa e King foi excelente e que faltou pouco para ela vencer? –

A loira organiza novamente os papeis que estava em mãos e coloca na pasta.

Carrie: – Pois é. Hoje teremos Narkissa e Lady pelo cinturão que um dia pertenceu a King. E isso tem muito que falar. –

Carrie: – Primeiramente parabéns Senhora Lady por ter se tornado campeã! Vencer King não deve ser tarefa fácil. Mas você mostrou que o King não é tão imortal, um serviço que Narkissa quase conseguiu fazer. Não é critica é apenas uma visão! Porém eu vejo que você terá um perigo a frente... –

A mulher mostra a foto de Narkissa.

Carrie: – Está vendo Lady? Não é por que ela não mostrou que o imortal não é imortal, ela quase mostrou isso! Só foi infeliz em perder afinal se vencesse seria épico! E isso pode vir a acontecer queridinha! Não é te desmerecendo é algo que eu vejo e vejo você perdendo seu titulo para a Gardea. Eu até gosto de você! Só estou apostando em quem eu vejo que esta pronta para ser campeã! –

Outras imagens aparecem na tela mostrando Filipe Bé, Violetty, Devon, Caio, Krauser e King. A mulher bebe um pouco mais de água e fica alguns segundo calada. Apoia seus braços na mesa e olha fixamente para câmera.
Carrie: – Elimination Chamber… Eu acredito que o Senhor Filipe Bé irá reter. Não tenho muito o que falar. King pode ser o mais forte porem costumam eliminar os grandões primeiro. Então eu acredito que mesmo achando que Violetty elimine o caio... –

Carrie: – Alias por que o Caio esta na disputa? Ele não tem nenhuma chance de vencer. –

Carrie: – Continuando. Violetty tem grande potencial, mas não acredito que ela venha a vencer não é desmerecendo ela, mas temos Krauser mesmo ele apanhando em algumas lutas. Como disse Violetty vai enfrentar grandes nomes e isso vai ser difícil para ela. Mas sei que ela terá grande presença e fazer um ótimo trabalho. E ficará feliz quando seu namorado reter o cinturão! –

Carrie: – E eu acredito que Bé irá reter.  –

A mulher arruma as coisas enquanto a tela vai escurecendo encerrando assim o video.



Os dias vão passando devagar e as coisas encontrando seu lugar tudo muda, menos o que eu sinto por você

avatar
Ashley

Mensagens : 7
Pontos : 4
Reputação : -3
Data de inscrição : 12/01/2017
Idade : 25
Localização : Inglaterra

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Ashley em 04.06.17 17:35


O vídeo começa mostrando uma propaganda sobre a Tapout ! Logo após a imagem escurece, e ao voltar podia-se notar que a imagem ficaria mais nítida então podia ser ver que o cenário era uma praia, aonde tinha várias barracas de bebidas, sombrinhas e várias crianças jogando futebol na areia. Estava calor e sol, muitas pessoas estavam nadando no mar, e como podia se ver tinha várias pessoas andando de jet ski. A Loira estava de biquíni, com seu cabelo solto e de óculos de sol, deitada de costas em sua toalha de praia tomando sol.


Olá Camponeses ! Eu Sou Ashley Thompson a mais nova Wrestler da NWR.

Ashley estava relaxando, se sentindo calma e tomando sol.
Eu vim para essa empresa, pois minha paixão é o wrestler, e logo após minha irmã ter sido contrata, aumentei cada vez mais minha força de vontade, e vi que como a empresa estava muito fraca em questão de mulheres, eu vim para fazer a revolução me tornar campeã e pisar na cabeça dessas meninas e mostrar quem manda aqui e quem deve ser a campeã, e espero que minha irmã não fique voando.

Bom como visto teremos um PPV, mas não me interesso com isso pois não tem o nome Ashley nele, mas pelo visto teremos um membro da família lutando nele, isso aumenta as chances de talvez eu querer me interessar, e eu acho que ela ganha, mas isso depende de como ela estiver no dia.
Bom o próximo combate é o namorado da minha irmã e uma pessoa que não conheço, outro combate que não estou nem ai, acho que na hora desse combate estarei me produzindo para algo, por que são combates extremamente... sem palavras.

-Como visto temos uma pessoa com grande capacidade, enquanto a outra é uma pamonha pelo visto, foi o que ouvi falar, pois nunca vi nenhum dos dois em ringue.
Logo após isso a imagem vai escurecendo aos poucos, assim se encerra o vídeo.
avatar
♛ GiihHime ♛

Mensagens : 104
Pontos : 313
Reputação : 213
Data de inscrição : 13/02/2017
Idade : 22
Localização : Sodoma/Gomorra

Re: Prome Aqui!

Mensagem por ♛ GiihHime ♛ em 04.06.17 20:58

Domingo a tarde


Narkissa tinha sido chamada para ver umas coisas em sua roupa no combate no EC contra Lady, ela arena aonde estavam tendo os preparamentos para o EC, enquanto caminhava pelos backstage. Ela viu qual o era o problema com a roupa e o arrumou com as costureiras e enquanto ia embora acabou topando com Melissa, ela estava se maquiando mas quando viu a Russa passar teve que ir falar com ela.

Melissa Theuriau: - Narkissa! Narkissa!

A mulher entrou na frente da Russa que a olhou de cima a baixo, colocou a mão na cintura e a encarou.

Narkissa: - Sim?

Melissa Theuriau: - Você poderia me dar uma entrevista? Bem rápida, é muito difícil achar você ou a sua irmã para podermos fazer isso.

Narkissa: - Se for rápido, eu tenho outras coisas para fazer.


Melissa Theuriau: - Com "coisas" quer dizer sair com Havoc ou King?

Narkissa: - Adeus Melissa.

Depois de falar Narkissa foi andando largando a mulher para trás que novamente entrou na frente dela, pediu desculpas pela brincadeira. Narkissa revirou os olhos mas aceitou continuar com a entrevista, elas se sentaram em uma cadeiras que seriam usadas para fazer cabelo ou maquiagem, tinham espelhos na frente delas, Melissa estava de costas para a câmera e Narkissa estava de frente para mulher, ela cruzou as pernas e pousou as mãos sobre os joelhos.

Vídeo postado no site Oficial da NWR e no canal oficial do Youtube do mesmo.


Melissa Theuriau: - Olá Universo NWR estamos aqui em uma entrevista improvisada com Narkissa Gardea, uma das forças femininas da NWR. Vamos as perguntas. Narkissa, sua rivalidade com Lady está bem forte, o que tem a dizer?

Narkissa: - Bom, desde que essa vaga-lume irritante chegou ela vem puxando briga comigo e com a minha irmã, agora ela vai ter o que merece.Pois nenhuma de nós duas estamos mais para brincar de casinha.

Melissa Theuriau: - As coisas entre vocês duas está tendo grande percussão nas mídias, afinal duas mulheres que representam lados opostos se enfrentando no mais do "inferno" que temos na federação, o que acha disso?

Narkissa: - Ela escolheu para terminar no Inferno, não vejo nada melhor que isso. Seremos duas oponentes trancadas em uma jaula de aço que antes só homens entravam, então entendo a percussão das coisas nas redes sociais. E sim, Lady acha que representa a Luz, a bondade, mas não, ela apenas é uma mulher comum.

Melissa Theuriau: - Essa mulher comum bateu King Armstrong, coisa que você não conseguiu fazer, isso só mostra que ela pode sair vencedora do combate?

Narkissa: - Não. Isso mostra que ela sabe subir em escadas, King escolheu uma estipulação infeliz e acabou perdendo, faz parte, e ela não bateu o King, ela subiu em uma escada, bater o King seria ela fazer pin nele.

Melissa Theuriau: -  Você parece o defender, você sabe que em uma entrevista ele disse que viria atrás de você quanto de Lady, independente de quem vença, e ainda disse que você anda ausente, isso pode ser um problema?

Narkissa: - Eu vi, e sei o que ele disse e não me importa, se ele quer vir atrás de mim quando eu vencer o Hell In a Cell, que venha estarei preparada para ele, e com certeza não vencerei porque precisei de uma escada. Sobre a minha ausência, ele não é ninguém para falar, me diga Melissa qual foi a última vez que vimos King Armstrong  dentro de um ringue sem ser para falar?.

Melissa deu uma risada e depois fingiu que estava limpando a garganta.

Melissa Theuriau: -  É verdade. Agora, Narkissa, você e sua irmã são conhecidas por terem os vídeos mais sombrios da federação, mas ultimamente os seus mudaram para algo bem parecido com Violetty, porque?

Narkissa: - Lady pediu um demônio, e eu dei a ela isso, quer queria meu pior lado e vai enfrenta-lo então é com esse lado que a vaga-lume vai lidar até o EC, Ela é algo sombrio e assustador, não faz coisas de calcinha ou quer a atenção voltada para o meu corpo, Ela apenas quer destruição.

Melissa Theuriau: - Ela?

Narkissa: - Hyde, é como Ela é chamada, afinal ela renega ser eu então....Escolheu outro nome.

Melissa a olhou de forma estranha e depois olhou para baixo para disfarçar.

Melissa Theuriau: - Agora uma grande polemica, a um grande rage crescendo em cima de você por causa do que fez com os pais de Lady, aquilo foi para valer? Você não se preocupa?

A Russa acabou por dar risada da pergunta, ela se ajeitou na cadeira e estalou o pescoço antes de responder.

Narkissa: - O dia em que eu me preocupar com haters será o dia em que eu morri, eles falam mas no fundo todos adorariam ter minha atenção. Pontos fracos são usados contra você, Lady deixou os dela bem óbvios e eu os usei, e não tenho preocupação nenhuma, ou remorso, ou qualquer culpa de ter feito aquilo.

Melissa Theuriau: -  Mas as coisas pioraram, você sofreu um ataque brutal e isso atrapalhou seu combate com Robert.

Narkissa: - Isso mostra que a Anjinha está caindo, que ela não é a heroína que diz ser, ela é uma farsa. E sobre Robert creio que ele não ligou, até porque agora tem outro oponente.

Melissa Theuriau: - Agora falando sobre outro membro da cursed division, Havoc Michaels. O que tem a dizer já que ataca constante os lutadores de nível maior que o dele.

Narkissa: - Havy tem potencial para fazer qualquer coisa, sempre teve, lutas hardcore são a especialidade dele e não vai ser aquelas pessoas fracas da cursed que vão tirar aquele titulo dele.

Melissa Theuriau: - Carrie Thompson mencionou você e sua irmã em um vídeo, na verdade ela vinha falando de vocês a um tempo, ela chegou na empresa e deu indiretas, depois falou sobre o Rumble, e agora novamente, quer falar algo?

Narkissa: - Que os seres do tártaro continuem lá, pois se tentarem subir vão sentir a fúria dos Deuses. Não há o motivo de chutar cachorro morto, agradeço ela achar que estou pronta para ser campeã, mas mesmo assim ainda torcerei para Daniela no EC.

Melissa Theuriau: - O evento principal envolve pessoas amadas para você não? Temos Bé e sua irmã Violetty e eles irão enfrentar King, que também esteve na sua lista de "queridinhos".

Narkissa: - Eu amo o Bézinho, ele é um grande campeão e os Deuses gostam dele, e claro temos a única e grande Bruxa da NWR minha amada irmãzinha, devido a circunstancias creio que Bé saíra vencedor, pois Violetty vai se concentrar em bater em Caio.

As duas riram da resposta da loira, e um assistente trouxa duas garrafas de suco para elas beberem, Narkissa abriu a garrafa e tomou um gole, Melissa fez o mesmo antes de continuar com as perguntas.

Melissa Theuriau: -  Krauser também vai estar lá dentro, acha que Violetty pode se focar nele?

Narkissa: - Violetty é uma competidora, ela não quer saber se é Krauser ou Bé, ela vai lutar e vai ser para valer, nós somos guerreiras e amantes, não vamos hesitar porque um de dos nossos namorados está do outro lado.

Melissa Theuriau: - Vamos voltar para sua rivalidade, as coisas entre você e Lady andam bem pesadas, até mesmo Lady mudou para conseguir lidar com você, isso é ponto positivo?

Narkissa: - Mas é claro! Lady está aonde deveria estar, fugindo de mim, ela quer ser um anjo pode ser, mas ela vai aprender que no Inferno os anjos queimam, eles não saem vivos dali.

Melissa Theuriau: - Ela também disse que vai descontar tudo em você.

Narkissa: - Manda a ver! Eu não tenho medo, muito pelo contrário. Eu quero que ela venha com tudo mesmo, eu ver se ela é tão pura assim. Ela se chamou de imortal mas eu vou mostrar que ela não passa de uma mortal.

Melissa Theuriau: - Narkissa antes de terminarmos eu gostaria de te fazer um pedido.

Narkissa: - Diga.

Melissa Theuriau: - Seja qual for o resultado do Elimination Chamber eu gostaria de fazer uma entrevista exclusiva com você e com a sua irmã, as duas Bruxas da Federação.

Narkissa: - Bom....Eu e a Violetty não gostamos dessas coisas Melissa, até porque já sabemos os tipos de perguntas que vocês querem nos fazer, e com certeza não queremos as responder.

Melissa Theuriau: -  Eu entendo o lado de vocês, mas seria bom para nós três. Vocês poderiam dar um recado para o futuro adversário de vocês no Clash of Revolutions.

A Russa ia responder quando ela colocou uma das mãos a cabeça e olhou para o espelho, Melissa ficou assustada e quando colocou a mão na mulher ela agarrou seu pulso de forma brusca.

Narkissa: - Eles querem que eu aceite a oferta, então sim a gente faz, vai ser divertido.

Ela solta Melissa que passava a mão por onde a mulher segurou, e a olhava com certo receio.

Melissa Theuriau: -  Então terminamos por aqui, Obrigada Narkissa. Até mais mais pessoal.

Melissa acenava para a câmera enquanto Narkissa se levantava e ia embora, e assim a entrevista termina dando fim a gravação.


End.



♰ In the deeps of hell the demons raise to bring caos for the human race.♰

Conteúdo patrocinado

Re: Prome Aqui!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: 18.08.17 4:02